segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Trilogia com desfecho épico

Pegando na analogia das trilogias que utilizei no lançamento do jogo de ontem, ficou guardado para o terceiro capítulo, se não o melhor bocado, seguramente o mais emocionante e épico da saga desta semana. Como em qualquer boa história, as adversidades foram muitas, mas a vontade e capacidade para as ultrapassar foram superiores e determinaram o final feliz que os protagonistas tanto fizeram por merecer. Mas a crónica deste final de trilogia não ficaria completo se não fosse dado o justo reconhecimento dos figurantes que, das bancadas, foram os primeiros a fazer ouvir a sua crença quando o panorama era tão negro como o dos piores dos dramas. Uma vitória de uma vasta equipa que vai muito para além dos 14 jogadores que estiveram em campo. Se há jogos em que as bancadas ajudam a ganhar jogos, este foi de certeza um deles.



Positivo

Exibição de alto nível, durante 90 minutos - quem ouvisse pela rádio os comentários à primeira parte, ficaria a pensar que o Sporting não fez o suficiente para ter um resultado menos desfavorável. Pelo contrário. Excluindo as duas desatenções que valeram os golos de Wilson e Rafa, a exibição do Sporting na primeira parte foi, na minha opinião, melhor que a da segunda. Infelizmente há muito bom comentador que forma as suas opiniões em função da bola que entra ou não entra na baliza. O Sporting jogou 90 minutos de futebol de elevada intensidade e qualidade, com destaque para os inevitáveis João Mário, Adrien Silva e Bryan Ruiz. João Pereira e Naldo também estiveram em muito bom nível. Slimani foi Slimani. O Sporting merecia estar a ganhar ao intervalo e mereceu inteiramente a vitória no final dos 90 minutos.

Confiança num sistema - durante a segunda parte, o Sporting demonstrou urgência em ganhar, mas nunca deixou de o tentar fazer segundo os princípios de jogo que Jesus implementou. Fê-lo evitando bolas bombeadas ao acaso, procurando sempre a melhor solução possível para aproximar a equipa da baliza adversária. Essa paciência foi particularmente visível no segundo golo: entre a recuperação de bola e o golo de Montero, o Sporting trocou a bola no meio-campo do Braga durante 58 segundos, com várias tentativas de aproximação à área, e sem que os arsenalistas conseguissem sequer tocar no esférico. A paciência compensou.

A entrada de Gelson - ao tentar mandar na partida com uma linha defensiva alta contra uma equipa tão perigosa no contra-ataque como o Braga, Jesus assumiu alguns riscos. Mas ao intervalo, com uma desvantagem de dois golos, o treinador decidiu jogar no limite do risco, abdicando de William para colocar Gelson Martins. Nem podia ser de outra forma, pois perder por 2 ou por 3 vai dar ao mesmo. A aposta resultou em pleno. Gelson esteve na origem do penálti que deu início à recuperação e teve várias iniciativas que causaram desequilíbrios na defesa do Braga. Bom jogo do miúdo.

Uma defesa que valeu três pontos - teoricamente é impossível que uma defesa valha três pontos, mas aquela defesa de Patrício com a perna a remate de Rafa evitou o 2-3 e, muito provavelmente a derrota. Patrício é indiscutivelmente um dos melhores do mundo em situações de um-contra-um. Mais uma vez, decisivo.

A força vinda das bancadas - primeiro golo sofrido: incentivo imediato das bancadas. Segundo golo sofrido: incentivo imediatos das bancadas. Apito para o intervalo: zero assobios. Regresso dos balneários: receção entusiasta à equipa. Dos 0 aos 94 minutos: apoio permanente e ruidoso. Antes do jogo começar: mais um arrepiante O Mundo Sabe Que, cantado também por Jorge Jesus, e aplaudido efusivamente por Adrien Silva. Maravilhoso.



Negativo

Apatia e erros individuais nos golos do Braga - o pontapé certeiro de Wilson Eduardo e o fantástico trabalho de Rafa merecem todos os elogios, mas a verdade é que ambas as jogadas foram bastante consentidas pela nossa defesa e por erros individuais que entregaram o ouro ao bandido. No caso dos erros, falo concretamente do mau alívio de William no primeiro golo e do passe errado de Paulo Olivera que deu inicío à jogada do segundo golo.

