sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Obrigado por nos fazerem acreditar!

Não é segredo para quem passa por aqui que não estava propriamente confiante em relação às nossas possibilidades de eliminarmos o Wolfsburgo. Quando escrevo no título do post "por nos fazerem acreditar", faço-o obviamente em primeiro lugar em nome pessoal, mas a avaliar pela composição das bancadas creio que eu não seria um caso único no universo sportinguista. 

A verdade é que, apesar do resultado final, dei por bem empregue o tempo e o dinheiro que gastei para estar presente no estádio. O Sporting fez um excelente jogo e dominou aquela que será uma das equipas em melhor forma em todo o continente europeu. Sim, é certo que no início o Wolfsburgo concedeu intencionalmente a iniciativa do jogo ao Sporting, preferindo controlar a partida correndo poucos riscos. No entanto, por mérito nosso, a partir dos 30 minutos conseguimos dominar efetivamente a partida - e os alemães simplesmente não conseguiam manter-nos afastados da sua baliza. Fica por saber a forma como reagiria emocionalmente o Wolfsburgo se tivéssemos conseguido concretizar uma das muitas oportunidades de que dispusemos, mas suspeito que iriam sofrer bastante.

No final, acabou por ser uma eliminatória que foi definida pela qualidade na concretização. Em tudo o resto tivemos uma prestação quase irrepreensível que em nada foi inferior à dos alemães e que me fizeram efetivamente acreditar durante o jogo que poderíamos conseguir recuperar da desvantagem.



Positivo

Personalidade, atitude, concentração e raça - não foi por falta de esforço que fomos eliminados. Toda a equipa sem exceção deixou a pele em campo e batalhou por cada bola como se disso dependesse a eliminatória. Ganhámos a maior parte dos lances divididos e segundas bolas, e soubemos sempre fechar os espaços com grande competência, que foi decisivo para impedirmos que o Wolfsburgo causasse situações de perigo junto à nossa baliza. Quisemos mandar no jogo e conseguimos por vezes encostar os alemães às cordas. Faltou o uppercut nos queixos para os deixar cambaleantes e à mercê de um golpe final que nos garantiria o KO. O panorama só acabou por mudar nos últimos 15 minutos, quando os jogadores começaram a revelar o desgaste do esforço colocado em campo nos primeiros 75. 

No meio também está a virtude - no jogo com o Gil Vicente, o Sporting voltou à procura frequente do jogo interior junto da área do adversário, e no jogo de hoje isso foi mais uma vez evidente. Nani, Carrillo, Adrien, João Mário, William e até Cédric procuraram com insistência jogar pelo meio de forma apoiada e paciente, à espera que aparecesse uma oportunidade para perfurar a defesa alemã. Com ou sem Slimani, espero que esta ideia de jogo seja para manter e desenvolver - pois faz com que o nosso futebol seja bastante mais imprevisível contra adversários que se fecham no seu meio-campo.

Meister William - mais um grande jogo. Está a passar a bola como nunca - impressionante a precisão nos passes longos -, fez um remate para uma grande defesa de Benaglio e apareceu com muita frequência em terrenos mais avançados, sem no entanto comprometer a solidez defensiva da equipa. Está numa forma extraordinária.

Nani em subida de rendimento - muito dinâmico sobretudo na procura de espaços interiores. Está claramente a recuperar a forma perdida. Pena apenas as oportunidades de golo que desperdiçou.

As piscinas de Cédric - cansou só de olhar. Perdeu o respeito a Schurrle e nunca teve problemas em subir no flanco sempre que teve oportunidade. Soube também fletir para o centro do terreno por diversas situações para procurar soluções ofensivas alternativas. Apesar desse balanceamento atacante, revelou sempre uma enorme disponibilidade defensiva, nunca perdendo tempo para se reposicionar quando os alemães recuperavam a bola - o que já é uma das suas imagens de marca. Nem sempre decidiu ou executou bem, mas teve uma exibição muito positiva.

A dupla de centrais - mais um jogo de exigência máxima, mais uma exibição muito positiva de Paulo Oliveira e Tobias Figueiredo. Já o escrevi antes e volto a fazê-lo: estão a superar todas as expetativas e enche-me a alma pensar na tremenda margem de progressão que esta dupla ainda tem.


