sexta-feira, 8 de maio de 2015

Financial Fair Play: a decisão da UEFA

Foi anunciada há pouco a decisão da UEFA sobre os casos de incumprimento do Financial Fair Play que se encontravam em apreciação. Excelentes notícias para o Sporting:


A única punição certa é a redução, na próxima época, do número máximo jogadores inscritos nas competições europeias da lista A - de 25 para 22. Este nem é um problema particularmente sério porque no plantel principal do Sporting costumam haver jogadores que podem ser inscritos na lista B.


Nota: o Sporting inscreveu este ano na lista B jogadores como João Mário, Ricardo Esgaio, Carlos Mané (todos eles efetivamente utilizados na Liga dos Campeões), Tobias Figueiredo, Iuri Medeiros, Wallyson, Gelson Martins, Francisco Geraldes ou Matheus Pereira (alguns dos quais certamente farão parte do plantel do próximo ano, e em que desses alguns ainda poderão constar da lista B). Na lista A inscrevemos jogadores como Slavchev ou Sacko (que na prática foram sempre uma carta fora do baralho) ou outros raramente utilizados na equipa principal como Heldon ou Gauld. Ou seja, o impacto desta sanção será praticamente nulo se os pressupostos da formação do plantel da próxima época não mudarem drasticamente.


Como contrapartida, o Sporting terá que cumprir os requisitos normais do FFP em 2015/16 - ou seja, no conjunto de 2013/14, 2014/15 e 2015/16 não poderá apresentar prejuízos totais superiores a €5M que não sejam cobertos total ou parcialmente por aumentos de capital (até um máximo de €30M) - e  em 2016/17 não poderá apresentar prejuízo segundo as regras do FFP (não tenho a certeza sobre o que isto significa, mas lendo o regulamento do FFP o meu best guess é que se podem descontar certos custos como a amortização de passes de jogadores, custos financeiros com a construção de infra-estruturas desportivas e despesas com impostos). Se alguém souber o que significa ao certo esteja à vontade para me corrigir. Em caso de não cumprimento do acordo, o Sporting poderá ser obrigado a pagar €2M.

A UEFA percebeu que a mudança de vida do Sporting é de tal forma genuína e evidente, que decidiu aplicar um castigo que acaba por ser pouco mais que simbólico. O reconhecimento pelo esforço do clube em equilibrar as suas contas foi valorizado pela UEFA, de tal forma que de todos os clubes em avaliação pelo incumprimento do Financial Fair Play o Sporting foi o único a evitar multas imediatas:
  • Besiktas: €1,5M obrigatórios, que poderão chegar até aos €5,5M
  • Inter Milão: €6M obrigatórios, que poderão chegar até aos €20M
  • Krasnodar: €1M obrigatórios, que poderão chegar até aos €4M
  • Lokomotiv Moscovo: €1,5M obrigatórios, que poderão chegar até aos €5M
  • Mónaco: €3M obrigatórios, que poderão chegar até aos €13M
  • Roma: €2M obrigatórios, que poderão chegar até aos €6M
  • CSKA Sofia: €200.000 obrigatórios
  • Karabukspor: €200.000 obrigatórios
  • Rostov: €200.000 obrigatórios

Não é agradável vermos o nosso clube ser punido, por mais leve que seja a sanção. Mas a verdade é que as penalizações eram praticamente inevitáveis e poderiam ter atingido um nível bem mais grave.

São portanto excelentes notícias, que só foram possíveis pelo fantástico trabalho de saneamento das contas levado a cabo pela direção ao longo destes dois anos. Não pode ser minimizado tudo aquilo que foi alcançado em tão pouco tempo, em que o clube passou de prejuízos da ordem dos €45M anuais para resultados positivos, conseguindo em simultâneo melhorar de forma considerável a prestação desportiva da equipa. 

Esta decisão também é uma boa forma de nos lembrar que deveremos ter consciência da pouquíssima margem de manobra que a direção teve, tem e continuará a ter no médio prazo, para conseguir apresentar um plantel competitivo.

Mais um problema resolvido por Bruno de Carvalho. Mais um passo dado no caminho da plena recuperação do clube.

