segunda-feira, 13 de julho de 2015

O milagre financeiro do Sporting

Muitos falam num all-in do Sporting em função do investimento feito em Jorge Jesus e no reforço do plantel, o que me parece ser um perfeito disparate. E isso é facilmente comprovável pelo que o Cafageste escreveu na caixa de comentários do post de sábado:



Não existem milagres financeiros. Nem aqui, nem na China. Nem no outro lado da estrada ou ao pé da VCI!

O que houve no Sporting foi um investimento num treinador que se considera que poderá valorizar jogadores. Porque se o Sporting pudesse e andasse a esbanjar dinheiro:
  • cobria a proposta do fóculporto pelo Danilo
  • não andava vários dias a tentar contratar o Bryan Ruiz pelo menor preço possível, falando-se de um valor inferior a 2M de euros, quando o Fulham pedia 4M.
  • aceitaria sem problemas as exigências do Ricky
  • já teria fechado o Teo Gutierrez e o Douglas.

Dizer que o Sporting está cheio de dinheiro é falso. Investiu de forma diferente o pouco que tem. E o Jesus só ganhará os 6M se atingir os objectivos. E isso representará um encaixe superior para o clube!



Haverá no Sporting um efetivo aumento do orçamento, assumido pela direção, ditado pela inesperada oportunidade de contar com o melhor treinador que um clube português pode aspirar no momento. É evidente que existem riscos inerentes ao aumento do orçamento, mas avaliando pelas negociações prolongadas que têm havido para contratar os jogadores em que estamos interessados, esses riscos desaparecerão se o Sporting se qualificar para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Falhando o apuramento, parece-me muito provável que o Sporting terá que vender alguém no mercado de inverno - como, aliás, o Benfica fez com Matic, Rodrigo, André Gomes e Enzo nas últimas duas janelas de transferências de inverno. A diferença é que ao Sporting bastará efetuar uma boa venda para voltar a equilibrar as finanças (e a tesouraria) da época.

35 comentários :

  1. Mestre,

    Também é essa a leitura que faço, agora é os adeptos apoiarem no estádio a equipa, por mim já renovei a gamebox.

    Abraço,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já renovei a minha, Filipe. Esperemos que haja uma boa resposta dos sportinguistas. Um abraço.

      Eliminar
  2. Mestre,

    É normal visto que para muitos adeptos em Portugal isto de ter orçamentos, respeitá-los e obter uns lucros são coisas que deviam resultar em vender jogadores ou fazer empréstimos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade El Niño. Até agora esta direção tem cumprido escrupulosamente os objetivos propostos em termos de custos. Um abraço.

      Eliminar
  3. falava-se que o Orçamento deste ano passaria dos 25M€ do ano transato para os 30M€ ... a ver vamos como será.

    Para já, parece-me que este ano ao contrário das contratações "desenfreadas" (SLB style) da época passada este ano serão mesmo "cirúrgicas".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quantos jogadores sem nexo pediu o jj durante estes 6 anos?
      Camiões looool

      Eliminar
    2. Claro, Pedro. O JJ pediu os jogadores todos que o Benfica vai buscar, Friesenbichlers incluídos. Argumentos falaciosos também eu sei dar...

      Eliminar
    3. Quantos foram Pedro? Coloca ai a lista.

      Eliminar
    4. Ó pedro nuno, vai cavar batatas.

      Eliminar
    5. pedrocas nuno filho de putanice...ainda cá estás meu grande FDP ?não nos largas a braguilha, seu FDP vermelhudo .

      Eliminar
    6. Sérgio, 30M parece-me complicado, a não ser que o Sporting venda alguns dos jogadores mais caros, como o Capel, o Adrien ou mesmo o Rui Patrício. Mas vamos aguardar para ver. Um abraço.

      Eliminar
    7. MdC penso que será mesmo por ai vender/emprestal o Capel, vender o Adrien e outros excedentários no plantel.

      Por outro lado os gastos em aquisições irão diminuir com isso tb se consegue disponibilizar verbas para o aumento do orçamento nesta época.

