sábado, 22 de agosto de 2015

#DiaDeSporting: Ganhar, por todos os motivos e mais algum

Creio que já todos percebemos que toda a pressão externa que tem sido posta sobre o Sporting só acontece porque estamos a ganhar. Conseguimos de forma quase milagrosa conquistar a Taça de Portugal e evitar cair num buraco psicológico semelhante ao da derrota no Jamor três anos antes, pusemos fim a um relacionamento conflituoso entre a direção e a equipa técnica que desgastou todos os sportinguistas e ainda conseguimos sair mais fortes com a contratação do melhor treinador a que poderíamos aspirar (e que na realidade parecia um alvo inatingível), fomos construindo um plantel com mais e melhores alternativas apesar de o exercício preferido da pré-época da comunicação social ter sido a previsão da debandada dos melhores jogadores da equipa, e ainda tivemos o descaramento de conquistar a Supertaça com uma exibição categórica que não deixou dúvidas a ninguém.

Definitivamente este não era o cenário que determinadas figuras do nosso futebol anteviam para o Sporting às 18h45 do dia 31 de maio de 2015. É caso para dizer que os planos saíram-lhes todos furados. Oh, se saíram.

Não podendo orientar a agenda mediática para os conflitos internos do Sporting, com a falta de soluções do plantel, para os resultados pouco convincentes, para o facto de o presidente não se poder sentar no banco por ordem do novo treinador, procuram-se agora outros ângulos: aquilo que nosso treinador fazia ou deixava de fazer no seu antigo clube, endeusam-se os nossos jogadores que estão em fim de contrato, lançam-se suspeições sobre fontes de financiamento do Sporting - apesar de sermos o único clube dos grandes que apresenta lucro operacional sem recorrer a vendas de jogadores e cariz ilegal -, ou acusam-se treinador e presidente de terem falta de ética.

É também por isto que temos que continuar a ganhar. 

Seria uma agradável surpresa não sermos prejudicados pela arbitragem, mas é melhor não contarmos com facilidades nesse departamento. Também seria bom que conseguíssemos jogar já um pouco com o importantíssimo desafio de Moscovo, fazendo uma ou outra alteração pontual que desse minutos a jogadores que podem ter um papel importante a desempenhar num futuro próximo, e também para poupar alguns dos jogadores que têm mostrado maiores dificuldades para manter a intensidade necessária durante os 90 minutos.

Eu colocaria Carlos Mané (que vejo como potencial titular em Moscovo no lugar de Teo) e Aquilani 
(precisa de minutos para aperfeiçoar o entrosamento com os colegas) no lugar de Bryan Ruiz e João Mário (para os poupar para Moscovo):


Mas na realidade, creio que Jorge Jesus não irá mudar nada. Não só porque não é o seu estilo mexer muito na equipa sem necessidade, mas também porque sabe como ninguém que é nestes jogos que se ganham e perdem campeonatos.

De uma forma ou outra, é para ganhar. Força, Sporting!

20 comentários :

  1. Concordo! Penso que JJ não irá mudar a equipa que tem actuado de inicio. Nesta altura é preferível melhorar os automatismos e criar rotinas.
    A melhor maneira de gerir o plantel é chegar ao intervalo, com o jogo já ganho, para podermos fazer uma gestão mais cuidada que não ponha em causa o resultado nem obrigue os jogadores a esforços desnecessários. Como tal é entrar "a matar", marcar cedo é controlar o ritmo de jogo com bola. Se dominarmos a posse de bola o adversário não nos poderá surpreender...
    Convém não esquecer que dentro de dias teremos uma viagem desgastante.
    Certamente JJ terá alertado os jogadores para isso
    Estou confiante!
    SL

    ResponderEliminar
  2. Um Sporting cada vez mais forte vai aumentar ainda mais a compra de remédios para a Azia. Estamos fortes e com uma grande equipa com grande futuro.

    ResponderEliminar
  3. "Seria uma agradável surpresa não sermos prejudicados pela arbitragem, mas é melhor não contarmos com facilidades nesse departamento."

    Pois, facilitamos e eles fizeram o trabalho deles como de costume. 2 pontos perdidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não era penalti? Não era o último jogador?
      O treinador do Paços diz que tem como objectivo fazer 48pts... Muito mal estará o futebol português de esta equipa dizer 48pts!

      Eliminar
    2. "Não era penalti? Não era o último jogador? "

      Não.

      E para além disso, há 2 penaltis na primeira parte para o Sporting.

      "Muito mal estará o futebol português"

      Verdade, o colinho está imbatível este ano.