Dia não na finalização - num jogo em que marcámos três golos, queixarmo-nos da falta de eficácia de finalização pode parecer algo exagerado. No entanto, foram variadíssimas as situações em que faltou só um bocadinho para marcarmos. Entre as oportunidades isoladas desperdiçadas por Slimani e João Mário, o cabeceamento de Paulo Oliveira que bateu duas vezes no poste - com uma defesa de Kritciuk pelo meio -, vários cruzamentos que não foram emendados por centímetros, o Sporting poderia perfeitamente ter marcado seis ou sete golos. Do outro lado, a finalização foi bem mais eficaz, mas acabou por falhar precisamente naquele momento em que não podia falhar - quando um isolado Rafa permitiu, perto do fim, aquela soberba defesa de Rui Patrício com a perna.

A campanha para criação do estigma-Slimani - o argelino é um jogador extremamente impetuoso. Faz parte da sua forma de estar em campo. É verdade que teve uma atitude condenável quando agrediu Samaris no jogo da Taça. Mas desde então tem sido alvo de uma campanha dos adversários, que tentam aproveitar qualquer contacto para encenar uma tragédia grega na tentativa de forçar uma expulsão. Mas não só. Ontem, quem lesse ou visse as reações dos benfiquistas e portistas nas redes sociais e nos programas de TV, ficaria a pensar que Slimani tentou arrancar a cabeça do jogador do Braga com uma cotovelada. Na realidade, acertou-lhe ao de leve com a mão enquanto tentava fugir em corrida ao adversário - não se tratando, de forma alguma, de uma agressão.



Final da primeira volta com quatro pontos de avanço sobre o segundo classificado, e com excelentes perspetivas para o que ainda está para vir. A qualidade das exibições está a crescer, as opções para o treinador também. Nota-se uma enorme confiança na equipa e nos adeptos. Sexta-feira há mais.

90 comentários :

  1. MdC desde de ontem que não me sai da cabeça:
    "Nós acreditamos em vocês!"
    "Nós acreditamos em vocês!"
    "Nós acreditamos em vocês!"

    É que o pessoal "acardita" mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vocês quem?!

      Os acólitos, os afiliados, os moços de recados APAF?!

      Os mesmos Fiscais de linha, árbitros assistentes que o ano passado fizeram de uma equipa banal BI-Campeã?!

      Só pode..

      Eliminar
    2. Isto e a rena têm parecenças ...

      Eliminar
  2. Grande jogo de uma equipa bastante adulta e consistente. Realmente Jorge Jesus é um grande treinador! Temos grandes jogadores e principalmente uma GRANDE equipa que joga futebol intenso durante todo o jogo. Até as camisolas ficaram muito melhor com o tamanho do patrocinador da NOS. Agora que venha o próximo jogo que o Povo quer ver bom futebol! E para ver bom futebol….. só mesmo o Sporting! Mais uma vez quero salientar a força deste nosso Sporting, que maravilha ver adeptos assim, puxar pela equipa quando estávamos a perder por 2, não é para todos! Só mesmo a maior potencia do futebol Português, consegue colocar Jorge jesus a cantar! Uma ultima palavra para o Futsal, mais uma taça conquistada com muito brilho, depois de ter conquistado na ultima semana o primeiro lugar do campeonato!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Curioso que o investimento directo neste 11, nem chega ao total de muitos jogadores dos rivais.
      P.Oliveira 1,8M; Naldo 3M; Jefferson 0.8M; Ruiz 2M; Slimani 0.3Meuros = 7.9Meuros
      É uma grande equipa que entre custos zero, formação e reforços low cost consegue ser das mais competitivas equipas do Sporting que me lembro de ver nos ultimos anos.

      Eliminar
    2. Sem dúvida, Carlos. O futsal a ser a cereja no topo do bolo!

      Eliminar
    3. Bem visto J. Se nos lembrar-mos que no longíquo ano de 2002 o Jardel custou uns 11M€, que foi talvez o plantel mais competitivo das últimas duas décadas no Sporting, acho que fica ainda mais evidente a capacidade de rentabilização de investimento da actual direcção!

      Eliminar
  3. Mestre,

    Excelente resumo.
    Para a lampionagem e corruptos, principalmente os primeiros, que continuem a espernear e a chorar compulsivamente nas nossas vitórias.

    É um excelente sinal.

