sexta-feira, 17 de abril de 2015

#SemColinho





11 comentários :

  1. Este post é muito bom para tentar acabar com um argumento idiota que muitos dos que têm a consciência pesada, porque sabem que os seus clubes proíbem os seus jogadores emprestados de jogar contra si, apesar de esta proibição ser expressamente proibida nos regulamentos da liga. A de que os jogadores emprestados pelo Porto e pelo Benfica (depende sempre do clube de quem comenta) não jogam contra as suas equipas, porque estão a ser defendidos. Se jogarem bem e prejudicarem as suas equipas de origem, vão criar mau ambiente junto dos seus adeptos (esta então é completamente surreal: qualquer pessoa com um mínimo de cabeça percebe que só pode elogiar quem joga bem pela equipa que está a representar na altura, seja contra quem for; senão, como é que se pode confiar no jogador quando ele jogar pela nossa equipa?). Se jogarem mal, vão levantar suspeitas por parecer que estão a ajudar o clube de origem. Resultado: os treinadores ou dirigentes das equipas a que estão emprestados decidem que não podem jogar, para os proteger. Agora, só por curiosidade, quase todos os clubes que recebem emprestados do Benfica e do Porto decidem protegê-los e todos os que recebem emprestados do Sporting decidem não os proteger. É mesmo uma grande coincidência. Claro que a explicação não é o Benfica e o Porto, quando emprestam os jogadores, proibirem-nos de jogar contra si, porque o cumprimento da regra que existe é muito difícil de verificar e vivemos num país com uma cultura medieval, em que as regras e a igualdade social são completamente ignoradas e só o auto-benefício é que interessa. Deixem de ser intelectualmente desonestos e digam: não digo que o meu clube faça tudo mal, mas está a ser desonesto neste caso. Mesmo que não seja o único.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bastava isso, Pedro. É claro que os adeptos não têm poder para influenciar certas decisões da direção que os representa, mas se não tentassem fazer passar os outros por parvos já não seria mau...

      Eliminar
  2. No actual cenario e altamente criticavel o que tem vindo a acontecer mas duvido que se consiga provar qualquer irregularidade.Eu como benfiquista nao gosto mas o que e que eu vou fazer?Mudar de clube?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nonameslb, também acho que é impossível de provar. Num país em que a justiça não consegue condenar culpados evidentes mesmo tendo escutas ao seu dispor, conseguir provar um caso destes (e aqui falo independentemente do clube) seria um milagre. :)

      Eliminar
    2. Para o Sporting é que não mudas...agora para castigo ficas no Carnide o resto da tua vida.

      Eliminar
    3. Olha o gajo que é faz bullying em espaços verdes...

      Eliminar
    4. Mestre a este ignorava-o sempre...

      Eliminar
    5. Tens é sorte de o Álamo não ter feito queixa de ti à polícia.

      http://leoninamente.blogspot.pt/2015/02/pirataria-terceiro-mundo-no-negocio-de.html#comment-form

      Eliminar
  3. Aqui concordo com o António, corja que ameaça de morte outras pessoas devia ser ignorada independentemente do que diga depois. Mestre, acho sinceramente que se este tivesse vergonha na cara já teria criado uma conta nova para fingir que não era aquele cyber-hooligan wannabe

    ResponderEliminar
  4. Uma pergunta, se já temos o treinador do Belenenses, corraborado por Jorge Jesus, omitindo uma opinião onde dizem que um jogador emprestado não deve jogar contra o clube que empresta, já não seria matéria de facto para por um inquérito?
    É que é já quase uma confissão de uma transgressão. Como se agora fosse possivel alguem dizer que não cumpre uma qualquer lei porque não está de acordo com ela.

    ResponderEliminar
  5. Este posto deveria ser lido pelo gajo do record que tem um artigo de opinião hoje nesse jornal. A peça dá pelo nome de sergio krethinos (o nome não é bem este só alterei para estar mais de acordo com o opinador).

    ResponderEliminar