Negativo

Não desdenhar sempre o pé que está mais à mão - mais uma vez foi a má finalização que deitou tudo a perder. É verdade que muitas ocasiões não foram concretizadas por mérito do guarda-redes, outras por falta de sorte. Acontece. Mas incomoda ver tantas situações em que os jogadores têm boas condições para alvejar a baliza e optam, em vez do remate, por dar mais um toque, fazer mais um adorno, preferir passar para um colega supostamente em melhor posição. Gosto de jogadores inteligentes que procurem melhorar as hipóteses da equipa de chegar ao golo, mas a inteligência tem que considerar: a) há o risco de a ideia inteligente não ser bem executada; b) há o risco de haver um defesa inteligente que antecipa a ideia inteligente do avançado; c) há o risco de estarmos a dar tempo à defesa adversária de se reposicionar e anular o perigo. E se a), b) ou c) acabam por se verificar com demasiada frequência, provavelmente será sinal de que somos menos inteligentes do que pensamos. Espontaneidade precisa-se.

A assistência no estádio - custa ver um jogo com um adversário deste nível com bancadas tão mal compostas. No entanto, quem esteve no estádio proporcionou mais um grande ambiente, com apoio incondicional do princípio ao fim. Os 23000 presentes podem ter sido poucos, mas foram muito bons.



Penso que será percetível que não me sinto muito abatido por esta eliminação. Para mim, a Liga Europa é muito mais um risco do que uma oportunidade para o sucesso de uma época desportiva. Com uma quantidade infindável de jogos à 5ª feira, compromete a disponibilidade física para os jogos no campeonato no fim-de-semana seguinte. E não nos podemos esquecer que uma competição com equipas como o Wolfsburgo, Liverpool, Tottenham, Roma, Fiorentina, Zenit, Ajax, Anderlecht, Sevilha, Besiktas e Inter só pode ser ganha por uma equipa que ou tenha um plantel muito profundo, ou que coloque a Liga Europa como a sua principal prioridade - luxos que nós não temos. E tudo isto para um prémio financeiro pouco mais que insignificante.

Não há feridas a lamber nem um resultado a lamentar porque o Wolfsburgo é um adversário de fase a eliminar na Champions e a prestação dos nossos jogadores nas competições europeias foi globalmente positiva. Dediquemo-nos agora ao que é realmente importante: campeonato e taça.

30 comentários :

  1. Nem uma palavra sobre o escandaloso penalty sobre Bas Dost? Então e a verdade desportiva? Roubo! Escândalo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha lá DOENTE MENTAL ês um perfeito IMBECIL.

      Eliminar
    2. Era penálti. O que é que isso implicou a poucos minutos do fim de uma eliminatória? Absolutamente nada. Aconteceu numa altura em que já todos percebiam que o assunto estava arrumado. Contente?

      Eliminar
    3. Par o soberbo ....http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=933425
      No teu clube não estás habituado a esta honestidade...é tudo limpinho, limpinho, e depois pensas que todos são assim .

      Eliminar
    4. Carlos, não vale a pena responder nesses termos... é admitir que foi penálti, não vivemos num estado de permanente negação quando somos beneficiados. Espinha direita, ao contrário de outros.

      Eliminar
    5. "Sim, realmente foi penalty, mas numa altura em que já não interessava." Impressionante como os roubos a favor do Sporting são sempre mais simpáticos.

      Eliminar
    6. Ou és parvo, estúpido ou atrasado ou os três? Deves ser os três porque deves pensar que os outros são parvos, estúpidos ou atrasados!!!!

      Eliminar
    7. A honestidade chega aí e faz ricochete. Não te vi dizer nada sobre o pénalti da primeira mão (mas com o árbitro a 4 ou 5 mestros e com vista desimpedida), esse sim que importante para o desfecho da eliminatória.

      Gostava de ver o que dirias se o Sporting ganhasse ao Porto com um pénalti inventado como aqueles que marcam a favor da tua equipa, por mais absurda e improvável que seja essa hipótese...