    Sobre os problemas defensivos de ontem e que já se vinham revelando em jogos anteriores, destaque que para a péssima exibição defensiva de Jefferson, sobretudo na primeira parte. Foi pelo lado dele que veio todo o perigo do Braga, obrigando constantemente os centrais a terem de compensar as suas falhas. Exasperante a exibição do brasileiro neste capítulo.
    Do lado contrário, mais uma excelente exibição de João Pereira.

    Para a história fica a segunda remontada do Sporting, virando um resultado de 0-2 para 3-2.
    Apenas um passo mais em direcção ao título, mas um delicioso passo que muito gozo deu a todos os que estivemos Alvalade e assistir.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José, é bom ver o João Pereira a subir de rendimento, depois daquele princípio de época tão irregular. Que Zeegelaar consiga pôr pressão no Jefferson, que tem estado a ser um problema defensivo para nos.

      Eliminar
  4. Trilogia outros nevoeiros:
    --46 minutos (resultado 0-2): joão cacete pereira agride à pitonada Rafa (estava a causar muitos problemas e as ordens do judas eram para o lesionar)
    --72 minutos (resultado 1-2): joão pitons mário agride à pitonada Rafa (estava a causar muitos problemas e as ordens do judas eram para o lesionar). O jorge amigo sousa estava a 3 metros do lance e com visão desimpedida.
    --85 minutos (resultado 2-2): mais uma slimanada jihadista bárbara. Na sua corrida o jihadista olha para trás para não falhar o alvo e acerta em cheio.

    Mesmo com agressões à descarada, não existe punição devido à pressão que o Brunóquio e seus acólitos fazem na comunicação social.
    António Costa está a pensar, na próxima revisão do acordo ortográfico, introduzir a expressão SLIMANADA - agressão que apesar de ser bárbara, nunca tem punição.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade... Como é que ainda não prenderam o slimani?! Que país de cobardes.
      Acho que o jogador do braga depois do jogo foi ao hospital levar QUATRO PONTOS.
      Rápidas melhoras para ele.

      Eliminar
    2. Na verdade o jogador nessa altura só tinha 1 ponto, mas depois do jogo acabar não levou os mesmos pontos que a equipa do venfique...

      Eliminar
    3. Só quem não jogou futebol (não á bola) e que nao sabe que são tudo coisas normais que fazem parte do jogo.

      Eliminar
    4. Epa, quem diz slimanada, diz cardozada, javigarciada, binyada, maticada, fejsada, samarisada ou... maxizada! Enfim, solicita-se à rena abichanada o favor de recolher aos estábulos...

      Eliminar
    5. Rudolfinho, queres mesmo falar de jogadores que agrediam barbaramente os adversários em todos os jogos e nunca eram punidos? Só duas sílabas: Maxi

      Eliminar
    6. Foda-se, ò idiota, não chega já de comentários racistas e xenófobos?

      Eliminar
    7. Rudolfa, é oficial! tornaste-te, definitivamente, a nossa puta. Tu e esse teu carnide. Obrigado!

      Eliminar
    8. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    9. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    10. Este bronco continua a espalhar xenofobia e preconceito, quando é que é banido?

      Eliminar

    11. Romel Alexandre11 de janeiro de 2016 às 11:31
      Rúben Ramos, este ano cada vez que o venfique joga contra o Sporting, os hospitais declaram estado de emergência. Tal é a quantidade de adeptos do venfique que recorrem as urgências levar pontos no cagueiro, derivado da encavadela que sofrem.

      Eliminar
    12. Funf! Funf! Há um determinado cheiro de azia por aqui... porque será?

      Eliminar
    13. Nuno Man D'Onça, xenofobia clubística estás tu aqui a espalhar quando queres remeter para canto os comentários de alguém que não é do teu clube.
      E que diz as verdades sobre a aplicação da sharia no futebol em Portugal pelo seu líder Islão slimani.

      Eliminar
  5. Uniao total entre as bancadas e a equipa.
    Uma atmosfera brutal, misto de inglesa com turca, de que ontem fizemos parte!
    Respira-se Sporting cm nao se fazia ha mt tempo!!

    ResponderEliminar
  6. Sobre a campanha para castigarem o Slimani só para os auf auf desta vida.
    Samaris, fedja, Jardel e Jonas só uma forca para se fazer justiça
    Que comece a ladrar certo elemento.
    Auuuuu auf auf

    ResponderEliminar
  7. MdC

    Aparentemente só esta ano é que apareceram as cotoveladas, esse flagelo criado pelo argelino Slimani. Já o ano passado com Maxi, Fejsa e Samaris era assunto tabu.

