segunda-feira, 11 de julho de 2016

Fala mal do Éder agora

15 comentários :

  1. eu falei..... mas Obrigado "Dark vEder"

    ResponderEliminar
  2. Tudo bem! Sobre o Éder, apenas quero salientar a má consciência de muitos dos míseros comentadores do fenómeno futebolístico e não dos simples adeptos, como eu, que flutuam muitas vezes ao sabor das exibições e dos resultados. esta minha ideia, assenta na seguinte base:
    1.º - Éder, em 1.ª análise, não revelou qualidades superiores, para ser um selecionável e nos muitos jogos da seleção em que participou, não conseguiu demonstrar capacidades, para merecer futuras convocatórias.
    2.º - As suas convocatórias mais parecem ter assentado, na ausência de jogadores, para a posição em que joga e menos pelas suas qualidades de ponta de lança.
    3.º - Contudo, nos últimos jogos da seleção, demonstrou alguma evolução futebolística e começou a ganhar créditos, em minha opinião, para continuar a ser selecionado, uma vez que também não existiam concorrentes.
    4.º - Foi decisivo nesta final, pelo grande golo que marcou, contribuindo decisivamente para a vitória da seleção, pelo que merece continuar a ser um do convocáveis, tanto mais que tem evoluído bastante, a nível futebolístico.
    Agora falar em "patinho feio" e em injustiça, é branquear a verdade e a realidade, uma vez que até à bem pouco tempo, não era merecedor de pertencer a este grupo restrito de jogadores, mas isso também acontece com outros que lá estão e que dispenso de mencionar. Mas fazer um "mea culpa", é apenas a tradução de uma má-consciência.
    Concluindo, apenas quero desejar a maior sorte do mundo para este jogador que me parece ser um homem humilde, de bom caracter e agradecido a quem lhe faz bem e isso é o mais importante. Que tenha uma carreira desportiva em ascensão, alcançando o nível que projeta para si mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. Não é errado achar-se que o Éder não tinha lugar na convocatória. É uma opinião legítima, como qualquer outra. Errado seria não reconhecer o papel decisivo que acabou por ter.

      Eliminar
    2. Também concordo... mas digo mais!

      Com um Ronaldo realmente em forma o Eder teria jogado sempre, num posicionamento que este conhece melhor no Real Madrid.

      Em relação a outros nem mereceriam ter sido convocados, mas até acabaram por ser úteis pelo pulmão, numa selecção que mais parecia um centro de reabilitação e fisioterapia (sorte que nenhuma das outras grandes seleções estava melhor).

      A opinião da jornalixeirada é que devia sempre valer zero BOLA (tenho a impressão se aquele microfone não tem ido ao charco o FS não se soltava e não tinha feito o que fez.. pó Mundial aconselho um ou vários jornalixeiros ao charco... e uma fogueira de incentivo com um monte grande de pasquins -> ESTA NO PAPO!)

      Eliminar
  3. Aconteça o que acontecer, veja eu o que quer que lhe veja fazer, juro!, não voltarei a dizer mal do Éder- será a minha penitência.

    ResponderEliminar
  4. Mestre, sabe por que raios é que o avião (alugado) que nos devolveu a nossa gente, trazia pintada uma imagem do Eusébrio?
    Não atino com uma razão plausível para ele "aparecer" ali, muito sinceramente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando o avião aterrou, a porta abriu-se e alguém da tripulação colou a imagem de Eusébio. Por certo, visto que era a mesma que ia no autocarro em França, alguém da FPF deve-lhe ter ordenado que fizesse aquilo. É só pena que não tivesse também a imagem de Peyroteo, Travassos, Coluna, José Torres, Bento, Damas ou outro figura ligada ao FCP e que tenha contribuído para o sucesso desportivo do Futebol Português.

      Com certeza terá sido esquecimento.

      Eliminar
    2. Não compreendo. No Expresso até disseram que Eusébio também é campeão europeu. Enfim...