      Eliminar
    8. Mestre, conforme disse ao Sérgio, vamos aguardar para ver. Permita-me chamar a atenção para as reiteradas declarações de BdC sobre não haver necessidade de vender nenhum dos principais jogadores. Ora, vendeu-se Cedric - uma ajudinha (20% ?) às despesas, certo?
      Muita gente irá sair (cedências, empréstimos, talvez mais alguma venda "menor"), o que aumentará a "folga" ...e há o caso do Carrillo, a ver vamos como termina.

      Eliminar
  4. Financeiramente o Sporting está a ser muito bem gerido. Falar-se em all-in do Sporting é completamente ridículo e desonesto.

    E como a politica de contratações também mudou, que era um aspecto em que era bastante crítico, estou bastante contente com o rumo definido!

    Há é ainda no plantel casos em que desperdiçamos dinheiro do orçamento, como o Capel e Miguel Lopes. Demasiado caros para o que jogam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em relação à última frase, estou perfeitamente de acordo, PM. Temos um conjunto de jogadores que ganha demasiado para o que rende. Rui Patrício e Adrien são caros mas também são jogadores importantes. Agora casos como o do Capel, Miguel Lopes (bem lembrado) e, quem sabe, do Labyad, terão que ser bem ponderados. Um abraço.

      Eliminar
    2. O problema do ML provem de uma godinhice que impede a sua venda porque no caso de o fazer o fubebol clube calor da noite tem que receber 5M. As soluções são: emprestar ou baixar ordenado.

      Eliminar
  5. O argumento do "all-in financeiro do Sporting" é plantado apenas por pessoas de outros clubes que tentam pôr no Sporting toda a pressão possível para que exista a ideia que a conquista imediata do campeonato já esta época é essencial para ter retorno financeiro, quando isso não é verdade.

    Obviamente que a aposta que está a ser feita tem como objectivo principal ser campeão novamente, mas a ideia que se está a espalhar na comunicação social é "ou o Sporting tem resultados imediatos ou a recuperação financeira destes 2 anos vai toda por água abaixo", e isto é uma mentira gigante mas que os sportinguistas menos atentos podem acreditar.

    Bem vistas as coisas, o ano passado contratámos um contentor de jogadores "à la carnide" e tirámos muito pouco proveito deles, este ano finalmente estamos a ter critério e a contratar jogadores de qualidade inegável a um preço bem razoável, além de JJ já ter integrado jogadores como Gelson, Wallyson e Matheus Pereira, jogadores esses que no ano passado não tiveram lugar com Marco Silva e que poderiam ter dado descanso muito necessário na segunda metade da época a jogadores mais desgastados do plantel, e quiçá lutar pela titularidade (estou convencido que Wallyson irá ganhar o seu espaço na equipa principal).

    Se fizermos as contas honestamente, e compararmos o dinheiro somado de todas as contratações da época passada, mais o salário auferido por cada jogador, a diferença não será tão grande quanto isso em relação a esta época, com a diferença de que desta vez estamos a comprar certezas de qualidade e de melhoramento de plantel, a um preço muito razoável e sem entrar em loucuras.

    Para finalizar, e a confirmarem-se as contratações de Teo Gutiérrez e Mitroglou, é quase inevitável que o Sporting venda 2 dos seus avançados (para mim Slimani será vendido porque terá pouco espaço no onze titular e porque pouco mais valorizará, além de que não tem a qualidade técnica que JJ costuma pretender dos seus avançados), e essas vendas compensarão, caso os negócios sejam bem rentáveis, todo o investimento feito esta época.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, Kazylax. Há uma aposta forte mas parece-me perfeitamente calculada. E também me parece que não ultrapassaremos o investimento feito no ano passado na compra de passes de jogadores.

