sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Balanço das arbitragens: 2ª jornada

Sporting 1-1 P. Ferreira (Manuel Oliveira)

11: João Mário pica a bola, que bate no braço de Hélder Lopes; o árbitro não assinalou penálti - decisão certa, o jogador do Paços parece ter a preocupação de manter o braço encolhido, apesar de não estar totalmente colado ao corpo, e a distância é suficientemente curta para que o lance possa ser considerado como de bola na mão

45': Slimani cai na área, o árbitro mostra amarelo por simulação - decisão certa - o jogador do Paços coloca as mãos nas costas de Slimani, mas não parece haver um movimento suficientemente forte para o derrubar; de qualquer forma, a jogada devia ter sido anulada imediatamente antes por fora-de-jogo do argelino

65': Slimani é derrubado por Fábio Cardoso e cai na área, o árbitro não assinala qualquer falta - a infração é indiscutível mas acontece fora da área, e deveria ter sido mostrado amarelo ao jogador do Paços

78': Cícero cai na área após se ter embrulhado com João Pereira, o árbitro assinala penálti - decisão certa, João Pereira coloca os braços nas costas do jogador do Paços e pode ter estorvado a sua progressão

78': João Pereira é expulso na sequência do lance anterior - decisão errada, Cícero não tinha hipóteses de chegar à bola, pelo que não se cumpriam todos os requisitos para justificar a expulsão do defesa do Sporting

=: o erro acontece após os 75' (limiar que coloco para considerar uma grande possibilidade de uma expulsão nestas circunstâncias ter influência no resto do jogo); como tal, apesar do erro, arbitragem com poucas possibilidades de ter influência no resultado


Marítimo 1-1 Porto (Hugo Miguel)

90'+4: Existem dúvidas sobre uma eventual falta sobre Maxi Pereira na área do Marítimo no momento do cabeceamento à barra - decisão certa, o jogador parece saltar para a bola sem qualquer tipo de interferência

90'+4: Na sequência do cabeceamento, existiram dúvidas sobre se a bola terá entrado ou não na baliza - decisão certa, a bola bate em cima da linha, pelo que não foi golo

=: arbitragem sem influência no resultado


Arouca 1-0 Benfica (Nuno Almeida)


17': Mitroglou cai na área após contacto de Hugo Basto; o árbitro não assinalou penálti - decisão errada, a ação do defesa do Arouca parece contribuir para o desequilíbrio o avançado do Benfica antes de tocar na bola

56': Victor Andrade remata e há dúvida se a bola bate no braço de Lucas Lima; o árbitro não assinalou penálti - decisão certa, a bola não bate no braço do jogador

90'+5': Golo anulado a Jonas por suposta falta de Lisandro - decisão certa, Lisandro vai de pé em riste na direção do defesa do Arouca e faz jogo perigoso

=: é razoável assumir que, convertendo o penálti não assinalado sobre Mitroglou, o Benfica teria melhores hipóteses de chegar à vitória (X2)



Estatísticas da jornada



Estatísticas acumuladas




Classificação



Jogos com influência da arbitragem no resultado



Erros de arbitragem com o resultado em aberto



Erros de arbitragem com o resultado em aberto agrupados por árbitro, desde 2013/14




39 comentários :

  1. Caríssimo, discordo da conclusão no penalti sobre slimani. como não tem os pés no chão qualquer toque, por pequeno que seja, retira completamente o jogador do lance. por outro lado, a tua conclusão retira objectividade a estas análises porque entramos no domínio do "intensómetro". nunca saberemos, mas sabemos que slimani não tem qualquer ponto de apoio por se encontrar no ar.
    baseado no que vi na tv também nao acho que tenha havido penalti sobre mitroglu, mas aí acho que a subjectividade é impossível de contornar, são opiniões :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso agora, o facto de alguém colocar as mãos nas costas de um adversário não tem que ser necessariamente falta. Lembro-me por exemplo no tristemente célebre Sporting - Nacional de há duas épocas, em que o Mota anulou (muito mal) um golo ao Slimani, em que tanto Sli como Montero nessa jogada colocam as mãos nas costas dos adversários.

      Aquilo que vi (apesar de as imagens não serem as melhores) foi o jogador do braço a esticar o braço para as costas do Slimani para controlar a distância, mas não vi nenhum movimento a fazer força para o empurrar. Para mim, Slimani sentiu o toque e tentou cavar o penálti. Um abraço.

