quarta-feira, 1 de abril de 2015

Festa dos Fundos

Foi hoje anunciado um seminário sobre a ação dos fundos no futebol internacional, organizado em conjunto pelas ligas espanhola e portuguesa:


Olhando-se para os oradores convidados fica clarinho como a água a panelinha que se está a arranjar. A Liga Portuguesa, Porto e Benfica a defenderem os interesses das Doyens e dos Mendes desta vida.

Estranho a referência à presença de um representante da UEFA no painel das 11:30, considerando que ainda hoje a própria UEFA, em conjunto com a FIFPro, apresentou uma queixa contra os TPO junto da Comissão Europeia. Na argumentação da UEFA e da FIFPro podemos encontrar as seguintes declarações:

"Os jogadores de futebol ainda são tratados como mercadoria, não como seres humanos. Os TPO abrem a porta a parasitas que manipulam jogadores pelo lucro. Eles compram e vendem de uma forma que expõe todas as fragilidades do sistema de transferências. Os TPO não podem ser olhados de uma forma isolada. O sistema de transferências é um terreno fértil para praticas abusivas como os TPO."
"Os argumentos que estabelecem que os TPO ajudam economicamente o futebol e dão aos clubes fora da elite a possibilidade de competirem por troféus não podiam ser mais enganadores."
"A investigação pormenorizada que foi levada a cabo prova que o impacto dos TPO é extraordinariamente negativo e prejudica seriamente a indústria. Mostra que os clubes que ficaram dependentes dos TPO são prisioneiros de um desesperado ciclo de dependência entre dívida e especulação que inflaciona o mercado de transferências."

É isto que a nossa Liga está tão empenhada em defender.

(obrigado, @Sporting_Soul e @nunovalinhas)



Nota: a tradução é minha, a partir de alguns excertos do texto deste link.

28 comentários :

  1. O duque deve ter encontrado petróleo na sede da Liga para em poucos meses passar de não ter dinheiro para pagar aos árbitros nem para manter o actual formato da II Liga e de repente já consegue meter acções nos Tribunais Europeus e co-organizar seminários em hóteis de 5 estrelas em Madrid.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suspeito que para este evento não teve dificuldades em arranjar patrocinadores, Tugarão... :) Um abraço.

      Eliminar
  2. Eles estão nervosos e intranquilos. Ainda existe dúvidas do acasalamento de pinto e vieira ? E o desgraçado do Duque que é um boneco nas mãos do casal....como pode dormir descansado? Estou mortinho por saber os conteúdos dos discursos de alguns oradores. Agora vamos todos ter a certeza quais são as razões destes dois para querer tanto os fundos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, será interessante se isto for transmitido... provavelmente um exclusivo da Benfica TV ou do Porto Canal...

      Eliminar
  3. Hoje bruno de carvalho vai ao telejornal da sic 20 horas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 12 minutos de entrevista bastante interessante, Carlos. Vou colocá-la no blogue amanhã de manhã. Um abraço.

      Eliminar
  4. isto é de rir, até o gordo lá vai dar uma perninha

    ResponderEliminar
  5. Não está fácil para os doyens. A reter também o seguinte documento (Acordo de Cooperação assinado entre Comissão Europeia e a UEFA)
    http://www.uefa.org//MultimediaFiles/Download/uefaorg/EuropeanUnion/02/16/55/30/2165530_DOWNLOAD.pdf
    The health and human dignity of athletes must be protected from abusive and
    unethical practices, commercial or otherwise. It is important that arrangements
    concerning players, such as the so-called third-party ownership of the "economic
    rights" of players, do not threaten the integrity of sporting competition or undermine the
    relationship of trust and mutual respect that should exist in any relationship of
    employment;

    ResponderEliminar
  6. Um pequeno grande pormenor a FIFPro é nada mais nada menos que o sindicato internacional de futebolistas.

    Ou seja temos a FIFA, a UEFA a FIFPro vs Liga Ibérica & Friends

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso, Sérgio. Começa a ser patético assistir a esta argumentação das entidades que defendem os fundos... Um abraço.

      Eliminar
  7. O papel todo a que o gordo e a corja que ele representa se presta...vergonhoso. O Fernando Gomes também não engana ninguém (nunca enganou).

    ResponderEliminar
  8. Mestre,

    Se um jogador for duma doyen é mercadoria.

    Um garoto de 17,18 ou 19 ou assina por x anos com clausula de 40k ou é encostado. Dier por exemplo...

    É tratado como o quê?

    Um abraço
    João

    ResponderEliminar
  9. Mestre,

    Se um jogador for duma doyen é mercadoria.

    Um garoto de 17,18 ou 19 ou assina por x anos com clausula de 40k ou é encostado. Dier por exemplo...

    É tratado como o quê?

    Um abraço
    João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu posso responder ... Ficção!

      Dier nunca foi encostado e seria aposta para titular esta época, como foi demonstrado na pré época.

      Foi um mau exemplo.

      SL,

      Eliminar
    2. O clube é uma entidade com quem o jogador assinou contrato livremente, João. Os jogadores não assinam contratos com os fundos - é tudo feito com o clube, à revelia do jogador - e acabam por controlar a carreira do jogador. É uma diferença fundamental. Um abraço.

      Eliminar
  10. Não concordo que se proiba os TPOs
    Acho que os clubes que se metem com TPOs devem aproveitar e sofrer o que está a sofrer o Santos, ou o Guarani, ou o Benfica-pós-Parmalat.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E mesmo nós... o Sporting já esteve envolvido nesse ciclo vicioso, Unknown. E ainda estamos a sofrer as consequências... Um abraço.

      Eliminar
  11. Com fundos ou sem o k interessa sao os titulos conquistados!! Mas como o sporting ganha algo tds os dias...

    ResponderEliminar
  12. sobre o representante do benfica nesta reunião, apresentado pelos próprios benfiquistas:

    http://serbenfiquista.com/forum/geral/paulo-goncalves/1920/

    ou resumidamente

    "... um “ex-tripeiro” do tempo do Apito Dourado, “ex-boavisteiro” do tempo do major valentina e um “looser” dos tribunais a trabalhar para o orelhas há 9 anos…"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que delicia, o palerma que ficou todo indignado por não o terem colocado em 1ª classe no avião! Se tiver tempo ainda faço um post sobre isso... Um abraço.

      Eliminar
  13. E quando se aprofunda a pesquisa sobre participantes percebemos claramente que isto rola à volta dos mesmos players.

    http://www.leadersinsport.com/insight/business/226/daniel-lorenz-fc-porto/

    donde se extrai este excelente pedaço de texto. De uma situação de descontrolo e desregulação total da qual não fizeram nenhum esforço para sair, apostam agora, claramente num controlo de danos através de numa regulação que lhes permita continuar a operar.

    O segundo parágrafo é uma obra de arte.

    "If you look at how we have used TPO in the past, it is not an abuse of talent, it is not slavery and it is not a threat to integrity. In fact, it is a very normal thing to do.

    I am not saying we should allow TPO to carry on exactly as it is now, as like any other commercial tool it needs to be regulated to protect the integrity of football. However, an outright ban of TPO is really not something we could defend."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente, já estão a entrar em contenção de danos... é bom sinal, p.

      Eliminar
  14. Olha-se para isto vê-se bem a podridão a que isto chegou... Vou ali vomitar e já venho...

    ResponderEliminar