      Eliminar
    3. "há 2 penaltis na primeira parte para o Sporting."
      Eles até querem penalties em fora de jogo.
      Mas compreende-se têm penalties com lançamentos irregulares, têm penalties com jogo perigoso... Porque não também penalties em fora de jogo?

      Eliminar
    4. Não levei só uma vez 7, o árbitro não marcou fora de jogo nenhum, o lance é penalti, ainda na primeira parte há um corte com a mão, penalti. Engraçado que encornado para nós não teve duvidas.

      Eliminar
    5. Nuno Martins, sobre o penalti deixo a comparação com o lance (empurrão) sobre Slimani.
      Sobre a expulsão: não basta ser o último jogador, é imprescindível que tenha a bola dominada -o que, manifestamente, não era o que acontecia.
      João Pereira foi burro, tem experiência mais do que suficiente para perceber o critério que a equipa de arbitragem vinha usando. Ele sabia que o árbitro já lhe havia assinalado, erradamente, 2 ou 3 faltas por "encostar" a adversários que, como é evidente, desmaiavam com o bafo quente que lhes sopravam. Por isso, soprar sobre um adversário fisicamente muito mais forte, era a certeza de que ele se desmontava todo e que o árbitro (dá muito nas vistas) ou o auxiliar (dá muito menos nas vistas) assinalaria um penalti. Foi neste lance, mas seria noutro qualquer...a menos que o Sporting fizesse 2-0.
      Não fez, tramou-se -ou foi tramado, conforme o ponto de vista.

      Eliminar
  4. De tão ridículo que é, ja faltam objectivos para descrever isto.
    O Sporting não jogou bem, é um facto, mas que marquem golos legais em jogadas legais.
    Este penalty é tão rebuscado que já nem merecia comentários, o vermelho directo é então risível mas se este era o critério do árbitro, então o que aconteceu com slimani 15 min antes, ja para não falar na mão no cruzamento do João Mário.
    Isto não vai lá com falinhas mansas...

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Ainda? já passaram quase 2 semanas e ainda tás nisso?

      Eliminar
    2. Este é o tipico troll ...em inglês troll significa enocornado com azia por ser encavado na supertaça,não é ?.

      Eliminar
  6. Vou ser sincero porque não vi o jogo por dois motivos :a 1ª parte não vi porque estava a trabalhar a 2ª parte pouco vi pois os meus pressentimentos já não eram os melhores.

    Não vou falar da malapata dos árbitros porque já se sabe que em Portugal existe um sistema mafioso de verdadeiros bandidos à solta que sempre que podem prejudicam o nosso clube.

    Há uma coisa importante que os jogadores do Sporting tem de perceber é que os campeonatos perdem-se contra as chamadas equipas pequenas.Enquanto assim não for o risco de se perder pontos atrás de pontos é evidente.

    Eu sei que há um jogo bastante importante na próxima quarta-feira e por isso não quero ser muito caústico mas espero que quarta-feira o Sporting dê uma grande resposta.

    ResponderEliminar
  7. Mesmo assim, continua a AZIA DO LAMPIÃO.

    ResponderEliminar
  8. A malta da fruta empatou, menos mau.
    O colinho segue amanhã.

    ResponderEliminar
  9. se aquilo era penalty qualquer pontapé de canto tem 5 penalties... Não foi a melhor forma de controlar o jogo mas o penalty não existe.

    ResponderEliminar
  10. Não jogámos grande coisa, caríssimos Sportinguistas. O lance do penalti... É óbvio que ia ser marcado e o João Pereira foi um tanso.

    Podia não ter sido marcado. Até passava. Mas foi.

    Os do Slimani não me pareceram, na verdade. Só o da bola na mão. O lance foi cortado com a mão, é penalti.

    Podia ter sido marcado. Até passava. Mas não foi. É uma pequena diferençazinha. Zinha zinha.

    Mas acho que este empate vai servir de abre-olhos. Assim o espero. Não podemos jogar com uma intensidade tão baixa como a de hoje. Qualquer jogador do Paços chegava primeiro à bola, passava-a melhor e corria muito mais. Assim não vai chegar.

    Saudações.

    ResponderEliminar
  11. So quero relevar um detalhe....MAS QUE MERDA DE RELVADO!!!!! Impróprio para um grande clube e retira ligeira vantagem a equipas tecnicistas e boas de bola como o Sporting. NUNCA MAIS TRATAM DISTO?!?!?!

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  13. So quero relevar um detalhe....MAS QUE MERDA DE RELVADO!!!!! Impróprio para um grande clube e retira ligeira vantagem a equipas tecnicistas e boas de bola como o Sporting. NUNCA MAIS TRATAM DISTO?!?!?!

    ResponderEliminar