quarta-feira, 6 de julho de 2016

Na final!

E não é que Fernando Santos regressa apenas a Portugal no dia 11? Quem diria? Se fizer alguma graçola sobre isso, eu sou um daqueles a quem a carapuça serve na perfeição.

Parabéns, Portugal!


24 comentários :

  1. Que venham os franceses. Adorava amargar lhes a festa em Paris.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E à milésima intervenção o gajo finalmente diz algo de jeito...

      Os deuses do futebol, a Nossa Senhora do Caravaggio, os macumbeiros do Sertão e Satanás em pessoa estão com o Fernando Santos! A final será com a França. Em 2004 jogamos à Portugal e perdemos em casa com a Grécia, este ano jogamos à Grécia e estragamos a festa aos sempre execráveis franceses, e em fucking Paris, no less :) It be poetic justice, bitches! Jogar bem é overrated. Neste momento não trocava a pata de coelho ambulante que temos no banco pelo Mourinho ou pelo Jesus :)

      Eliminar
    2. Hehehe
      Concordo plenamente!
      Fuck the french!!!!

      (Embora eu ache que quem vai à final connosco é a Alemanha...)

      Eliminar
    3. Qual Alemanha, Sergey, como se diz na Bairrada, o F. Santos tem mais sorte que um pai de leitões. Vamos apanhar uma França arrogante e mobilizadora e parti-los todos nos penáltis :)

      Eliminar
    4. Se vocês tiverem razão, e se ganharmos assim como dizem, perco a cabeça e entro aqui todo nu. Ah e pago uma rodada!

      Eliminar
  2. A primeira parte da profecia está cumprida.

    ResponderEliminar
  3. Portugal nunca teve uma Selecção Nacional com tantas e tão boas soluções...

    Basta lembrar que durante os 6 jogos até à final foram utilizados todos os 20 jogadores de campo, todos os defesas, todos os centrocampistas, e todos os avançados, e apenas há 2 indiscutíveis: Rui Patrício (por ser uma posição específica) e CR7 (por ser o melhor do mundo).

    A Selecção Nacional começou os primeiros jogos com Vieirinha, Pepe, Carvalho, Danilo, Moutinho e André Gomes na equipa titular, e acabou a vencer a meia-final com Cédric, Fonte, Bruno Alves, William, Adrien e Sanches...

    Seis mudanças, mais de meia-equipa alterada, e sempre com o rendimento a subir!

    Não me recordo de uma Selecção com tanta qualidade em quantidade, daí a possibilidade de Fernando Santos alinhar em 4-3-3, 4-4-2 em linha, ou 4-4-2 em losango, às vezes baralhando posições e sistemas durante o próprio jogo...

    Não me recordo de uma Selecção em que CR7 respeitasse tanto o valor dos companheiros, chegando ao ponto de pedir desculpas (com a mão levantada, perto do fim) ao João Mário por não lhe ter passado a bola!

    Isto que dizer muito!

    Ver Pepe e William na bancada, Moutinho e Quaresma no banco, André André e André Silva em Portugal, e tantos outros jovens a aparecer, leva-me a concluir que nunca houve tantas e tão boas alternativas.

    A Selecção começou com sinal menos e está a acabar com sinal mais, na melhor forma da fase final, e com os jogadores a demonstrarem uma excelente forma física e anímica.

    A França e a Alemanha têm muitas baixas e não estão no seu auge. Acredito mesmo que na final tudo é possível...

    Força Portugal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto agora é só elogios. Típico. Já agora, esqueceu-se do Éder...

      Eliminar
    2. O futebol português vive uma fase dourada, apuramentos para tudo e mais alguma coisa nas Selecções Jovens, vice-campeões europeus de sub-21, campeões europeus de sub-17, apuramento olímpico, jovens estrelas a nascer como na árvore das patacas (Gelson, Iuri, Bernardo Silva, Diogo Jota, Podence), enfim, até estranho isso não ser mais comentado...

      O Éder realmente está a mais, mas em Portugal ficou André Silva, o qual promete mesmo muito para a única posição (avançado-centro) onde actualmente Portugal não tem um jogador de classe mundial.

      O Fernando Santos merece todo o meu respeito porque pôs a Selecção na final de um Europeu com 4 titulares do Sporting, algo que vai contra todas as regras da Ditadura Lampiónica (mas teve de ser...).

      Só de me lembrar que o Paulo Burrento deixou Adrien (e Cédric) em Portugal para levar o lesionado Ruben Amorim e o pezudo do André Almeida...

      O pior é que muitos sportinguistas lhe davam razão!

