segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Confirmou-se: foi mesmo uma equipa contra 11 jogadores

Escrevi no lançamento da partida que estava confiante para o dérbi de ontem, mas tenho que admitir que nem nos meus melhores sonhos imaginava que o Sporting estaria a ganhar por 3-0 e com o jogo na mão ao fim de 36 minutos. Jesus parece ter feito muito bom uso do software que tem na sua cabeça e teve uma abordagem estratégica perfeita perante um adversário que tão bem conhece: foi um Sporting muito bem organizado, cínico e implacável que subiu ao relvado da Luz, e que mereceu inteiramente a felicidade de ter marcado nas primeiras ocasiões que construiu.

O Sporting poderia ter carregado de forma a ir à procura de um resultado verdadeiramente histórico? Podia, mas não teria sido a atitude mais inteligente. Para quê sacrificar a segurança para obtermos um quarto ou um quinto golo, quando estaríamos ao mesmo tempo a aumentar as hipóteses do adversário em marcar um golo que os poderia galvanizar para uma reviravolta que também seria histórica? Jesus nunca permitiu, e bem, que o Sporting corresse riscos desnecessários, já que quem tinha necessidade de os correr era a equipa em desvantagem. A segunda parte foi um hino ao (bom) controlo de um jogo de futebol, em que até poderíamos ter alargado a vantagem, e em que a única verdadeira oportunidade de golo do Benfica (e única defesa difícil de Rui Patrício em todos os 90 minutos) surgiu a partir de um momento displicente de um jogador do Sporting.

É certo que o balanço da exibição de duas equipas em confronto depende muito daquilo que a outra joga e deixa jogar, mas Rui Vitória acaba por ser um dos derrotados da noite: não só pelos números da derrota, não só pela incapacidade revelada pelo Benfica em diversas vertentes do jogo, mas sobretudo pelo ricochete das suas infelizes declarações de sábado. O Sporting apresentou efetivamente uma equipa, no sentido coletivo da palavra, e a avaliar pela reação de William Carvalho no final as palavras de Rui Vitória apenas serviram para espicaçar os nossos jogadores. O Benfica nunca conseguiu ser mais do que a soma das suas individualidades, com os setores a jogarem separados uns dos outros, jogadores entregues à sua sorte sem apoio, e uma evidente ausência de ideias a partir do momento em que se viu em desvantagem no resultado, o que até é surpreendente considerando que estavam em campo 8 jogadores que foram decisivos para a conquista do campeonato da época passada.

Do lado do Sporting acaba por ser ingrato tentar nomear os melhores jogadores em campo: destacaria Slimani, João Mário, Adrien, William e Paulo Oliveira, mas todos estiveram muito bem. Tirando um ou outro erro individual (Naldo, eu avisei-te para não facilitares naquele lance com o Jimenez!), não consigo apontar o dedo a qualquer aspeto de uma exibição pragmática que roçou a perfeição.



Positivo

Jesus, o grande vencedor da noite - por motivos óbvios, era inevitável que Jesus fosse a grande figura do jogo, independentemente do resultado e das incidências da partida. Mas na realidade acabou por merecer inteiramente esse estatuto não pelo lado da polémica, mas pela forma brilhante como preparou a equipa. Como exemplos poderemos referir o pressing do trio da frente que frequentemente isolou a linha defensiva do Benfica na primeira fase de construção, o total sucesso da semi-adaptação de João Mário para o lugar que era de Carrillo (alguém se lembrou do peruano durante a partida de ontem?), a ausência de espaço dado ao Benfica para aproveitar o contra-ataque, ou a eficácia com que Jonas foi anulado durante praticamente toda a partida. Todo o plano de jogo foi bem pensado pelo treinador e executado imaculadamente pelos jogadores. Na conferência de imprensa após o jogo, no seu estilo habitual, Jorge Jesus mencionou uma estatística que é tão indesmentível quanto elucidativa: enquanto foi treinador do Benfica, o Sporting ganhou apenas 1 jogo em 14; nesta nova fase da sua carreira, o Sporting ganhou 2 em 2. Contra factos não há argumentos.