    Agora,depois de assunto Slimani não ter pegado, viraram-se para JM....

    Pena que não se tenham lembrado de dizer que no jogo da Taça em Alvalade tinham terminando com 7 caso tivessem tido tanto critério nas baboseiras que dizem.

    SL

    peaoverde.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente.. memória seletiva..

      É que o Maxi, o Samaris, o Fejas não faziam DISSO um hábito repetido em TODOS os jogos.

      Mas, claro, para quem está há 15 anos sem ganhar.. vale tudo. Até tirar olhos.


      Eliminar
    2. Quid, és uma alternadeira. Tu e a rena. Voltem sempre! e de preferência bem dispostas!!

      Eliminar
    3. Conanacama, desta vez tenho que dar razão ao Quid. Se um comportamento erróneo se repete várias vezes, algum transtorno de personalidade o homem tem. Provavelmente defende a Sharia futebolística.

      Eliminar
    4. Ó renabicha, no teu caso Freud não precisa de explicar a tua obsessão com o Slimani... o teu caso é uma paixão... platónica! Mas esquece... o homem "não joga no teu time"... literalmente!

      Eliminar
  8. Slimani não tentou agredir, apenas tentou sacudir o adversário, que estava a tentar agarrá-lo insistentemente.

    Querem criar polémica com Slimani, a ver se obtém o mesmo resultado que com Montero, que marcou dois golos em fora de jogo e a partir daí, anularam-lhe 5 ou 6 golos limpos por foras-de-jogo inexistentes, porque na dúvida os árbitros decidiam contra ele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que te sacudam da mesma maneira e várias vezes ao dia se tu quiseres agarrar alguém. Vinhas com os dentes todos partidos.

      Eliminar
  9. Mestre tudo dito. Completamente de acordo.

    Grande jogo de futebol, enorme vitória do Sporting.

    O penalty é mesmo penalty como todos os que não tenham óculos de outra cor, reconhecem. O braço está dentro da área, sem dúvida. Há outro penalty por marcar minutos depois do Montero.

    Última nota para o Rafa. Muito bom jogador! Velocidade, inteligência e qualidade técnica.

    ResponderEliminar
  10. todas jornadas a mesma coisa!
    mais uma vez um penalti bem assinalado a favorecer o sporting! assim não dá! o sporting já vai em zero vitórias devido a penaltis mal assinalados!

    E ainda há o lance em que o slimani não agride um gajo qualquer! como é possível não ser expulso nesse lance? Ele todos os jogos devia ser expulso, porque uma vez mandou uma cotovelada a um nabo qualquer do benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inadmissível! Onde já se viu marcar penáltis que são? :)

      Eliminar
    2. MdC, penaltis que são na nova área aumentada no vosso campo. Tem mais 1 metro.

      Eliminar
    3. oh BICHAcampião, são parecidissimos aqueles de guimarães...

      Eliminar
    4. Rudolfo, são parecidos ao cagueiro da tua mãe. Também têm mais um metro, mas é de profundidade filho de vaca alternadeira e de pai desconhecido.

      Eliminar
    5. Rudolfo, são parecidos ao cagueiro da tua mãe. Também têm mais um metro, mas é de profundidade filho de vaca alternadeira e de pai desconhecido.

      Eliminar
  11. MdC

    E manda-los foder a todos! Eu estou me nas tintas para o que essa gente diz ou fala! Se todos nos fizermos isso e apenas nos limitarmos a defender o SCP melhor sera!
    SL

    ResponderEliminar
  12. MdC,

    Falta o ponto negativo da forma miserável do William... Lento, lento, lento... Esperemos que recupere.

    De resto, jogo brutal! Estes jogos com o braga estão a tornar-se épicos!

    Abraço,
    Pedro

    ResponderEliminar
  13. Mdc sobre a pisadela do JM... nada? Se fosse do Benfica sabíamos que tinha ficado um vermelho por mostrar... e assim?
    Depois de termos assistido ao penalti fora do campo as coisas estão a ficar mais normais ... foi só fora da área.
    Slimani... não tente fazer esquecer a agressão ao moço do arouca... se aquele lance fosse o eliseu era vermelho...
    Para quem anda a 13 anos a chorar se ganharem vai voltar a ser com a mesma justiça do ano dos 20 penaltis... aquele em que o Jardel diz que sentiu um vento nas costas, caiu e o árbitro marcou.

