quinta-feira, 7 de julho de 2016

Não foi uma exibição de gala, mas chegou para Gales

Pela segunda vez, a seleção portuguesa conseguiu-se apurar para a final de uma grande competição internacional, o que, por si só, faz desta campanha um acontecimento histórico do nosso futebol. Por esse facto, estão obviamente de parabéns os jogadores e a equipa técnica. Duvido que, enquanto deixávamos correr os segundos finais da partida contra a Hungria para segurar o empate que nos garantia um perigoso 2º lugar no grupo F, fossem muitos os portugueses que acreditavam que a nossa participação se iria estender até ao jogo de todas as decisões. Mas a verdade é que, efetivamente, existiam razões para não acreditar que tal fosse possível, tão pobre foi o futebol apresentado contra adversários acessíveis - basta ver como a Bélgica e a França despacharam a Hungria e a Islândia. Da mesma forma que devemos dar os parabéns ao grupo de trabalho liderado por Fernando Santos, também devemos agradecer calorosamente a Traustason pelo golo que marcou à Áustria já depois do final do nosso jogo com a Hungria, que nos atirou para a metade boa do quadro a eliminar. 

Basta um pouco de racionalidade na análise ao desempenho da nossa seleção para se concluir que estaremos longe de ser os favoritos na final de Paris, independentemente de nos calhar a França ou a Alemanha no caminho. Chegámos até aqui sem apanhar seleções desse calibre, e no domingo iremos sentir pela primeira vez as dificuldades que só se sentem contra seleções desse calibre. A boa notícia é que numa final tudo pode acontecer, como descobrimos de forma tão amarga em 2004. E considerando tudo aquilo que aconteceu até agora, há motivos para acreditarmos que os deuses do futebol estão equipados de verde Colgate.


Para não destoar, ontem tivemos uma primeira parte que foi mais do mesmo: muitas cautelas defensivas e um ataque baseado em remates de meia distância e bolas bombeadas para a área logo que existissem condições para isso. No entanto, a seleção começou a dar sinais de alguma qualidade no final da primeira parte, com os jogadores a fazerem finalmente um esforço visível para jogarem juntos - com Adrien e Guerreiro a revelarem um bom entendimento na esquerda, e João Mário e Ronaldo a fazerem uma triangulação que permitiu uma rara incursão na área adversária com recurso ao jogo interior. A segunda parte não começou propriamente bem, mas depois vieram os cinco minutos do nosso contentamento: um incrível golo de Ronaldo (com um tempo de salto que nos faz questionar se as leis da gravidade se aplicam ao capitão da seleção da mesma forma que ao comum dos mortais) a cruzamento de Guerreiro e um desvio de Nani a um remate falhado de Ronaldo (bem Renato a aperceber-se que estava fora-de-jogo e a deixar a bola passar) colocaram-nos muito próximos da final. Faltou-nos o 3-0, que esteve nos pés de João Mário e Danilo, numa altura em que Gales arriscava o que podia na frente.

Individualmente, destaco Ronaldo, Adrien, Raphael Guerreiro, José Fonte e Rui Patrício. Não havendo problemas físicos até domingo, parece-me que Fernando Santos não terá grandes dúvidas em relação ao onze que utilizará na final: Patrício; Cédric, Guerreiro, Pepe e Fonte; William, Adrien, J. Mário e Renato; Ronaldo e Nani. Em função daquilo que temos visto neste europeu, é claramente a melhor equipa que podemos apresentar.

Resta-nos esperar pelo França - Alemanha de logo, com um ponto de interesse acrescido: se a Alemanha ganhar, Portugal qualifica-se automaticamente para a Taça das Confederações, que se disputará na Russia em junho de 2017.

108 comentários :

  1. Por favor.. tirem o puto da Musgueira desse filme.

    Mas que raio terá o Bulo assim de especial para que se possa sequer poder imaginar ser titula numa qualquer Seleção de um País?!