A eficácia na concretização - aquele que tem sido um dos principais problemas do Sporting foi ontem um dos alicerces de uma vitória inesperadamente fácil. Tivemos a felicidade e talento para concretizar as três primeiras grandes ocasiões de que dispusémos, a primeira das quais com a sorte de um ressalto à mistura, e que interrompeu uma entrada forte em jogo do Benfica. Ajudou a equipa a estabilizar-se emocionalmente e a encarar o jogo com outro nível de confiança.

O apoio nas bancadas - como seria de esperar, foram muitos os momentos em que as vozes dos 3000 sportinguistas presentes abafavam os benfiquistas que preenchiam 95% do estádio. Mas também tenho que reconhecer aquele excelente momento a meio da segunda-parte protagonizado pelos adeptos da casa, que durante vários minutos apoiaram ruidosamente a sua equipa mesmo sabendo que o jogo estava perdido.

Calções pretos e meias listadas - que saudades que tinha!



Vitória expressiva na casa do rival com o bónus do empate do Porto que nos dá a liderança isolada e o melhor ataque do campeonato. Já vivi domingos piores. Há no entanto que não esquecer que estes três pontos valem tantos quanto os que estarão em disputa com o Estoril daqui a uma semana. Podemos e devemos saborear esta vitória, mas mantendo os pés bem assentes no chão. Tirando a Supertaça, ainda estamos muito longe de ganhar o quer que seja.

40 comentários :

  1. FACO APELO…
    FACAM-SE SOCIOS!
    SO DANDO FORCA E APOIO AO CLUBE E QUE PODEREMOS DAR ENSABOADELAS DESTAS DE FORMA CONTINUADA EM TD!

    De q tas a espera?

    O meu obrigado aos atletas, treinador mas sobretudo a Bruno de Carvalho q tem sido incansavel e inflexivel na sua determinacao de colocar o Sporting Clube de Portugal no topo!

    ResponderEliminar
  2. Uma bela tarde de Domingo o meu mt obrigado ao canal inglês BT Sports não foi necessário ser Inácio para ver o SCP jogar!

    Jogo muito profissional e de grande concentração da nossa equipa.

    Agora é como o MdC foram só 3 pontos é preciso trabalhar para os próximos 3 :).

    P.S: Desconhecia o ecletismo do SLB fico contente por perceber que afinal são tb um clube eclético.

    ResponderEliminar
  3. Mestre,

    sou pouco dado a tecnologias e pesquisas online, por isso convido-o a procurar na net (ou TV) uma breve peça "jornalística" que passou ontem no Jornal da Noite (SIC) por volta das 21.10. É de um "jornalista" que narra, de forma poética, o que se passou durante o jogo acompanhado por imagens. É de chorar (a rir)... E tudo cheio de considerações e com penaltis por marcar.
    Vale a pena, nem que seja para se ver o nível vermelho que inunda a CS deste país.

    Ontem, em virtude de ter sido Inácio, pude acompanhar o pós-jogo na Btv. Se alguém quiser aprender técnicas de propaganda e branqueamento da verdade, é ver isso. Pequenas notas que retirei:
    - momento do jogo - minuto 70 - estádio a cantar pelo SLB (nunca visto) - "Samaris nunca viu nada assim"
    - Renato Sanches convocado - é este o caminho do SLB
    - Samaris melhor em campo - Calado dixit
    - "Ambos os treinadores com nota positiva, pois este foi um jogo atípico e fizeram o que tinham a fazer" (nesta última parte eu também concordo) - Calado dixit

    Twilight zone...


    Grande vitória! Grande exibição! E que lindo equipamento....

    ResponderEliminar
  4. Os benfiquistas que se concentrem agora nos problemas deles.
    Nós temos que continuar a fazer o nosso caminho.
    Foi uma vitória estrondosa, mas para o campeonato conta tanto, como o próximo jogo.
    Há que encher Alvalade. Pedem-se 50.000 nas bancadas a gritar pelo Sporting

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. https://www.wetransfer.com/downloads/6809f466af2f70b52c4c983028b4929f20151025193455/ee8bc5e5d0eb48be37b72cc6527aa90020151025193455/8d871d

      aqui tens, com comentários em inglês

      Eliminar
  6. Antes de mais, dar os parabéns aos sportmens pela vitória. Não é todos dias que se ganha assim, em casa do vizinho e maior rival.

    E dar os parabéns também ao MdC por este Post bem esgalhado e com os pés assentes na terra.

