sábado, 20 de fevereiro de 2016

Balanço das arbitragens: 20ª, 21ª e 22ª jornadas

Estoril 1-3 Porto (Tiago Martins)

=: jogo sem erros críticos, arbitragem sem influência no resultado


Sporting 3-2 Académica (Cosme Machado)

13': Hugo Seco empurra Carlos Mané, o árbitro não assinalou penálti - decisão errada, há um empurrão claro pelas costas

13': Ao fazer penálti sobre Mané, Hugo Seco devia ter sido expulso - decisão errada, Mané estava em frente à baliza, apenas com o guarda-redes a poder opôr-se ao golo

59': No segundo golo da Académica, o fiscal de linha assinala fora-de-jogo posicional de Gonçalo Paciência; depois de conferenciar com o árbitro muda de ideias e valida o golo - decisão errada, no momento do passe, Paciência está em posição irregular, tenta disputar a bola com Ewerton, e acaba por ter influência no auto-golo do central do Sporting

=: apesar dos erros, arbitragem sem influência no resultado


Moreirense 1-4 Benfica (Manuel Oliveira)

12': Gaitan tenta agredir Danielson, o árbitro não mostrou qualquer cartão - é verdade que a tentativa de agressão pode levar a um cartão vermelho, mas como o jogador argentino foi ostensivamente agarrado por Danielson a reação acaba por ter uma atenuante; um amarelo aceitar-se-ia.

=: arbitragem sem influência no resultado



Belenenses 0-5 Benfica (Nuno Almeida)

38': Dúvidas na abordagem de Jardel a um controlo de bola na quina da sua área - decisão certa, Jardel parece dominar a bola com o peito e, de qualquer forma, seria fora da área

41': No primeiro golo do Benfica, Renato Sanches derruba, sem bola presente, um adversário imediatamente antes do cruzamento de Pizzi para Mitroglou - decisão errada, o árbitro devia ter interrompido a jogada

52': Renato Sanches acerta com o braço em Sturgeon, o árbitro não assinalou qualquer falta - a falta é mais que óbvia e muito dura; pode alegar-se que seria caso para cartão vermelho, mas atendendo à disputa de bola é possível que não tenha havido intenção de agredir; como tal, aceitar-se-ia o amarelo

=: primeiro golo do Benfica foi irregular (X2)



Porto 1-2 Arouca (Rui Costa)

62': Brahimi marca golo após passe de André André, o fiscal-de-linha assinala fora-de-jogo - decisão errada, Brahimi está adiantado em relação ao penúltimo jogador do Arouca, mas está atrás da linha da bola; como tal o golo devia ter sido validado

86': Walter é empurrado por Martins Indi, o árbitro não assinalou penálti, marcando uma falta anterior do avançado do Arouca sobre o defesa do Porto decisão errada, Walter não faz falta (há contacto, mas nada de anormal), e é claramente empurrado; penálti por assinalar


=: Se o golo de Brahimi tivesse sido validado, dificilmente o Arouca teria ganho o jogo, apesar do golo e do penálti por assinalar que aconteceram depois (1X)



Sporting 0-0 Rio Ave (Carlos Xistra)

50': Golo anulado ao Sporting por falta de Coates sobre Wakaso - decisão certa, o defesa do Sporting coloca o braço por cima de Wakaso e desequilibra-o

78': André Vilas Boas cai na área após disputa com João Pereira, o árbitro não assinala penálti - decisão certa, há contacto, mas não há qualquer falta

=: arbitragem sem influência no resultado



Benfica 1-2 Porto (Artur Soares Dias)

51': Numa repetição da marcação de um livre, é possível para ver Samaris a agarrar a camisola de Martins Indi na área do Benfica; o árbitro não assinalou penálti - decisão certa, a bola nunca esteve perto dos jogadores, e não é certo que o agarrão tivesse estorvado o jogador do Porto


53': Numa jogada de contra-ataque, Gaitan remata e cai na área, perturbado por André André; o árbitro não assinalou penálti - decisão certa, existe contacto entre os dois jogadores, mas parece normal