    Nada tenho contra o jovem.. mas nãi vi, não vejo nada de especial. Pelo contrario, vejo sim, é uma nulidade total, um desastre em termos de passe, de colocação, de capacidade defensiva.

    Quanto ao mais estou de acordo com o Post. Sorte no sorteio, jogar no erro do adversário e ter 2/3 jogadores que trabalham e fazem a diferença. Se o Rei Nato valeu 35, o J. Mário e o Rafael valem 70. Se o Rei Nato valeu 35, o Adrien vale 50!!!

    Agora, domingo, se tudo correr dentro da normalidade, somos despachados pela Alemanha ou pela França, que são de outro Campeonato, de outra dimensão!!

    Mas, claro, para um País pequeno, tacanho já foi muito bom ter chegado à Final !!!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já, agora, só uma pequena correção:

      "Pela segunda vez, a Seleção portuguesa conseguiu-se apurar para a Final"

      "conseguiu apurar-se" fica melhor..

      Eliminar
    2. És um perfeito idiota.. Perder e ganhar faz sempre parte de qualquer jogo... Tu certamente nunca perdes, nunca jogas que para conquistar algo... És uma nulidade.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Pobre personagem que acorda a pensar no Renato, passa o dia a pensar no Renato e vai para a cama a pensar no Renato. E provavelmente deve passar a noite a sonhar com o Renato.

      Eliminar
    5. Pobre personagem lampiã que acorda a pensar num blogue Sportinguista, passa o dia a pensar no Sporting e vai para a cama a pensar no Sporting. E provavelmente deve passar a noite a sonhar com o Sporting.

      Eliminar
    6. Excelente Green.
      Um atrasado destes, lampiao a criticar um urso dragao,enfim é portugal.....ha de tudo!!!

      Eliminar
    7. Isto é um blogue do Sporting? Eu vejo a falar de todos os temas ligados à actualidade do futebol.

      Eliminar
    8. Essa pergunta espelha a tua queda para negar aquilo que para todos os outros é obvio! Um blog pode ser do Sporting mesmo que trate sobre temas actuais do futebol, tal como A Bola é um jornal que trata de temas actuais do futebol (e não só) e é do Carnide! Se quiseres eu mando-te um desenho por email caso o conceito não esteja claro...

      Eliminar
    9. O que é óbvio é que o autor do blogue é sportinguista. O blogue não.
      Começando pelo subtítulo que é "futebol português".
      E depois é só espreitar os posts. Dos últimos 10 o Sporting em tema em quantos?

      Eliminar
    10. "Ouço-o" há muito tempo e hoje digo-lhe só isto: A sua réplica teria razão se não viesse para um espaço sportinguista, se procurasse ser construtivo e não ofendesse O Sporting e a nossa inteligência. Acho que chega. E vou remeter-me ao habitual silêncio, esperando que se me der resposta (que não desejo!) não caia na sua mediocridade costumeira!

      Eliminar
    11. *...se viesse para um espaço sportinguista, se procurasse ser construtivo e não ofendesse...

      Eliminar
    12. Agora estou de acordo com o João Bilhas..

      Este Blogue em 5, faz 1 Post sobre o SCP..

      E é óbvio que as pessoas entram aqui porque há liberdade. Não há Gorilas à entrada a proibir de entrar, nem há censura, apagar de comentários que não digam amen com a cartilha, seja ela encornada ou verdasca!!




      Eliminar
    13. Aos poucos, o Nandinho fez o que eu quis. Até o Renascido na ala, se a ele somos obrigados. Mas eu acredito que na final, é Rafa que entra.