    Finalmente, dizer que futebol é isto.

    Um jogo para ficar 1-1 acabou em 0-3..

    E o meu FCP que jogou para dar 3 secos ao Braga ficou em branco, a zeros !!

    Mas, repito, parabéns e curtam a vitória, pois ela também é vossa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Zingaro,

      Não posso concordar com o "Um jogo para ficar 1-1 acabou em 0-3..". O jogo só podia ter a vitória do SCP. Não sei se viste o jogo, mas a superioridade do SCP foi total. Eu como não vi o do Porto não falo.

      Abr,

      Eliminar
    2. É claro, que depois do jogo acabado, depois do baptizado feito, o Sporting até poderia ter vencido por 4-0.. mas se formos a analisar a frio, o 1º golo é pura sorte. mas, sem dúvida a sorte é para quem a merece. E ontem o SCP fez por merecer.

      Quando falo em 1-1 falo na teoria. Na prática,o SCP até poderia ter ganho por 4-0.

      Eliminar
    3. Ok, falas então da prespectiva criada antes do jogo... Eu falo no que se foi passando no jogo. Claro que o primeiro golo teve ali um ressalto mas, na origem tem um pressão alta nas linhas de passe do SLB, com um passe de morte do Adrien... que só o consegue fazer porque tem 2 linhas de passe. Se reparares nessa jogada, os dois avançados do SCP estão 1x1 com os centrais. É disto que falo, do jogo jogado. Ao ver isto não posso concordar que era para ficar 1-1.

      Abr,

      Eliminar
    4. Disparate total, o 1o golo é provavelmente o golo mais trabalhado dos 3, é o que tem maior cunho de JJ, só há golo devida à pressão alta da equipa, Adrien recupera a bola em zona muito avançada e lança de imediato para o centro onde ta o avançado, dizer que é sorte porque o GR e Teo chegam à bola quase ao mesmo tempo é não querer ver o que aconteceu antes.

      Eliminar
  7. Ha tempos este seria um dos fins de semana em que o sporting ficava aquem e o porto assumiria a liderança de forma natural, nao foi o que aconteceu e isto so me dá confiança para esta epoca, o Jesus veio trazer uma mentalidade competitiva, so temos de ajudar a empurrar a equipa para a frente e ai podermos saborear no final da epoca

    ResponderEliminar
  8. Mestre voltando um pouco atrás ao post de lançamento do jogo, venho alerta-lo para uma injustiça por si "cometida". Ao rotular de craques Julio César, Jonas, Gaitan e William. Faltou nesse loto incluir o Rui Patrício. Não o vejo em nada inferior ao Julio César...

    Z

    ResponderEliminar
  9. Bom dia Sportinguistas e tripeiro "ocupa" habitual.

    Venho só aqui dizer (porque me parece que o Mestre se esqueceu, naturalmente pela euforia do resultado) que esta foi a estocada perfeita. Mesmo no coração da "estrutura" da tanga que é o novo polvo do futebol português.

    O Jesus ir à sua antiga casa espetar três secos, de forma inequívoca, sem casos, sem dúvidas, sem apelo nem agravo, mostrou bem o que vale como treinador e o que não vale essa pseudo-entidade que todos os jornaleiros apreciaram até à derrocada de ontem.

    Tive de ver o jogo pela BT, num café cheio de sportinguistas e devo dizer que os comentários são muito divertidos. Tenho pena que tenham ficado sem Pio após o terceiro golo. Só falavam quando tinha mesmo que ser. E o que nós nos rimos, naquele café, quando se diz que "Júlio César e Samaris olham pasmados para a bancada! Seguramente nunca viram isto na vida" (por Causa da prova de amor de cinco minutos dos adeptos chorosos da "estrutura")

    Delicioso o Calado bem Calado. Delicioso todo o domingo de ontem.

    Saudações. Uma boa semana a todos.

    ResponderEliminar
  10. Mestre,

    E a 22 de Novembro próximo queremos mais.
    Não há duas sem três.
    A fome do leão tem de ser insaciável!