=: arbitragem sem influência no resultado



Nacional 0-4 Sporting (Bruno Paixão)

17': Golo anulado a Bryan Ruiz por fora-de-jogo - decisão errada, o jogador está em linha no momento do passe de Slimani

51': Penálti assinalado a favor do Sporting por mão de Rui Correia - decisão certa, o defesa do Nacional corta a bola com o braço

85': Schelotto cai na área ao ser derrubado por Sequeira, o árbitro assinala penálti decisão errada, a falta acontece fora da áreaSchelotto cai na área ao ser derrubado por Nuno Sequeira, o árbitro assinala penálti - decisão errada, a falta acontece fora da área

=: apesar dos erros, arbitragem sem influência no resultado



Estatísticas da jornada



Estatísticas acumuladas



Classificação



Jogos com influência da arbitragem no resultado



Erros de arbitragem com o resultado em aberto



Erros de arbitragem com o resultado em aberto agrupados por árbitro, desde 2013/14


19 comentários :

  1. Www.3grandesnaliga.blogspot.com

    Com vídeos para ilustrar os lances.

    ResponderEliminar
  2. Www.3grandesnaliga.blogspot.com

    Com vídeos para ilustrar os lances.

    ResponderEliminar
  3. Bem, isto está cada vez melhor. heheh

    Sporting 3-2 Académica (Cosme Machado)

    Então considera como dois erros o que se passou em apenas um lance? É óbvio que se o arbitro não marcou penalti a decisão de não expulsar é correta.

    Belenenses 0-5 Benfica (Nuno Almeida)

    Com certeza que o Mestre se enganou aqui, deve estar a querer referir-se ao segundo golo porque no primeiro quem faz falta primeiro é o jogador do Belenenses, com uma braçada num momento já sem bola, o Renato como resposta, ou seja, posteriormente a esse empurrão, dá um ligeiro toque no pé do adversário.

    Como quem fez falta primeiro é o jogador do Belenenses, o jogo deve prosseguir, dando a lei da vantagem e no final do lance, no máximo, dar amarelo a cada um.

    Balanço das arbitragens: 18ª e 19ª jornadas
    Ver Aqui

    Ainda estou para perceber como é que o Mestre no jogo Sporting 2-2 Tondela da 18º jornada, com o resultado em 0-0 e com 60 minutos para se jogar, considera que o resultado mais provável é a vitoria do SCP (1). Resultado final real 2-2;

    E no jogo Benfica 3-1 Arouca da 19ª jornada, com o resultado em 1-1 (caso o Arouca concretizasse o suposto penalti, o que não era de todo certo), com 80 minutos para se jogar considera que o resultado mais provável é o empate ou vitoria do Benfica (1X). Resultado final real: 3-1.

    Conclusão

    Com critérios destes, sem falar ainda de muitos outros lances, como aquele penalti do Rui Patrício em que considera que não foi penalti, entre outros do género, não admira que o Sporting vença esta liga dos coitadinhos/chorões com uma larga vantagem. heheh

    É que a este ritmo o SCP vai ter 50x mais erros e uns 20 pontos a menos em relação aos adversários.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Link corrigido:

      Balanço das arbitragens: 18ª e 19ª jornadas

      Ver Aqui

      Eliminar
    2. Adorei a parte do "ligeiro toque", perdi logo a vontade de ler o resto. Contra facciosismo não há paciência.

      Eliminar
    3. Parou porque não lhe interessava ler as verdades. Ligeiro toque ou não, o que interessa para o caso? O jogador do Belenenses foi o primeiro a fazer falta, ou também vai dizer que não viu essa "braçada" quando o Renato já nem a bola tinha?

      Fazem uma ginástica brutal para conseguir amealhar uns pontinhos a mais para o SCP, como se isso fosse mudar a verdade e a realidade.

      Até o Sportinguista Rui Santos, na sua liga real e da ultima vez que vi, tem o Benfica em 1º lugar... heheh

      Cumprimentos

      Eliminar
  4. Ahhahahahahaha

    Após um 0-5 vir dizer que o árbitro teve influência no resultado é maravilhoso!!!!

    Até Maio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem duvida, é preciso coragem. heheh

      Eliminar
    2. Voces não podem ligar a esta liga. Ao tempo que perdeu a credibilidade. Chega-se agora ao ponto de duvidar de um 5-0 porque a noção já foi embora há muitas jornadas atrás quando esta liga mostrava que o Sporting era o principal beneficiado.
      Já há muitas semanas que disse isso. A partir daí foi sempre a tentar fazer ver que o Sporting era prejudicado e o benfica beneficiado de maneira a ganhar esta liga virtual

      Eliminar
    3. Um 5-0 onde andaram aqui todos a insinuar que o Belem tinha aberto as pernas, agora afinal já foi o arbitro eheheheh.

      Pedro e tb reparei nisso depois de o inicio o mestre ter sido digamos "apertado" pelos seus leitores da mesma cor os critérios foram mudando drasticamente, teve que beber da mesma ladainha e dizer que o Sporting é um coitadinho sempre prejudicado.

      Eliminar
    4. Vou vos explicar sucintamente.
      Primeiro de tudo a vitória de qualquer das maneiras seria do Benfica visto se tratar do Belenetnses (se fosse preciso marcavam na própria, até meteram um médio a central para se fpsse preciso mais um para encostar).
      Em segundo lugar, SE o belenenses não fosse a equipa vendida a vocês que é não haveriam razões para duvidar de um 5-0? Haviam claro.
      Então se o resultado está 0-0 em princípio a equipa vai jogar fechada (não falo do belenenses porque é um caso aparte contra o Benfica) logo depois de entrar o primeiro vai se abrir e depois de entrar o primero o grau de dificuldade para marcar golos a seguir desce drasticamente. Para além disso podia haver a atenuante de o Benfica jogar com 10.
      Dou vos um exemplo até:
      O Porto goleou o Boavista no Bessa para a liga e na mesma semana para a taça a ganhar 1-0 viu se a jogar em desvantagem numérica sem criar qualquer tipo de lances de perigo e o resultado acabou por se manter igual (Boavista até falhou um penalti na compensação).
      Isto quando o Boavista estava nas posições de descida...
      Pinho

      Eliminar
  5. E já que deu destaque a esse suposto lance do Renato com o braço na cara, porque não também destacar o do João Mário que até deixou o jogador adversário a sangrar do nariz?

    Realmente, nestes últimos jogos aconteceram várias coisas engraçadas. Após o lance do Renato, o Mestre até um post dedicou a esse lance, chegando ao ponto de quem comparasse esse lance ao do Slimani contra o Benfica e ate contra o Braga. O que acontece logo de seguida? O lance do João Mário.. é pá.. que azar. heheh

    Após o jogo Benfica Belenenses, mais uma vez, o Mestre dedica um ou dois posts lançando a suspeita de que o Belenenses facilitou.. o que acontece de seguida? O Nacional - Sporting, com aqueles dois penaltis cujo desempenho dos defesas foi no mínimo estranho.. é pá... novamente azar. heheh

    Curioso (ou não) é constatar que sobre isso não há posts. heheh

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  6. Mestre, no lance do Schelotto com o Sequeira, a falta prolonga-se até dentro da área. Nestes casos a marcação do penalty não é bem assinalada? Penso que houve uma alteração das regras para a falta ser marcada onde termina e onde não começa, mas não tenho a certeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será que numa falta a meio campo em que o jogador rebole até à área é penalti??
      Oh Francisco é livre é livre. E o senhor sabe disso, só quer fechar os olhos.

      Eliminar
    2. O que pode acontecer é haver uma falta fora de area, o arbitro considerar a lei da vantagem, deixar seguir e dentro de área ocorrer nova falta. E como se sabe, dentro de área já não há lei da vantagem.

      Mas não me parece que seja o caso, a queda o jogador é devido ao primeiro contacto fora de área.

      Cumprimentos

      Eliminar
  7. Acho significativo que este trabalho do MdC indisponha a lampionagem de tal modo que sejam os úinicos aqui a botar faladura, até ao meu comentário e à excepção ali do Carlos Viegas.

    ResponderEliminar
  8. Nos 5-0 do Benfica em Belém não foi a arbitragem! Foi algo muito mais sujo! Perguntem aos jogadores do Belenenses como lhes foram pagos os ordenados!? O lema era: Não compliquem,deixem jogar!

    ResponderEliminar
  9. Nos 5-0 do Benfica em Belém não foi a arbitragem! Foi algo muito mais sujo! Perguntem aos jogadores do Belenenses como lhes foram pagos os ordenados!? O lema era: Não compliquem,deixem jogar!

    ResponderEliminar
  10. Estimado Mestre de Cerimonias...
    Normalmente estou em concordância com as suas analises arbitrais, mas desta vez tenho que dizer alguma coisa, porque as leis do jogo não são aplicadas em função do "parece-me" ou "aceitarse-i-a"....
    As leis do jogo (http://www.ligaportugal.pt/media/66355/Leis-do-Jogo-2015_2016.pdf) são objectivas e compete ao apitador e a nós a sua aplicação/leitura/conhecimento.
    Diz a lei 12:
    Um jogador, um suplente ou um jogador que tenha sido substituído deve ser
    expulso do terreno de jogo quando cometa uma das sete infrações seguintes:
    • tornar-se culpado de uma falta grosseira
    • tornar-se culpado de conduta violenta
    • cuspir num adversário ou sobre qualquer outra pessoa
    • impedir a equipa adversária de marcar um golo, ou anular uma clara
    oportunidade de golo, tocando deliberadamente a bola com a mão (isto
    não se aplica ao guarda-redes na sua própria área de grande penalidade)
    • anular uma clara oportunidade de golo dum adversário que se dirija em
    direção à sua baliza, cometendo uma infração passível de um pontapé-
    livre ou de um pontapé de grande penalidade
    • usar linguagem ou gestos ofensivos, injuriosos e/ou grosseiros
    • receber uma segunda advertência no decurso do mesmo jogo

    A diferença entre falta grosseira e conduta violenta, reside unicamente se existe ou não disputa de bola no lance.....
    Falta grosseira
    Um jogador será culpado de falta grosseira se usar uma força excessiva ou
    brutalidade contra um seu adversário na disputa da bola, quando esta está
    em jogo.
    Conduta violenta
    Um jogador é culpado de conduta violenta se usar força excessiva ou
    brutalidade contra um adversário quando não está a disputar a bola:
    Torna-se igualmente culpado de conduta violenta se usar força excessiva ou
    brutalidade contra um colega de equipa, um espectador, um elemento oficial
    do jogo ou qualquer outra pessoa.
    Um ato de conduta violenta pode acontecer no terreno de jogo ou fora dele,
    quer a bola esteja ou não em jogo.

    Por isso, o lance o Gaitan contra o Moreirense, enquadra-se na conduta violenta. apesar de estar a ser agarrado ( e neste caso não é motivo para admoestar o adversário!!!!), a bola não está em disputa...
    Quanto ao lance o Renato, e estando a bola a ser disputada, trata-se de uma falta grosseira.
    Para mim, nenhuma das situações é agressão ou tentativa de....São coisas diferentes. Agressão poderá ser a chapada do Fejsa ao Adrien..ou a cotovelada do Slimani.....
    Nestas duas situações, parece-se tratar-se de falta grosseira e conduta violenta, ambas punidas com cartão vermelho.
    à semelhança do lance do Eliseu, na MAdeira, contra o Nacional. a bola estava em disputa, logo enquadra-se na falta grosseira.....

    Caro Mestre, nem só as agressões e respectivas tentativas, resultam em cartão vermelho!! ok?

    É só seguir o que está escrito!!!

    Peço desculpa pelo longo comentário, mas considero que devemos estar ao corrente das leis....
    Quanto ao resto, mais uma vez endereço os meus parabéns pelo excelente blog que possui.
    Abraço
    Mauro Rebelo

    ResponderEliminar