domingo, 1 de novembro de 2015

Noite de espantar as bruxas

Com jogo em dia de bruxas, a grande questão que se colocava à entrada da partida com o Estoril era saber se o Sporting seria capaz de... espantar as bruxas que nos têm agourado a vida nos momentos em que podemos embalar para a liderança ou para uma liderança mais confortável. Saberia o Sporting lidar com esta nova realidade e colocar-se provisoriamente a cinco pontos do Porto e a oito do Benfica?

A resposta dada pela equipa foi positiva. Desde o primeiro minuto que a equipa nunca tirou o pé do acelerador. Demorou um pouco a conseguir controlar o adversário - não se livrando de três enormes calafrios nos minutos iniciais -, mas a vontade de resolver o jogo esteve sempre presente. Faltou discernimento no último terço de terreno, havendo alguma tendência de complicar aquilo que deveria ser mais simples no momento em que nos aproximávamos da área do Estoril. Mas felizmente que nunca faltou aos jogadores personalidade, paciência e determinação, que acabaram por ser fundamentais para ultrapassar um adversário de grande valor e que discutiu o resultado até ao último minuto.

Foto: Facebook SCP

Positivo

O sufocante regresso do intervalo - o Sporting realizou uma primeira metade da segunda parte de enorme nível. Deu continuidade ao completo domínio das operações que já registava desde os 15 minutos da primeira parte, mas juntou-lhe a objetividade na procura da baliza que lhe faltava. Começámos a explorar melhor o adiantamento da defesa do Estoril e fomos mais práticos no momento de colocar a bola na área. Sucederam-se as oportunidades de golo e podíamos ter resolvido o jogo, não fosse a ineficácia na hora de finalizar. O golo de Teo surgiu a partir de uma grande penalidade, mas a verdade é que já se adivinhava há muito que as redes de Kieszek iriam balouçar, tal era o caudal ofensivo que o Sporting conseguiu produzir no regresso das cabines.

A classe de Bryan Ruiz - excelente partida do costa-riquenho. A paragem das seleções parece ter-lhe feito bem, mostrando agora bastante mais disponibilidade física do que aquela que revelava há um mês. Foi o principal dinamizador das ações de ataque da equipa, procurando e dando frequentemente apoios que ajudaram a desmontar a bem organizada defesa do Estoril. Teria sido uma exibição a roçar a perfeição caso não tivesse registado aquele incrível falhanço à boca da baliza.

Finalmente João Pereira - depois de um início de época muito irregular, parece estar finalmente a subir de forma. Teve várias iniciativas de perigo pelo seu flanco, conseguindo tirar alguns bons cruzamentos - dos quais se destaca o passe que fez para Bryan Ruiz desperdiçar. Na defesa passou por alguns momentos complicados, mas há que considerar que nessas situações estava completamente desapoiado.

O patrão João Mário - regressou ao centro do terreno e conseguiu uma exibição bastante positiva. Dividiu com William a responsabilidade de iniciar os ataques da equipa, esteve muito bem na condução da bola e no passe. Ficou na retina o lançamento em profundidade que deixou Gelson na cara de Kieszek.

São Patrício - realizou duas enormes defesas ainda na primeira parte, que acabaram por ser fundamentais para a obtenção dos três pontos.

via @gdladeira76
A atitude do Estoril - a equipa da linha entrou muito forte e colocou o Sporting em sentido durante os primeiros 15 minutos, com três excelentes ocasiões de golo. Depois acabou por ter muitas dificuldades em sair para o ataque, mas foi sempre uma equipa muito positiva que se recusou a utilizar os estratagemas de antijogo típicas na maior parte das equipas que vem a Alvalade. No final quase que chegaram ao empate com uma bomba de Bruno César. Apesar de a vitória do Sporting não merecer contestação, o Estoril deixou em Alvalade uma excelente imagem.