    SL

    ResponderEliminar
  11. Foi um jogo estrondoso da nossa parte!
    Praticamente perfeito.
    Ainda assim acho que na 2ª parte podíamos ter carregado em busca de mais golos mas isto sou eu que sou exigente e um eterno insatisfeito!
    Em relação ao apoio que os adeptos do SLB deram entre os 70 e 80 minutos foi bonito de se ver, não tenho problemas em admitir mas dizer que é um caso virgem é ridículo!
    Salvo erro em 2006/2007 na ultima jornada e apesar de estar a golear o Belenenses por 4-0 o SCP perde o campeonato para o FCP ( vitoria sobre o Aves no Dragão por 4-1) no entanto os últimos largos minutos do jogo foi de arrepiar com os Sportinguistas todos a cantar em uníssono "até morrer Sporting allez".
    Quem la esteve na altura tal como eu sabe bem que é verdade!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os adeptos do Sporting têm demonstrações daquelas todas as épocas.

      E essa que menciona, eu estive lá e sei bem o arrepio que criou. E o jogo estava 3-0 e o Pereirinha ainda marca o 4º já com o estádio todo em pé a cantar. A última jornada de uma Liga que nos foi roubada.

      De referir que ao intervalo o Sporting era campeão. Mas o guarda-redes do Aves era o futuro guarda-redes do Fc Porto. Ao intervalo pensou: "vou iniciar a próxima época com o escudo de campeão no braço, ou não?"

      Optou pelo óbvio (e menos profissional). Valeu a pena. Agora treina o Valência e antes disso foi treinador adjunto do treinador a quem ofereceu essa Liga, Jesualdo Ferreira.
      Não há almoços grátis...

      Eliminar
  12. Só para acrescentar, eu estou farto daqueles comentários do género "Esta vitória só vale 3 pontos" para concluir em jeito de modéstia e que há muito para galgar (conclusão de que não me movo um milímetro): Esta vitória TEM de valer mais de 3 pontos, vale + 3 pontos perdidos por um dos rivais directos, vale uma galvanização dos nossos jogadores, vale também um grande arapreensivo dos do Norte porque em casa só conseguiram marcar um golo aos 85 minutos contra esta mesma equipa.

    O JJ pode ter muitos defeitos, mas nos jogos contra os grendes é estratosférico!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até se ajoelha perante um desses grandes.

      Eliminar
    2. Veremos como corre a deslocação ao Dragão. O Porto pressionado por 2 anos à míngua.

      No ano passado ficou repartido com vitórias expressivas para o SCP e FCP...

      Eliminar
    3. Veremos como corre a deslocação ao Dragão. O Porto pressionado por 2 anos à míngua.

      No ano passado ficou repartido com vitórias expressivas para o SCP e FCP...

      Eliminar
  13. Agora mais a frio... penso exactamente o mesmo que após o apito final: O Tondela foi mais difícil.

    ResponderEliminar
  14. Perante este paradigma todo singelo que se criou a volta do derby, confesso que eu antes do jogo tinha receio quanto ao resultado.
    Esperava que o benfica fosse uma equipa mais adulta e que a vontade deles fosse mostrar que são uma equipa, e nem sequer conseguiram provar que estavam 11 em campo.
    Quando aos "mind-games" Jesus vai levar a melhor sobre o benfica durante um bom tempo, porque ele sabe do que fala quando se dirige ao mesmo, já por outro lado Rui vítoria, tem discurso de clube pequeno.
    Até agora o discurso dele sempre foi o discurso daquele treinador que treina um Gil Vicente, um Estoril.. Aquilo que o benfica diz que dá aos seus treinadores, Rui Vitória ainda está longe de receber então..
    Deixo esta máxima ilustres..
    Ontem provamos e deixamos claro que a nossa EQUIPA é capaz de muita coisa, e a partir de agora é normal que os adeptos peçam mais, porque é preciso re alçar 3 jogos de constantes mudanças (independentemente dos adversários) em que os jogadores chamados a luta encararam o desafio com a maior seriedade, e isso não vejo neste momento em outra equipa a não ser no Sporting.