      Eliminar
    2. Mdc mais uma vez coerente... tão diferente dos seus "amigos de clube"... nesse lance colocaram bem mais nas costas e os sportinguistas diziam que não foi suficiente. Já para não falar daqueles abraços do mauricio...

      Eliminar
  2. Mdc foi por um post destes que descobri o seu blog e que ganhou o meu reconhecimento.
    Concordo com quase tudo. Só não concordo com o golo anulado ao jonas e a análise ao lance do maxi que para mim nem há nada para analisar.
    A única coisa que queria salientar é considerar golo anulado ao jonas... Parabéns. Depois de andar um ano inteiro a ouvir dizer que um golo obtido 5s após o apito do árbitro foi anulado... Esta semana as mesmas pessoas já diziam que no caso do jonas não foi golo anulado porque o árbitro já tinha apitado. Intelectualmente repugnante. Ainda bem que você não é desses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esqueceu se de comentar o penalti do Luisão na área do arouca. A vontade dos comentadores de ir ao pote das críticas é tanta...

      Eliminar
    2. Esqueceu se de comentar o penalti do Luisão na área do arouca. A vontade dos comentadores de ir ao pote das críticas é tanta...

      Pedro Guerra style

      Não houve nenhum golo anulado, o Jonas ainda devia era ter visto o amarelo porque o jogo já estava interrompido. Ainda em relação a esse lance, acho piada que o do Gélson frente ao Tondela era jogo perigoso, já nesse o levantar de perna do Lisandro já não é.

      #lampionism

      Eliminar
    3. O critério que uso para definir se incluo uma jogada interrompida que dá golo, tem a ver com a atitude de todos os jogadores perante o apito do árbitro (que foi anterior ao remate de Jonas). O defesa do Arouca continuou a fazer-se ao lance e o remate do Jonas era indefensável. Daí considerá-lo como anulado nesta análise. Um abraço.

      Eliminar
    4. Ah, sim, o penálti do Luisão na área do Arouca que o Coroado descobriu... vou já mudar tudo e atribuir a vitória à equipa da casa. ;)

      Eliminar
    5. Não quer também incluir o facto de jogarem quase sempre com 12, 13 ou 14???

      Eliminar
    6. Belfodil não acredito que você seja daqueles que andou um ano a dizer que houve um golo anulado ao nacional quando o árbitro apitou há 5s e o jc até deixa passar o avançado e agora vem dizer que não foi golo anulado porque já tinha apitado! Vou considerar como sarcasmo!
      Mdc eu percebo os seus critérios e por isso o parabenizei por ser coerente!
      Afl vai pentear macacos... nunca ganhas nada devido aos árbitros... contra vocês todos jogam com 14 ou 16... é uma conspiração internacional para evitar que vocês lutem por algo... termino como comecei vai pentear macacos.

      Eliminar
    7. Golo anulado ao Nacional? vai buscar mais
      Eu gosto é de te ver escrever "Intelectualmente repugnante", depois escreves que consideras o penalti contra o Tondela, jogo perigoso do Gelson, já este do Lisandro não viste jogo perigoso nenhum.

      #IntelectualmenteRepugnante
      #lampionism

      Eliminar
    8. Na minha perspectiva são lances diferentes... um disputa com a sola da bota o outro disputa a bola nas mesmas condições que o adversário que afasta a bola.
      E caso não tenhas dado conta a minha questão nesse lance nem é muito o lance em si (porque o Benfica tem de fazer mais para ganhar e não ficar a queixar-se dos árbitros... isso é para vocês) mas as desculpas a dizer que não foi golo anulado porque o árbitro tinha apitado das mesmas pessoas que levaram um ano inteiro a falar de gola anulado ao nacional.

      Eliminar
    9. "Na minha perspectiva são lances diferentes... um disputa com a sola da bota o outro disputa a bola nas mesmas condições que o adversário que afasta a bola. "

      É isso, o Lisandro faz jogo perigoso mas disputa a bola, portanto não deve ser considerada falta porque com o jogo perigoso não conseguiu ganhar a bola.
      Essa vem no livro do Rola?

      "Benfica tem de fazer mais para ganhar e não ficar a queixar-se dos árbitros... isso é para vocês) "

      O Benfica tem mais que fazer? Tem pois, é a estrutura colocar gajos a berrarem sobre erros de árbitros com fotocopias na mão durante hora e meia ao mesmo tempo que dizem que não se queixam da arbitragem.