A resposta de Jorge Jesus a Pedro Martins (jornalista da RTP) na conferência de imprensa - na mouche, atendendo à falta de honestidade da pergunta. Ao questionar o treinador sobre o fora-de-jogo que precedeu o lance do penálti sobre Teo sem referir o penálti de Mano que tinha ficado por assinalar minutos antes nem aquele fora-de-jogo mal tirado a um isolado Teo ainda na primeira parte, Pedro Martins só merecia o tratamento que levou. Serviço público, dizem eles...

Negativo

Falta de pragmatismo na primeira parte e ineficácia finalizadora na segunda - depois de um jogo na Luz em que fomos extremamente objetivos e letais, voltámos hoje a revelar cerimónia a mais e espontaneidade a menos durante a primeira parte. Não sei se isso teve a ver com questões de ansiedade em função da natureza do jogo, mas o que é facto é que pressionávamos alto, recuperávamos rapidamente a bola, chegávamos à entrada da área com facilidade, mas uma vez lá chegados mastigávamos demasiado os lances e mais cedo ou mais tarde acabávamos a decidir ou executar mal. Na segunda parte a equipa foi muito mais prática, mas falhou na finalização: Bryan Ruiz, Jefferson e Gelson falharam três situações flagrantes que o estádio já se preparava para festejar. 

A assistência - ter 40.144 espectadores no estádio é bastante razoável numa situação normal, mas confesso que fiquei algo desiludido. Num jogo dos núcleos seria sempre de esperar uma assistência deste nível. Num jogo dos núcleos que acontece na semana em que nos isolámos na liderança, sabe a pouco. Continuo a pensar que a direção deve rever a política de preços dos bilhetes.



A vitória foi sofrida, mas a exibição foi agradável e o essencial foi conseguido. Colocamos a pressão nos nossos rivais e ganhamos embalagem para a difícil deslocação a Arouca.

53 comentários :

  1. O Estoril fez um grande jogo, melhor equipa que passou por Alvalade esta época.
    Inacreditáveis os 4 minutos de descontos que o árbitro deu. Num jogo sem paragens, practicamente sem anti-jogo e com 4 substituições até aos 90 minutos (porque uma do Sporting foi feita ao mesmo tempo que uma do Estoril), é absurdo dar 4 minutos. Já todos vimos jogos com dezenas de paragens e anti-jogo do 1º ao último minuto e no fim o árbitro a dar os mesmos 4 minutos ou até menos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, Tiago, aqueles 4 minutos de descontos foram absurdos. Deve ter sido dos jogos com mais tempo útil de jogo de que me lembro.

      Eliminar
    2. Então vamos ver para não cairmos no ridículo. 2 substituições e uma paragem prolongada de 2 minutos para assistência ao lateral direito do Estoril. Não estou a perceber porque deveria ser menos de 4 minutos. Quando nos queixamos sem qq razão estamos a ser iguais ao lampiões!!!

      Eliminar
    3. Nuno, por essa lógica, todos os jogos teriam no mínimo 10 minutos de descontos. Como o Mestre disse, foi dos jogos com mais tempo útil de jogo de que me lembro.

      Eliminar
    4. O jogo com o paços foi dos jogos com menos tempo útil do campeonato e teve 3 minutos... Nao é uma critica ao arbitro mas pela lógica se o jogo de ontem teve 4 minutos havia jogos que tinham que ter 15min de descontos.

      Eliminar
    5. Inacreditável foi o fora de jogo que deu o golo ao Sporting. Mas disso já não convém falar, vamos é chorar os 4 minutos de desconto. lol

      É preciso ser muito chorão para vir criticar o árbitro só porque este deu 1 minuto a mais do que supostamente deveria ter dado. heheh

      Eliminar
    6. Este trio de arbitragem já e bem conhecido em Alvalade e ontem manteve-se fiel à tradição das arbitragens manhosas. Vejamos:

      - Zero minutos de desconto na primeira parte e 4 minutos na segunda parte
      Na primeira partecrecordo as perdas de tempo do redes do Estoril e um jogador caído no chão.