    Acho que há coisas que podia dizer, e deixar qui um texto enorme.. mas hoje particularmente então sinto-me ainda mais capaz, mas cada coisa a seu tempo e os que pediam as respostas nos locais certos, só se lembraram de falar dos tais locais ontem, depois das 20h, porquê?
    Neste momento até me sinto melhor com o momento do clube, e não me sentia menos bem nos ultimos anos, mas neste momento sinto algo que em toda a minha vida nunca senti com esta força.. Confiança na equipa... Sou Sportinguista há quase 20 anos... mais não posso inventar, vem com a idade. E agora sinto qualquer coisa...
    Epá, Obrigado Sporting..Hoje aqui na comunidade portuguesa nem foi preciso falar e/ou perguntar alguma coisa.. simplesmente notava-se na cara deles, que custava... e eu sempre sorridente, com desprezo como ele dizem que é bom... até sabe bem de vez enquando ;)

    Bom post Artista ;)

    ResponderEliminar
  15. Desta vez dou razão ao Ribeiro Cristóvão. Este ainda não foi um "teste a sério".
    O Paços de Ferreira deu muito mais trabalho.

    ResponderEliminar
  16. Bom Dia

    Benfica 0-Sporting 3

    Ganhamos 3 pontos ao 8º classificado,o Porto empatou,somos os primeiros isolados.Para o Rui Derrotas o Sporting eram 11 jogadores porque se fossemos uma equipa mudava aos 3 e acabava aos 6 !...

    De resto uma vitória sem espinhas daquela que de longe foi a melhor equipa em campo.Ganhamo sa todos os níveis e agora para se manter o embalamento há que vencer o Estoril.

    ResponderEliminar
  17. Hoje vou divertir-me a ouvir o Mamute a falar de rugby,de basket e da arbitragem.Ontem o mamute já deu o pontapé de saída no jornal da noite da TVI.Coitado do mamute estava com um melão que nem com uma caixa de Rennies a azia lhe passava.

    Muito me diverti a ver o Bruno de Carvalho a festajar a vitória do Sporting no campo do oitavo classificado.

    ResponderEliminar
  18. Aquele minuto 70 soou a uma enorme capitulação.

    ResponderEliminar
  19. Bom post,

    Queria só referir que esse minuto 70, que foi realmente bonito, na minha opinião só aconteceu porque do outro lado estava o Jesus.
    Os adeptos queriam nitidamente mostrar que a estrutura é que é, e que o jesus pode sair, são grandes na mesma e blá blá bá.
    Em circunstancias normais, ou noutro ano, havia assobios desde os 20 min e ao minuto 70 havia o fatídico " joguem à bola, palhaços joguem à bola"

    Eu também dei por mim a querer mais golos, mas mais vale não esticar a corda, para a derrota ser "azar" e o Rui Vitória ficar por lá muito tempo

    ResponderEliminar
  20. Finalmente calções pretos. Assim é SPORTING. Estes 0-3 sabem melhor que o 7-1!!!

    ResponderEliminar
  21. Mestre... atenção ao R&C do porto. 72 milhões em vendas é inacreditável. Quantas velas estão acesas ao ruben neves?

    O caminho para o nosso sucesso ainda é longo... o Jorge venceu a sua própria equipa o que é o mesmo que dizer que levou cábulas para o exame. Faltam os outros... um porto em modo fúria pode surpreender-nos mas o porto está desesperadamente a jogar na champions pois está na falencia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste momento toda a gente admite, e porque está claro aos nosso olhos, o Sporting é o plantel mais bem organizado de portugal, não vou dizer que é o melhor, mas vou ser modesto e digo que é o mais bem organizado, e todos tem medo de nós agora... Esta atitude de ontem mostrou grandeza, e mostrou que neste momento estamos a praticar o melhor futebol em portugal.
      O futuro não sei, mas o presente estou certo, e no presente somos os melhores por cá.

      Eliminar
  22. Pouco mais há para dizer, uma grande exibição e com uma segurança que me espantou, não tremeram nadinha !

    " Calções pretos e meias listadas - que saudades que tinha! " Pensei exactamente o mesmo no inicio do jogo, sem dúvida o nosso melhor equipamento.

    ResponderEliminar
  23. Os assalariados do mr burns hoje não aparecem por aqui. O chefe deve ter-lhes dado folga para digerirem o melão.

    ResponderEliminar
  24. Houve um penalty claro oa Luisão, mas mesmo assim o Rui Vitoria tem mta culpa no onze que colocou em campo, Jesus deu-lhe um banho de bola!
    Mark Margo
    www.markmargo.net (site cor de rosa com celebridades, cinema e playmates )

    ResponderEliminar