domingo, 24 de abril de 2016

Vitória tranquila com o Dragão já no pensamento

É um sinal de saúde competitiva quando vemos o nosso clube dominar totalmente o adversário durante 90 minutos, mesmo sendo óbvia uma certa gestão física e naturais cautelas na abordagem de lances divididos, naturais para quem já tinha o jogo do Dragão no pensamento. O Sporting marcou dois golos cedo e nunca teve necessidade de elevar o ritmo ao máximo das capacidades, mas mesmo em velocidade de cruzeiro criou oportunidades suficientes para construir um resultado bem mais volumoso.



Positivo

Marcar cedo - fundamental para quebrar a confiança de equipas como o União, que entram em campo sobretudo com a ideia de não sofrer golos. Valeu o bom nível de eficácia finalizadora que tanta falta nos fez noutras ocasiões.

O cruzador holandês - (ainda) não estou convencido que Zeegelaar possa vir a ser o lateral esquerdo de que precisamos. Essa minha opinião tem-se baseado sobretudo pela falta de confiança que o holandês demonstra no apoio ao ataque. No entanto, ontem, foi decisivo por ter feito as duas assistências para golo. Percebe-se perfeitamente a preocupação de Jesus em dar-lhe minutos para atacar esta ponta final (nomeadamente no Porto e em Braga), pelo que esta injeção de confiança vem na melhor altura.

Mais um golo de Teo - desbloqueou o resultado com um cabeceamento na pequena área, levando já seis golos marcados nos últimos cinco jogos. Para além disso, teve uma primeira parte globalmente positiva.

Rui Patrício a segurar - pouco depois do golo de Teo, fez uma enorme defesa a remate de Danilo, que impediu o empate do União. Mais um cromo na caderneta desta época das grandes defesas de Rui Patrício.

Outros destaques - William confirmou mais uma vez que está no melhor momento da época; Coates é classe dos pés à cabeça, e foi uma pena que não tivesse cruzado melhor depois daquela jogada em que levou a bola de uma área à outra; Schelotto esteve muito dinâmico pelo seu lado e voltou a fazer um bom jogo.


Negativo

Quebras de concentração - apesar do domínio generalizado, não foi um jogo isento de sustos, que aconteceram sobretudo por falhas de concentração da nossa parte. Quando a estratégia passa por gerir o resultado já alcançado, não se pode facilitar, sob pena de o adversário reentrar no jogo.

Exibições pouco conseguidas - Bruno César e Gelson ficaram vários furos abaixo do exigível, raramente as coisas lhes saíram bem; apesar do golo, João Mário teve uma exibição aquém do que lhe é normal; Slimani esteve infeliz na finalização; Barcos teve pouco tempo para se mostrar e revelou alguma ansiedade quando a bola lhe era dirigida.



Sexta vitória consecutiva, com um parcial de 20-5 em golos. Bom momento para ir visitar o Dragão, para um desafio absolutamente decisivo para o nosso objetivo final, contra um Porto que não pode ser, de forma alguma, subestimado.

21 comentários :

  1. Depois da derrota no jogo contra o Benfica, eu conto com 9 vitórias em 9 jogos.

    Esta é a exigência de um adepto e sócio que está muito agradecido pelo esforço da equipa durante esta época, mas que entende que o Sporting é a equipa mais forte do campeonato português, e que se estiver no seu melhor não dá hipótese a qualquer uma das restantes equipas.

    Relativamente ao jogo de ontem, de destacar mais uma vez a vontade de ganhar o jogo na primeira parte, sendo que no plano individual não existem grandes destaques. Talvez Rui Patrício, Coates, Zeegelaar, William Carvalho e Teo, mas mesmo estes tiveram alguns momentos de desconcentração, e baixa de rendimento na segunda parte.

    O jogo do Dragão tem de ser encarado como o jogo que nos dará o titulo de campeão nacional. É com esta ideia que os jogadores vão ter de trabalhar durante esta semana, e teremos de ser perfeitos do ponto de vista tático e mental, porque não tenham dúvida que o Sr. Vitor Pereira à muito que prepara este jogo.

    SL

    ResponderEliminar
  2. Tal e qual! Exactamente o que comentei no post anterior.
    A equipa esteve sempre com o FCP no pensamento.
    E esse jogo e fulcral. Temos que fazer tudo para vencer no dragao. E sera um jogo muito dificil. Nao nos podemos iludir com o mau momento do FCP pois nestes jogos o orgulho conta e pode fazer a diferenca. Historicamente e o jogo mais dificil para o SCP. Contabilizamos apenas 13 vitorias em terreno portista!
    Espero que no sabado conquistemos a 14 vitoria!
    Se vencermos independentemente do resultado do benfica hoje iremos colocar muita pressao neles pois eles nao acreditam que consigamos a vitoria!
    Eu acredito!
    SL

    ResponderEliminar
  3. Pois eu, a temer algum jogo, temo mais o de Braga! esses têm dado uma trabalheira desgraçada, se bem que jogatanas do caraças. Mesmo a em que acabamos a ser gamados foi um jogo dos que vale a pena ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O jogo em Braga é o último do campeonato não vale a pena pensar nele pois não tenho dúvida que se dependermos apenas dessa vitória para ser campeao, os nossos rapazes não vão falhar!