      Eliminar
    14. Aquela foi mesmo RFOLMAO lolagem... um lampiurso a criticar um ladrão marinho, num blogue Sportinguista, sobre um produto sintético do seixal de grande hypação jornalixica... nenhuma outra marca clubística conseguia isso! LOL

      Eliminar
    15. Corine,

      Acho que o Renascido no Banco vai dar espaço na ala esquerda para um André Gomes (não Gomez, se não o carnide estava interessado já!) que mesmo não esteja em grande forma pelo menos não faleça em campo (sempre chato de familiares assistirem), mostrar como se fecha uma ala sem pastilhas lamplab ou "distribuir castanha" (outro método lamp)

      Eliminar
  2. Ah... Lá por tu não veres qualidade na tua mulher na cama... Não quer dizer que ela não as tenha.. Pode é não ser para ti... Basta mudar o olhar..

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Como é possível um jogador banal como o Bulo da Musgueira ser titular numa Seleção? só fazia faltas, só perdia bolas, só errava passes, não tinha colocação no terreno..

    Eu fico pasmo. Se o Bulo vale 35, o Bale seguramente vale 200 milhões, tal a diferença de classe, categoria, capacidade!!

    Fico pasmo..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente ou eu não percebo nada de futebol.. ou então há algo que me escapa. Só faz faltas, só faz passes errados, não tem sentido de colocação, não sabe defender, mas no Bayern certamente acreditaram que
      é um diamante em bruto e que o irão conseguir lapidar!!

      Eu, sinceramente não acredito. Quando me lembro de um Vitor Baptista, Diamantino,Chalana, Vítor Paneira.. esses não enganavam.

      Agora este puto, não vejo nada nele !!!


      Eliminar
  5. Ganhámos bem, mas acho justo admitir que há fora de jogo no lance do segundo golo. A bola é passada na direccão de Renato Sanchez que no ultimo momento levanta o pé para ela passar. É um lance rápido, mas é fora de jogo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como também há outro penalty sobre o Ronaldo que é (mais uma vez) passado despercebido ao árbitro.

      Eliminar
    2. Sim mas não deixa de ser fora-de-jogo. E não é por ser o Batman da Musgueira: este é um tipo de lances que tem aumentado gradualmente, em que o jogador em fora-de-jogo deixa passar a bola e, pelos vistos, "legaliza" o lance. Penso que sempre que isso acontecesse o lance deveria ser interrompido, já que estraga todo o trabalho defensivo baseado na lei do off-side e parece depender da subjectividade o árbitro/bandeirinha.

      Eliminar
    3. Não estou a dizer que deixa de ser. Estou é a referir outro lance, muito antes dos golos, que mais uma vez ficou por marcar.

      Eliminar
    4. O penalty é vergonhoso. Como é possivel o árbitro não marcar? O arbitro de baliza viu certamente. Não pode informar o arbitro?
      Não quis com o meu comentário estar a insinuar que não merecemos ou que até fomos beneficiados em geral durante o jogo. Apenas comentei porque no post se referia a boa accão do Sanchez no lance do segundo golo. E eu acho que era lance de fora de jogo.

      Eliminar
    5. obviamente que não! parece-me também que é fora de jogo, e como falaste desse lance de arbitragem, lembrei-me do penalty que ficou por marcar (sem contar com o da croácia e polónia que também não foram sequer marcados).

      Eliminar
    6. nao há rigorosamente fora-de-jogo nenhum. na altura do "passe" do Ronaldo, o Nani está em jogo.

      Eliminar
  6. Mestre, mas da mesma maneira que a Bélgica despachou a Hungria, também o País de Gales despachou muito rápido a Bélgica.. Os jogos são mesmo assim, imprevisíveis. Obviamente que defrontar a Alemanha ou a França (pessoalmente preferia apanhá-los na final e espetar-lhes 2 ou 3 golos para calar aqueles que nos chamam "nojentos") não se equipara às equipas que temos apanhado, mas temos raça para lutar até ao fim.
    Concordo perfeitamente com o 11 que iremos apanhar, nem me parece que isso seja posto em causa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apostamos já aqui leonina, que o André Gomes será titular na vez do Rei Nato?! Wanna bet?!


