segunda-feira, 10 de agosto de 2015

O leão adormecido começou a espreguiçar-se

Não podia haver melhor forma de começar a temporada. Conquistar o segundo título no espaço de pouco mais de dois meses é a melhor terapia possível para despertar em definitivo o leão outrora adormecido. O lema que o Sporting escolheu para esta época começa a ser uma realidade e o melhor, para além da magnífica sensação de rechearmos o museu com um troféu que nos fugia há sete anos, é olharmos para os progressos registados pela equipa em tão pouco tempo e ficarmos a imaginar até que nível poderá evoluir.


Se no Sporting o onze lançado foi mais ou menos o esperado (Jesus voltou a apostar novamente em Teo em vez de Montero), no Benfica existiram várias surpresas: em primeiro lugar, a lesão de Luisão era mesmo real, e depois a aposta no miúdo Nélson Semedo, em Sílvio e em Ola John, no lugar dos mais rotinados André Almeida, Eliseu e Pizzi. E aqui fica a primeira dúvida da final: até que ponto o mind game de Jesus na conferência de imprensa poderá ter tido alguma influência nas escolhas de Rui Vitória?

Após o apito inicial, o Sporting entrou fortíssimo, semeando por diversas vezes o pânico na área adversária, com o Benfica a revelar grandes dificuldades sequer para sair do seu meio-campo com a bola controlada. Esse domínio territorial foi sendo esbatido a partir dos 10/15 minutos e é necessário reconhecer que o Benfica respondeu com algumas boas oportunidades à superioridade do Sporting, mas foi quase sempre a equipa de Jorge Jesus a demonstrar as melhores ideias e a parecer mais perto do golo. Golo esse que apenas não aconteceu aos 22' devido a um extraordinário corte de Jardel num cruzamento de Bryan Ruiz para Teo Gutierrez - eu já estava a levantar os braços para festejar. Golo evitado, mas que acabaria mesmo por acontecer um minuto depois através do colombiano, tendo sido no entanto incorretamente anulado devido a um fora-de-jogo inexistente assinalado no momento da assistência de Naldo. 

O intervalo chegou ao fim com um intenso travo a injustiça. A melhor equipa em campo não estava a ganhar apenas e só devido a um erro de arbitragem. Época nova, polémicas antigas.

Na segunda parte o Sporting voltou a ser a equipa autoritária do início do jogo. Sucedem-se as oportunidades junto à baliza do Benfica, Jorge Sousa volta a dar uma ajuda aos campeões nacionais ao perdoar um segundo amarelo mais que evidente a Sílvio, até que aos 53' fomos bafejados pela sorte: um remate de Carrillo embate nas costas de Teo Gutierrez e trai Júlio César, colocando finalmente justiça no marcador.

O Benfica respondeu ao golo com o seu melhor período da partida - sobretudo graças a Gaitan -, tendo razões de queixa de Jorge Sousa por não ter sido assinalado um penálti de Carrillo sobre o argentino. Mas foi sol de pouca dura. Jesus mexe e faz entrar Mané para o lugar de Ruiz (eu teria tirado Carrillo, que estava visivelmente desgastado e a revelar alguma falta de discernimento), e o Sporting voltou a controlar o jogo com João Mário no volante.

Até ao final do jogo ainda houve mais algumas oportunidades para o Sporting, com o Benfica a apostar exclusivamente nos lançamentos longos para a área à procura do recém-entrado Mitroglou. Mas desta vez, ao contrário do que se passou no jogo do campeonato em Alvalade, o Sporting foi muito inteligente na gestão do relógio e assegurou uma vitória tão justa quanto saborosa e importantíssima para a sua afirmação como uma equipa a levar em conta para todas as competições nacionais.

Individualmente, praticamente todos estiveram à altura das exigências, mas se tivesse que destacar três escolheria João Mário, Bryan Ruiz e Slimani. No entanto, há também que realçar o enorme jogo dos centrais. Começam a faltar os adjetivos para elogiar Paulo Oliveira, e Naldo está a revelar-se uma surpresa muito agradável. E não é demais referir que foram utilizados 6 jogadores da formação: Rui Patrício, Adrien, João Mário, Carlos Mané, Rúben Semedo e Gélson Martins. Os últimos dois entraram a poucos minutos do fim, é certo, mas o desenvolvimento de um jogador também se faz com a participação em momentos desta magnitude.

Festejámos ontem, desfrutaremos hoje e nos próximos dias, mas começando já a pensar no próximo desafio com o Tondela - com a tranquilidade e confiança de quem tem a certeza de que está no caminho. O leão adormecido começou a espreguiçar-se.