      Eliminar
    2. Claramente, braga a única equipa que deu luta.

      A derrota contra o carnica é típica deste SCP. Dar bónus às equipas pequenas !

      Eliminar
  4. O jogo contra o Porto é o mais importante, e por 2 razões em especial.

    1ª - É o próximo jogo

    2ª - Tal como o Fernando Reis disse, o Benfica conta que venhamos a perder pontos nesse jogo, mas se ganharmos, eles ficarão com a ideia que temos grandes probabilidades de ganhar contra o Setúbal e em Braga, o que os obriga a ganhar todos os jogos e acrescenta pressão.

    Relativamente ao jogo contra Braga... ainda falta muito para pensarmos sobre isso, mas parece-me que o Braga de final de época está bem abaixo do Braga com que já jogámos.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E convem nao esquecer que na ultima jornada o Braga ja vai ter a cabeca na final da taca de Portugal e possivelmente na final da taca da liga. Ou seja sera muito provavelmente um Braga mais preocupado em evitar desgaste e possiveis lesoes num jogo que sera, para eles, para cumprir calendario.
      Temos e que chegar na pior das hipoteses, a esse jogo, ainda na luta.
      SL

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. O que o Benfica conta é em ganhar todos os jogos. heheh

      Cumprimentos

      Eliminar
  5. Entretanto, o Sporting é e vai ser a única equipa do campeonato que ganhou a todos os adversários. Vale o que vale, mas é o que é.

    ResponderEliminar
  6. O Jesus já pagou o salario dele! HAAHAHAHA. Obviamente o merito é dele. Estrutura rasca, jogadores rascos, o Zmerding n existia antes de ele lá chegar. É tudo mérito dele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sporting, seu merdas. Clube de Portugal.

      Eliminar
    2. Ignora esse monte de esterco Valdemar...esse merdas quer atencao...

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  7. Mestre,

    por favor não diga que o Schelotto fez um bom jogo. E, muito menos, não diga "voltou a fazer um bom jogo". É que as pessoas (do Sporting) ainda podem acreditar nisso.
    Schelotto não é jogador para o Sporting. Como defesa (a posição onde joga) é ZERO. Não ganhou um único duelo com um adversário, quando se tratava de defender. Se Coates fez um grande jogo (para mim o Melhor, juntamente com William e Adrien - tem de ficar, der por onde der), deveu-se muito a Schelotto, que foi sempre um buraco lá atrás. É ver de onde surge o 1º remate do jogo (e como surge), é ver de onde surge os lances consecutivos do Danilo (vindos de 2 cantos seguidos) que Patrício salvou após o 1-0, e é ver a forma como tivemos de ceder os cantos na 2ª parte (valeram as dobras de Coates).
    Laterais que têm como linha orientadora para o seu jogo atacante a linha lateral é sinónimo de jogador antiquado. Isso não serve.

    Infelizmente, Schelotto vai renovar e continuar. Infelizmente, J. Pereira, Esgaio e Riquicho vão ver a vida andar para trás e, pior, o erro feito com Grimi será repetido com este italo-argentino (que deve ganhar aquilo que nunca foi oferecido a Cedric).

    Sábado, no Dragão, Brahimi e Corona vão mostrar(nos) o que é Schelotto.

    um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, em condições normais, o FCP dava-vos 3 secos.. e sem forçar muito.

      MAS como o FCP não quer que o SLV faça o 35 e seja TRI, o FCP não irá encarar o jogo como importante, mas sim como apenas mais um teste de pré-época para começar a ver, analisar quem tem qualidade de ficar para o ano.

      Sim, será um mal menor o SCP for Campeão ao fim de 14 anos de seca.. travessia de deserto. Agora não venham depois é dizer uns que foi mérito do BdC, outros dizer que foi mérito do Jay Jay.. quando houve sim, mais demérito do FCP. Não é todos os dias que o FCP perde em Guimarães, Braga, Paços Ferreira e com o Tondela, com o Arouca em casa..

      Mais que mérito do SCP, foi demérito do FCP. E, claro o anti-portismo e anti-pintismo da APAF escarlate.

      Mas, sim, como mal menor que seja o SCP Campeão. Os verdadeiros sportinguistas já merecem.

      Eliminar
    2. Sim, os verdadeiros sportinguistas já o merecem.


      Eliminar
    3. 3 na boa?! Ui ui
      Quem te ouvir falar pensa que voces jogam muito.
      Reality check - voces nao jogam uma pevide!
      No entanto sei que num classico nem sempre ganha o MELHOR!

      Eliminar
  8. Fdxxxx
    E o Jonas que levou banhada do suarez???!!!
    Xiiiii, que chatice...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso, a quem é que pertence o passe do Heldon ?
      Uma promessa-compra e oferta dá azo a ser cancelada?

      Eliminar