      Eliminar
    2. não me parece que o Fernando Santos tire renato e adrien do 11 titular depois do que têm feito nestes últimos jogos. Penso até que ele ter tirado Adrien (que estava em risco de falhar a final se apanhasse amarelo), é um indício disso mesmo.

      Eliminar
    3. J1906, cada jogo tem a sua história, mas creio que em 10 jogos a doer entre Hungria / Islândia e seleções de primeira linha, quer a Hungria quer a Islândia seriam vencidos com facilidade na maior parte das vezes.

      Eliminar
    4. J

      O Adrien não estava em risco. Os amarelos limparam antes das meias-finais.

      Eliminar
    5. ah, obrigada Cafageste! Por acaso achava que amarelos não eram limpos.

      Eliminar
    6. Claro que sim Mestre, encontram-se em patamares diferentes. O importante será mesmo estar tudo fisicamente e psicologicamente aptos para domingo, e que corra para nosso melhor!

      Eliminar
  7. Foi um excelente jogo,na linha do que temos vindo a fazer jogar na espectativa alias gales teve mais posse de bola.
    Temos defendido bem.
    Renato a titular alem de nao acrescetar nada ao jogo, perde mtas bolas, falha imensos passes,ontem ate no ponto forte dele confronto fisico julgo que deve ter ganho 20% DOS lances.
    Julgo que andre gomes regressa ao onze na final sai renato.
    Continuo sem perceber como é possivel joao Mário jogar encostado à esquerda,se nao tem lugar na direita vai po banco.
    Vacas destas so acontecem 1 vez na vida. Fernando santos nao percebe um boi de futebol.
    Sl

    ResponderEliminar
  8. A selecção tem vindo a crescer bastante desde do início do europeu. Se Pepe recuperar vamos chegar à final na máxima força.
    Não gosto do Fernando Santos mas teve o mérito de deixar os jogadores com problemas físicos fora do euro. Parece uma medida básica mas que quase nunca foi aplicada. Por isso actualmente temos todos os jogadores em excelente condições para entrar no onze.
    Só é pena não termos um ponta de lança que permite por ordem naquele demasiado rígido sistema de jogo. Detestei o Nuno Gomes e adorei quando foi posto na rua pelo Jesus. Mas admito que era o avançado ideal para jogar nesta selecção.
    Agora que venha a França que temos muitas contas a ajustar com eles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. agora falaste bem. venham daí essas baguetes!

      Eliminar
    2. Sim, é verdade. Mérito lhe seja dado, não tem corrido riscos (pun intended) com a condição física dos jogadores.

      Eliminar
    3. John Billy estou de acordo!

      Eliminar
  9. Compreendo perfeitamente que tentemos arranjar teorias para os desfechos no futebol. E na maior parte das vezes quem joga melhor ganha. Mas nem sempre... basta olharmos para o final do campeonato nacional.
    Nunca menosprezar a parte emocional do futebol. O Fernando Santos pode ter todos os defeitos do Mundo, mas foi sempre coerente: "Volto dia 11 para Portugal e serei recebido em festa".

    Eu acredito :)

    ResponderEliminar
  10. Contra os alemães, o Renato não deveria entrar de início. Os alemães não perdoam falhas, são demasiado eficientes. Por mim Renato entraria mais tarde, fresco, a aproveitar o cansaço geral e menor rigor, para sacudir a partida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também é uma hipótese que faz todo o sentido.

      Eliminar
    2. Nas finais, jogam-se os melhores. Renato é dos melhores da seleção. Que sentido faz coloca-lo no banco? Então para isso, que vá o João Mário que pouco ou nada tem dado à equipa.

      Eliminar
    3. e se entrar a meio do jogo não joga na mesma? caso não tenhas percebido, ele deu um elogio ao renato. se há jogadores que conseguem entrar e destabilizar o jogo e oferecer outra dinâmica, ele é um deles. mas como a tua cegueira clubística é notória, esse comentário vale zero.

      Eliminar
    4. Jogue quem jogar, os alemães não têm a mínima hipótese. É jogo para 3-0 ou 4-1 nos penáltis...

      Eliminar
    5. João Mário rende mais como titular, porque é jogador de equipa, combinações, tringulações, assistências. Entrar numa fase em que os colegas estão mais cansados, menos rigorosos taticamente a oferecer menos linhas de passe, não será a melhor altura (só se estivermos em vantagem e for para segurar o resultado sem perdermos capacidade de atacar).

      Eliminar
    6. A questão nem é Mário entrar na segunda parte. Eu sei bem que tipo de jogador é Mário. O problema é que tem estado muito abaixo do que lhe seria esperado. Dificuldades em assumir a batuta.
      Para aqueles que falam que não joga na sua posição, bla bla bla, João Mário, se o Jesus assim entendesse tem uma forma de jogar que se adaptaria perfeitamente à posição de médio ofensivo esquerdo. Como Iniesta no Barcelona ou Espanha. Logo, o problema vem mesmo falta de estaleca. Normal para quem falta jogos Champions e jogos de seleção. Qualidade imensa, mas pouca experiência.

      Eliminar
  11. Há um ponto importante. Temos mais um dia de descanso que pode vir a ser determinante na final. Se a isso acrescentarmos um possível prolongamento no jogo de hoje, ficam garantidas condições importantes para sacar o resultado que todos almejamos. Até porque 3 dias é já por si tempo curto para se recuperar mentalmente e fisicamente de uma meia-final que promete ser muito exigente.

    É acreditar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. E também pode haver jogadores em risco em ambas selecções. Pode ser que o árbitro tenha pontaria.

      Eliminar
    3. Não existem jogadores em risco. Os amarelos limparam antes das meias finais. Ausências da final só por expulsões ou lesões.

      Eliminar
    4. Não sabia, mas é uma medida justa.

      Eliminar
    5. 3 dias?! É pouco?!

      72 h?!

      Não.
      Não é possível!

      Se calhar devíamos pedir à UEFA e França para adiar o jogo para segunda.

      Ah, espera. . UEFA não é a liga portuguesa.

      Ah não, neste caso, pode ser vantajoso para mim....

      Senão tivesse mais que fazer ia recuperar alguns post e comentários sobre as competições europeias e as 72h...

      Mas tenho vida.

      Cadelita Ricardo, tratas disso por mim? Obrigado.

      Eliminar
    6. 72 horas? Por acaso até acho pouco, acho que deviam ser 144 horas.
      Como sucedeu com o Belenenses-Sporting que foi adiado para uma Segunda, quando o jogo da selecção tinha sido na Terça-Feira anterior.

      http://www.zerozero.pt/jogo.php?id=4864767
      http://www.zerozero.pt/jogo.php?id=4516823

      Eliminar
    7. Até choram pelo Benfica. O título já está no Museu. Se o querem buscar, está lá.

      Eliminar
    8. Eu choro pela corrupção, compadrio, clientelismo e cunhismo da sociedade portuguesa.

      Mas o que me desespera é a impunidade , a relativizacão e o deixa andar da justiça.

      A justiça não é cega na porta 18

      Eliminar
  12. Pode ser que o Alemanha-Franca vá a prolongamento...

    ResponderEliminar
  13. Não considerar o Renato o melhor jogador em campo foi de uma injustiça de todo o tamanho quase a raiar o racismo #AgainstRacism

    ResponderEliminar
  14. Sorte no sorteio, fugir ao confronto com os colssos da europa, jogar à defesa e no erro do adversário e ter 2/3 jogadores que trabalham e fazem a diferença.

    Se o Rei Nato vale 35, o João Mário e o R. Guerreiro valem 70. Se o Rei Nato vale 35, o Adrien e o Danilo valem 50. Se o Rei Nato vale 35, o Rei Naldo vale 135 e o Bale vale 200 !!!

    Agora, domingo, se tudo correr dentro da normalidade, somos despachados pela Alemanha ou pela França, que são de outro Campeonato, de outra dimensão!!

    Mas, claro, para um País pequeno, tacanho já foi muito bom ter chegado à Final!!

    Sem dúvida.

    ResponderEliminar
  15. O Renato e o João Mário são bons jogadores, não jogaram particularmente bem, mas contra os Alemães vão estar magnanimamente motivados e vão partir tudo!

    Precisamos concentração, criatividade, espírito de sacrifício e muita sorte para conseguirmos o milagre.

    P.S: A vida amorosa do Fernando Santos deve estar um caos

    ResponderEliminar
  16. Estou feliz por Portugal! Eu fui um dos que nunca acreditei que chegássemos á final mas ainda bem que estava errado. Ontem fizemos a melhor exibição neste euro apesar de, ainda assim, não termos feito uma exibição nada brilhante.
    Individualmente quero destacar CR7, Rui Patrício, Adrien e Raphael Guerreiro. Para mim ontem foram os melhores.
    Menos bem esteve Renato Sanches, o que não quer dizer que tenha estado mal. Falhou alguns passes e não teve a preponderância que tem tido essencialmente no transporte de bola. Talvez não esteja no seu melhor a nível físico. Penso que é outra coisa em que ele vai melhorar com o tempo. Aprender a correr, ou seja, a dosear o esforço. O miúdo é voluntarioso mas ás vezes acho que se desgasta muito devido a essa característica.

    Para a final caso estejam todos disponíveis jogaria com:

    Rui patrício
    Raphael Guerreiro, Pepe, José Fonte e Cédric
    William Carvalho, Adrien, João Mário e Renato Sanches
    Nani e CR7

    A duvida será entre William Carvalho e Danilo. Danilo sendo mais rápido poderá oferecer mais em termos defensivos mas William Carvalho oferece mais em termos de construção de jogo o que poderá ser importante num jogo em que iremos certamente jogar no contra-ataque.

    Embora o nível exibicional de Portugal seja sofrível penso que praticamente todos os jogadores de Portugal se têm valorizado neste europeu. Qualquer pessoa que perceba minimamente de futebol entende que estes jogadores podem dar mais do que têm dado mas, a equipa está muito "presa" em termos tácticos.

    Mal o europeu acabe vai começar o "verdadeiro" mercado de transferências.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Epa a sério?!?

      Ainda há dúvidas entre danilo e william?!

      Uma equipa que joga para não perder joga com danilos.
      Uma equipa que joga para ganhar joga com William.

      E antes que venham os cães de carnide com a piadila de que o William não ganhou, o danilo ficou ainda mais atrás!

      Depois não percebo, Renato está cansado ma joga a titular na final?!
      Há um decreto lei que Renato agora é titular?!

      Eliminar
    2. Lourenço

      Eu apenas disse que em termos defensivos Danilo pode ter alguma vantagem e salientei que William oferece mais em termos de construção de jogo. Até concordo ctg e acho que William é medio defensivo de equipa grande. Eu optaria por William mas sabes como é FS...
      Renato Sanches oferece ao nosso jogo algo que apenas Adrien consegue oferecer que é progressão com bola. Ora se Adrien está "preso" a tarefas defensivas alguém tem que transportar a bola para a frente...
      O estar cansado sou eu a especular...não sei se é verdade mas foi o que me pareceu...no entanto creio que todos estejam já a pedir férias...a época já vai longa para todos os presentes no europeu...

      Eliminar
    3. Ok ok. A dúvida do f. santos!

      Pequeno "pormenor"

      Com uma equipa como a Alemanha ou não França, a imaturidade de Renato, para mim, será um risco...

      Em 3,2,1
      Os cães já vem dizer que o Renato foi o melhor contra o bayern nas meias...
      Mas ai já não conta que não ganharam nada, ou bola!
      Enfim coerências.
      ..

      Eliminar
  17. Grande vitória de Portugal...já agora como é que o João Mário falha aquele golo? Que cepo do Caralho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Quem, aquele que estava a estorvar o chester que fez com que o corte dele fosse parar aos pés do Ronaldo e depois sobrou para o Nani fazer o segundo?

      Eliminar
    3. "Ninguém houve"
      Hahahaha

      Vai lá para a escola e deixa o Renato em paz!

      Eliminar
    4. aquele que no primeiro jogo que a selecção ganha não é eleito MVP? não se sente no jogo? esse quisto?

      Eliminar
    5. Quantos jogadores do sporting já foram eleitos MVP, neste europeu? Quantas vezes?

      Eliminar
    6. Sergey
      Para além de seres um labrego és muito burro....diz-me lá ó asno onde está o erro ?,houve do verbo haver.

      Ó labrego pede ao teu cão de fila superior que te mande para a escola primária mas tu deves ser daqueles que só deves gostar de andar a saltár árvores.

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    8. ó king Lion, és assim tão burro, ou foi defeito de fabrico? É que isso aprende-se na primária...o verbo ouvir não é a mesma coisa que o verbo haver...

      Eliminar
    9. Olha-me este palhaço.Que dois labregos.

      Eliminar
    10. Labregos? Quem dá erros infantis não somos nós...

      Eliminar
    11. HAHAHA
      E o "Renato lover" insiste no erro, o que ainda é mais grave!
      Houve do verbo haver!!!
      Ninguém HOUVE falar dele!!!

      Brilhante puto!
      Tele-escola para ti o verão todo

      Eliminar
    12. Está certo,não tinha lido até ao fim.Tem razão.

      Eliminar
    13. Meu Deus. Esta até a mim me doeu. A estupidez humana é de facto infinita. Mas pior é a arrogância do burro.

      Eliminar
    14. Mais um labrego.Que queres Jorginho filho da puta ?.

      Eliminar
    15. Dado que erros todos poderemos dar, pela sã convivência neste blogue (pelo menos até ao início do campeonato) será que não se poderia simplesmente corrigir o erro dado por quem que que fosse, a escrever com a tinta das mais variadas cores, sem se partir logo para o insulto do rebaixamento e da burridão (soa mais profundo do que burrice)?

      Eliminar
    16. Ó Cúdolfo vou-te dar uma explicação que é a seguinte, eu tal como a maioria das pessoas que por aki passam escrevem sem olhar para o teclado e por vezes cometem erros que só depois de lerem ou relerem,o que não foi o meu caso,é que se apercebem do erro ortográfico ou da frase mal construída.

      Se eu tivesse lido a frase até ao fim não teria entrado nesta discussão porque apercebia-me do erro e seria corrigido.O problema é que apesar de estar muitas vezes presente neste blog também tenho de trabalhar porque não sou nenhum avençado !...

      De resto quando reli não tive problemas em dar razão a quem o tinha mas veio logo um burro armado em fino críticar-me.

      Não sabeia que um H a mais daria para tanta festa...podem continuar a deitar os foguetes !...

      Eliminar
    17. Lá continuam os erros...precisas urgentemente de umas aulas de português!!! O que quer dizer "sabeia"?

      Eliminar
    18. Cada frase que debitas mais demonstras a tua burrice:

      "não tive problemas em dar razão a quem o tinha" isto escreve-se assim: "não tive problemas em dar razão a quem a tinha".

      Estes lagartos são tão intelectuais, tão intelectuais mas não sabem escrever em português correcto.

      Eliminar
    19. King Sheep, o que é curioso, perante a tua resposta, é que não entendeste que eu estava a criticar quem te criticou e não a ti. Mas suponho que todos os outros entenderam.

      Eliminar
    20. Nandinho gonçalve,típico lampião fdp

      Eliminar
    21. Eu critiquei a arrogância mesmo depois do erro. Erros todos dão, sem dúvida. Mas é preciso assumi-los e ter capacidade de encaixe, algo que o cujo não teve.