    Ps. a parte boa é que com mais esta exibição o JS desce quase de certeza! E não vamos ter de levar mais com o superdragão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JM acertou na perna do rafa realmente mas todos sabemos que JM não é um jogador maldoso , talvez o piso molhado tenha afectado o mau desarme.
      No entanto acho que o amarelo seria o mais acertado.

      Mestre, faltou dizer que o Slimani tem o chega para lá defesa do braga porque o mesmo tenta agarrar a camisola e impedir a sua corrida. Claro que aceito que se marque falta. Dar amarelo a slimani já de si era forçado !

      Já que estmaos numa de ser precisos, aos 8 minutos Slimani não está em fora de jogo e como tal JM poderia ter marcado golo.
      Existe um segundo penalti que embora seja perto do jogador, Montero tenta colocar a bola por cima e o braço do defesa não está na sua posição normal. Aceito que até possa ser por instinto mas cortou a bola nitidamente e como tal ficou por marcar penalti !


      Lamento Martins pela azia, eu sei que ao intervalo já estavas a contar com a nossa derrota....mas se fores serio vês que a vitoria é do mais justo que há !

      Eliminar
    2. Nuninho, Nuninho, sempre tão acutilante... Queres discutir o jogo de Guimarães com tamanha acutilância?

      Eliminar
    3. Justo foi o bicampeonato do Carnide.
      Claro que João Mário devia ter sido expulso assim como Jardel no recente jogo da taça! Entrada em tudo similar á de Jardel! Claro que dessa o Nuno não fala! Os óculos de cabedal não deixam! Assim como não fala da Xistralhada em Guimarães!

      Eliminar
    4. Pedro Jorge

      Achas que sim?! A arbitragem em Guimarães foi muito boa! O ano passado por esta altura quem falava de arbitragens eram os chorões...como as coisas mudam...

      Eliminar
    5. Freud é capaz de ter uma explicação para essa vossa fixação com o Slimani...

      Eliminar
    6. Nuno, nós sabemos que a medicação está cara e se for preciso, a malta aqui do blog faz uma vaquinha e ajudamos nos custos.. não podes continuar assim sem te medicares.. por enquanto é o Slimani mas pode vir a tornar-se num caso de azia crónica.
      Estamos cá para te ajudar Nuno

      Eliminar
    7. A reunião para decidir o veneno a espalhar termina assim tão cedo? Ou não conseguiram dormir por causa da azia e fizeram uma noitada?

      Eliminar
    8. Ainda não vi a repetição do lance do João Mário, mas pelos frames que vi admito que tenha ficado o vermelho por mostrar.

      Eliminar
    9. Continuam a fazer de tudo para que se o Sporting for campeão este ano, tenha um rótulo (incomodo) como o deles do ano passado "o Colinho". E lá vamos nós assistir semana a semana à propaganda que diz que o Sporting é beneficiado e blá blá e blá blá, e o Slimani isto e aquilo, etc etc.
      Só espero que quem "defende" o Sporting abra os olhos e não se deixe levar nem comer todas as semanas.
      SL

      Eliminar
    10. Né, Fernando Reis? Para eles visão larga, critério largo à inglesa. Para nós, visão milimétrica e telescópica. Típico dos novos Calimeros de Carnide, sempre a chorar quando falta a mamoca ;)

      Eliminar
  14. Uma grande vitória, num jogo em que o Sporting foi perdulário mas viu recompensada a sua abnegação.

    O lance do João Mário não me parece intencional (se calhar é condição para ser agressão, não?) mas admito que merecesse sanção disciplinar agravada. Quanto ao Slimani, quem jogou à bola, seja no Damaiense ou lá na rua ao pé de casa, sabe que não há falta mais frustrante que ser agarrado pelas costas quando se vai a correr em direcção à baliza. O acto natural de qualquer jogador é tentar libertar-se. Aquele toque com a ponta dos dedos não é agressão em lado nenhum. Agride mais o linguajar ressabiado e malcriado dos fanáticos dos rivais aqui neste blog. Têm que aprender a ver os jogos com menos nevoeiro...