      - Na primeira parte, constantes perdas de tempo do redes do Estoril e nem uma advertência. Na segunda parte, duas advertências a Patrício...

      - Penalty perdoado por mão na bola do defesa do Estoril momentos antes do golo do Sporting

      - Lance na primeira parte em que Teo se isola e é assinalado não sexsabe bem o quê...

      - Final de partida com sucessivos lances de falta do Estoril a não serem assinalados e a permitirem ao Estoril subir no terreno e terem a última oportunidade de golo.

      Para a lampionagem, como sempre, conta apenas o lance de fora de jogo do Teo...
      Continuam apenas da 8 pontos....

      Eliminar
  2. Concordo inteiramente com a análise. O Estoril é equipa e joga muito, Na primeira parte, houve cerimónia e falta de discernimento. Na segunda, o Sporting meteu-os no bolso até aos 80. Pecou-se muito (outra vez) na finalização. Nos últimos 10 minutos, o Estoril mexeu-se e o campo inclinou-se um pouco. Boa exibição num bom jogo de futebol. Na 2ª volta, quer-me parecer que a Amoreira vai ser daqueles sítios onde quem não perder pontos vai reforçar a sua posição na corrida pelo título.

    E já agora, parabéns pelo novo "look" e pela atenção da TVI. É merecida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Noureddine04, se não tiverem baixas inesperadas no mercado de inverno, então o Estoril será um osso muito duro de roer na Amoreira. Poderá de facto ser uma das chaves para determinar o futuro campeão.

      Eliminar
  3. Por acaso tive para ir ver o jogo, passei o sábado na faculdade a 500m de Alvalade, mas quando vi o preço dos bilhetes... 28 a 38€ para não sócios e 20 a 32€ para sócio... Para ir e levar um amigo ficava no mínimo 48€! É muito hoje em dia. O pessoal até que ir aos jogos mas não assim não dá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente, TheRexadas... foi uma oportunidade perdida para encher o estádio...

      Eliminar
    2. Esteve só a 2000 lugares da melhor assistência da temporada. Compreendo que os preços não sejam muito acessíveis, mas mesmo assim o Sporting precisa de dinheiro. 40000 lugares a 20€ dá mais dinheiro que 50000 a 15€.

      Eliminar
    3. Angelo, percebo a lógica financeira de que a partir de um certo ponto não vale a pena baixar o preço, porque a receita só vai diminuir, mas as contas não são bem essas. Não sei o valor ao certo, mas em números redondos teremos cerca de 30000 gameboxes que "não contam" aqui; 10000 lugares a 20€ é menos que 20000 a 15€. Agora, claro, ninguém nos garante que 5eu de desconto no preço equivaleriam a +10000 bilhetes vendidos. Tentemos todos o esforço, Direcção de baixar ligeiramente, sócios e simpatizantes de procurarem ajudar. SL

      Eliminar
    4. Eu acho que uma boa medida era por preços simbólicos convidar os gamebox e levar 1 amigo.

      Por exemplo ontem todos com gamebox podiam levar 1 amigo por 10€ acho que era uma promoção engraçada.

      Eliminar
    5. Há várias formas de encorajar a ida ao estádio. Neste momento temos 30.000 pessoas que estão lá sempre. Há dois anos esse número estava nos 20.000/25.000. Há progressos, mas há que tentar aproveitar o momento para acelerar esse progresso. Essa de levar um acompanhante por um preço acessível seria uma excelente ideia, por exemplo. Num dia como o de ontem provavelmente teria dado para encher o estádio.