      Eliminar
  2. Boa exibição de facto, como é que esses alemaes são segundos na Alemanha?! E vocês a poupar golos para domingo.... Carrega sporting! Rumo ao 34!!!

    ResponderEliminar
  3. Presidente do Sporting "Apesar do resultado sinto um orgulho tremendo na nossa equipa!" Muito bem Presidente!

    ResponderEliminar
  4. Que grande jogo ! E que grande exibição da nossa equipa, capaz de nos deixar cheios de orgulho. Mais que o resultado, fica a certeza de uma equipa com largo futuro . Com um bocadinho de sorte dava para golear....mas a sorte não nos acompanhou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma pena que a finalização não tenha estado ao nível do resto, QT. Um abraço.

      Eliminar
  5. Não será por este jogo, que esta época não nos deixará de correr de feição.
    Mas também de realçar que este Sporting ainda está longe de grandes voos na Europa.
    Em 8 jogos, ganhamos 2, empatamos 2 e perdemos 4....

    William a jogar assim outra vez, vai sair no final da época por muito dinheiro.
    Eu diria que entre 25-30 milhões minimo.
    Boa noticia esta, que voltamos a ter 100% do seu passe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. J., não podemos esquecer que a oposição que tivemos foi muito forte, entre os quais o 1º classificado da Liga Inglesa e os 2ºs e 4ºs classificados da Liga Alemã. Com os recursos que temos, fizemos uma carreira bastante razoável.

      Quanto a William, vai ser difícil mantê-lo... renderá bom dinheiro, mas se for possível que fique mais um ano por cá será ainda melhor. Esperemos que seja possível.

      Um abraço.

      Eliminar
  6. Foi injusta a derrota. O Tanaka teve azar.
    Agora vem aí o clássico.


    Eu no dia 24 de Fevereiro às 22:13 no tópico Isto está giro, está já tinha avisado:

    - Jogo ao Domingo em vez de ser à Segunda
    - Artur Soares Noites nomeado
    - Bruno de Carvalho castigado mesmo antes do clássico
    - Jackson vai jogar quando devia ter sido expulso pelo seu amiguinho Hugo Miguel

    O porto faz o que quer do Sporting e os sportinguistas responde assim:

    http://2.bp.blogspot.com/-71LwwjuzsLY/VOxrX8S46QI/AAAAAAAAMdY/8xtO3aT-89w/s1600/10346624_430439663786368_4718504650889797714_n.jpg

    Mas o Mestre de Cerimónias respondeu:

    "De certeza que esse sujeito é sportinguista? Se escreve uma coisa dessas sem estar a se irónico, só pode ser doutro clube. Um abraço."


    Agora trago outra prova, e desta vez irrefutável, a não ser que seja um espião dragão ou ladrão.

    https://vimeo.com/120750576


    Se o Braga ganha e o Sporting perde o Braga fica a 1 ponto e o 2 lugar o que dá qualificação directa à Liga dos Campeões fica praticamente impossível. O que ganha um Sportinguista em querer que o seu clube perca ? Não entendo.
    Estas atitudes e pensamentos para que o Sporting perca em favorecimento do Porto são cada vez mais recorrentes. É preocupante. Quando os adeptos querem que o clube perca que motivação têm os jogadores para irem lá ganhar ? Não têm os adeptos a apoiá-los....


    Isto torna o Sporting pequenino ! O sporting é prejudicado e os adeptos apoiam o porto.


    Como eu disse no dia 24 de fevereiro de 2015 às 22:13:

    é ou não é revoltante ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente revoltante. Esse senhor que faça como o LFV e torne-se sócio do porto. Entre nós infelizmente há alguns que pensam mais noutros clubes que no nosso. Alguma da resistência interna que o rumo que estamos a tomar levanta é destes adeptos medrosos, subservientes, derrotistas.
      Dass!

      Eliminar
    2. 2 andorinhas não fazem a primavera, AR80. Não faz sentido estarmos a tirar conclusões pelo que dois palermas escrevem ou dizem, ainda para mais quando é evidente que não refletem o sentimento de qualquer sportinguista que se preze.

      Eliminar
    3. Esses 2 não são Sportinguistas, são anti-benfas. É bem diferente.

