terça-feira, 29 de março de 2016

As quatro fases emocionais do benfiquista no caso dos vouchers

Tem sido bastante interessante acompanhar a forma como a nação benfiquista tem lidado com a oferta de vouchers de refeições que o seu clube faz a árbitros, delegados e observadores. Em certa medida, faz lembrar a reação de um indíviduo a quem é retirada uma substância ou negado um hábito em que estava viciado. Normalmente, os especialistas falam em cinco fases emocionais na forma como se lida com essa perda: negação, raiva, negociação, depressão e aceitação, não necessariamente por esta ordem.

No caso dos benfiquistas, se bem se lembram, a reação inicial à divulgação feita por Bruno de Carvalho foi... de raiva:


No dia seguinte, os benfiquistas entraram na fase da negação, afirmando categoricamente que não existia qualquer referência a refeições no dito voucher. Apenas estava contemplado, diziam, a visita a um espaço museológico:

Retirado de Hugo Gil e Benfica

Rapidamente, no entanto, se passou para a fase da negociação. Lá reconheceram que os vouchers incluíam mesmo jantares. Numa primeira versão, contava-se que apenas 7 vouchers tinham sido utilizados (e nenhuma dessas pessoas era árbitro) e faziam-se contas considerando unicamente o preço de custo do kit, que era de apenas 24 euros. Ou seja, muito abaixo do limite de 200 euros estipulado pela UEFA e pela própria Liga (na realidade o limite é de 200 francos suiços, ou seja, cerca de 180 euros).


Mais tarde, lá se soube que existiram mesmo árbitros a usufruir da refeição.


Uns meses mais tarde, já se falava de 10% de vouchers utilizados (ou seja, apenas em 2014/15, foram usufruídas cerca de 112 refeições de um universo de 1120 ofertas) e que as refeições contemplavam a sugestão do chefe. Mas, na realidade, não foi só o número de vouchers utilizados que aumentou. Por conveniência, o limite da UEFA também foi alargado para tamanhos XL.


Resta saber se, da mesma forma que existia um Kit Eusébio especial para árbitros, delegados e observadores, também existia uma sugestão do chefe específica para estes comensais.

E ficamos por aqui. A parte da depressão - considerando a total disponibilidade revelada por árbitros, FPF e Liga para enterrar o assunto tão rapidamente quanto possível - não chegou a ocorrer, nem nunca ocorrerá. Quanto à aceitação, bem, vamos em março de 2016 e os kits continuam a ser oferecidos sem qualquer pudor. 

Em contrapartida, a falta da depressão e aceitação pareceu ser compensada nos benfiquistas por um efeito secundário: uma grave de dificuldade na interpretação de textos. O jornal Sporting fez na semana passada um ensaio do valor que poderia ter uma refeição no estabelecimento em causa. Sim, foram ao restaurante, verificaram os preços, simularam uma refeição que poderiam ter feito se não tivessem que olhar a custos, e deixaram pistas suficientes no texto para que os leitores concluíssem que não consumiram de facto os produtos que mencionaram. Apesar disto, foram vários os benfiquistas a assumir que os jornalistas do Sporting gastaram mesmo 1000€.




O pior é que este efeito, aparentemente, contagiou jornalistas. É certo que eram jornalistas da CMTV - que, como sabemos, possuem um sistema imunológico contra a interpretação incorreta de factos, declarações ou textos que, por defeito, está altamente debilitado. Mas de qualquer forma, a bem do rigor científico, há que registar a ocorrência.

Raiva - Negação - Negociação - Problemas com o português: eis as 4 fases emocionais do benfiquista no caso dos vouchers.

(para mais sobre este assunto, recomendo a leitura de um post do blogue Bancada de Leão, AQUI)

132 comentários :

  1. Ah ah ah... amei.
    Nunca tinha visto. 179,9€
    Ah ah ah, ridículo.
    O outro, o da assembleia, dizia "curioso número ", eu digo conveniente número....

    Foda-se triste país, onde no tratam a todos como burros.. Mais óbvio do que isto de contas marteladas.

    ResponderEliminar
  2. Épico!
    Mas sempre ouvi que quem conto um conto, acrescenta um ponto. Assim têm sido os venfiquistas neste caso

    ResponderEliminar
  3. Flagrante o papel do "cão de fila" rui pedro brás como defensor da nacao benfiquista.

    ResponderEliminar
  4. Pelos vistos são as fases emocionais de um ou dois Benfiquistas em particular e não de uma nação.

    Estar a generalizar todos os Benfiquistas usando o exemplo do Guerra é o indicador da sua já falta de ideias, o que até se percebe, tendo em conta que tem como missão escrever sobre o Benfica o máximo que conseguir.

    Basicamente o que o Mestre fez é igual a eu dizer que todos os Sportinguistas são bêbedos só porque o Rui Oliveira e Costa foi uma vez nesse estado para um programa de televisão ou que são todos uns parolos porque o Dias Ferreira, no mesmo local, palitou os dentes em pleno direto. heheh

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já para não falar na fonte imparcial e credível que é o jornal Sporting para estudar este caso. heheh

      Eliminar
    2. heheh... O jornal Sporting forjou os valores a cobrar por um manjar que inclua os items mencionados nas quantidades referidas...

      heheh, sai um gelado para a testa do lampião...

      Eliminar
    3. Não, JF. Basta ver como reagiram os benfiquistas de nota (no sentido que têm maior exposição mediática, seja por serem comentadores na TV, por escreverem artigos de opinião em jornais ou bloggers mais populares.

      Não me apetece dar-me ao trabalho de ver os seus comentários nos últimos meses sobre este caso, mas já agora, lembra-se qual foi a sua reacção e a sua postura desde então? :)

      Eliminar
    4. Caro JF,
      Veja bem que a função do mestre é escrever o máximo sobre o benfica e a sua função é vir aqui todos os dias e dissertar sobre o sporting...e eventualmente sobre o presidente Bruno de Carvalho.
      Não consegue perceber que, se alguém está mal, é você?!?
      Isto é um espaço dedicado a sportinguistas, para apoio ao sporting e para falar de assuntos que envolvem o sporting e os sportinguistas.
      Na realidade quem acorda e vive a pensar no Sporting é o JF e não o mestre.
      Cump.

      Eliminar
    5. Não fale do Benfica!

      Ou seja, "já chega, já começa a doer"...

      Eliminar
    6. JF, o conjunto dos comentadores ligados ao benfica e a amostra que vi nas redes sociais leva-me a crer que é mais do que um ou dois. :) Mas é claro que é uma generalização, não é para ser transposto literalmente para toda a gente.

      Eliminar
    7. Angelo, posso-lhe garantir que a minha reacção foi bem diferente da do Guerra.

      Caro DGBR, permita-me só uma pequena correção: infelizmente não venho cá todos os dias, não tenho assim tanta disponibilidade.

      Quanto a estar mal, não acho (nem tenho que achar) que o Mestre esteja errado, cada um escreve o que quiser e só lê quem quer. Simplesmente dei a minha opinião acerca de um texto escrito por alguém que até gosto de ler, apesar de discordar bastante. heheh

      Cumprimentos

      Eliminar
    8. Caro JF,
      Apenas referi que vem cá todos os dias, pois, em praticamente todos os posts que vejo e leio, tem um (ou mais) comentário seu. No entanto, caso assim não seja, me retracto (sem deixar de ter a minha opinião que o JF acorda e vive a pensar no Sporting :), apesar da sua parca disponibilidade para comentar no oartistadodia).
      Longe de mim imaginar um espaço como este, sem que toda a gente tenha direito a uma opinião e que a possa expressar, no entanto frases como “…tem como missão escrever sobre o Benfica o máximo que conseguir.” não me parece que emanem uma opinião razoável, tendo em conta que estamos perante um assunto que envolve o Benfica, mas não deixa de ser um assunto do Sporting, dos Sportinguistas. Até porque, o post remete-nos para o jornal do Sporting, tal como indica no seu comentário seguinte, bem como o assunto foi aventado pelo presidente do Sporting.
      No entanto, tendo em conta o egocentrismo que emana de uma grande faixa benfiquista (não de todos, mas apenas aqueles que se arrogam da existência de 2 clubes, mais precisamente o benfica e os antis. E olhe que são muitos!) não deixa de ser uma posição/opinião normal (na minha opinião, claro).
      Cump.