11 comentários :

  1. Isto é um reminder do que as más gestoes do passado ainda nos podem prejudicar no futuro. Nao convém esquecer o que se passou, e ser capaz de avaliar o trabalho de quem lá está à luz da transicao quase "da noite para o dia" que foi feita.

    Esperemos que BdC e a direccao consigam manter o barco no mesmo caminho para escaparmos definitivamente a mais sancoes.

    E tens razao, Mestre, a questao da lista nao é dramática porque, pela sua matriz formadora, o Sporting tem sempre uma série de jogadores que possuem anos suficientes de formandos no clube e idade baixa o suficiente para poderem entrar na lista B sem necessitarem de ser inscritos na A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente, Petinga, e ainda há muito caminho para trilhar até estarmos livres de todos estes constrangimentos. Um abraço.

      Eliminar
  2. Acabou por ser muito bom este desfecho...está de parabéns a direção pela enorme recuperação financeira que o clube tem tido!

    ResponderEliminar
  3. Num clube como o nosso, a questão dos 25 ou 22 jogadores não será nada de muito importante. Não temos uma legião de estrangeiros para inscrever. O nosso ADN é outro.

    A questão do equilibrio do exercício é que será menos agradável. Claro que toda a empresa tem de ter o seu exercício a zero, sem dívida, se lucrar melhor mas o nosso passado pesa.

    Somos ambiciosos com a equipa, continuaremos a ser ambiciosos com o treinador mas não podemos exigir já o futuro.

    Era excelente ultrapassar a eliminatoria de acesso aos grupos da champions... mas isso fica pra depois das férias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. aminhatvpifou, é importantíssimo para o Sporting a presença na Champions. A brincar, a brincar, as receitas garantem metade do orçamento... Um abraço.

      Eliminar
  4. Peço desculpa mas só fazer um offtopic.
    Mestre as vezes fazes umas dissertações sobre o poder dos clubes nos jornais e tal. Muito interessante o facto de nenhum jornal ter reportado a festa que aconteceu no olival durante a semana. Com outros clubes penso que tinha vindo na primeira pagina. E os blogues portistas que nesse dia durante a tarde falavam do assunto já foi tudo apagado. Em algumas coisas ainda são muito fortes.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar porque era tudo uma grande aldrabice, vindo de pseudo-sites que são pagos ao click. Deve pensar que comemos gelados com a testa

      Eliminar
    2. Não sei qual é o pseudo site. Eu descobri isto enquanto bebia uma jola, discutia futebol e um colega portista disse "Não temos hipótese eles até já andam a chapada"e depois mostrou umas paginas de apoio ao porto onde só se falava disto. Quando cheguei a casa foi só meter no google, ainda apanhei a noticia no site da sic noticias, e a discussão em vários blogues do porto. Desde ai tudo desapareceu. Se foi inventado? se calhar 80 % das noticias de desporto tuga tb são inventadas por isso não ficaria surpreendido. Ainda há uns dias vi que o Olá joão ia por 20 milhões até chorei a rir.

      Eliminar
    3. Tiago, a credibilidade do site onde isso foi posto não é boa (pagam por pageviews), pelo que não sei mesmo o que pensar sobre o assunto.

      Sobre o Fabiano a conversa é diferente. O Porto nega que tenha havido algum problema entre Fabiano e Lopetegui, mas disseram-me na 4ª feira exatamente aquilo que o JN escreveu (quem me disse conhece gente ligada ao Porto).

      Portanto, o facto de o Porto desmentir algo não quer dizer que não aconteceu. É apenas a resposta natural para salvaguardar as aparências - coisa a que eles sempre deram muita importância.

      Um abraço.

      Eliminar
  5. É indiscutivel que esta direcção tem feito um bom trabalho a nível financeiro

    ResponderEliminar
  6. Só uma ressalva, Mestre. De acordo com comunicado emitido pela SAD, estas penas sao todas suspensas. Incluindo a questao dos 22 jogadores inscritos, presume-se. Para escapar às sancoes, a SAD "só" precisa de apresentar resultados positivos de 4.9 M€ no exercício que finda em Julho.
    "Só".

    ResponderEliminar