      é activar os spots #colinho e #maodevata para este fim de semana para ver se a coisa corre melhor

      Eliminar
  3. O suposto golo de Jonas não é anulado. O árbitro já tinha apitado. Aliás, qualquer pessoa isenta verá facilmente que o guarda redes adversário nem se faz ao lance. O que mais impressiona nas hostes das virgens ofendidas é o escândalo por não descortinarem qualquer falta quando o Lisandro salta com o pé no ar. Não sei se é suficiente para considerar jogo perigoso mas tenho à certeza que foi isso que levou o árbitro a apitar.

    Já o penalti sobre o Mitroglou também acho polémico. Admito que o árbitro pudesse marcar.

    Os lances do Sporting, não discordo com nada. Ali não houve roubo nenhum, ao contrário do que muitos sportinguistas escandalizados apregoavam. Dualidade de critérios nas faltas em geral, talvez.

    Parabéns, Mestre por mais este post de qualidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Tetchetyud, no lance do Jonas o guarda-redes até se podia ter feito ao lance e gritar "fora"..."do alcance". Um bilhete daqueles é indefensável.

      Quanto ao lance em si, estive no Estádio e posso-lhe dizer que não se percebe no momento o que se passou, talvez fora de jogo. Em casa, pela televisão, é uma falta muito forçada.

      Concordo com a análise feita pelo Mestre.

      Eliminar
    2. Claro tet.. já o golo anulado ao matias do nacional no ano passado já foi um golo anulado apesar do apito ter sido 5s antes.
      Sabe... o golo que vocês dizem anulado ao slimani também não foi golo anulado... pois a bola saiu e a partir dai não há jogo... é esta a sua lógica?

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. "11: João Mário pica a bola, que bate no braço de Hélder Lopes; o árbitro não assinalou penálti - decisão certa, o jogador do Paços parece ter a preocupação de manter o braço encolhido, apesar de não estar totalmente colado ao corpo, e a distância é suficientemente curta para que o lance possa ser considerado como de bola na mão

    45': Slimani cai na área, o árbitro mostra amarelo por simulação - decisão certa - o jogador do Paços coloca as mãos nas costas de Slimani, mas não parece haver um movimento suficientemente forte para o derrubar; de qualquer forma, a jogada devia ter sido anulada imediatamente antes por fora-de-jogo do argelino

    78': Cícero cai na área após se ter embrulhado com João Pereira, o árbitro assinala penálti - decisão certa, João Pereira coloca os braços nas costas do jogador do Paços e pode ter estorvado a sua progressão"


    Totalmente em desacordo, então o JP mete o bracinho, o tipo do Paços que até um gajo bem encorpado, cai logo, é indiscutível segundo a tua analise, já o do Slimani que é praticamente empurrado no salto, dizes que o movimento não é suficiente para o derrubar?

    Desculpa lá ó Mestre mas isso nem parece teu.

    Ah e já agora o do Mitroglou, o jogador toca primeiro na bola ou na perna?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belfodil, não tenho grandes dúvidas que o jogador do Arouca toca primeiro na perna. Ainda por cima bate apenas de raspão na bola e não a afasta do Mitroglou.

      Em relação ao lance do João Pereira, confesso que continuo com muitas dúvidas. De qualquer forma, parece-me muito mais suscetível de condicionar a ação do adversário - imagino que correr com um tipo completamente encostado às nossas costas é mais impeditivo que saltar a uma bola com uma mão a tocar nas costas.

      Enfim, como nestas coisas não há lugar para a decisão assim-assim, tenho que me decidir por uma questão de inclinação... :)

      De qualquer forma, tudo isto não apaga o facto de a arbitragem do Manuel Oliveira foi completamente tendenciosa.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Caro Belfodil,

      No lance do Mitroglou o que dá a entender é que o jogador do Arouca só consegue chegar à bola porque já tinha "forçado" na perna do Mitroglou antes. É daqueles lances que no meio campo é marcada falta sem hesitação, com um braço bem esticadinho a mostrar o amarelo. Na área é sempre difícil marcar-se.

      Eliminar
    3. Ok Alberto, o que interessa ali é se ele toca primeiro na bola ou na perna, se toca na perna, é penalti indiscutível. Também não exageremos em relação ao amarelo, embora eu já tenha visto jogadores do Sporting a levar amarelo por muito menos que aquilo. Olhando para a tabela dos cartões que o Mestre tem ali vejo que o regabofe continua.