      Eliminar
    9. Se foi diferente só falta admitir que são corruptos ponto até lá é igual, mais fase menos fase.

      Eliminar
    10. Caro DGBR, quanto à razoabilidade das minhas opiniões, penso que, depois de ver o mais recente post do nosso amigo Mestre de Cerimónias (14h do dia 29/03), não será preciso responder, certo?

      Cumprimentos

      Eliminar
  5. Depois queixam-se de tantos Bi-Campeões comentarem neste blogue predominantemente Benfiquista.
    Nas 4 fases emocionais atrás descritas, faltou a quinta:a realista.
    Eu já lá comi e paguei 31,80€. Recomendo o polvo à lagareiro que é simplesmente delicioso. Só encontrei uma falha no menu, não terem carneiro, agora o meu prato favorito.
    https://b.zmtcdn.com/data/menus/530/8210530/a85d11f21425dea2c9236d67dd28287d.jpg
    https://b.zmtcdn.com/data/menus/530/8210530/e1d6dc810caeec6ea08d8697452f2421.jpg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foste e comeste. E pagaste do teu bolso.

      Agora imagina que era outro a pagar.

      Tomavas uma sopinha, bebias un copo de água e nem tocavas no cesto de pão e nas azeitonas para não onerar a conta, certo?

      Ora, porque é que pessoas inteligentes na vida real, quando o assunto é Benfica, se tornam nos maiores consumidores de gelados com a testa?

      E pior, exigem que nós outros também os imitamos.

      Eliminar
    2. Muito bem Rudolfo. Comeste e pagaste... Se fosse oferecido seria igual pois a tua vontade de comer seria semelhante e como é normal nas pessoas não ias comer até rebentar só porque era de graça.

      Deixa isso de comer bolas de Berlim até estoirar para o babalu

      Eliminar
    3. A estupidez não tem limites.

      Principalmente se és lampião.

      Eliminar
    4. Pior que ser idiota, é querer fazer do outros idiotas como você.

      Em primeiro lugar, para 4 pessoas, o "exercício" apresentado pelo jornal não é nada demais, nada de fazer alguém rebentar pelas costuras. Não estamos a falar de quantidade, mas da qualidade. Com carta branca para comer e beber o que quiser, sem olhar a despesas, provavelmente não se iria coibir de escolher bebidas mais caras, de escolher os pratos mais caros, de comer as entradas, etc.

      Mas isto até nem tem grande importância: o valor oferecido é que está em questão, não o usufruído. Se te subornar com 1000€, o argumento de que só gastaste 299€ desse valor não seria um grande argumento, uma vez aceites os 1000€.

      Os árbitros até podiam ter ido ao restaurante e apenas ter pedido um copo de água. Até podiam nem sequer ir ao restaurante (nem dar os vouchers a amigos/familiares) e ter só os vouchers numa gaveta lá da casa. Não deviam nem podiam ter aceite em primeiro lugar.

      E quem diz que estas ofertam não têm influência, é outro idiota. Há estudos que comprovam que sim. Não é à toa que delegados de propaganda médica estão sempre atrás do médicos com ofertazinhas "inocentes". Estudos mostram que influenciam. E quem oferece, também deve ter bem estudado os benefícios para si, porque ninguém oferece sem saber que recolhe algum benefício (nem que seja a boa vontade do ofertado, que é útil também).

      Eliminar
    5. Nuno, num casamento as pessoas normalmente só comem até estarem saciadas, não é? Comem umas entradas, comem o primeiro prato e depois rejeitam o segundo e as sobremesas, e a mesa de carnes, e a mesa de queijos, e o marisco, porque já estão compostinhos. Nunca se viu ninguém abusar do que come simplesmente porque... pode.

      Eliminar
    6. Com toda a educação Valdemar filho da puta já te disse para não comentares nada daquilo que eu escrevo... Eu faço o mesmo contigo.

      Eliminar
    7. Mdc os alarves comem à babalu (até não caber mais). As pessoas normais podem comer de tudo mas em menor quantidade. Se quiser supor que os árbitros iam ao WC vomitar até podiam ter comido mais... Ou seja... Depende sempre do nível de disparate e desonestidade que estejamos dispostos a aceitar.

      Se for ao restaurante (não numa festa), mesmo que seja pago por terceiros não pede a ementa toda para experimentar. Pelo que me recordo de ver do suposto talão, aquela refeição misturava peixe carne, as entradas também misturavam tudo... O que interessava era por lá muitas coisas e caras. Não conheço muitas pessoas (nenhuma aliás, mas admito que o babalu) que mandem vir presunto e camarão na mesma refeição por exemplo. Já disse abaixo... Gostei especialmente do toque final de frugalidade de "e nem pedimos café!".

      Eliminar
    8. "Se te subornar com 1000€, o argumento de que só gastaste 299€ desse valor não seria um grande argumento, uma vez aceites os 1000€." - É isto.
      SL

      Eliminar
    9. E o Benfica subornou? Se não sabe o que é subornar não tenho culpa. Vá caindo de para quedas por aqui.

      Eliminar
    10. Quem diria...o senhor educado afinal nao e tao educado...
      Que e feito do direito ao contraditorio que defendeste no outro dia?! Ah...ja sei...e so quando convem! Assim como a verdade desportiva do seu clube!
      Passar bem

      Eliminar
    11. O Nuno Martins, para quem percebe tanto de nutrição , é um grande fã de comer gelados (com a testa).
      Só para esclarecer uma coisa, quando foi feito o cálculo do valor total do kit aquando da investigação deu 179,90? Com o limite de 180? Se os comensais pedissem um copo de água já estavam lixados...

      Eliminar
    12. Valdemar, um exercício de consciência:
      Todos nós já tivemos jantares oferecidos. Houve alguém que tenha tido o desplante de se esticar mais do que aquilo que normalmente comia e bebia se fosse ele a pagar? De minha parte, como e bebo o mesmo sendo eu a pagar ou sendo oferecido.
      Só um alarve se portaria de tal forma. Eu não o sou e também não me parece que o sejas.

      Eliminar
    13. Meus caros todos,
      Num almoço a pagar do próprio bolso, ao olhar para a lista, provavelmente não irei comer lagosta, pois não posso gastar esse dinheiro. Mas se a refeição estiver paga, provavelmente já irei ter essa opção em conta.
      Será que somos assim tão diferentes?
      Será que o vinho escolhido não pode ser um pouco melhor, caso esteja pago? Será que não como sobremesa e uma entradita de camarões tigre em vez das vulgares azeitonas , pão e manteiga?
      Coloco ainda uma questão para todos....Será que a "fruta" do norte excedia os 180€? É que se assim não for, podemos não estar perante um comportamento condenável, certo?
      Cump.

      Eliminar
    14. Lampioes a falarem de exercicios de consciencia LOL. Agora são eles que decidem se os arbitros iriam pedir mais ou menos entradas, mais ou menos marisco, pratos mais ou menos caros. Devem ser videntes

      Eliminar
    15. DGBR, com essa mentalidade a ti poucas ou nenhumas pessoas te devem convidar para jantar.
      Pelo menos dessas iniciais já sei de onde vem o G -de GULA.

      Eliminar
    16. Meu caro Rudolfo Dias,
      Como deves calcular, o meu exemplo passa por um mero exercício de consciência, no entanto, presumo que o exemplo não tenha chegado ao destinatário.
      Existe uma expressão muito portuguesa que serve para ilustrar esta situação que é: "A cavalo dado não se olha o dente". É intrínseco à personalidade/consciência humana. Se me oferecem algo que eu gosto à partida vou fazer uso da mesma. Se me oferecerem um jantar que não tenho a possibilidade de usufruir usualmente, vou usufruir do mesmo. Se me oferecem lagosta (que eventualmente posso gostar mas não ter oportunidade de comer muitas vezes) vou comer. Independentemente daquilo que disseres isto é a natureza humana.
      Dou-te outro exemplo: Se (hipoteticamente falando)te derem um voucher para qualquer lado do estádio da luz, vais para o 3.º anel da superior como é teu hábito, ou vais para a central mais perto do relvado?
      Cump.