      Eliminar
  4. também a mim desde a convocatória tudo isto me pareceu demasiada areia para a nossa camioneta...

    mas:
    - sortes do calendário,
    - o golo da islândia nos descontos
    - e uma boa dose de sabedoria nos jogos a eliminar colocaram a equipa na final.

    Mérito a quem chegou até aqui.
    Ganhar a final é de outro mundo.

    Há uma esperança secreta, minha... porra, também quero ganhar o caneco!
    mas vai ser muito mais difícil subir o degrau final.

    ResponderEliminar
  5. Que venha a França .

    Happy, happy, happy !

    ResponderEliminar
  6. O sr Santos demorou a perceber que as suas ideias, pré-concebidas, iriam dar raia e acabou por encarreirar. Ou quase!
    Estão- finalmente!- a jogar os que estão em melhor forma e as coisas compuseram-se.
    Vamos ter esperança- o caneco há-de vir para cá!

    Sobre o jogo de hoje:
    - Se Danilo ajudou à segurança defensiva (William daria a mesma?), notou-se a falta de William a ajudar a equipa a ir mais para a frente;
    - Adrien fez o seu melhor jogo;
    - João M´rio continua perdido nos equívocos atacantes imaginados pelo sr Santos;
    - A defesa cumpriu bem. Pepe faltou? Pois a coisa até correu muito bem, logo...
    - Sanches: quer a bola, precisa da bola e, depois, não sabe o que fazer com ela há um lance paradigmático: Fonte a contemporizar, esperando uma desmarcação lá na frente e Sanches a vir buscar a bola quase aos seus pés, recuando da posição de médio direito, para, de seguida, fazer um passe errado (fez o que Fonte tentara evitar...). Muita vontade, muita força, velocidade, mas... os galeses são igualmente fortes e rápidos.
    O Sanches promete (muito), mas dêem-lhe tempo e boa vontade (o que Ronaldo teve, quando chegou a Manchester;
    - Nani foi um lutador, um guerreiro, mas as coisas nem sempre lhe saem bem. Mas entende-se com Ronaldo, especialmente com o Ronaldo de hoje- não foi exuberante, mas foi "o melhor Ronaldo" do Europeu, o homem que, com 2 gigantes a marcá-lo, conseguiu subir lá no meio e... pimba, golo!

    O caneco vem para Portugal se... sr Santos, não tenha medo, porra, essa rapaziada sabe o que faz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é preciso é força Portugal

      Ok vai ser preciso uma explosão estratosferica na evolução como jogador para o Renato se comparar... do estilo quando o Muller em entrevistas vier dizer que o puto ganhou vários jogos sozinho... pois foi isso que o Rooney disse(já na altura como capitão de equipa) e o Ronaldo fez na realidade e sem favores, tal o portento e magnificência descomunal de algumas das suas exibições (vê vídeos no utube e compara com o Renato)..

      Pois vê vídeos... eu estarei atento às declarações do capitão do Bayern, que de certeza não lê a jornalixeirada nacional. Se tal acontecer passarei a ter um novo fetiche na boa (como não estou à espera nem tou sentado... mas ver futebol não é com óculos de clube, é com discernimento e inteligência).

      Eliminar
  7. Não entendo. Com as equipas que Portugal tem apanhado, não seria mais que obrigação estar na final?
    A final é realmente o único jogo onde se vai exigir superação aos jogadores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje é mesmo um dia negro para mim. Pareço estar em comunhão com os lampiões. É verdade, defendemos muito bem, mas continuamos a não saber organizar uma jogada de jeito no ataque. O segundo golo é caricato, a fazer lembrar o que recambiou os croatas de volta para a sua colónia alemã no Mediterrâneo. O primeiro é resultado da insistência nos cruzamentos para os pinheiros que temos plantados na área. Tantas vezes o cântaro vai à fonte, que um dia uma galesa ou uma húngara o gama para o encher de cerveja ou gulash. Mas pronto, chegou para os galeses, como chegou para as outras equipas de segunda linha que apanhamos até aqui (e não me falem da Croácia, que a defesa deles é uma lástima). Com aqueles jogadores realmente podíamos jogar muito melhor. Mas, no fundo, que importa? É desta, bitches!!! Agora é sair-nos a França na rifa e a imprensa deles continuar na mesma toada de motivação não-intencional dos nossos jogadores e dos nossos adeptos em França. E com o engenheiro pata-de-coelho, isso é certinho...

      PS: Mas que seca que é vê-los jogar. Com a Croácia, tinha feito direta a trabalhar e literalmente adormeci no sofá no intervalo para o prolongamento. Acordei com os festejos do golo. Hoje, a determinada altura na primeira parte dei por mim a planear mentalmente o trabalho que tenho para as próximas duas semanas de tão entediado que estava. É suposto o futebol distrair-me e abstrair-me destas merdas, foda-se!

      Eliminar
  8. Tanta bazófia por ter ganho a uma equipa formada por Bale e mais 10 jogadores de segunda categoria, depois de uns primeiros 45 minutos miseráveis. É verdade que jogámos só com 10, pois o Renato cada vez que tocou na bola foi só para fazer asneira, mas mesmo assim a nossa selecção não tem jogo para ganhar a final. O rapaz Renato até pode ter algum jeito, mas ver Sportinguistas a tentar compará-lo ao nosso Ronaldo, é a prova provada de que este blogue está cheio, ou de lampiões, ou de atrasados mentais. No futebol não há impossíveis, mas só eu só espero não ser humilhado no jogo com os....Alemães, claro.

    ResponderEliminar
  9. João Mário esteve bem neste jogo. Ainda longe das exibições que nos deliciaram durante o campeonato, mas foi muito útil neste jogo. Pena o falhanço de baliza praticamente aberta.

    Se a Selecção tivesse um seleccionador que pudesse a equipa a jogar futebol em vez de preocupar-se só a defender e anular o adversário...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, deem um tempo a Fernando Santos e ele faz de João Mário e Renato Sanches laterais de top. Naquele jogo de defender com quatro de cada lado ambos estiveram bastante bem hoje. Mas dá-me pena ver o JM, como hoje pelo menos quatro vezes, à espera dos movimentos ofensivos inteligentes que tem no Sporting, e ou ninguém se desmarca quando há espaço ou ninguém o vê a desmarcar-se. Há dois lances na primeira parte que são sintomáticos, um com o Renato Sanches, que não vê o movimento do JM a entrar pela quina da área, em jogo, e passa outra vez para o meio, que passa para o outro lado, à espera de alguém que esteja em condições de cruzar para os nossos pinheiros (isto vai-nos dar um jeito do caraças, principalmente se apanharmos a Alemanha na final). O outro, com o Raphael, que vem a subir pela esquerda, passa a bola ao JM, que faz o movimento para lhe devolver imediatamente a bola para a corrida dele a entrar na área na diagonal (onde pode ver perfeitamente para onde mandar a bola, em vez de ir à linha e cruzar meio às cegas), mas o gajo fica parado e, quando a bola lhe chega, lá vai outra vez para o centro e engonha-se mais um bocado... O Jesus habituou-me mal este ano... Mas, atenção, como disse acima, neste momento não troco o Santopoulos por outro. Vamos ganhar esta merda nos penáltis! E é como os títulos do Benfica. Daqui por 50 anos quem é que se lembra do Vítor Pereira ou dos banhos de bola que levaram do Sporting?

      Eliminar
    2. Não, não é bem como os títulos do Benfica. Fui irrefletido e apressei-me só para mandar uma boca aos lampiões. Seria nojento se fosse como os títulos do Benfica. E admitiria isso perante qualquer um (menos os franceses, se fossem eles as vítimas, que conseguem ser quase tão asquerosos como os lampiões). E, de qualquer das formas, nós não controlamos o órgão da UEFA que nomeia os árbitros para estas coisas, por isso o cenário nem se põe...

      Eliminar
    3. Mas os Franceses se calhar controlam o "vitinha pereira" (bons malandros têm sempre diminutivos) da UEFA muito mas muito mais que os Alemães, e apesar do Platini estar suspenso (foi apanhado com vouchers e tumba, coisa que em Portugal tumba seria pa quem denuncia) ... e se já ficaram 3 penaltis por marcar 4 ou 5 não era nada...

      A tua ideia original era correcta, mas ao contrário, se passar a França o campeão está encontrado tal como os títulos do carnide... a menos que Portugal jogue como o Sporting em Carnide, toma lá 3 de rajada, sem espinhas, que nem dá tempo para eles pensarem ou o árbitro fazer alguma coisa.

      Eliminar
  10. Como disse, Mário está a ser a desilusão do Europeu juntamente com André Gomes. Renato muito mal também hoje, mas coloca-lo a médio direito is just plain dumb.
    Adrien, defensivamente fantástico. Ofensivamente, não tem liberdade. Uma pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mário desilusão? Ahahah! E mais, com o engenheiro a metê-lo encostado à esquerda, posição onde nunca jogou no clube nem foi testado na selecção... apenas para o Renato ser um nulo a interior direito.

      Eliminar
    2. lool esta papoila não deve ter visto o mesmo jogo do jomi de ontem...

      Eliminar
  11. Mestre,

    Também eu disse que o Fernando era maluco quando afirmou que só voltava no dia 11, mas com mais sorte ou "mais" sorte ainda, lá conseguiu!

    Agora que traga o caneco!

    Ter Ronaldo não resolve tudo, mas ajuda!

    ResponderEliminar