      Na minha opinião não deveríamos vender Slimani. Não convém corrermos o mesmo erro do ano passado não tendo nenhuma alternativa ao PL titular. Nem Teo Gutierrez, nem Montero nem Ruiz têm as mesmas características de Mitroglou ou Slimani. Ou seja, pode ser curto caso o argelino seja vendido. Mas se for vendido, que seja depois da pré-eliminatória da Champions.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. É verdade que são dois tipos de jogador, mas penso que perder Slimani seria um grande problema caso o sistema de jogo fosse o mesmo do ano passado, pois com JJ não teremos um ponta de lança de raíz, e sim 2 avançados móveis. E aí, Teo, Montero, Ruiz e Mitroglou são mais do que suficientes na minha opinião.

      Mas JJ percebe mais de futebol do que eu, e tenho a certeza que a direcção do Sporting não tomará nenhuma decisão sem o consultar, por isso os melhores interesses do Sporting estarão, à partida, assegurados.
      Abraço

      Eliminar
  6. Mas alguém viu a palavra "all-in" em algum blog sem ser nos blogs NGB, forum serbenf., Camarote Leonino, Norte de Alvalade? Acho quem nem a imprensa utilizou esses termos.
    Ainda falaram uns tempos em Guiné, Obiang, porque estavam ressabiados, mas até isso já passou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente! Pode até questionar-se um pouco mas disso até all in vai muito... eu apenas questiono como é que o sporting vai pagar as vmoc se vai investir em salários e contratações o lucro operacional de um ano, ou o objectivo é mesmo deixar cair o controlo para fora do clube?

      Eliminar
    2. Belfodil, a imprensa não utiliza esse termo, mas há muitos comentadores que já questionaram onde vai o Sporting buscar o dinheiro... agora não falam tanto porque a azia abrandou, mas ainda vão havendo umas bocas aqui e ali... :) Um abraço.

      Eliminar
    3. Nuno, as VMOCs foi o menos mau que o clube podia arranjar após as eleições e à beira de acabar.
      Com o José "Peyroteo(só uso este nome nas eleições do Sporting)" Couceiro, os Sportinguistas estavam hoje a discutir o nome do novo clube e a melhor forma de chegar à 1ª liga.
      Não há umas VMOCs que vencem em 2016? É uma questão de vermos o que vai acontecer.

      Eliminar
    4. Eu não digo que era bom ou mau... Aliás depois de me explicarem o que eram vmocs fiquei sem perceber qual o grande mérito da renegociação com os bancos. Mas sempre pensei que fossem para ser recuperadas... Para isso o Sporting tinha de dar lucro de cerca de 10M ano... Para essas de 2016 ainda mais... Ora se o lucro não é para poupar mas para reinvestir não vejo como vão recuperar as vmocs. Só isso.

      Eliminar
    5. nuninho martins Gay e filho da putanice...ainda por cá andas ,meu grande FDP? Trata-te BURRO FDP VERMELHO

      Eliminar
    6. nuninho martins Gay e filho da putanice...ainda por cá andas ,meu grande FDP? Trata-te BURRO FDP VERMELHO

      Eliminar
  7. No dia em que este blogue e outros semelhantes deixarem de vender a ideia que o orçamento do ano anterior foi de 25 milhões...

    25 milhões foram em salários. Fora custos com passes e demais. Mas, enfim, andam a vender uma treta. Basta ler com atenção o relatório de contas. E, deixar de ter tanta preocupação com os outros dois rivais e as suas contas. Quem desdenha quer comprar.

    Ps. Vou só deixar isto aqui: João Pereira.
    Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, é a terminologia usada por muita gente. Desde que se comparem as mesmas coisas quando se falam dos 3 rivais, não vejo qualquer problema nisso. Normalmente, numa empresa, um orçamento até abrange tudo aquilo que será previsivelmente despesa e receita, independentemente de dizer respeito ou não à atividade principal. No futebol ninguém faz isso. Um abraço.

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Pedrocas nuno Gay e filho da putanice...ainda por cá andas ,meu grande FDP? Trata-te BURRO FDP VERMELHO

      Eliminar
  9. Pedrocas nuno Gay e filho da putanice...ainda por cá andas ,meu grande FDP? Trata-te BURRO FDP VERMELHO

    ResponderEliminar