      Eliminar
    17. Lampião sabes o que é tacitamente? vai ver ao dicionário

      Eliminar
    18. Comer presunto e camarão como entradas individuais na mesma refeição não é incomum. Mas eu admito que tenho costela croquete, não é para todos. Mas se o voucher dá carta branca para se comer o que se quiser, então não é argumento.

      Eliminar
    19. Corine,
      Claro. O que está em causa é que a oferta dá para tudo. A questão de não comer mais ou menos não é aplicável(essa é a linha de argumentação seguida por quem se quer defender do indefensável).
      O voucher permite comer o que quiseres, sem qualquer limitação de quantidade ou qualidade. Para ser uma oferta realmente inocente, deveria ter um limite. Não tendo...fica ao critério de cada utilizador.
      Cump.

      Eliminar
    20. Fernando a educação, respeito, tolerância e o direito ao contraditório acaba no momento em que se diz que os benfiquistas são como o daesh! E mesmo assim avisei o para não comentar o que eu digo que eu faço o mesmo.

      Rodolfo... Claro que as pessoas educadas tem esse comportamento... Os alarves comem tudo o que puderem! E os sportinguistas pensam que são todos como eles... "Não sou eu que pago deixa me aproveitar".

      Eliminar
    21. Dgbr a oferta da para tudo... Depois há as pessoas civilizadas que comem o normal: entradas, sopa, prato e sobremesa... E há o babalu... Que pede os pratos todos da lista só porque pode e a oferta não põe limite. É difícil?

      Eliminar
    22. Caro Nuno Martins,
      Se ler a parte final do meu comentário, verifica que digo isso mesmo, no entanto, o Nuno presume que existe bom senso de todos, o que, infelizmente eu não acredito!
      Coloco-lhe a mesma questão que fiz ao Rudolfo: Se o Benfica lhe oferecer um voucher para qualquer lugar no estádio da Luz, qual o que escolhe? O lugar no 3.º anel da superior porque é o seu habitual, ou um lugar de central mais perto do relvado?
      A questão do voucher prende-se com a possibilidade da sua utilização perpetrar um acto de corrupção. É a questão da aptidão, é a questão da possibilidade. O Benfica ao ofertar os kits sem impor qualquer limite na sua utilização, possibilitou que os mesmos sejam aptos a corromper.
      O que vai acontecer se agora for identificado um árbitro que utilizou o voucher e gastou 600€? Vamos olhar para o lado? Vamos dizer que a culpa é unicamente do árbitro? Ou será que o Benfica ao oferecer um documento sem limite de utilização também tem a sua quota parte de culpa?
      Cump

      Eliminar
    23. Caro Nuno,
      Esqueci-me de um pormenor no seu comentário...
      Entrada: Camarões
      Sopa: Caldo Verde
      Prato Principal: Tornedó do Lombo
      Sobremesa: Arroz doce
      Bebida: Vinho Tinto - Tapada do Chaves
      Café: Delta
      Digestivo: Nenhum pois não sou apreciador
      Considera esta refeição normal ou é uma babaluzada?
      Qual será o seu preço no Museu da Cerveja?
      Cump.

      Eliminar
    24. Ainda falta multiplicar isso por 4, caro DGBR...

      Eliminar
    25. A estratégia de defesa dos labregos acabou de mudar, ahah. Esta fase nenhum psicólogo previu, nem o MdC! Não há problemas com os vouchers sem limite de consumo num restaurante de luxo no Terreiro do Paço, sujeito a reserva prévia, para 4 pessoas, porque - pasme-se! - os labregos consideram que os senhores do apito, e os seus avaliadores são pessoas distintas e que obviamente irão pedir algo dentro do limite permitido (até se podia enquadrar nesse limite que da imoralidade e da sujeira nunca se livrariam, mas com isso vivem vocês bem. Nunca ouvi falar de uma "cortesia" aos árbitros que consistisse num serviço a ser usufruído fora do recinto desportivo, noutra data. O máximo que ouvi falar foi oferta de camisolas e bolos regionais, que apesar de não serem serviços são bens que podem ser oferecidos a familiares. Por falar nisso, bem que podiam acrescentar uns pastéis de Belém à caixa dourada, é só pedir que as vossas putas oferecem). Pouca gente se foca nessa questão completamente imoral de os jantares serem em datas posteriores aos jogos e de serem no Terreiro do Paço, e a nível de imoralidade é aqui que reside o cerne da questão, a meu ver.

      Mas como eu sei que vocês cagam na moral e nos valores desde que eu conheço o vosso clube até aos dias de hoje, não nos foquemos na moralidade. Foquemo-nos na ilegalidade. E em relação a essa não têm como escamotear: vocês oferecem aos 4 árbitros, delegados e observadores 4 vouchers a cada um sem limite de consumo num restaurante de luxo no Terreiro do Paço. Como o Martins disse e bem, até podia ser no Mac. Seria mais difícil de atingir o tal limite, mas seria possível. Logo aí o SLB já teria que ser penalizado. Mas não, é no Museu da Cerveja. E aí é o oposto, é precisa muuuuuuita ginástica e contorcionismo para não rebentar com o limite, uma pessoa. Mas são 4...

      Eliminar
    26. Essa era a segunda parte....agora ficou sem suspense...:)!

      Eliminar
    27. Ele não ia responder... Quando se sentem entalados e sem resposta é o que fazem. Ou isso ou respondem, mas sem falar do assunto e contra atacando com outros assuntos que a sua imaginação produz. Não me admiraria nada que o Martins viesse agora falar do lançamento do João Pereira, ou que o Tonel fez penalty de propósito.

      Eliminar
    28. Dgrb... Agora as entradas junte (não como alternativa que é como você tem colocado de forma honesta!): pao, azeite, pastéis de bacalhau, 2 pratos de presunto e de queijo. Nas bebidas junte 3 garrafas de porto, 5 champanhes e 6 whiskys. Camarão frito, cozido e 8 doses de camarão tigre. Acha que isto é normal? Porque não estamos a falar de comer isto OU aquilo... Estamos à falar de comer isto E aquilo... De artigos que geralmente as doses são calculadas para duas pessoas!

      Bernardo ninguém mudou nada... Apenas se está a constatar o disparate e a falta de honestidade que é dizer "finos gastar e podíamos ter gasto mil euros"... Até no mac podes gastar isso.

      Eliminar
    29. Então, mas não respondeste a nada... Quanto custaria aquela refeição, moderada, que o DGBR te preparou com tanto carinho? Achas uma refeição normal, exagerada?

      A questão é mesmo essa... Vouchers sem limite de consumo até no Mac seriam ilegais, tu próprio o reconheces. Porque esperneias tanto? Responde lá ao DGBR, não fujas outra vez.

      Eliminar
    30. à pouco respondi á pressa porque estava sem bateria.
      dgrb...eu parto do principio que há bom senso... mesmo que não haja bom senso, só 4 alarves conseguem comer aquilo tudo e mesmo assim pedem comida só por pedir! Tal como disse anteriormente, nesse jantar de 1000eur não se trata de escolher comida cara.. trata-se de escolher caro e mesmo assim em quantidades industriais para 4!

      Bernardo dizer que eu não respondo é só mais uma falsidade! Só mais uma! Além de que a resposta está dada... tanto é que tu próprio te referes a ela! Não sei quanto custaria (não trabalho na restauração)... mas não custará mais de 100 euros! Os vouchers foras reconhecidos como legais... com jantar incluído. Aquilo que eu digo é que para quem quiser ser desonesto, as refeições até podiam ser no mac! Depende da honestidade intelectual de quem avalia... e diz bem mais de quem considera que aquilo "compra" alguém do que de quem oferece!