      Eliminar
    6. Concordo em meter preços mais acessíveis, mas não nos podemos esquecer que até à bem pouco tempo existiam os bilhetes anti crise e mesmo assim acho que essa iniciativa pecou por falta de adesão dos adeptos.. fica então o desafio de tentar encontrar um equilíbrio entre preço/poder de compra dos adeptos.
      Claro que ao estar em primeiro o processo poderá acelerar independentemente dos preços e aí a direcção poderá ou não tentar capitalizar o momento e manter os preços deste jogo

      Eliminar
    7. capitalizar o momento financeiramente falando, porque em termos de apelar a ida ao estádio acho que os preços baixarem facilitava.. outro ponto é que também temos muitos adeptos fora de Lisboa e que nem sempre fica fácil a deslocação e custos inerentes à mesma.

      Eliminar
  4. Bom dia!

    Antes de vir aqui dei uma vista de olhos pelo VM!
    E impressionante a azia que por la vai!
    Comentarios do genero " e esta a verdade desportiva defendida por BdC" ; "Vamos bater o recorde de penaltys esta epoca" ,enfim...coisas deste genero!
    Isto causa me sentimentos contraditorios! Ao mesmo tempo que me da um gozo tremendo esta azia generalizada, enoja me a desonestidade intelectual dessa gente! O penalty e sem duvida precedido de fora de jogo mas curiosamente nao falaram do penalty que houve minutos antes!
    Nem do fora de jogo a Teo Gutierrez que o deixava isolado!
    Em suma, ganhamos bem! E os campeoes tambem se fazem nestes jogos!
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema do VM é a censura eu faço muitas vezes comentários mas eles simplesmente nao publicam pq vai contra o que eles querem.
      Uma autêntica palhaçada ver no que aquele blog se tornou.

      Eliminar
    2. Que disparate... azia, pura e simples. A arbitragem não teve influência no resultado.

      Eliminar
    3. Sem duvida Ace!
      Antigamente comentava la...agora so vou la ver as noticias! Ja aqui referi que o VM tornou-se num blog do mais faccioso possivel! Tudo o que seja mandar abaixo o SCP e BdC e tolerado mas quem tenta defender o SCP e BdC e sensurado! Deixei de la comentar faz muito tempo! No entanto ja la vi comentarios ofensivos aceites...porque sao a bater nos do costume, ou seja em BdC e no SCP.

      Eliminar
    4. É verdade ace, também faço lá vários comentário sendo que não ofendo ninguém e só digo verdades e eles barram os meus comentários quase todos, já agora vê bem o texto lá deste ultimo jogo com o Sporting em que eles dizem que o penalti é procedido em fora de jogo, posso estar enganado, mas dos textos sobre o Benfica em que este teve jogos beneficiados, não me lembro de eles fazem referências às arbitragens, enfim, aos poucos e poucos eles vão mostrando a sua azia.

      Eliminar
  5. A resposta do JJ foi brilhante e quase lhe deu uma lição de edição de imagem (o frame)!!!! muito bom mesmo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Licao? Foi mas e conversa para boi dormir

      Eliminar
    2. Estou a ver que a ironia/brincadeira é demasiado complexa para ti... dorme bem meu caro :)

      Eliminar
  6. Mais uma xistrada, mas está tudo bem no circo "cardinal" e que dizer do patrocinador...mais um golpe de génio do trinca-bolotas para papalvo mamar! Eu pessoalmente esperava mais da melhor equipa do universo, mas pronto, estavam ainda na ressaca da festa do vosso título.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És apenas um miserável boifiquista aziado e com olhos vendados. É verdade que a jogada do penalti é precedida de um fora de jogo não assinalado, mas valha a verdade que momentos antes há um penalti a favor do Sporting, por mão de um jogador do Estoril e na 1.ª parte é marcado um fora de jogo inexistente ao Teo Gutierrez, quando já tinha ultrapassado o redes do Estoril. Claro que um boifiquista não vê, porque tem uma visão seletiva. Quanto ao patrocinador e do circo, na qualidade de um reles boifiquista e adorador de "orelhas", sabes do que estás a falar. Em relação à festa do titulo, bem me pareceu que a fizeram com o humilde e amigo Tondela. Até pareciam que tinham jogado com o Barcelona.