30 comentários :

  1. Subscrevo mestre!
    Mas convém não esquecer que Sílvio logo na primeira parte tem uma entrada assassina sobre Brian Ruiz! Logo ai devia ter sido expulso!
    Quanto ao resto tá tudo dito!
    Apenas acho que podíamos e devíamos ter ganho por mais tal a superioridade patenteada!
    Agora a ultima é a suposta pseudo agressão de JJ a Jonas...é preciso muito má fé para ver ali uma agressão mas deles já se espera tudo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alguém que explique ao Jonas o que é um calduço...

      Eliminar
    2. Foi um cumprimento com demasiada intensidade... :)

      Eliminar
    3. Olhem que um calduço num melão tão inchado deve doer para caraças! :)

      Eliminar
    4. Nahh, o Jesus que todos conhecemos seria incapaz de fazer isso, nem lhe conhecemos atitudes piores...

      O do ano passado, talvez, o deste ano não... Até porque tem tido aulas de boas maneiras e desportivismo com o presidente e director desportivo.

      PS. Por falar em entradas a varrer (para vermelho dizem...) podes falar também na do Slimani, apenas por uma questão de coerência.

      Eliminar
    5. Ver os corruptóides do Oporto & Doyen Balonpié a defende a irmã gémea é priceless!
      Também por isso, obrigado JJ!

      Educação e desportivismo é com o putanheiro da Costa, o Antero, o Macaco e os SPDE, não é ó Costa?
      LOL

      Eliminar
    6. Costa, foste tu que alteraste a data de nascimento do Imbula no CC?

      Eliminar
    7. Não sar, estás enganado...

      Educação e desportivismo é contigo mesmo e não ficas nada a dever a essas personagem que te fizeram perder tantas noite de sono !

      Nem te apercebes que a vitória foi do Jesus e que quando chegarem os maus resultados, haverá outros culpados...
      Historicamente serão os árbitros, obviamente...

      Eliminar
    8. Abraço Costa!

      E o garoto já leva dois troféus! O que ganhou o clube do Nélio Lucas desde que o Coreano está no Sporting?

      Andam loucos de raiva! Como eu gosto de os ver sofrer como condenados!

      Bons sonhos!

      Eliminar
    9. O Slimani fez uma falta para amarelo, ponto. Não pisou, não entrou de pitons nem fez tesoura.

      Eliminar
  2. impressionante como é que o rui vitória conseguiu aguentar o talisca durante 1 hora em campo... mas depois olhamos para o banco de suplentes e percebemos todos porque é que não houve milagre: pizzi sempre foi uma anedota de 13 milhões de euros e no puto guedes ninguém acredita.

    Com este banco de suplentes nem o jorge jesus ganhava: ederson, andré almeida, eliseu, pizzi, gonçalo guedes, mitroglou e jonathan.

    o ruiz é um grandíssimo jogador!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é verdade, o Benfica jogou com 10 durante 60 minutos...

      O Pizzi é um bom jogador, mas esses 13 milhões também são da treta, a partir do momento em que envolve uma troca com o Roberto... :)

      Eliminar
    2. repara nisto: carcela lesionado bem antes do jogo e quem é que vai para o banco? nuno santos? foi o gonçalo guedes com o jonathan e o mitroglou.

      jonathan e mitroglou são 2 jogadores para a mesma posição do ataque e nenhum flanqueador no banco. Guedes não é flaqueador, sai da lateral do ataque para o meio. Até o gaitan podia ir para o meio e entrava o nuno santos. Mais ainda quando se sabe que ola john quase nunca corre bem.

      Vitória também foi muito fraquinho a pensar.

      Eliminar
  3. Esta vitória é para os Adeptos e para o Bruno de carvalho! Depois de 2 anos a grande esmagadora maioria de jornalistas, comentadores e comunicação social “baterem” no nosso presidente, não posso deixar de estar muito feliz pelo nosso Presidente BRUNO DE CARVALHO!
    Quanto ao jogo, como tinha dito um Sporting a querer ganhar e um Benfica a jogar declaradamente á defesa num 4:2:3:1 ridículo para uma equipa grande(fez lembrar o Vitória de Setúbal a jogar em Alvalade).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, Carlos. Ele merece mais que ninguém esta conquista.

      Eliminar
  4. A verdade é que temos um treinador que não prima pelo desportivismo, fair play, humildade... e estava aqui um dia inteiro a listar não qualidades do JJ neste campo. Sei também que, por exemplo o Mourinho, com uma lista bem semelhante, estes mesmos não atributos são colocados no saco dos "mind games". O JJ é um grande conhecedor de futebol e tal, mas eu não gosto do estilo dele. Tenho para mim que não vale tudo para ganhar.

