terça-feira, 19 de maio de 2015

Três graus de indignação

Ver aquele adepto benfiquista ser agredido revoltou-me profundamente. Nem consigo imaginar o que sentiria se estivesse no lugar dele - com outra camisola, evidentemente -, a partilhar um dia de festa com os meus filhos e, sem aviso prévio, numa questão de segundos, ver-me a perder por completo o controlo da minha vida e do bem-estar dos meus filhos. Poucas coisas devem ser mais aflitivas.

Muito mal a PSP a tentar branquear o que se passou, muito bem o Benfica ao proporcionar uma experiência aos miúdos que, de tão inesquecível que será, talvez possa minimizar de alguma forma o horrível episódio a que foram sujeitos.

Noutro nível de indignação relativamente à atuação da polícia, bem menor, estão os acontecimentos do Marquês. A polícia foi obrigada a intervir. A culpa, em primeira e última análise, é dos energúmenos que colocaram em risco a segurança de todos ao arremessar todo o tipo de objetos perigosos que tinham à mão. Sim, houve excessos por parte da polícia - que, por muito treino que tenham, não deixam de ser humanos -, é lamentável que não consigam distinguir os arruaceiros de outras pessoas a quem faltou o bom julgamento de se afastarem do centro dos problemas, mas não nos podemos esquecer que não foi a polícia que esteve na origem do que se passou.

Mas ontem à noite vi um vídeo que, não envolvendo qualquer tipo de violência física, também me chocou. Não tanto quanto as imagens do menino em pânico ao ver o pai a ser agredido, mas bem mais que a carga policial realizada no Marquês. Falo de imagens mostradas pelo JN em que mostra uma série de pessoas a pilharemo armazém da loja do Estádio D. Afonso Henriques:


Ver tantas pessoas, com um ar totalmente natural, a saírem da loja com chuteiras, bolas, camisolas do Guimarães (!), malas de viagem e sabe-se lá o que mais, exibindo um sorriso na cara como se estivessem a desfrutar de uma qualquer atividade de lazer, também me tirou do sério. Até consigo reservar uma ponta de compreensão para quem rouba por necessidade. Agora, estes criminosos não merecem o mínimo de respeito. Não chega o Benfica dizer que vai pagar. Em relação a estes e outros que estejam identificados em vídeo, é favor a polícia ir bater-lhes à porta e proporcionar-lhes uma visita guiada à esquadra da sua zona de residência e ao tribunal competente mais próximo.

P.S.: este post foi escrito ontem à noite, mas perante a capa do jornal A Bola de hoje tenho que fazer os seguintes comentários:



  • É triste que o jornal A Bola não faça quaisquer considerações na capa à violência no Marquês ou às pilhagens de Guimarães, e que pareçam querer reduzir o que se passou ao episódio da agressão ao pai dos miúdos.
  • Vieira diz que quer encontrar culpados, sejam eles quem forem. Já sabemos que isso vale de muito:

  • Soube também ontem que os ecrãs gigantes do Marquês - que passavam as imagens da Benfica TV - mostraram em plena festa as imagens da agressão policial de Guimarães. Parece-me no mínimo irresponsável, atendendo ao facto de serem imagens capazes com potencial para inflamar os ânimos contra os elementos da polícia presentes no local.
  • Há poucos meses atrás, adeptos de um determinado clube lançaram petardos sobre um aglomerado de adeptos de um outro clube. Desse incidente resultaram 6 feridos. Para quem não se lembra, aqui estão as imagens:

Como é que os responsáveis do Benfica na altura classificaram estes incidentes? Ah, pois, "folclore".

25 comentários :

  1. Em relação ao 1º caso é abrir um processo disciplinar ao policia agressor e suspendê-lo durante algum tempo sem pagamento, a ver se lhe dói no bolso.

    Nos incidentes no marquês a policia parece-me que agiu bem, pois tiveram que colocar ordem numa zona onde alguns estavam a provovar desacatos.