      Eliminar
    4. Nesta não concordo MdC. O Lance do Mitroglou acho que há contacto sim (antes do defesa tocar na bola) mas parece que a queda é completamente forçada por parte do grego. Por outras palavras o contacto é insuficiente para provocar a queda do adversário. Já no caso do Slimani a tua avaliação não segue o mesmo raciocínio. O contacto existe assim como uma grande dose de teatro por parte do argelino, mas existe o contacto. Quem se lembra do golo anulado ao Slimani em Alvalade contra o Nacional? Na altura alegavam que ele tinha tocado no defesa. Este é muito mais flagrante. De qualquer forma discutir este lance apenas serve para pôr a nu a dualidade de critérios do árbitro (lance JP que, aceitando que haja penalty pelo movimento que JP faz, na verdade a queda parece-me muito forçada) porque havendo fora de jogo nem gosto muito de o discutir.

      Eliminar
    5. Belfodil... o gajo do paços é encorpado mas o slimani é um peso pluma que com um raspar nas costas cai desamparado de braços no ar? E o slimani está fora de jogo! O lance com o mitroglu até pode tocar na bola, mas só chega á bola porque bate na perna do grego. è tipo aqueles carrinhos que varre o adversário e toca a bola... toca na bola porque derruba o adversário!

      Eliminar
    6. "jogo perigoso do Gelson"
      "Golo limpo anulado ao Jonas, não há falta nenhuma"

      keep trying

      Eliminar
  6. Off:

    http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2275850.html#potes+para+sorteio+fase+grupos+europa+league

    Um grupo à "Homem" seria:

    Sporting
    Liverpool
    Mónaco
    Rosenborg

    Qual xamps qual quê...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com a sorte que costumamos ter, vai ser mesmo isso que nos vai calhar. :)

      Eliminar
    2. Então Mestre, queremos receitas ou não? Com Mónaco e Liverpool provavelmente teríamos boas assistências.

      Eliminar
    3. Dispenso as receitas da LE se isso implicar um esforço grande que coloque em causa o campeonato...

      Eliminar
  7. Não estou de acordo com o lance do João Mário pois parece-me efectivamente mão na bola do jogador do Paços e logo penalti:

    https://www.youtube.com/watch?v=fUSs-tJbX0Q

    Aos 10s, o jogador do Paços vem com os braços em posição natural e quando vê que João Mário vai tocar a bola levanta o braço e deixa a asa a aumentar o volume do corpo o que lhe permite cortar a bola. Se fosse contra o Sporting...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A meu ver não é abusivo, Sar. A bola é picada de perto, o homem tem a consciência que não tem hipótese de colocar o braço atrás das costas e deixa o braço ficar o mais imóvel possível...

      É claro, no entanto, que se fosse ao contrário seria motivo mais que suficiente para grande penalidade. :)

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Concordo plenamente, acho que este lance é penalty, é pena a interpretação dúbia que se dá a estes lances, mas todo e qualquer movimento que aumente a volumetria natural do corpo deve ser sancionada com penalty, neste caso o jogador do Paços se não tinha tempo ou vontade de meter as mãos nas costas, encostava o braço ao corpo, mas não a sua reacção foi um mix de proteger a cara ou o peito colocando o braço em posição de "galinha de asa aberta".

      Eliminar
  8. Boa análise, Mestre!
    Neste momento não é fácil fazermos uma análise isenta dos lances polémicos nos nossos jogos.

    Tem havido imenso "ruído" e creio que isso só serve para nos desviarmos dos nossos objetivos e desculpabilizarmos os nossos próprios erros que devem ser corrigidos no futuro (no caso do play-off da Champions, as reclamações são evidentes e justificadas).

    ResponderEliminar
  9. Não me apetece falar de árbitros porque já todos sabem o que eles são...só quero dizer o seguinte já todos podem adivinhar quem será um dos árbitros a ser despromovido no final da próxima época !...

    ResponderEliminar
  10. A sua análise é boa, a diferença é que consegiu ver jogo perigoso do Lizandro quando eu não vi, e não viu o ano passado sobre o Jardel na Madeira no lance do Marco Matias, como eu também não vi..:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto pedro... esse lance da madeira é case study... nesse lance ninguém viu nada e após 5s ainda era gola anulado!

      Eliminar
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  12. Mestre a única diferença de opinião que tenho é que eu daria vermelho ao Fábio Cardoso na falta ao Sli, diria mesmo que numa fala junto á bandeirola de canto com João Mário ele levava amarelo, tendo já puxado o Sli noutra ocasião parece-me que o moço vinha prá rua fosse de vermelho directo fosse de acumulação.

    ResponderEliminar
  13. Não há penalty nenhum sobre o Mitroglou. Ele é experiente e vê-se que sabe caír mas aquilo não é falta nenhuma. Quanto ao resto estou de acordo.

    ResponderEliminar