      Eliminar
    4. Stay on topic e deixa de fazer publicidade a este tipo de gente.
      Aqui só Sportinguistas!
      (o nuno e o ricardo estão aqui para passar tempo já que para além de benfiquistas frustrados não devem ter nada para fazer nos seus empregos de função pública)

      Eliminar
  7. Bom jogo da nossa equipa. Infelizmente a eliminação acaba por ser justa pois em tantas oportunidades no conjunto das duas mãos nunca conseguimos marcar um golo.

    Esta nossa defesa sub-23 é qualquer coisa (Cédric 23, P. Oliveira 22, Tobias 21, Jonathan 20)... Os laterais ainda tremeram nos primeiros 15 minutos, mas depois arrancaram para uma bela joga, os centrais são de topo, Tobias pelo ar (e chão!) é intratável, o que é impressionante dada a idade. Paulo Oliveira já é uma certeza como defesa de grande categoria. Se conseguíssemos manter esta estrutura defensiva meia dúzia de anos...

    No meio campo grande joga de William sempre bem acompanhado por Adrien e J. Mário. Nem vale a pena falar outra vez da idade e grandes perspectivas de futuro que este meio campo augura. Agora é conseguir encaixar um jogador de características mais ofensivas neste meio campo (Gauld!). Wallyson, A. Martins, Palhinha (que grandes jogos tem feito na B) estão lá para o que der e vier.

    Tanaka (e o ataque), tirando a eficácia na finalização, esteve bem, consegue conquistar e descobrir espaços melhor que Montero. Slimani não está a 100%. Carrillo quando saiu estava no seu melhor período. Nani está a subir de forma.

    PS. Além de serem o rosto mais visível da "oposição" no Sporting Clube de Portugal, além de verem e vibrarem com os nossos jogos e lerem e participarem nos blogs leoninos com grande afinco, têm um vice-presidente (sim, vice-presidente!) tão pequenino que mal acabam os jogos do Sporting Clube de Portugal vai para o facebook como um qualquer adolescente com a tesão do mijo escrever inanidades e demonstrar o seu ódio. É o boifiqinha dos pequeninos... Pe-que-ni-nos!
    Eu espero bem que o que esse soberbo monte de merda do RGS escreveu acerca de Merkels e vídeos não tenha a ver com aquele vídeo nojento que apareceu ontem... Mas vindo de tal ridículo Orc, não me espantava... Enfim, como disse, pe-que-ni-nos.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sar, concordando com tudo o que escreveste, deixa-me sublinhar duas coisas:

      1. É importante começar já a integrar Gauld e Wallyson nos trabalhos da equipa principal, de forma a ganhar tempo para atacar a próxima época. E fiquei impressionado pelo jogo de Palhinha contra o Chaves. Ainda é cedo para dizer, mas se o rapaz valer mesmo aquilo que mostrou, temos ali o próximo William Carvalho.

      2. Gomes da Silva: não é esse que diz que em Portugal só existem dois clubes - o Benfica e o anti-Benfica? Gostava muito que fosse o próximo presidente do Benfica.

      Um abraço.

      Eliminar
  8. O que mais me custa, no meio disto tudo, é constatar que apenas fomos inferiores a estes gajos durante 45 dos 180 minutos da eliminatória e acabamos por ficar em casa...

    ResponderEliminar
  9. Finalmente alguém consegue roubar alguma coisa à Alemanha: foi só um penalty, mas já é um começo...

    ResponderEliminar
  10. A questão que eu faço é porque esta equipa não tem os mesmos níveis de concentração e vontade quando se tratam de adversários de categoria inferior.

    Para quem anda atento sabe-se que o Wolfsburgo nos jogos da UEFA entra em descompressão.É uma equipa focada no campeonato nacional e o Sporting ao perder por dois ou melhor ao não marcar nenhum golo na Alemanha ficou com a eliminatória perdida.

    Ontem apesar da boa exibição que fizeram ao Sporting faltou um golo,o tal golo que poderia catapultar a equipa para a desejada reviravolta.Espero que um dia o Sporting chegue ao patamar em que nada falta !...

    ResponderEliminar
  11. Julgo que com o Jefferson em campo ganhavam.

    ResponderEliminar