      Eliminar
    31. Falhou a resposta a tudo...
      bernardo.. dizes "Foquemo-nos na ilegalidade. " ora a legalidade decorre da lei! "Genericamente fala-se em corrupção quando uma pessoa, que ocupa uma posição dominante, aceita receber uma vantagem indevida em troca da prestação de um serviço."
      http://www.dgpj.mj.pt/sections/informacao-e-eventos/prevenir-e-combater-a/anexos/definicao-de-corrupcao/
      Onde encaixam os vouchers na definição do crime? Onde é que são ilegais? Bora lá... foca-te na LEI!

      Eliminar
    32. Caro Nuno,
      A refeição que indiquei e que considero equilibrada, perfaz um total de 91€ por pessoa. Se multiplicarmos por 4, perfaz o total de 364€. Mesmo com bom senso torna-se difícil cumprir os critérios da uefa (criterios que na minha opinião adequam-se aos valores praticados na Europa Central). Em Portugal, tendo em conta os valores praticados, creio que deveria ser regulamentada a redução do valor. Uma "prenda" de 183€ parece-me excessivo.
      Cump.

      Eliminar
    33. Foram reconhecidos como legais por quem? Nós aqui não papamos geladinhos com a testa...

      Ora bem, onde é que são ilegais? 364€-183€=181€, é esta a ilegalidade. Isto se contássemos só com os vouchers. Junta-lhe a camisola. Com uma refeição moderada rebentas com o limite em mais do dobro. Entendes onde está a ilegalidade? Sabes qual a pena prevista para quem oferece cortesias a árbitros acima do limite previsto? Tu, se quem usufruir dos vouchers tiver uma refeição razoável, ultrapassas em mais do dobro o limite. E tu ofereces a possibilidade de consumirem o que quiserem... Para todos os efeitos, até no Mac seria ilegal. Mas não, é no Museu da Cerveja. Sabes qual é a punição prevista por lei?

      Eliminar
  6. La esta a mania dos lampiões a pensar em que são os maiores e as o post é sobre eles!

    Não burros, bimbos, putas educadas e outros.
    O post não é sobre o carnide.

    É sobre corrupção e branqueamento da mesma através duma cartilha. Vergonhosamente suportada pelos me(r)dia.

    É uma parábola real sobre uma parte triste e vergonhosa deste país, a relativizacão e desculpabilização de assuntos sérios.

    Este comportamento da nação (carnidense) é o típico comportamento de defesa duma Felgueiras, dum Valentim ou, isaltino...Eles roubam mas ao menos fazem obra... enfim,

    Sim. O roc envergonha-me e a muitos como defensor do SCP.
    Não será difícil ouvir dizer isso a um SCPguista.
    Já do vergonhoso guerra, além de não ouvir carnidenses a dizerem o óbvio, que seria terem asco a tal personagem, ainda repetem as mentiras do gordo.

    É vergonhoso nem uma alminha carnidense admitir que os vouchers são corrupção e se sentem envergonhados...Nem uma.
    So desculpabilização.

    Querem ser chamados de benfiquistas. Não querem se tratados como a merda de gente que aparentam ser? Admitam. Simples.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca viu um Benfiquista criticar o Guerra? Logo o Lourenço que é capaz de saber mais sobre o Benfica que sobre o Sporting...

      Vá lá, faça um esforço para ser minimamente honesto. heheh

      Cumprimentos

      Eliminar
    2. O post é sobre corrupção? Como enquadra uns jantares no crime de corrupção?

      Eliminar
    3. Segundo o chefe do teu gangue, refeições podem servir para pagar serviços sujos encomendados... a causa-efeito?! É ver o colinho do carnide!!!

      Sim, é de corrupção que se fala...

      Eliminar
    4. Queres ver o Martins vai pela 1ª vez contra o gangster português? Contra o El Chapo português? El Chapo não, que lá pelo México há repudio total pelo SLB. O Pablo Escobar, vá.
      Então o teu Presidente diz que as refeições podem servir para pagar serviços sujos encomendados e agora essas mesmas refeições sofreram uma metamorfose e passaram a cortesias? Ah espinha dorsal, a falta que fazes a essa raça de aldrabões e corruptos.

      Eliminar
    5. JF, já vi alguns lampiões a criticar o Pedro Guerra... Mas criticam-no logo a seguir a debitarem o mesmo que ele debita, e antes de prosseguirem com a mesma cartilha. Portanto... Vale o que vale. Até lhes ficava melhor porem-se logo ao lado dele, ao lado não que é capaz de faltar o espaço, mas tu percebes ;)
      Um lampião será sempre desonesto, já não se espera nada mais por parte deles.

      Eliminar
    6. Aldo já em diversas das 1159 vezes anteriores que este tema foi abordado aqui te expliquei: LFV teve a honestidade de acusar alguém é de ir defender a sua posição a tribunal e não deixar no ar que só quer que se investigue mas como a investigação não deu no que queria recorrer; LFV acusava Tavares Teles de fazer favores em troca... Isso sim é corrupção; o Benfica oferece a todos (não apenas ao Tavares Teles dos árbitros), o Benfica oferece depois do jogo sem pedir nada em troca e sem influência da prestação do árbitro (não há nenhum pedido de nada em troca).
      Já aqui te coloquei a definição de corrupção e é nesse momento que a tua NET vai a baixo... Se for preciso coloco de novo.

      Bernardo a resposta anterior serve para ti igual. LFV acusou o Teles de seu pago (com jantares) em função de serviços... No caso dos vouchers é uma prática geral com todos os árbitros, sem pedir nada em troca.

      Mais uma vez para vos calar:
      "Genericamente fala-se em corrupção quando uma pessoa, que ocupa uma posição dominante, aceita receber uma vantagem indevida em troca da prestação de um serviço."
      http://www.dgpj.mj.pt/sections/informacao-e-eventos/prevenir-e-combater-a/anexos/definicao-de-corrupcao/
      Onde encaixam os vouchers na definição do crime? Na lei portuguesa e não na lei do babalu...

      Eliminar
    7. Portanto, porque o carnide oferece o kit inzébio a TODOS os apitadeiros, e apenas ALGUNS correspondem com o respectivo colinho já não se trata de corrupção?!?!?! E porque apenas ALGUNS adversários abrem as pernas e não TODOS, aí também não se trata de corrupção?!Bonita definição de corrupção...

      Mas como demonstras ser bruto que nem uma porta, eu explico-te; a vantagem que os apitadeiros dão ao carnide é fruto de corrupção passiva; o o kit inzébio é a vantagem que o apitadeiros tiram pelos "serviços prestados", tratando-se de corrupção activa por parte do carnide... será assim tão difícil de atingir, ou estás apenas a querer espetar com vouchers... perdão, gelados na testa dos outros?!?!?!

      PS - a mim nunca me falta a net... já a ti... é como os teus argumentos... zero!

      Eliminar
    8. Dusher, diz-me então qual foi a vantagem que o SLB teve em oferecer esses kits aos árbitros do BenficaXsporting e BenficaXporto, sendo que o objectivo final de um jogo é a vitória?

      Eliminar
    9. É óbvio. Eu vou à repartição de finanças e só deixo um bacalhau em cima do balcão para o director.

      Se, totalmente por acaso, o meu processo é passado para cima da pilha de processos, é mero acaso.

      Melhor, eu sou mandado parar pela polícia. Coloco umas notas no meio da carta de condução. Depois é só usar a argumentação ali em cima e fica toda a gente amiga.

      Mas espera. Ali fala-se de "vantagem indevida". Já entendo a argumentação. A lampionagem considera que um ano sem expulsões e vermelhos, várias vantagens em jogos, notas de observadores cozinhadas à maneira, é o mínimo a esperar para o Benfica, e portanto não se pode considerar "vantagem indevida". É uma espécie de Direito de Pernada.

      Eliminar
    10. renabicha, alcançaste a cena, ou... queres uns gatafunhos a cores?!

      Eliminar
    11. Valdemar e Dushe, estão a ser desonestos. Vai à repartição de finanças e coloca lá o bacalhau no fim, mesmo quando te dizem que o teu processo só vai ser avaliado daí a 1 mês e não se esperam resultados positivos. Coloca as notas à BT no fim de te passarem uma multa de 500€ e de saberes que vais ficar pelo menos 3 meses sem conduzir. Claro que nessas situações nem colocavas o bacalhau nem tiravas as notas da carteira, mas o Benfica, independentemente do resultado, oferece sempre o mesmo.
      Estão a ver a diferença ou é preciso fazer um desenho?

      Eliminar
    12. Caro Rudolfo, não é bem assim.

      Comparemos então antes com a brigada da BT e a empresa de camionagem que se encontram na mesma op stop todas as semanas... :)

      Eliminar
    13. Duscher se é oferecido a todos não se enquadra na oferta indevida em troca de serviços! A dúvida é qual? Iliteracia ou ileteraticia?

      Eliminar
    14. Não, minha anémona, dúvida não há nenhuma... chama-se a isso, chico-espertice... para pagar àqueles "certos", e para ver se "pinga" mais algum.. colinho, entenda-se... e ainda para que, depois, atrasados como tu possam vir dizer, "ai, mas nós oferecemos a todos"... são tão corruptos os 300€ per capita das bifanas no museu da gasosa, como são os 300€ per capita da fruta lá de cima...

      Ficas-te bem assim, ou queres ainda um desenhito a régua e esquadro?!

      Eliminar
    15. Ah... e "jamé" olvidar que as virgens muito insurgiram contra a denúncia de algo que não existia, mas que afinal...

      Pelo andar da carruagem, e evoluir da situação, cheira-me que daqui a 6 mesinhos, ainda ficamos a saber que, afinal lá foram muitos mais, mas que "no pasa nada", porque a vara de carnide ofereceu a cena a todos, e todos acharam que não havia problema nenhum...

      Eliminar
    16. Como não deves ter percebido a questão volto a perguntar a mesma coisa com outras palavras a ver se consegues perceber e responder...
      Para ser corrupção é necessário que exista um serviço prestado em troca...
      Como é que uma oferta que é dada a todos independentemente da prestação do árbitro ser favorável, neutra ou prejudicial pode ser entendida como pagamento de um serviço? Qual seria o serviço? Beneficiar o clube! Mas também é dada aos que fazem arbitragens neutra e aos que prejudicam.
      Percebes que o teu raciocínio não tem sentido?

      Eliminar
    17. Ó inteligência cósmica, como tentam corromper todos, mas só alguns é que retribuem, já não é nada?! É esse o teu grande argumento, ó Perry Mason de carnide?!

      Portanto, corromper só alguns, não tem problema, têm mesmo que ser todos... nem consegues nessa cabecinha pensador perceber a diferença entre corrupção activa e corrupção passiva, pois não?!

      Nããã... tu nem com um fresco do Miguel Ângelo vais lá...

      Eliminar
    18. ... aliás, nem percebo, então, tendo em conta o tico & teco de sua sumidade jurídica, por que carga d'água existe um limite imposto pela uefa para as prendinhas aos apitadeiros... basta dar a todos... tenham um valor de 50€ ou de 50.000€, não tem problema algum!

      Que triste... eu, no teu lugar já tinha enfiado a violinha no saco, e fechado a matraca, em vez de andares a fazer figura de urso a defender o indefensável...

      Eliminar
    19. O meu tico e teco não se dedicam a tornar me nenhuma sumidade jurídica... Apenas me conferem a capacidade de saber ler. E sei ler a definição legal de corrupção tal como também sei ler o acórdão do conselho de justiça que explica claramente que aquilo que o Benfica faz se enquadra nas ofertas de cortesia! Daqui se vê quem defende o indefensável e fax figura de urso... De certeza que não é quem tem a lei do seu lado! Do teu lado está a lei do babalu.

      Eliminar
    20. Conselho de quê?! Pfffff... AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!

      E a decisão deve ter sido baseada nos... questionários aos apitadeiros... ahahahahahahahahah!

      Rapaz... não te enterres mais... esquece lá isso pá... és corrupto, ponto!

      Eliminar
  7. Eu quando quero ler noticias sobre o Maior venho aqui ou leio o Jornal do Zbording de Lisboa.Ja depositar 2000 Euros na conta de arbitro e normal,principalmente para um clube corrupto como o vosso,o que se pode verificar por a vergonha que teem sido as arbitragens este ano,o colinho prestado ao Zbording esta epoca so pode ser conseguido com muita fruta,o Trinca Bolotas deve ter tirado um curso com o avo da Fernanda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O texto está um bocado enrolado, mas vou interpretar para quem não toma sopas de cavalo cansado antes de sair de casa pela manhã e tentar responder.

      1- "não falem sobre o benfica". Ou seja, não batam mais já doem as verdades.

      2- os 2000€ do PPC. O depósito na conta do árbitro foi deu viado pelo próprio. O objectivo, retirar do jogo um árbitro que tinha sido nomeado apesar de ter um caso em tribunal contra o Sporting. A acusação deste caso refere-se a Denúncia Caluniosa e não a corrupção. Ainda assim, não há nenhum sportinguista que se reveja neste caso, ao contrário da lampionagem nos vouchers.

      3- o SCP é o clube mais corrupto. Provas? Algo mais que o bafo a vinho do redstheist? Pois...

      4- o SCP beneficiado pelas arbitragens esta época. Quarenta e tal por cento dos golos sofridos está época pelo SCP foram ilegais. E se juntarmos is penaltys não existentes concretizados, o número sobe. Estranha forma de benefício. Não é o SCP que tem um ano sem penaltys ou cartões vermelhos. Directos ou segundo amarelo...

      5- (deduzo que) Bruno de Carvalho, o aprendiz do Pinto da Costa. Não foi o BdC que era amigo e visita em casa do PC. Era o LFV. Até eram fotografados juntos a festejar as vitórias do FCP. Se há quem seja o aprendiz e imitador do velho corrupto é o orelhas, tanto nos métodos como no estilo.

      Portanto, caro amigo alcoólico, pela boca morre o peixe e você consta neste momento num troféu taxidérmico por cima da minha lareira na casa de campo.

      Eliminar
    2. Deu viado. Ahahah. Desviado, celular. Seu cómico maroto..

      Eliminar
    3. Ahahahah. Touché! Valdemar, o caça galinhas.

      Eliminar
    4. Valdemar, se dissesses que deu veado a um brasileiro, ele caía-te logo em cima.

      Eliminar
  8. "Não podemos dizer que o culpado é o árbitro, todo a gente erra, acontece. Não podemos estar focados nos árbitros, temos de estar focados no futebol e melhorar, temos de deixar as outras coisas de lado" depois do Joao Mario outro jogador vendido que vergonha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais nada João Mário! Jogador preocupa-se em jogar futebol. Dos Vouchers, dos Capelas, dos Vítor Pereiras e das coisas "feitas por outro lado" o presidente e o Octávio tratam. Depois é vê-los a guinchar e a dar cambalhotas...

      Eliminar
  9. Adoro o último vídeo.
    Ver o primeiro vídeo em q o principal é menosprezar a informação dada para depois..."só foram 10%".
    Faz recordar o caso: "com dolo mas sem intenção".

    Mas não vale a pena, este assunto já foi enterrado. Bom, bom é criticar a actual direcção pq o presidente fala muito no Facebook.
    Entre gente q oferece jantares, outros q inventam histórias difamatórias em programas de televisão e facebook, mau é aquele q todos os dias escreve no Face.
    Yup, granda 'Like'!

    ResponderEliminar
  10. "Eu já lá comi e paguei 31,80€."

    Só que tu, Rudolfo, não estás abrangido pelo Regulamento Disciplinar da LPFP e da FPF.

    mas, já AGORA multiplica por 4 x ESSES 31,80. E agora multiplica por 7 x ESSES 127,20.

    E agora DIZ lá porque os outros 17 clubes não fazem igual?!

    E AGORA diz PORQUE não fazem ISSO nos jogos da UEFA?!

    Porque só se permitem de o fazer cá nos jogos com árbitros tugas?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Explica-nos lá ISSO, oh Rudolfo.. mas não gaguejes, nem praguejes !!

      Nem queiras fazer dos outros parvos..

      E explica-nos porque o teu clube é o Único no Mundo que pode transmitir os seus próprios jogos no seu próprio estádio, no seu próprio Canal de Tv?!

      Sois únicos no Mundo... a fazer o que vos apetece, vos dá na gana..

      E todo calam, todos são cúmplices?!

      Vale Tudo ?!

      Porquê?!

      Eliminar
    2. E explica-nos também porque raio sois Únicos no Mundo a não ter penalties e jogadores expulsos há mais de 1 ano ?!

      Será uma consequência direta, dileta dos Vouchers?!

      Hum, hum...




      Eliminar
    3. Explique lá porque mais nenhum clube se queixou, incluindo o FCP?

      Quer que lhe responda?

      E sim, a mesma caixa também é dada em jogos da UEFA.

      Eliminar
    4. Mas acho que sem o voucherzito....

      Eliminar
    5. Sim, a caixa é dada nos jogos da UEFA.. mas sem os 4 jantares !!

      Eliminar
    6. Onde viu que não tinha os jantares?

      Eliminar
  11. Tentar fazer passar que o Pedro Guerra, director de conteúdos da btv e a principal face da central de propaganda lãmpia, é um simples adepto que apenas expressa as suas opiniões pessoais... Ainda há muito nugget na fase de negação.

    Estas cambalhotas, flexões de coluna e o reescrever da história no caso dos Vouchers também podiam ter sido ilustradas com as intervenções de, por exemplo, Rui Gomes da Silva, um simples adepto Vice-Presidente do benfica, ou do Simões, do Braz... Ou através do silêncio ensurdecedor do Rei Sol...

    Os aldrabões, na impossibilidade de negar o caso perante as evidências factuais, foram adaptando as mentiras ao longo do tempo tentando passar por entre os pingos da chuva. Em último caso usaram o guarda-chuva corrupto daqueles que nos lugares certos valem mais que bom jogadores (Midas dixit). Uma verdadeira pouca vergonha.

    ResponderEliminar
  12. Depois de uns dias de sossego em que o Benfica não entrava lá volta o tema vouchers! A imaginação está a falhar? O que ainda há a discutir sobre isto?

    Do texto do vosso jornal gosto a parte da hipocrisia de após terem comido (ou fantasiado comer) tudo e mais alguma coisa da lista como se tivessem o apetite do babalu ainda darem uma de frugais ao dizerem "ah...e tudo isto sem café". Em qualquer sítio até no macDonalds a conta chega ao valor que se quiser... Depende do que se imaginar que se come.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, mas isso fica ao critério dos senhores do apito, e dos senhores que avaliam os senhores do apito. Vocês oferecem-lhes a possibilidade de consumirem o que quiserem. Mais simples não podia ser.

      Adaptando à realidade lampiónica. Se os senhores do apito ou os que avaliam os senhores do apito forem arraçados de Eusébrio, nem precisariam de comer nada para bater o limite. Bastava-lhes sentar à mesa e começar a virar copos. O Eusébrio batia o limite sozinho, mas há que referir que a oferta multiplica por 4. Podem dar as voltas que quiserem, esta é a realidade.

      Eliminar
    2. Ali o Nuno tocou na ferida.

      Até no Mac, a conta chega onde se quiser.

      Tal e qual. Lapidar.

      Então porquê a necessidade da oferta no meio da camisola do Eusébio? Aos árbitros. Aos auxiliares. Aos observadores.

      Está quase lá. Só mais um passo.

      Eliminar
    3. Exato Bernardo... Só mostra que para quem não quer ser honesto até no macDonalds dava. Já agora as condutas do seu clube também podem ser muito diversificadas (mas isso para mim nem é argumento).
      Para você devido a sua desonestidade julga os outros segundo os seus princípios... Aquela estória do Pedro quando fala de Paulo se saber mais de Pedro do que de Paulo... Você é desonesto e julga que são todos como você... Logo para se ser comprado por um jantar até o macDonalds serve.

      Eliminar
    4. Ah, ok. Então podemos oferecer tudo? Contando na boa fé de quem vai receber as cortesias? Assumindo que eles não vão abusar? Posso oferecer os serviços de meninas da minha casa de alterne, contando com a boa fé dos senhores árbitros e seus avaliadores? Menu da casa fica abaixo do limite, digo às meninas para fazerem o serviço completo se os senhores assim o desejarem. Mas como há um limite para ofertas vou-me escudar na possibilidade dos senhores quererem o menu mais barato. Eheheh. Percebes o ridículo da tua argumentação? Às vezes tenho dúvidas se vocês percebem ou só fingem que não percebem.

      O Benfica oferece a possibilidade de cada árbitro e senhores que os avaliam de usufruírem 4 refeições (cada um) sem limite orçamental num restaurante de luxo no Terreiro do Paço, em data a marcar. Oferecer um lanche em dia de jogo é demasiado mainstream para o Vieira. Um visionário.

      Mais claro que isto é muito difícil. Mas vou tentar continuar a esclarecer as tuas dúvidas.

      Eliminar
    5. Imaginemos que o Pinto da Costa tinha oferecido putas a árbitros.

      Se ela só fizesse um bobó no valor de 30 euros, estava tudo bem, porque não excedia o valor.

      O árbitro, consciencioso, tinha evitado os 3 pratos, porque sabia que ia exceder o valor da oferta permitida pela UEFA.

      Eliminar
  13. Imaginemos que o caso dos vouchers era praticado lá em cima pelo FC Porto. Havia uma onda de indignação, justa, diga-se, na nação benfiquista, nesses blogues, nos comentadores, na comunicação social...

    A Leonor Pinhão já se tinha imolado em directo na CMTV, depois de deixar testamento acusatório no pasquim desportivo.

    O Rui Gomes Da Silva já tinha trepado para cima da mesa lá no programa e pedido uma reunião com o Ministro do Desporto.

    O Pedro Guerra tinha acabado com a Amazónia em folhas com frases dele próprio a comer no Museu da Cerveja para provar que é impossível uma refeição para 4 (ou uma para um Pedro Guerra) por menos de 1000€.

    E se o caso fosse praticado pela personagem "odiosa" do Bruno de Carvalho, nem consigo imaginar, que não tenho imaginação para tanto...

    É muita a hipocrisia que vem daqueles lados. Neste e noutros casos. E tal assim é, que o respeito que tive noutros tempos por adeptos da instituição, faleceu completamente.

    Há os que sabem e não se importam. Há os que desconfiam mas fingem que não. Há os que não sabem nem querem saber.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Frases do Pedro Guerra, não. Frames.

      Resumindo, estou por encontrar um benfiquista, pessoa de bem, que diga algo tão simples como "eh, pá. A ser verdade, Como as evidências apontam, é grave e não me revejo nestas práticas da direcção do meu clube. Não é assim que quero ganhar o campeonato"

      E já agora aplicar a mesma frase a outros episódios do futebol nacional em que o carnide tem estado presente, como por exemplo, os acordos de cavalheiros com o Belém. A selecção criteriosa entre casos a arquivar e a manter quentes pelo CD FPF. A servilitude da CS nacional. Etc.

      A merda é tanta que chega ao tecto.

      Mas a lampionagem, Aka Mr.Magoo, garante que não se passa nada.

      Eliminar
    2. É provável que se descobrissem Pol Pot numa foto, vestido com uma camisola do Benfica, algumas vozes por aqui iam dizer que até nem era tão má pessoa.

      E pouco tempo depois começava o branqueamento na CS nacional.

      "Pol Pot, o gênio incompreendido que adorava cãezinhos ao lado da sua colecção de selos dos CTT."

      Eliminar
    3. É que é isso mesmo. É só comparar o que a lampionagem diz com o que diria se estes actos - vouchers e não só, mas foquemo-nos só nos vouchers por agora - fossem praticados pelo FCP. É o cúmulo da hipocrisia e da falta de espinha dorsal.
      É ir ver o que diziam - e ainda dizem, pasme-se! - relativamente ao Apito Dourado e o que dizem em relação às patranhas que protagonizaram e protagonizam nestes últimos anos.

      Eliminar
    4. Ui, se fosse o Porto ou o Sporting... nem quero imaginar a barulheira que se faria. E não seriam apenas os benfiquistas, seria também a própria comunicação social.

      Eliminar
    5. Precisamente. Especiais CMTV, directos à frente do Museu da Cerveja, reportagens às virtualhas que se vendem por lá...

      No Benfica? É varrido para debaixo do tapete.

      Se não fosse o BdC que é odiado também, ou muito por isso, ninguém sabia de nada, e era business as usual.

      Ou melhor, o Vítor Pereira sabia...

      Eliminar
    6. Passaram anos a condenar o FCP por oferecer fruta aos arbitros quando oferecem a refeicao toda! Esta tudo dito nesta frase!

      Eliminar
    7. É uma grande frase, sem dúvida ;)
      E verdadeira, daí achar que as lamparinas terão alguma dificuldade em lidar com ela.

      Eliminar
  14. É engraçado como alguns benfiquistas dizem não rever-se nessas fazes nem no Pedro Guerra e na máquina de propaganda benfiquista... Mas não deixam de branquear a situação dos vouchers. Estão mais preocupados se este blog escreve um artigos que mencinoa o benfica do que com os actos de corrupção em si. Isso não interessa, é esquecer o mais rapidamente possível e continuar a defender a sua "dama", por mais "galdéria" que seja.

    ResponderEliminar
  15. Pessoal nao vale apena argumentar com lampioes.Eles sao mentirosos desde que nasceram e hao de continuar assim ate morrerem,o problema nem o LFV e o estado lampianico.Nao foram eles que roubaram o primeiro titulo contra o Barreirense nem foram eles que comecaram com a mentira que o clube deles foi fundado em 1904.Sao corruptos e mentirosos desde sempre,a nos resta nos rir e gozar com eles porque nao merecem respeito nenhum.
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patrão do meio campo, não é esse o caso.

      Que eles são mentirosos e usam gelados na testa com gosto, todos sabemos.

      Mas nós falamos para que eles não nos queiram fazer a nós, também, de parvos.

      Eliminar
    2. Bakalov, não sei quem tem coragem de gozar com o BI-campeão.
      E lá para Maio pode ser que o teu gozo se vire contra ti e sejas gozado na cara, como dizem os brasileiros.
      2000€ diz-te alguma coisa?

      Eliminar
    3. Desmontei a tese dia dois mil ao redneck um pouco mais acima.

      1- foi para não serem prejudicados, não beneficiados.

      2- denúncia caluniosa, não corrupção

      3- nenhum sportinguista se revê nisso, aparentemente ao contrário do Benfica onde todos aprovam e dizem achar normal a prática de vouchers

      4- o facto de vocês compararem algo que dizem que é inocente, com outra que afirmam que é corrupção, é um contrassenso argumentativo da vossa parte

      5- o PPC foi metido a andar, Os responsáveis pelos vouchers ainda lá estão e não há indícios de vontade de os mandar embora

      6- se não era nada, porque é que a prática não era pública?

      7- porque é que houve a necessidade de renegar como primeira reacção, se era prática inocente?

      8- porque é que a segunda reacção foi a indignação com BdC por tornar pública uma prática que, dizem vocês, era inocente?

      9- porque é que num terceiro momento houve a preocupação em afirmar que não tinham usufruído de uma prática que, no vosso entender, é inocente?

      10- a prática só ser inocente até certo valor, é ridículo.

      10- o valor que pretendem, é ridículo.

      11- afirmar que os árbitros, observadores se auto-regraram durante os repastos para não cairem na prática de corrupção, é ridícula.

      12- se os árbitros só comeram até certo valor, então estão mais uma vez a proteger o Benfica. Têm mais senso do que quem os tenta aliciar. Ridículo.

      13- os que dizem que oferta de refeições de luxo não são corrupção porque os árbitros só comeram até 30 paus, ou seja, tiveram o senso de não se deixar influenciar por tal coisa, são os mesmos pobres coitados que não resistem à influência das declarações de Bruno de Carvalho nas páginas dos jornais desportivos. Incoerência e ridículo.

      É preciso dizer mais?

      Algum que me responda se for capaz.

      Eliminar
    4. Valdemar,

      Game, Set, Match!

      SL

      Eliminar
    5. Exacto,nem o cardinal(conhecido por ferrari de setubal) sabia quem tinha que beneficiar pois nao sabia sequer de onde vinha o dinheiro.
      SL

      Eliminar
  16. Pessoal nao vale apena argumentar com lampioes.Eles sao mentirosos desde que nasceram e hao de continuar assim ate morrerem,o problema nem o LFV e o estado lampianico.Nao foram eles que roubaram o primeiro titulo contra o Barreirense nem foram eles que comecaram com a mentira que o clube deles foi fundado em 1904.Sao corruptos e mentirosos desde sempre,a nos resta nos rir e gozar com eles porque nao merecem respeito nenhum.
    SL

    ResponderEliminar
  17. A vergonha! O que diriam se fosse o FCP...falo no FCP pois foi o FCP que eles atacaram e denegriram!
    A falta de vergonha na cara nao tem limites para essa gente!
    #nojo

    ResponderEliminar
  18. um bando de escroques... o clube da mentira permanente.
    Nunca acharam estranhas as bujigangas aos árbitros. Era kurtesia.

    Nenhum árbitro pode receber ofertas enquanto decorre a competição.

    ResponderEliminar
  19. Então o António Tavares Teles para o presidente do Benfica era um jornalista vendido a troco de almoços,jantares e charutos e os árbitros,observadores e delegados cada um com 4 Kits e Vouchers são tudo uns bons rapazes e é tudo no âmbito da cortesia ?!...ehehehehe

    O Orelhas cadastrado é o maior !...Cada cavadela cada minhoca !....1000 euros para quatro,estou a ver que os corruptos para não ultrapassarem os 190 euros só comeram as entradas !...ehehehehehehe

    ResponderEliminar
  20. Quem conhece minimamente o mundo do futebol sabe que a corrupção é feita maioritariamente através de jantaradas e prostitutas.

    No restaurante "O Sapo" em Penafiel assisti a jantares de árbitros com as suas famílias. No fim, levantavam-se e iam-se embora. A conta era paga por um dirigente de um clube que na altura estava na 2ª divisão nacional.

    A técnica do Carnide não é muito diferente, oferece 4 jantaradas aos árbitros, sabendo que estes só se sentem confortáveis em usufruir da oferta se o clube ganhar. Esta técnica já é conhecida há muito tempo, desde os tempos da máfia que oferecia prendas aos juízes/deputados, sem lhes pedir directamente um beneficio. A pessoa que recebe a oferta fica (in)conscientemente seduzida para retribuir o favor.

    Entretanto assistimos a um espectáculo deplorável de desonestidade intelectual na CS. É dito que estes árbitros não se deixam corromper por 4 jantares (de forma consciente e inconsciente)! Mas estes árbitros são mais íntegros que os de antigamente, por alguma razão que eu desconheça? E porque é que não podemos alargar a possibilidade de oferecer 4 vouchers aos ministros, juízes, policias, inspectores, fiscais?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Touché! Antes era o Vale e Azevedo, agora é o Vale Tudo. Já os adeptos do Carnide antes eram desonestos e hipócritas e agora continuam a ser desonestos e hipócritas.

      A própria estratégia de desfesa deles é auto incriminatória. Mas no pasa nada. É por isso que digo que estes já foram mais longe que o Pintinho alguma vez foi. Estes controlam os media a seu bel prazer, têm a vida mais facilitada. Tentam controlar a opinião pública, felizmente não andamos a dormir e temos uma Direcção que se opõe firmemente a esta fantochada. É daí que vem toda a sua dor, tentam controlar tudo, mas não conseguem.

      Eliminar
  21. É preciso muita lata; muita desonestidade; muitas pálas verdes para continuar a insistir em chamar corrupção às ofertas de cortesia do Benfica, sem mencionar aquilo que é oferecido pelos outros clubes aos árbitros, aos observadores, aos delegados...
    A Lagosta pode ser servida; desde que seja no serviço de catering em Alvalade. Já se existem vouchers ao barulho; Deus nos acuda! Calimeros! Todos!
    De há uns tempos para cá, o Artista que sempre foi por mim considerado como uma pessoa isenta, científica nas suas análises e bastante inteligente, tornou-se mais um elemento da cartilha coreana e esverdeada.
    Muita pena! Por si, artista; pela blogosfera que perdeu um espaço isento, de pluralidade de opiniões e ideias; pelo próprio Sporting que, creio, nunca recuperará deste presidente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só falta meter aí alguma prova que vá para lá do desejo pessoal de "os outros meninos também fizeram".

      Ou sequer indício...

      É capaz? Não.

      O artista do dia só perdeu a visita de mais um cegueta. Voluntário, a fingir ou porque não dá para mais, mas cegueta.

      Eliminar
    2. Este comentário é feito depois do almoço ,o gajo está com uma bebedeira descomunal por isso só diz disparates !...

      Eliminar
  22. eis o retorno da "cortesia": ZERO PENALTIS MARCADOS, ZERO EXPULSÕES, ZERO AMOSTRAGEM DE DUPLOS AMARELOS, e ainda querem mais?????????????????????? e ainda há boifiquistas que confundem almoços e jantares de interesses escondidos e almoços e jantares de amizades. E NÃO QUEREM COMER GELADOS COM A TESTA?

    ResponderEliminar
  23. Investigação do jornal Sporting descobriu qual o maximo q se pode gastar num restaurante! lool 1000€ a serio podiam só ter gasto mil euros? O que é acontecia a seguir a chegar ao mil euros? O restaurante dizia, peço desculpa mas n pode pedir mais comida! loooll

    A noção q existe um maximo q se pode gastar num restaurante é ridiculo. Obviamente a burralha come gelados com a testa, mamou os 1000€, é um numero bonito!

    Agora vamos só para continuar no gozo, imaginar q sim. Epá aquilo é do benfica só pode, é que 1000 vouchers a 1000€ cada faz 1 milhao de euros em comida gratis, o que é q isso para o Museu da cerveja! São peaners!! looooool

    lol Só a burralha que anda aqui é mamava a noção q com um VOUCHER se podia comer à vontadex, a mm burralha que lê um investigação em q é dito que um restaurante tem um preço fixo maximo! loooool


    Agora expliquem lá, o arbitro vai ao jantar antes do jogo? ou vai depois? vai depois? ha então vai beneficiar o benfica quando tiver no sofa a ver a novela, certo?


    REalmente no Sporting não kits, nem ha camisolas ha "camisolinhas", no sporting n refeiçoes há "refeiçoezinhas", no sporting n há prendas, há "prendinhas", há a "fisoterapiazita" há o "relogiozito de marquita" há o "peluchezito"... enfim bate certo com o clube ali é tudo pequenito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não tivesses o coeficiente de inteligência médio de um lampião perceberias que todos os teus argumentos para defender os vouchers, defendem da mesma forma a oferta de prostitutas.

      O Tondela oferece um galhardete porque é um clube pequenino, um clube grande como o FCP oferece uma "massagista". Qual é o problema? Nenhum. As "massagistas" custam 50 euros à hora, bem abaixo do limite imposto pela UEFA.

      No Sporting a única coisa que é pequena é o nº de adeptos com défice cognitivo, por isso aqui só nos fazes rir. Se queres brilhar tens de te dedicar mais aos blogs do clube que tem a presidente um traficante de droga e cadastrado por roubo.

      Eliminar
  24. Compreendo a tua explicação !...lol corruptos do caralho.Zero penálties,zero cartões vermelhos.Espero que esta vergonha chegue à UEFA.

    ResponderEliminar
  25. Ninguem diz que os arbitros se vendem por isto.Nao se trata disso.Trata se apenas de punir quem nao cumpre com as leis e neste caso tanto os arbitros como o slb nao cumprem.Os primeiros,porque nao diziam que recebiam isso quando e o dever deles reportar essas situacoes.Os segundos porque acham se mais do que os outros e fazem ofertas que vao acima do estipulado pela lei.Eles falam em cortesia apenas,folgo tambem em saber que eles teem mais cortesia para com os arbitros do que para o proprio treinador da equipa principal,tanto que foi preciso JJ chegar ao SCP para poder ter um camarote para a sua familia,no seu antigo clube nao teve essa cortesia e tinha que pagar.Pelos vistos a cortesia interessa mais dar aos arbitros do que ao treinador que mais trofeus ganhou na historia do slb.Acho que isso diz muito..

    O proprio P.Proenca,presidente actual da liga de clubes, recebeu os vouchers e nao denunciou como deveria ter feito em relatorio dos jogos em que recebeu,dai ter apelidado de fait divers e menosprezado o caso pois a sua carreira como dirigente esteve perto para acabar logo no inicio..
    Ninguem quer saber se os arbitros se vendem por muito ou por pouco.Quem diz isso apenas tenta tirar o foco do assunto.

    Em relacao aos arbitros em si,sao manipulados pelos observadores e nao pelos vouchers.O sistema funciona apartir dai.Basta ver a nota excelente que deram ao Artur Soares Dias no ultimo derby e para ver o que aconteceu ao M.Ferreira que foi o ultimo arbitro a expulsar alguem do slb e a marcar lhes um penalti.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual é a parte do acórdão do conselho de justiça que diz que não é ilegal que não percebeste?

      Eliminar
    2. normal, se até os próprios membros desse órgaozinho recebem presentes de cortesia do carnide.... mais areia para aqui!!

      Eliminar
  26. Se algum jornal precisar de um tipo que vá ao Museu da cerveja enfardar o máximo que puder, e pague a conta no fim, ofereço-me já!!

    Dos vouchers, não acho que um árbitro se venda por um almoço. E não é por ser 30, ou 300 euros. Não acredito que um tipo não se deixe influenciar por um bife da vazia acompanhado de uma mini, mas já se deixe se for da alcatra com tinto do bom.
    Agora, acho de mau tom oferecer almoços a árbitros, observadores, ou seja quem for. Já trabalhei com pessoas em cargos de decisão, que pura e simplesmente recusavam prendas. Qualquer tipo de oferta, viesse de onde viesse, fosse qual fosse o valor. Até canecas estampadas, que se fazem em qualquer sítio, mandavam para trás.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um tipo decente nunca aceitaria tais almoços, no âmbito das suas funções, quaisquer que elas sejam. Se for um funcionário público, mesmo daqueles com funções menos relevantes, é considerado corrupção. Porquê tanta consideração para com um "tipo" que é árbitro?

      Eliminar
  27. Mas não deixa de ser irónico que tudo se exalte com a ideia de um árbitro se vender por uma refeição, mas não com a ideia de se vender por um brochezito. É que dizem que havia senhores de apito que trocavam favores no campo por favores noutras áreas. Mas também nada disso se provou, portanto...

    ResponderEliminar
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  29. Há uma patrulha da bófia que faz operacoes STOP na estrada que eu utilizo todos os sábados para vir a conduzir, bebedo, da discoteca para casa.
    Eles mandam-me parar sempre mas como eu meto 20 euros no bolso de cada um dos agentes, todos os fins de semana, entao nao faz mal.
    Porque "a oferta sub judice ingressa no conceito de ofertas de mera cortesia, lembrança entregue por ocasião das operacoes STOP (sempre no final das mesmas e sempre na presença do subintendente) a todos os agentes da GNR intervenientes, de modo generalizado e indiferenciado e admitido na regulação do código da estrada vigente"

    Depois esta pérola, um autentico atestado de estupidez as pessoas: «De tal propósito de viciação do normal decurso dos jogos não se encontra, nos autos, qualquer vestígio - pelo contrário, todos os 142 agentes de arbitragem que se pronunciaram nos autos afirmam que nunca tal sucedeu» - Foi do género, "Entao ó Olegário: tu quando te deram os vouchers favoreceste o benfica?" "Eu? Nao! Mas se tivesse admitia sem problema nenhum."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh, exacto. A investigação foi tão séria e profunda que, imaginem, chegaram ao ponto de perguntar aos eventuais corrompidos de aquilo era mesmo corrupção! CSI stuff...

      Eliminar
    2. Eu sugiro que se poupe o dinheiro dos impostos em policias.

      A partir de agora começa-se a perguntar às pessoas se fizeram determinado crime e consoante a resposta o juiz atribui a pena.

      Eliminar