terça-feira, 1 de setembro de 2015

O fecho de mercado

Conforme seria expectável após a eliminação da Champions, os últimos dias do mercado de transferências foram usados pelo Sporting exclusivamente para arrumar o plantel de forma a otimizar os recursos existentes.

Foram anunciadas várias saídas, e ficaram ainda alguns casos para resolver:

  • Vendido - Ramy Rabia (750 mil euros, Sporting mantém 15% do passe)
  • A título definitivo, custo zero, mantendo parte do passe - Diego Rúbio (Sporting mantém 70% do passe), Wilson Eduardo (45%)
  • Emprestado - Iuri Medeiros, Filipe Chaby
  • Rescisão - Jorge Santos ("Gazela")
  • Por resolver - Labyad, Viola, Rosell, Salomão, Cissé, Shikabala.


Para além disso, existiram rumores de negociações para a venda de Carrillo ao Leicester - que em teoria ainda se pode concretizar até ao final da tarde de hoje. Na minha opinião, no entanto, trata-se de uma hipótese que não faz grande sentido. Seria um tiro no pé do próprio Sporting estarmos a vender o nosso principal desequilibrador por uma quantia pouco interessante, com a agravante de não haver qualquer tempo de reação para colmatar a saída do peruano. A venda de Carrillo implicaria uma redução das nossas hipóteses na luta pelo título e para a qualificação direta para a Champions da próxima época, pelo que qualquer encaixe que fizéssemos agora nos poderia sair bem mais caro no futuro.

Deixo agora algumas considerações sobre as saídas mais recentes:

Diego Rúbio

Não fazia sentido manter um jogador como Rúbio na equipa B, por muito jeito que isso desse para ganhar jogos da II Liga. Numa altura em que ficámos sem as receitas na Champions, manter jogadores na situação contratual de Rúbio - com um salário elevado, contrato a expirar e apenas 40% do passe - é um luxo que nos pode comprometer a folga orçamental para resolver outros casos bem mais importantes para o futuro imediato do clube.


Ramy Rabia

Vendido ao Al Ahly do Cairo, clube a quem o adquirimos há um ano, pelo mesmo valor que foi adquirido. O Sporting mantém 15% dos direitos económicos do jogador, que um dia talvez possam compensar as restantes despesas que entretanto tivemos que assumir - desde o salário até eventuais comissões. Há que reconhecer que se tratou de uma contratação falhada. Rabia não convenceu nem como defesa central nem como médio defensivo, e é mais um exemplo da má abordagem ao mercado que tivemos na última época. O facto de se ter conseguido recuperar o investimento é positivo, mas não apaga o desperdício de tempo e recursos que poderiam ter sido aplicados noutro jogador.


Wilson Eduardo

Deixa de estar ligado ao Sporting ao fim de onze anos. É um jogador útil para se ter no plantel, mas com 25 anos já não havia grandes esperanças que pudesse dar o tal salto que o tornasse num jogador realmente importante para o clube. Entre manter Wilson no plantel ou dar espaço a jovens promessas como Gelson, creio que poucos duvidarão que a opção certa é a segunda. Que Wilson seja muito feliz no resto da sua carreira com exceção dos momentos em que se cruzar com o Sporting.


Filipe Chaby

Emprestado ao União da Madeira, clube onde o jogador fez a segunda metade da temporada passada. Faz sentido dar-lhe minutos de I Liga, e ainda mais sentido faz que possa prosseguir o seu desenvolvimento num clube que já demonstrou querer apostar nele.


Jorge Santos ("Gazela")

Ponto final numa ligação que nunca fez qualquer tipo de sentido. Nada contra o jogador, mas contratar para a equipa B jogadores de 21 anos só porque dão nas vistas no CNS - ainda por cima quando temos uma academia famosa pela produção de extremos - é a antítese daquilo que deveria ser a política desportiva do Sporting.

22 comentários :

  1. Mestre,

    o Shikabalou de volta para o Egito. E não haverá aí um erro qualquer no Rubio? Se só tínhamos 40% do passe, como é que o despachando para Espanha ficamos com 70%?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O shikanaoabala não foi, por os clubes não chegarem a acordo nalguns pormenores, o Rúbio ficamos com 70% dos 40% que tínhamos.

      Eliminar
    2. Boa questão, Alexandre. Tratando-se de um novo contrato, o fundo perde qualquer direito a manter uma % dos direitos desportivos do jogador. Deve haver é contas a acertar entre o Sporting e o fundo.

      Eliminar
    3. Ou seja, deve haver no contrato com o fundo uma cláusula que estipula a penalização que o Sporting terá que pagar por não conseguir valorizar o jogador (provavelmente devolver o valor investido). Depois disso o Sporting é livre de se entender com o Valladolid.

      Que fique claro que estou apenas a especular.

      Eliminar
    4. Há ainda uma outra interpretação... O Sporting passa a deter 70% dos direitos económicos do jogador que servirão para o ressarcir numa eventual futura venda.
      Para o Sporting é bom que passa a deter mais percentagem do passe e deixa de ter um custo (que vindo da era Godinho Lopes, não deve ser nada baixo...). Para o Fundo é bom porque em vez de ter um jogador a definhar num clube, perspectiva uma maior utilização deste e, consequentemente, uma valorização. E, por fim, para o clube destino, é óptimo porque tem um jogador sem gastar um chavo em tranferências...

      Eliminar
    5. Um pormaior com esta transação o fundo deixou de ter qq tipo de direitos económicos/federativos/desportivos ... niqueles!