      Eliminar
  5. Agora já não é assim porque ganhámos o Euro e já tínhamos um grande plano, mas até que ponto é que muita azia dos nossos "comentadores" não está directamente relacionada com o facto de esta ser a primeira selecção maioritariamente baseada numa estrutura proveniente da formação do Sporting e por azar dos Távoras foi logo a a primeira a ganhar o caneco.
    Não é preciso imaginar muito para ver o que seria a nível da nossa CS, se a selecção fosse maioritariamente originaria das escolas do SLB.

    Sobre o Eusébio, de facto não entendo. É tão campeão como o são todos os Portugeses. Teve o seu tempo, não ganhou nada na selecção, adiante. Mais,em termos de selecções nas décadas de 60 e 70 (em que o Eusébio era rei e os outros todos eram fantásticos)quantas vezes nos classificámos para as principais competições?

    Sobre as comendas, também não entendo. O maior agradecimento que um País pode dar a alguém, justificado por um EURO conquistado (por muito que custe não foram mais que meia dúzia de jogos de futebol). Por muito que tenha gostado da vitória e por muito que ache a mesma contribui para uma diminuição do clima de depressão em que todos vivemos, acho que estamos a perder um pouco a noção da realidade.

    ResponderEliminar
  6. Nunca achei mal a convocação do Éder.

    Vou pelo mais óbvio. Não havia mais ninguém para o lugar, a não ser miúdos ou gajos que nunca jogaram num campeonato "importante". E até pode não marcar muito (o Pauleta e todos os outros também não), mas sinceramente não é a meter jogadores sem experiência que íamos lá.

    Mas apesar disso, não era nem carne nem peixe. Não acompanho a sua carreira e por culpa do seleccionador, nunca foi utilizado nos jogos treino ou na fase de grupos de uma forma consistente (assim como, pasme-se, o meio-campo que viria a ser titular na fase final).

    Dito isto, o que vi do Eder ontem foi muito positivo. Claro que tem de se dar o desconto do jogo já estar muito partido naquela altura, mas a verdade é que este sim, mexeu com a equipa quando entrou. Muitas faltas que cavou, muitas desmarcações, soltou o jogo ao chamar os centrais a si.

    E fica a suspeição no ar, tal como eu já tinha com o Rafa. Será que devia ter sido mais aposta do que foi? Eu sou da opinião que sim, que devia ter sido. A ver vamos agora para a Taça das Confederações. Espero que continue.

    ResponderEliminar
  7. O Éder foi uma questão de fé de Fernando Santos e acreditar nas suas potencialidades. Algo que é inacessível aos comentadores. A ideia foi esperar que o jogo fosse a prolongamento com os franciús todos rebentados nos 90' a fazer alta pressão e fazer entrar um jogador fresco e forte no contacto para ganhar bolas no ar nos últimos minutos e apoiar o Nani. Éder foi dos jogadores que ganhou mais faltas em poucos minutos de jogo. E depois o factor surpresa: ninguém ligou puto ao Éder por isso deixaram-no à vontade para rematar. Hoje...
    Quanto à questão do Eusébio no avião é a velha ideia do colinho SLB. Mito esse que já foi ultrapassado por outro: Ronaldo. Ainda têm muito que engolir. Mas isto ainda vai dar muito que falar: Ronaldo no panteão não é uma obrigação é um dever. Na final de Paris entraram 9 jogadores em campo da formação SCP :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ronaldo 3 champs - Eusébio 2 champs
      Ronaldo 1 euro - Eusébio 0 euro
      Ronaldo 4 botas ouro Eusebio ?
      e muitos mais recordes que não cabem aqui - golos, prémios, etc...
      A carreira ainda não acabou pois ainda falta ganhar um mundial e quiçá acabar como treinador.
      Ronaldo no panteão: + que uma obrigação.

      Eliminar