    ResponderEliminar
  15. Mestre, o nosso "minuto 70" é, por norma, do 1º ao 95º do jogo! Foi arrepiante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E andavam eles todos orgulhosos por isso! Nós a perder NUNCA nos calamos no apoio á equipa! Isso dói-lhes muito! Assim como dói saber que são incapazes de jogar como nós! Sim, refiro me a jogar futebol! Pode ser que por volta das 14h recolham todos para a toca! Se deus quiser a maior dor deles ainda está para chegar e será em Maio!

      Eliminar
    2. Aquilo ali é gente que só sai da toca quando o clube está mesmo lá em cima... em alta... são fanfarrões, mas só quando um gajo como o Jesus os meteu em alta rotação é que acabei por descobrir que conhecia alguns lã-piões... não estou a gozar... descobri venfiquistas ao fim de anos de amizade... acho que eles também só agora é que descobriram que existe um clube para os lados de carnide chamado venfique!

      Eliminar
  16. para futuro o mister tem aqui um problema complicado chamado paulo fonseca... o homem descobriu o antídoto para o nosso jogo. Esteve a ganhar e por várias vezes podia ter acabado com o jogo.

    Há uma garantia que nós temos: paulo fonseca não será o próximo treinador do porto e isso é o que mais nos importa pois parece ser ele o único capaz de nos apanhar no nosso jogo. Os outros levaram banho de bola.

    Jorge Jesus que é um perfecionista dos «momentos do jogo» tem que fazer ainda melhor contra este gajo. Não vai ser nada fácil aquele último jogo em braga se necessitarmos dos pontos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Paulo Fonseca foi jogador do Jesus...

      Eliminar
    2. Já só temos que o defrontar mais uma vez esta época... :)

      Eliminar
    3. E talvez com tudo já resolvido...


      Espero eu :-)

      Eliminar
  17. OFF Mestre atenção ao aviso do MISTER á NAÇÃO SPORTINGUISTA acerca dos ataques do estado lampianico, penso que ja em agosto ele da uma entrevista em que aborda o modus operandi dessa escumalha.«Essas notícias apenas servem para desestabilizar o Sporting e o FC Porto. Comigo ninguém do FC Porto falou e é uma notícia para desestabilizar. Não sei o dia de amanhã, porque daqui a três jornadas posso não estar aqui e ser despedido, mas se depender de mim vou estar até ao fim do campeonato. Os adeptos podem estar tranquilo e não entrem nas manobras de desestabilização e contrainformação do nosso rival. Os sportinguistas têm de estar preparados», afirmou Jorge Jesus, em conferência de Imprensa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Octávio, isso são coisas que vieram do CM. Já se sabe à partida que não se pode levar a sério. Eu não precisava de um desmentido explícito do Jesus para saber que era mentira. :)

      Eliminar
  18. Que jogo e que ambiente.. só espero que o vulcão verde continue em erupção, sem dúvida que o "NÓS ACREDITAMOS EM VOCÊS" empurrou e animou a equipa para a segunda parte.. o JJ ficou maluco com os adeptos, nunca na vida dele tinha visto algo assim, e no fim do jogo, corre em direcção à curva sul a agradecer.. que orgulho!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E a festejar com os adeptos no terceiro golo!

      Eliminar
    2. Tb não exageres... JJ foi sempre assim, já o era no venfique. Quando se mete numa coisa é a fundo...

      Eliminar
  19. É natural que se falem em cotoveladas,até me estou a lembrar de um jogador de futsal do Benfica de nome Fernando Wilhelm que deu uma cotovelada no jogador de futsal do Fundão e só,repito só lhe partiu duas costelas e causou um pneumótorax e levou cartão amarelo.
    Para levar cartão vermelho teria de lhe partir as duas pernas !...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A imagem mostra bem a intencionalidade do jogador do Benfica a dar uma cotovelada no jogador do Fundão e todos sabem o que é uma dor nas costelas agora imaginem duas costelas partidas !...

      Eliminar
    2. Não há por aí um vídeo com essa "proeza"?

      Eliminar
  20. só vi uma abitragem incrível nesta jornada:

    feirense-Sporting

    o nosso treinador já comentou.

    ResponderEliminar
  21. o estado lampiónico está em stand by... não vá o nevoeiro da choupana mostrar algumas vergonhas.