    Na pilhagem, é identificar toda a gente que levava coisas e metê-los na prisão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo... Acrescento só que os que roubaram o material do armazém do Vitória é que deviam ser agredidos!

      Eliminar
  2. eu como sei que temos um problema sério com grupos de adeptos organizados não dou para o choradinho empresário pai de família.

    a ordem natural das coisas é: o polícia é expulso, o resto continua igual, em agosto estamos cá todos de novo.

    ResponderEliminar
  3. O choradinho do pai de família está a branquear muita coisa.

    É evidente que foi uma agressão em frente aos filhos mas em boa verdade aparte de umas escoriações e do evidente stresse causado mais nada de grave ocorreu. Há uns meses foram esfaqueados adeptos do Sporting em Guimarães 0 indignação, o incidente dos verylights no derby foi qualificado como folclore, e o festival de Domingo à noite em que arruaceiros destruíram o Marques com o alto patrocínio da Camara de Lisboa e do Benfica passa impune, já para não falar dos roubos na loja do Guimarães.

    Tudo limpinho limpinho

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, Green Lantern. E para piorar já estão a tentar passar as responsabilidades dos incidentes a adeptos do Sporting. Inacreditável.

      Eliminar
    2. Isto começa a ultrapassar tudo o que é razoável.

      Ainda hei-de ouvir que o culpado é o Bruno de Carvalho!!!!!

      Já faltou mais...

      Eliminar
    3. Já agora as capas da Bola e do Record são o pináculo do lambe-bostismo.

      Da Bola e do branqueamento da violência estamos falados.

      Do Record a renovação do Jasus é uma questão de honra, o facto de querer mais dinheiro é secundário. Como se isso fosse assim.

      Ainda ontem tive muita pena do Eduardo Barroso não saber responder à altura, pois o Seara Mãozinhas já veio com a desestabilização dele informar que o Sporting vai ter um mês conturbado, como é que sabe isso? Quem lhe passou tais informações? É wishful thinking?

      O que vejo é um treinador português acabado de ser campeão a quem oferecem a renovação por menos dinheiro e um treinador estrangeiro acossado cuja nova medida é comprar uma torre maior para o Olival. Mas o Marco Silva é que está mal.

      SL

      Eliminar
    4. Green Lantern, em relação a isso do BdC, escrevi precisamente isso no Twitter quando estavam a acontecer os distúrbios... :) LINK

      Para Benfica e Porto tudo é cor-de-rosa, a crise passa-lhes ao lado, tudo gera números fabulosos. Potenciais problemas? Só em Alvalade...

      Um abraço.

      Eliminar
    5. Giro que o que foi uma brincadeira de um adepto do Sporting (um pouco desmiolado pq a brincadeira é mesmo de mau gosto) seja utilizada para mais uma vez acicatar ânimos e montar pessoas umas contra as outras. Pior é que pelos vistos o rapaz nem sequer em Portugal estava no Domingo...

      No Domingo estive em Alvalade com o meu filho. Foi um prazer enorme: sol, vê-lo do alto dos seus quatro anos a cantar e apoiar a equipa. Mas tenho medo. Cada vez mais tenho medo de o levar ao que deveria ser um divertimento. Medo de pensar em ir festejar para qualquer lado que não seja a minha casa. Será isto futebol? Será isto uma sociedade civilizada?

      Eliminar
    6. Pedro, é realmente algo que devia preocupar toda a gente. Não estamos livres que aconteça o mesmo quando for a vez do Sporting festejar, bem pelo contrário... Um abraço.

      Eliminar
  4. a ultima frase acho que faz pensar qualquer pessoa. Na altura foi uma tentativa barata de tapar o sol com a peneira, hoje como foi com adeptos do seu clube já merecem uma homenagem nacional.

    ResponderEliminar
  5. e já agora mestre, aquilo não era a loja, mas sim o armazém

    ResponderEliminar
  6. http://www.jn.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=4575955

    Caro mestre deixo o link do JN. Isto também deve ser mentira e devem ter sido adeptos do Sporting a fazer, ou então ocorreu em Alcochete e as camisolas foram trocadas.