      Eliminar
    2. Quando dizerem quanto recebem do patrocínio podem gozar... Vai na volta ainda pagam para terem a emirates.

      Eliminar
    3. Então mas a melhor equipa do universo não é aquela que gasta 9M€ num único jogador, bem mais que todo o investimento do Sporting no plantel desta época?
      E mesmo assim vão a 8 pontos?
      Deves estar numa espécie de universo paralelo, só para melões inchados...

      Eliminar
    4. Outro cabeçudo.

      Continua a inchar, continua a inchar....

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    6. Pessoal ignorem esse triste...ele apenas quer atencao!

      Eliminar
    7. Taraat custou só ao antigo clube 3.9 milhões. E qunto foi para o jogador ?"??? Qual o valor total da compra desta anedota?????

      Eliminar
  7. Grande Mestre. O Estoril jogou como nunca. Acredito que tinham um prémio a espera deles...talvez no Barbas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vale a pena conspirar tanto :) O Estoril já se tinha batido muito bem contra FCP e SLB. Teve um início de calendário bem complicado, já visitou todos os grandes e tb já jogou c/ Braga, que venceu. Tirando as 3 derrotas com os grandes -- cada uma delas vendida bem cara, venceu quatro jogos, empateu 2-2 com o Rio Ave num jogo que jogou com 10 quase desde o início e apenas escorregou uma vez, 0-1 com Setúbal, na mesma semana em que os venceu p/ Taça da Liga. Está aqui uma equipa para a luta acessa ao 5º lugar do campeonato.

      Eliminar
    2. Juanguevara, é como diz o M, o Estoril fez bons jogos na Luz (onde foi seriamente prejudicado pela arbitragem) e no Dragão, onde ainda meteram uma bola no ferro quando estava 1-0...

      Eliminar
  8. Excelente análise de um jogo muito difícil mas que valeu pela enorme qualidade revelada pela equipa até ao remate de Montero, aos 75 minutos.

    Vou só focar-me nos nºs da assistência, algo que falámos aqui num post anterior. Direcção tem de rever:
    - preço dos bilhetes (muito caros);
    - bancada para equipa adversária; não faz sentido terem direito a um dos melhores lugares do estádio; aquele lado sim,mas só em cima, como estavam, neste jogo, os adeptos do Estoril. Se não há mais adeptos rivais, a parte debaixo tem de ser de venda pública. Quanto se perde por estar aquilo ali fechado?
    - torniquetes: vou sempre ao estádio e são muitos os problemas com as entradas; para mim, ontem como em outras vezes, o nº de espectadores não corresponde ao número real; estiveram mais que 40 mil pessoas.

    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, ontem não pude ir ao estádio (já no ano passado o único jogo que falhei foi contra o Estoril), por isso só me guiei pelos números oficiais... esse problema dos torniquetes também já se resolvia de uma vez por todas...

      Eliminar
  9. Mestre, importante também perceber quantas gamebox não foram utilizadas... Na norte b garanto que havia algumas dezenas de lugares.
    Importante por um lado esses sócios passarem a bom ou disponibilizar para venda.
    O SCP devia informar sobre isso ou até criar um incentivo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou um dos culpados... ainda tentei à última da hora passar a Gamebox a familiares, mas ninguém podia... :(

      Eliminar
  10. Mais uma xistrada, mas está tudo bem no circo "cardinal" e que dizer do patrocinador...mais um golpe de génio do trinca-bolotas para papalvo mamar! Eu pessoalmente esperava mais da melhor equipa do universo, mas pronto, estavam ainda na ressaca da festa do vosso título.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Ai que saudades que eles têm das capeladas e das motadas!!!! Quando falas das xistradas incluis a não expulsão de Samaris e FEjsa por agressões?