    Em relação ao jogo em si, tirando o resumo que é passado na TVI, o sporting foi muito superior. Noventa por cento do tempo, estive muito calmo a ver o jogo descansado, pois iamos ganhar de certeza. O SLB andou numa digressão milionário, encaixou umas massas... agora tem de compor a equipa. Eu acho que o fará, mas este ano será dificil para os lados da luz... voltará de certo algum colinho, este ano mais cedo do que nas épocas passadas.

    Abr,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, ainda vão entrar várias trutas para o Benfica. O plantel deles vai ser bastante melhor do que o atual - até porque para já tem demasiados jogadores que servem para o modelo de Jesus mas que não servem para Rui Vitória. Um abraço.

      Eliminar
    2. Embora compreenda e aceite naturalmente que o estilo de JJ não agrade a todos, parece-me tremendamente injusto tentar estabelecer uma ligação entre o discurso de JJ e o valer tudo para ganhar.
      Valer tudo para ganhar são os quinhentinhos, os calores da noite, os 30 anos de corrupção, intimidação e violência, os Capelas e os Duartes Gomes, o "fazer as coisa por outro lado" e colocar pessoas nos "lugares certos", o colinho, os Nélitos Lucas e as Doyen a quem doer.

      O JJ é assim e penso que ter um discurso desafiador, egocêntrico, provocador, instigador de dúvidas e receio nos adversários, plenamente convicto das suas capacidades e da sua equipa, ainda não é crime...

      SL

      Eliminar
    3. Sar,
      Estava só a pensar no vale tudo enquanto treinador, nunca eu pensei em corrupção. Da mesma maneira que não gostava do estilo dele no Estrela da Amadora, continuo a não ser apreciador. Ao mesmo tempo, estou curioso para perceber como os 14 milhoes vão mudar de opinião sobre o JJ. Ainda ontem, ele tentou não dizer que foi limpinho, mas emendou a mão e disse-o mesmo!

      Quanto ao SLB, espero que aranjem mais soluções porque quero ver um campeonato competitivo... porque assim, se não houver colo, vai ser a dois.

      Abr,

      Eliminar
  5. o promenor do carrillo quase no fim do jogo a aguentar a bola com akele chapeu foi qualquer coisa de fenomenal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou colocá-lo daqui a pouco num post, jcnaguiar. Um abraço.

      Eliminar
  6. Chamem-lhe bazófia, mas o que o JJ disse, do medo do Benfica, foi uma realidade. E isso é algo de que eu já não me lembrava num derby : o rival mostrar-se nitidamente receoso do nosso Sporting. Eu próprio vi toda a partida com essa sensação estranha mas reconfortante : "os gajos estão borrados". E é assim que deve ser. BdC trouxe finalmente ao clube, um treinador que encara o clube e a competição tal e qual como ele, e que entende a grandeza do clube, como ele.

    Quem disse que eles se iam dar mal, vai passar muito tempo a engolir em seco.

    Destaque para dois jogadores que me embeveceram : João Mário e Bryan Ruiz. Foi como passar 90 minutos a rebolar em veludo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jesus analisou bem o jogo, sem dúvida. Quanto a JM e BR: classe pura.

      Eliminar
  7. Creio ser a altura ideal para Carrilho aceitar a renovação, caso contrário, terá que ficar a amar o Sporting desde a bancada! Este enorme talento poderá ser o grande reforço do Sporting esta época

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que seja a prioridade nº 1 neste momento, Juba...

      Eliminar
  8. Vitória merecida da melhor equipa,o adversário nem com 14 lá foi.Com intenção ou sem intenção o Vixeu e Benfica lá foi levado ao colo mas com tão pouco futebol o Sporting não lhes deu hipóteses.

    Afinal onde anda a super estrutura dos galináceos !...ahahahahaha...é só rir com eles.O Rui Vitória já anda com azia....paciência !...o JJ ganhou-lhe o jogo com um pinta do caraças e ainda teve tempo para dar um calduço no gayJonas !...ahahahaha

    ResponderEliminar
  9. Menção também para a exibição de naldo. Que belíssimo jogo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma contratação que não gerou qualquer entusiasmo, mas que se está a revelar uma bela surpresa!

      Eliminar
  10. com esta vitória, muito merecida pelo nosso Presidente, em contraponto com todos os desaforos que sofreu nestes 2 anos de presidência, dormi como um anjo. Gosto de futebol e das vitórias do nosso Sporting, mas como adepto e sócio, ficarei eternamente grato a Bruno de Carvalho, quando tivermos o nosso pavilhão que outros destruíram anteriormente. Com o novo pavilhão é uma parte do nosso clube que regressa a Alvalade e com ele ainda mais vitórias, para além do futebol.

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar