quinta-feira, 17 de março de 2016

Candidato único


Não sei se a edição em papel do JN repetiu a gralha "candidado" que se pode ver na capa da versão eletrónica, mas este erro ortográfico consegue não ser o elemento mais absurdo desta imagem. Esse prémio vai direitinho para toda a frase que o jornal colocou.

Nem a mais ingénua das criaturas acreditará que a candidatura de Pinto da Costa às próximas eleições do clube alguma vez dependeu do aparecimento de uma outra lista concorrente. O presidente do Porto tem 78 anos, terá 82 anos quando terminar o mandato para o qual será eleito, e não tenho grandes dúvidas que, mantendo em 2020 um mínimo de saúde e lucidez, voltará a ser candidato - havendo ou não uma lista rival para disputar consigo a presidência.

Em 2016, Pinto da Costa será candidato único, como tem sido regra nos atos eleitorais das últimas duas décadas. E quem perde mais com isso é o próprio Porto. 

Apesar de uma campanha eleitoral normalmente implicar uma lavagem de roupa suja que não é útil para ninguém (a não ser para divertimento dos adeptos dos rivais, obviamente), há também um lado positivo que é muito importante: permite que haja um debate aberto sobre o mandato que passou e sobre os planos para o futuro, obrigando a que os intervenientes façam compromissos públicos que poderão posteriormente ser acompanhados e avaliados.

Como tal, teria sido muito útil que tivesse avançado pelo menos um outro candidato, quem quer que fosse (com um mínimo de credibilidade, obviamente), mesmo que nas urnas fosse perder por muitos. Seria um excelente serviço que prestaria ao clube e aos seus sócios e adeptos.

22 comentários :

  1. Andrea Agnelli, Presidente da Juventus, é apologista de um modelo da Liga dos Campeões que garanta presença e receitas a um grupo fixo de clubes:

    Agnelli é apologista de um modelo, que além de garantir presença e receitas a um grupo fixo de clubes (Real Madrid, Barcelona, At. Madrid, Juventus, Inter, Milan, Man. United, Liverpool, Arsenal, Chelsea, PSG, Bayern, FC Porto e talvez Ajax), dar-lhes-ia poder de decisão. E permitiria abrir a porta, a cada temporada, a outros que se destaquem nos respetivos campeonatos. Agnelli é a cara de uma corrente que acredita ser possível aumentar os 1600 milhões de euros anuais que vale a Champions, aproximando-a dos valores da NFL, o Campeonato de Futebol Americano dos "states", na casa dos seis ou sete mil milhões de euros". - In O Jogo

    Lá vão as papoilas saltitantes dizer que não, que o lugar do FCP lhes pertence, pois são eles os mais maiores bons grandes do Mundo, quiçá da Europa e 2ºs em portugal a nível de títulos.

    É que os pardalitos esquecem que foram a 12 Finais e perderam 10. Já o FCP foi a 11 Finais e ganhou 7 !!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, os mais maiores bons grandes melhores do Mundo que começa em Vila Franca e acaba em Alcácer do Sal, foram a 12 Finais e perderam 10 !!

      Já o FCP foi a 11 Finais e venceu 7 !!!

      Eliminar
    2. Excelente de Andrea Agnelli. É uma forma de garantir que os melhores jogadores jogam sempre na Champions League.

      Craques como Lionel Messi, Luís Suarez, Neymar, CR7, Paul Pogba, Robert Lewandowski, Ivan Marcano, André André, Moussa Marega, Martins Indi e especialmente Vincent Aboubakar têm de ter presença cativa numa competição com este prestigio.

      Eliminar
    3. Quem diz Vincent Aboubakar diz o Chico Bala, o Barco, o Chuta chuta, o Mini Messi escocês, o novo Neymar Moçambicano sem esquecer o Tanaka.

      Eliminar
    4. Faz sentido. Até quando o chelsea este ano nem a liga Europa deve ir, o Milan anda pelas ruas da amargura, o Liverpool igual...
      Lá está, os "pobres" cada vez mais "pobres" e os ricos cada vez mais ricos

      Eliminar
  2. O post é sobre a família real contumilense, e aqui o Quid tenta desviar imediatamente o foco...

    Quid é sobre o rei da agremiação contumilense que se está a falar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Post está muito bem escrito e nada tenho a apontar. Gralhas nos jornais?! é o que há mais.



      Eliminar
  3. O que eu li é que PdC disse que não seria candidato, se aparecesse uma lista credível. Uma lista com nomes de portistas credíveis. E, sim, já há mais de 5 anos que defendo que deveria aparecer outra lista para começar a marcar o terreno. Quanto ao lavar de roupa suja, desde 2003 que os 7 Pasquins, 7 Tvs Regionais, 7 Rádios locais de Lixoboa se encarregam de a expor, empolando, aumentando, mentindo, caluniando. Ontem até puseram PdC a jantar com um morto!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois há cada vez mais portistas a ganharem consciência de que o Pinto da Costa não será eterno na presidência do Porto mas não há coragem para alguém formar uma lista para se candidatar contra ele.

      Eliminar
  4. Como portista, não podia concordar mais com este post. Totalmente de acordo. O que é dito aqui é verdade já há muito tempo, mas tornou-se mais evidente devido aos recentes maus anos do Porto e que me parece, estão para ficar, fruto da dependência que se criou de fundos e negócios no mínimo com contornos estranhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente, Francisco. Formou-se uma dependência que faz lembrar a presidência de Godinho Lopes. A diferença é que Pinto da Costa, fruto do percurso que teve, nunca será afastado pelos sócios por uma questão de gratidão (e também receio com o desconhecido).

      Eliminar
    2. É mesmo isso. Como nunca ninguém se chegou à frente, toda a gente tem medo de quem possa vir a suceder porque só se fala em gente fraca: Oliveirinhas, Anteros, etc.. Ainda vamos passar as passas do Algarve. :)

      Eliminar
  5. O Porto ainda não está preparado para se despedir do seu "pai" mas a continuarem as frustrações desportivas mais cedo ou mais tarde mais vozes se levantarão contra o status quo !...

    Mais tarde se verá se a luta pela sucessão dará origem a guerras fratricidas,tudo dependerá do momento desportivo do clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diria que nunca estará. Goste-se ou não de Pinto da Costa, todos concordarão que é impossível substituir um presidente que teve a importância que teve para o clube.

      Eliminar
  6. PC já "morreu" e ninguém o avisou. Nesta perspetiva e se ela for correta, acho muito bem que continue a candidatar-se à presidência do FC do Porto, porque isso só pode facilitar a vida aos clubes adversários. Que continue por muitos e muitos anos, são os meus votos.

    ResponderEliminar
  7. Deixem-no continuar que tem estado muito bem.

    Confio que vai continuar a sacar umas chorudas comissões para ele, para o filho e para os amigos.

    Confio também que vai continuar a aumentar o passivo de tal forma que quem vier atrás vai ter um trabalho bem mais difícil que aquele que foi deixado a BdC no Sporting pelas anteriores gestões.

    Deus o guarde por muitos e bons anos à frente do Foculporto!

    ResponderEliminar
  8. Se o Apito Dourado não fez os portistas questionar manter PdC na presidência... Se estas negociatas, associações criminosas e tachos para parentes não faz os portistas questionar a presidência de PdC...

    Então não sei o que seria preciso.

    Provavelmente é mais uma questão de medo do que propriamente falta de alternativas ou contestatários.

    ResponderEliminar
  9. Não sei se já ouviram falar disto...

    https://www.facebook.com/asredesdodamas/photos/a.397997826938728.90812.378395045565673/1038935929511578/?type=3&theater

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Sporting, oposição é coisa que nunca faltou. Se calhar até tem sido demais. :)

      Eliminar
  10. Vejam bem um lance normal de futebol moderno onde um atleta tenta ganhar posição para discutir a bola.

    https://www.youtube.com/watch?v=nTQ0rh3OijA

    Afinal, fizeram queixa do Slimani por causa de um lance normal no futebol moderno.

    MDC, desculpe o abuso, mas isto merece um post e muita divulgação

    ResponderEliminar
  11. Leverkusen acaba de ser eliminado pelo gigante Villarreal. Tenham vergonha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só mesmo um lampião consegue estranhar que o 4º classificado da liga espanhola elimine o 7º classificado da liga Alemã.

      Andam aí a rebaixar o Leverkusen, mas vejam lá se não são eliminados pelo "gigante" Wolfsburgo, que vai em 8º lugar da liga alemã.

      Eliminar