sábado, 4 de abril de 2015

Paço a paço

Mais um jogo, mais uma dupla de centrais. Nem vou entrar nas várias combinações experimentadas na pré-época quando ainda havia Rojo e Dier, mas já vimos esta época em jogos oficiais:
  • Maurício / Sarr
  • Maurício / P. Oliveira
  • P. Oliveira / Sarr
  • Tobias / Sarr
  • P. Oliveira / Tobias
  • Rabia / Sarr
  • P. Oliveira / Ewerton
  • Tobias / Ewerton


É demasiado. Mesmo considerando que duas destas duplas foram usadas em exclusivo na Taça da Liga, são alterações a mais para uma equipa como o Sporting. O centro da defesa deve ser um foco de estabilidade e não o oposto, ainda mais num clube como o nosso em que não existe grande margem para maus resultados. 

Mais logo teremos a dupla Tobias / Ewerton, que do ponto de vista individual não me merece qualquer tipo de desconfiança, mas que nunca jogou junta - e nem sequer teve oportunidade de treinar intensivamente durante a pausa das seleções devido à presença de Tobias nos Sub21.

Também o meio-campo vê-se na necessidade de uma alteração forçada, devido à suspensão de Adrien. Pela enésima vez repito que gostaria de ver Wallyson a ter uma oportunidade, mas todos sabemos que será André Martins o escolhido de Marco Silva. Aliás, Wallyson nem sequer foi convocado, mas fica no meu onze como sinal de protesto. :)

Duvidas também em quem fará o lugar de extremo direito: Carrillo seria a opção mais óbvia, mas as viagens que fez para estar ao serviço da seleção do Peru podem deixar algum desgaste, pelo que não escandalizaria a chamada de Carlos Mané.

Finalmente, o lateral direito: Cédric está de novo em condições mas parece-me justo manter Miguel Lopes no lugar, após o excelente jogo que fez contra o Guimarães.


O Paços é um adversário difícil, principalmente no seu estádio, mas é importante que os jogadores dêem continuidade às últimas exibições - em que a equipa se tem revelado menos explosiva, mas mais sólida e eficaz. Dentro da falta de objetivos no campeonato a que a nossa atual posição nos condena, resta-nos ir acumulando vitórias nos jogos que nos restam. Se formos competentes no nosso trabalho, passo a passo (ou se preferirem paço a paço), até pode ser que voltemos a poder ambicionar algo mais. Se isso acontecer, certamente que conseguiremos trazer os três pontos lá de cima.

Uma última observação: cuidado com o Cosme. Não me parece que seja um árbitro mal intencionado, mas é seguramente dos mais erráticos que temos. Nas última duas épocas apitou três jogos nossos, e em nenhum deles acabámos com 11. Pior, foram todas expulsões forçadas (no caso de Rojo contra Belenenses e Arouca na época passada) ou em que o próprio árbitro (Jefferson, contra o Belenenses já esta época) contribuiu decisivamente para provocar a situação. Será importante manter a cabeça fria em todos os momentos. Quem for expulso logo não joga as meias-finais da taça contra o Nacional.

18 comentários :

  1. sabes que o wallyson esta convocado para a equipa b não sabes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Riga, até o referi que não foi convocado para a equipa A no final do 4º parágrafo. Um abraço.

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Importante para mim seria esgotar Mané e Carillo em meia parte cada um. Mané não joga um jogo inteiro de forma consistente e embora o Carrillo esteja muito melhor que nos anos anteriores em relação a isso, com esta viagem pode acusar o tal desgaste. Era uma opção inteligente do Marco, vamos ver.
    Continuo a confiar mais no Cedric do que no Miguel.
    No meio, nem sei quem é que metia no lugar do Adrien mas de todas as hipóteses nunca seria o André Martins mas era bom que me conseguisse calar. :)

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Nuno, eles todos os dias são campeões de qualquer coisa e nós todos os dias trememos.
      Temos de começar a dar mais luta.

      Eliminar
  5. Lion King2 de abril de 2015 às 09:47
    Pessoalmente não achei a entrevista assim muito interessante, acho que foi mais uma reprise da entrevista que ele deu ao Record. Só espero que a vontade de vencer que ele transmite passe para a equipa, pois esta época ainda podemos ser campeões tendo em conta que oito jornadas por jogar ainda é muito.



    Abraço sentido ao Rei da Selva!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os gajos acreditam em fadas e duendes...

      Eliminar
    2. Abraço sentido aos carneirinhos do Camelo.

      Eliminar
    3. Gostaram dos fora-de-jogo assinalados, ao Slimani no início e ao Montero no fim do jogo? Agradeçam ao vosso presidente e ao seu esposo, Pinto da Costa.

      Eliminar
    4. "Gostaram dos fora-de-jogo assinalados, ao Slimani no início e ao Montero no fim do jogo?"
      O Lion King é o Flopetegui de Alvalade.

      Eliminar
  6. Argumentos? Tá quieto...

    O insulto é a arma dos fracos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Argumentos? pergunto-te eu!!! Ainda vais ser Campeão?! Põe tabaco nessa merda...

      Eliminar
    2. Eu disse que ia ser campeão? Ou disse que podia ser campeão? Sabe qual é a diferença entre ser e poder?

      Quem já faz a festa são vocês, tenham cuidado que a última vez que isso aconteceu o vosso treinador acabou ajoelhado...

      Eliminar
    3. Poder até o Braga ainda pode. No início do campeonato o Penafiel podia ser campeão. Vale mais ajoelhado em maio do que ficar pelo caminho em dezembro.

      Eliminar
  7. Nuno Martins, obrigado por reconhecer que tenho razão.

    ResponderEliminar