sábado, 8 de agosto de 2015

Subalternização da coerência em relação às agendas

Há pouco, na SIC Notícias, Paulo Garcia criticou em jeito de pergunta a "subalternidade que o Sporting está a fazer em relação ao seu treinador, dando-lhe a ele todo o protagonismo", na sequência dos comentários de Joaquim Rita e David Borges nesse sentido.

Santa hipocrisia: passaram dois anos a criticar Bruno de Carvalho por falar demasiado e querer tirar o protagonismo a treinadores e jogadores, e agora põe-se a dizer barbaridades destas?

17 comentários :

  1. Se eu estivesse sentado à mesma mesa do garcia, não aguentava 5 minutos sem o mandar para a c**a da mãe dele. Ele mete nojo.

    Ainda estou pasmado como é que o Dias Ferreira aguentou quase 10 anos a falar de bola com um paspalho daqueles.

    Mas o pior é que sediz que é do Sporting

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já foi visto num pavilhão do Benfica a ver um jogo de uma modalidade...

      Eliminar
  2. Mestre, pelos vistos ainda faltava lá o Riri Cristovão nesse especial Benfica, deve estar de férias.

    Vai haver especial agora para o Sporting na SIC? É que na TVI estão a fazer especiais com comentadores apenas do Sporting e depois outro com uns comentadores apenas do Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse podia ir dar a volta ao mundo durante 3 anos... :)

      Na 3ª feira a TVI24 fez um apenas com comentadores do Sporting: Dias Ferreira, José Eduardo e outro que neste momento não me recordo quem é.

      Eliminar
  3. Anseio por ganhar a taça amanhã... mais que não seja para mudar a agenda mediática.
    Há muita gente sem cérebro desde que o JJ mandou vieira para as arábias!

    ResponderEliminar
  4. Mestre, isto é um Portugal de hipócritas, de jornaleiros e comentadores sem vergonha e que so querem ver o Carnide ganhar .... Espero que esta gente se sinta muito infeliz com o sucesso do nosso grande Sporting.

    ResponderEliminar
  5. Mdc não sei se sabe mas entre o preto e o branco há muitos tons de cinzento (pelo menos fifty). O bdc passou de gerir, fazer comunicados, contratar, indicar reforços e querer fazer equipa para apertar a mão aos recém chegados. Há algum aspecto de política desportiva que se mantenha do ano passado para este?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obvio que houve uma mudanca...mas nao eram estes paspalho que criticavam BdC por aparecer demais e falar demais?
      Em que ficamos entao?!

      Eliminar
    2. E o palhaço do Rita a dizer que o JJ nao foi 1 super ganhador porque só teve 70% de vitórias, quando foi o treinador com mais títulos da história do Benfica... Enfim as nossas vitoria serão mais saborosas por ver esses sebosos supostamente imparciais a engolirem as palavras

      Eliminar
    3. Nuno, em termos de protagonismo, BdC está menos interventivo mas tem falado sempre que necessário. Na África do Sul, sobre o sorteio dos árbitros, sobre a eleição do presidente da Liga, a anteceder a apresentação aos sócios, a anteceder a Supertaça.

      Do ponto de vista dos gastos com o futebol há mudanças que são inegáveis, mas não são assim tão profundas quanto se quer fazer crer.

      Que outras mudanças existiram?

      Eliminar
    4. Bom dia.
      Fernando há muito espaço entre o bdc com ms e o bd com jj... É ir de um extremo do interventivo para o extremo do passivo.
      Os comentadores (e os rivais) apenas constatam isso... Os sportinguistas que batiam palmas ao estilo anterior é que se deviam dar conta... Não me parece ser possível apoiar 2 estilos tão diferentes sem ser através de uma cambalhota muito grande. Depois estranham quando a sua coerência é questionada.
      Ace pois não era isso que vocês diziam 2 dias antes de o jj trocar de equipa? Os 70% são no Benfica.. Obrigado por festejarem o currículo de um treinador no Benfica.
      Mdc o italiano bem ganhar o mesmo que o slavchev? Se multiplicar pelos 3 a 4 reforços (afinal 7 ou 8)... E ordenados tem de ser pagos todos os meses ao longo do contrato.. Tal como vocês dão conta com capel, lopes etc... Isso é que faz disparar os gastos porque contratações todos os anos de pode optar por gastar menos ou mais, os ordenados estão lá sempre.
      Quantos reforços foram contratados por bdc sem opinião de jj? O wallison, o gauld, o tanaka... Enfim, aquela lista de reforços para o ms são reforços para o jj? O único é o gelson e é 5a opção para uma posição com 2 jogadores. Continua a não haver mudanças?

      Eliminar
    5. Festejar títulos do Benfica?! Enfim por isso é que és 1 cromo de primeira que ninguém consegue trocar contigo uma palavras com sentido.

      Os jornalistas estavam a desvalorizar as conquistas dele no Benfica passando a ideia que qqr 1 no lugar dele teria conseguido o mesmo quando todos sabemos que o que ele atingiu no Benfica (ainda por cima contrariando uma hegemonia portista) muito dificilmente será igualado quando mais superado.

      Essa história dos reforços também enjoa 1 pouco na época passada o SCP gastou mais em jogadores que esta época... A massa salarial pode ser diferente mas nao nos podemos esquecer que houve a possibilidade de trazer Nani sem lhe pagar ordenados.

      Eliminar
    6. Ace mas vocês só começaram a dar mérito ao homem quando ele trocou de clube... Até lá ganhava porque era o colinho e o investimento brutal etc... Agora a opinião dos jornalistas já não agrada!

      Eliminar
  6. Amanhã vamos jogar contra os hipócritas. Hipócritas - Sporting. Triste este nosso Portugal.

    ResponderEliminar
  7. Não posso com Paulo Garcia quando se arma em "sonso", ou quando de forma insidiosa ou não tanto, dá uma mão ao seu amigalhaço "Gosma da Silva". A sua critica em jeito de pergunta, é apenas a constatação de um hipócrita, sem memória e sem vergonha, que de sportinguista não tem nada. É só comparar com o vermelhusco Joaquim Rita, que não tem dúvidas em apoiar o seu clube, para se perceber a falta de autenticidade de Paulo Garcia e da perigosidade de uma falsa independência ou de uma impossível ligação ao verde, porque sempre pronto a apoiar os vermelhuscos. Gajos destes são perigosos, porque são falsos e hipócritas.

    ResponderEliminar
  8. O Joaquim Rita é um gajo tão honesto que assinou crónicas na "burla" de jogos do Sporting que não viu, porque á hora do jogo estava em Algés a jantar com a amante, estou em concreto a falar de um jogo internacional contra uma equipa Austriaca...

    ResponderEliminar