    ResponderEliminar
  22. E de que interessa ao FCP ganhar, vencer e convencer se a APAF já decidiu QUEM vai ser Campeão esta época?! E nem falo sequer dos penalties que se marcam ou não, dos foras de jogo mal ou bem assinalados, dos erros dos árbitros. Falo apenas dos amarelos e vermelhos que se perdoam e se mostram, das faltas que se inventam ou deixam passar a meio do campo e que servem depois para poder abrir a Via Verde!!

    É QUE depois de terem feito de uma equipa medíocre Bi-Campeã, ao fim de 31 anos de jejum e seca extrema, os acólitos, afiliados, moços de recados APAF vão agora tudo intentar para fazer Campeã uma equipa banal de intifada, de chega rebos.. em que vale tudo, até tirar olhos!!

    Comparem só os amarelos que se mostram aos jogadores portistas por dá aquela palha, e os amarelos e vermelhos que não se mostram aos jogadores verdascos, em que tudo, tudo lhes é permitido.

    Os acólitos, moços de recado APAF não brincam em serviço. E, a maior parte deles até nem são árbitros, são mais os Fiscais de Linha, os Bandeirinhas!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois do futebol banal, medíocre da época passada do clube dos encornado, temos agora o futebol de intifada do clube dos lagartos que se julgam jacarés.

      A perder 0-2 em casa no covil nada como se inventar uma grande penalidade para voltar a entrar no jogo.

      Tenham vergonha pá.

      Eliminar
    2. A grande penalidade e tal é unânime ou no minimo consensual em quem não tem os neurónios afectados pela azia, é bem assinalada. E houve outra que ficou por marcar.

      Benefícios ao Sporting neste jogo só, quando muito, no capítulo disciplinar.

      Mas há que persistir na narrativa desesperada de benefício de terceiros face à superioridade inequívoca do Sporting, até à data.

      Ontem o Sporting sofreu quase tantos golos regulares quantos sofrera nos 16 jogos anteriores, depois de um golo marcado com a mão e em fora de jogo contra o Tondela, um penalti mal assinalado em Coimbra, 2 golos precedidos de fora de jogo contra o Rio Ave e contra o União, um golo precedido de falta contra o Guimarães e já dou de barato o penalti, muito duvidoso, contra o Paços.

      Eliminar
    3. Que cheiro azia !!! O leite estragou-se?

      Eliminar
    4. Recreativo do marfim. Tu para burro só te faltam as penas. Parabéns, golearam o colosso Boavista.

      Eliminar
  23. Não alimentem o troll que vive numa realidade paralela. Schadenfreude faz mal à alma, troll

    ResponderEliminar
  24. Alguém consegue ver quantos segundos deram direito ao amarelo do Patrício naquele pontapé de baliza, e quantos segundos demorou o redes do Braguilha nos vários que teve?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O molusco Quid já te responde a isso. Vamos só esperar um bocadinho.

      Eliminar
  25. Pra mim o grande destaque deste jogo é a arbitragem.
    Uma verdadeira vergonha.
    Foram lances atrás de lances a tentar levar o adversário do Sporting ao colo (já nem interessa quem é).
    Faltas que não existiram, lançamentos marcados ao contrário, faltas junto da àrea que não eram marcadas, cantos transformados em pontapés de baliza, penaltis por assinalar, cartões vergonhosos como ao Rui Patrício que fez menos de 1% do que o Gr do Braga fez. Até o lançamento do J.Pereira ele conseguiu marcar o mais longe possivel da àrea para que a nossa equipa que já se encontrava posicionada para o lançamento longo, tivesse de voltar à estaca zero.
    Uma vergonha.
    Sobre o jogo...BRILHANTE!
    Sobre os adeptos (eu incluido)... BRUTAL!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge Sousa esteve simplesmente horrível.
      E nem posso dizer que fez uma actuação para prejudicar o Sporting, pois aí nem o penalty teria assinalado a favor do Sporting.
      Simplesmente não tem condições para apitar jogos deste nível neste momento.

      Vítor Pereira, burro como habitualmente é, faz o contrário e lança JS num jogo onde se sabe que vai ter dificuldade máxima.

      Em vez de o resguardar, colocando-o em jogos de menor dificuldade para ganhar confiança, faz precisamente o oposto e queima aquele que até é um dos bons árbitros portugueses (mesmo que com vários defeitos).

      Eliminar