      Eliminar
  2. Bem ou menos nao tivemos um tales de souza ja depois da meia noite :P Acredito que nos portámos bem neste fecho de mercado e faltou apenas a resoluçao de salomao viola e labyad. Ao contrario da maioria nao acredito que os ultimos 2 possam ser uteis a jesus, senao ele ja tinha pegado neles.

    ResponderEliminar
  3. O Chaby não foi mais cedo para o clube tive ao "Package" de entulho que o Norton de Matos levou para o União, entretanto o tempo deu razão ao diretor desportivo do União que tudo fez para levar o Chaby de volta para a Madeira só que agora o Chaby fez e bem esperar até a última.

    Sobre o Shikabala já foi apresentado e emprestado não percebo o atraso na confirmação.

    Sobre o Rublio parece-me que o clube espanhol terá comprado ao fundo os 60% e o SCP cedeu os seus 40% por troca de 70% dos direitos económicos.

    Sobre o Rablia não resultou paciência pouco se terá perdido ...

    Sobre os restantes é com pena que não vejo retorno do dinheiro investido nestes jovens jogadores. A ver se o dia de hoje nos traz uma boa surpresa.

    SL,

    ResponderEliminar
  4. O Shikabala foi vendido por €650,000 ao Zamalek e o pagamento vai ser feito em tranches. Ontem o Ismaily anunciou oficialmente o jogador que vai jogar naquele clube emprestado por uma época.

    ResponderEliminar
  5. Entretanto lá por fora vão-se descobrindo as carecas:

    http://br.blastingnews.com/esporte/2015/08/benfica-mentiu-e-nao-e-nem-de-perto-o-clube-com-mais-socios-no-mundo-00516853.html

    #VieiraTensQueEncomendaMaisUmaReportagemÁESPNBrasil

    ResponderEliminar
  6. Mendes lava mais branco !....

    http://economico.sapo.pt/noticias/clubes-espanhois-batem-recorde-com-558-milhoes-gastos_227678.html

    ResponderEliminar
  7. As guidelines do Godinho só estão a funcionar a 30% !...lol

    http://economico.sapo.pt/noticias/porto-616-milhoes-em-10-anos_227629.html

    ResponderEliminar
  8. Caro Mestre

    Pegando no assunto do Inacio/BTV, não deveriamos nós todos manifestarmos a nossa solidariedade para com o nosso director a informar os responsáveis do colo colo de carnide que tb vemos a BTV pela net, e com cortes?
    Seria interessante, junto das redes sociais das galinhas, cada um assumir esse crime e esperar pelo respectivo processo?
    Acha possivel.

    Saudações Leoninas

    Mauro Rebelo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem vale a pena, Mauro... é um processo que tem tantas pernas para andar como a da indemnização que estão a pedir ao Jesus. Vou tentar escrever sobre isso. Um abraço.

      Eliminar
  9. Eles andem ai

    http://i.imgur.com/N60eUhe.png

    ResponderEliminar
  10. Fornecido por um blogue vermelhudo,os links para se poder ver o jogo com o Moreirense-aproveita a deixa Inácio...se eles proprios divulgam onde poder ver o jogo online (http://omaiorclubedomundo.blogs.sapo.pt/) SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Considerando que há 300.000 assinantes (segundo os números que anunciaram) e 6 milhões de benfiquistas, podemos assumir que 5.700.000 são criminosos... :)

      Eliminar
  11. Parece-me que tenho de novo o computador a funcionar melhor que eu proprio! Começando pelo tema "Futebol pela Net" eu sou, como ja o afirmei mil vezes, mais um daqueles que, geralmente, so assiste a jogos que eu considero importantes para mim, usando a net para os ver! Eu pago para ter internet em casa e não creio que me poderão multar por aceder a um serviço que a propria internet me proporciona. Também é a internet que me faz ler (mas que eu não leio) todas essas tretas sobre transterências e, se não me engano, ja li sobre a transferência de Salomão como oficial! Parece-me que alguém se enganou nessa noticia!. Sei, como toda a gente deveria saber, que o importante é que hajam transferências pois, sem elas, presidentes de clubes, agentes desportivos, pasquins dedicados ao futebol e "certos" fundos veriam as sua respectivas contas bancarias menos solidas! Para mim tudo isso é-me igual! O José Rodrigues dos Santos afirmou hoje no TJ das 20:00 que o Porto so gastou mais dinheiro que o Sporting e o Benfica juntos! Não sei se é verdade mas, se bem me lembro, no ano passado ouvi essa mesma noticia que, a ser verdadeira, nada definiu de positivo (para outros que eu que não sou portista apesar de portuense)! No caso do Sporting gostaria que alguns jogadores se mantivessem mas também sou daqueles que pensam que é de indispensaveis que os cemitérios estão cheios! Eu sou dos que pensam que existem mil maneiras de gastar o seu dinheiro! Quando era mais jovem gastei-o em cavalos, mulheres, cigarros mas também em ofertas para a Cruz Vermelha e, mais recentemente, tendo-me feito socio do Sporting! De todo esse dinheiro continuo a pensar que o que mais mal gastei foi o da Cruz Vermelha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aboim, não consigo parar de me rir com essa sua última frase...

      Em relação ao assunto das transferências, estamos a viver o paradoxo da era da informação. Nunca tivemos tanto e tão rápido acesso à informação, e no entanto nunca ela foi de tão má qualidade. Casos como os de Shikabala e Salomão foram dados várias vezes como sendo saídas oficiais. Nestas situações, não há como esperar pela confirmação do Sporting. Sem isso nada está seguro.

      Um abraço.

      Eliminar