    Se fosse no Sporting as capas que não daria era a ferro e fogo.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver o que O Jogo diz sobre isso amanhã... certamente que aparecerá num quadradinho num canto, ao mesmo tempo que destacam mais uma estatística fabulosa conseguida por Lopetegui ou outro jogador qualquer...

      Eliminar
  7. No primeiro caso houve claro está uma reacção desproporcionada por parte do agente da policia ,houve portanto abuso de autoridade embora haja um momento de exaltação por parte do pai que desencadeia o resto.

    Houve violência gratuita principalmente ao avô e um espectáculo triste e traumatizante para os miudos.Infelizmentecada vez mais o futebol não é um espectáculo para a família.

    Na segunda situação pergunto eu que tipo de gente é esta que em vez de festejar o título de campeão com alegria vão andar à pancada uns com os outros e agredir as forças policiais .

    Na terceira situação é como se costuma dizer a ocasião faz o ladrão neste caso vários ladrões que devem ser identificados e punidos.Do enxovalho público já não passam.

    Vejam bem um dia que deveria ser de festa foi desde a manhã até ao fim da noite de violência.Não haja dúvidas que não sobra escumalha no Carnide,um clube rico em tudo,nem vencer sabem.

    Pelas palavras do Presidente da Câmara de Lisboa parece que vão fazer uma grande investigação ao que se passou no marquês pois parece que poderiam ter sido muitos factores a dar origem ao que se passou....eu quase que jurava que uma das causas foram adeptos do Sporting e da Juve Leo infiltrados que provocaram os desacatos,outra causa foram os comunicados do Bruno de Carvalho !...tristes lampiões .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. King Lion, infelizmente isto ultrapassa qualquer clube. Mesmo no nosso temos gente que só gosta de causar o caos... Um abraço.

      Eliminar
    2. MdC

      É verdade todos os clubes tem gente que deveria ser banida dos campos de futebol porque a sua postura é criminosa tanto dentro como fora dos campos.

      Mas para o nosso futebol ser ainda melhor era necessário limpar dos campos de futebol árbitros incompetentes e corruptos que decidem os campeonatos como foi o caso desta época,dirigentes que já deveriam também ter sido banidos do futebol por estar envolvidos em casos de corrupção desportiva,dirigentes cadastrados por motivos profissionais que se escondem e que se perpetuam no poder nos grandes clubes para evitar futuros processos judiciais.

      Em suma o problema é que o futebol em Portugal além de ser um desporto que envolve muitos milhões de euros e a paixão de um povo é também um porto de abrigo para todo o tipo de pessoas que caso estivessem a viver num país onde realmente as leis se cumprem nunca estariam em posições de destaque na sua sociedade.

      Por fim continua a conformar-se que o Rui Gomes da Silva é um deficiente que necessita urgentemente de acompanhamento.De resto ontem o Dr: Rogério Alves teve uma postura exemplar depois de indirectamente mandar foder o Paulo Garcia.
      MdC veja o que aconteceu ontem no Dia Seguinte !....

      Eliminar
  8. E sobre os acontecimentos ocorridos em Alvalade na noite de domingo??

    ResponderEliminar
  9. E sobre os acontecimentos ocorridos em Alvalade na noite de domingo??

    ResponderEliminar
  10. E sobre os acontecimentos ocorridos em Alvalade na noite de domingo??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei porquê, mas fizeste-me lembrar a história da formiga que fica presa na linha do comboio e, não se conseguido libertar, ao ver o comboio a chegar, diz:
      - Ah! Que se lixe... se descarrilar, descarrilou!
      Não sei se percebeste...

      Eliminar
    2. Não percas tempo....eles não percebem mesmo eheh Mas a verdade é que o desporto por vezes parece o esgoto da sociedade ! É o local onde vai para toda a merda ......

      Eliminar