      Eliminar
    3. E nunca nos esqueçamos das batistadas!! Essa até deu direito a dar nome a uma taça pela qual só o venfique se interessa! A taça Lucilio Batista!! Nojo!! Que essa merda nunca entre no museu do Sporting se alguma vez se interessar em ganhar!!

      Eliminar
  11. O Estoril, deu mais luta que vocês, ao intervalo, ainda havia 0-0, ao passo que com vocês, ups! ao intervalo 0-3. Já passou uma semana e a azia ainda continua.

    ResponderEliminar
  12. Será que à nobreza viscondiana custa muito admitir que ganharam com um golo precedido de fora de jogo NÍTIDO? Tantas análises da mão não assinalada, do fora de jogo mal tirado ao pistoleiro teo mas esquecem-se que nos primeiros 25 minutos o resultado justo seria 1-3 para o Estoril e que acabaram por ganhar com um fora de jogo tão nítido mas que o árbitro auxiliar, simpatizante do scp, não quis marcar.
    Isto não é colinho, é uma bolsa marsupial.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "É futebol, fomos prejudicados no golo mas fomos beneficiados 5 minutos antes"

      Até o treinador da equipa derrotada consegue ter mais juízo que as galinhas

      Eliminar
    2. A justiça são as bolas que entram lá dentro e não ganhámos "com um golo precedido de fora de jogo NITIDO", parece-me que antes do golo houve um penalti. Ou para os "benfas" um penalti é igual a 1 golo? Ah o árbitro auxiliar é simpatizante do SCP? Até que enfim, que a classe da arbitragem não é toda do SLB. Já desesperava por um simpatizante dos verdes.

      Eliminar
    3. Não é meu hábito responder a comentários mas a sua desonestidade ou desconhecimento por eventualmente não ter visto o jogo leva-me a contestar:
      - O Sporting na voz do seu treinador não contestou a veracidade do eventual fora de jogo, mas a falta de honestidade de quem apenas vê ou fala daquilo que lhe convém, como é o caso do caro rudolfo dias.
      - A incompetência de algumas equipas de arbitragem é nítida no campeonato português. Nomeadamente o arbitro auxiliar em questão esteve envolvido noutros lances, em que devido ao seu mau posicionamento não sancionou alguns lances de fora de jogo, durante a primeira parte ao Estoril que poderiam ter dado golo se os jogadores desta equipa tivessem competência para o fazer, o que não foi o caso e por isso nunca poderiam ter ganho nem sequer empatado pois para isso é necessário marcar golo.
      - Incompetência ou má qualidade dos árbitros, que por vezes não vêm lances importantes como fora de jogo ou jogadas com a mão dentro de área não devem ser confundidos com supostos favorecimentos derivados de pequenas ou grandes ofertas que poderão supor fenómenos de corrupção como os que ultimamente se têm falado neste país e que supostamente teriam levado a alegados apoios menos lícitos que alguns apelidaram de colinho.

      Eliminar
    4. Caro Rodrigo, quando fala em "fenómenos de corrupção como os que ultimamente se têm falado neste país" está-se a referir ao SCPXSKEMBÉUBÉU? É que só por volta daquele minuto 72 entraram, só numa casa de apostas, mais de 3M€ do que o "normal".

      Eliminar
  13. Para a rena o guarda redes não joga, esta lá porque sim .

    Já agora um fora de jogo não é o mesmo do que um penalty mas enfim. e o fora de jogo de Teo na primeira parte ?

    Como convém, só se fala do que interessa.

    http://comquemsporting.blogspot.pt/2015/11/penalty-favor-do-sporting-nao.html

    ResponderEliminar
  14. Brian Ruiz é um grande jogador
    Mark Margo
    www.markmargo.net (site cor de rosa de celebridades, playmates e cinema)

    ResponderEliminar