      Eliminar
  18. E quem vocês preferiam na final? mal por mal eu preferia a Alemanha, pq duvido que a turminha do Platini admita sequer a hipótese da França perder uma final em casa, com a Alemanha o risco de haver "empurrões externos" sempre é menor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, mas já viste a selecção da Alemanha e a da França? verdade é que tambem no euro 2004 jogávamos em casa e perdemos como perdemos...

      Eliminar
    2. Tanto uma como outra são selecções fortíssimas. A França tem ao seu favor a qualidade dos jogadores. A Alemanha tem na atitude competitiva o seu ponto forte.
      Acho que o futebol pausado da Alemanha o pode tornar o adversário mais indicado para Portugal.

      Eliminar
    3. mas quando dão para arrancar.... díficl pará-los

      Eliminar
    4. Ambas são favoritas frente a Portugal. Digo que talvez fosse preferível a Alemanha porque não a vejo com muitas soluções para virar o jogo caso Portugal se adiante no marcador. Também é verdade que caso marquem primeiro nem a bola cheiramos.

      Eliminar
    5. Pois.. é isso. qualquer uma das duas, é difícil, mas dado o constante ataque das baguetes a portugal, acho que preferia a frança.

      Eliminar
    6. A Merda é que se for a França, duvido que permitam que possa acontecer o mesmo que no Euro2004
      A França perder a final em casa!!??
      Jamais...
      Prefiro a Alemanha

      Eliminar
    7. e ganhares a Alemanha? Difícil também... apesar de estares muito mais preparado do que no Mundial, a Alemanha é poderosíssima..

      Eliminar
    8. A Alemanha é previsível no seu estilo de jogo. Mas ao mesmo tempo, é bem mais sólida defensivamente. Não seria para grandes rasgos.

      A França por outro lado, joga em casa e há o factor arbitragem e a história a seu favor. Na minha opinião, apenas Griezzman coloca realmente medo. Pogba é overrated.

      Eliminar
    9. As duas equivalem-se, a Alemanha parece mais forte como colectivo porque é meio Bayern mais os elementos que faltam; a França tem mais individualidades, e talvez não seja tão forte como colectivo.

      Para mim é apenas a questão do empurrão, com a França, em caso de dúvida e se for necessário desemperrar um jogo, de certeza que o árbitro decide para eles.

      Eliminar
    10. Óbvio que se for ocm a França, penalties que ficaram por marcar nos últimos jogos, receberão o mesmo final, isto é, a não marcação dos mesmos. Agora se for na área PT...

      Eliminar
    11. Antónis, estou contigo.
      Prefiro mil vezes a Alemanha, com melhor futebol mas que pode permitir que a gente continue a defender bem e podendo aproveitar algum balanceamento deles no ataque, do que aquele futebol muito semelhante ao nosso mas globalmente com melhores executantes e com o rótulo de terem sido sempre a besta negra pela qual nunca passámos.

      Eliminar
  19. E o Rafa?? Não conta para este Europeu? Porquê insistir no André Gomes?

    ResponderEliminar
  20. O Rafa é demasiado ofensivo para o gosto de FS. Ronaldo, Nani e Quaresma terão sempre preferência. A única hipótese de ele entrar é nós estarmos a perder por mais 2 golos de diferença e perto do fim. Se for só por um golo, FS preferirá ser cauteloso e ter esperança num golo que empate e leve para prolongamento ou penalties.

    ResponderEliminar
  21. Já alguma vez participámos na taça das confederações?

    ResponderEliminar
  22. te Mestre de Cerimónias cada vez tem mais de cerimónia e menos de Mestre. Confunde contraditório com pornografia, ao permitir que conspurquem os posts com comentários de propaganda adversária, e agora vem defender a inclusão do Renato do jogo da final, quando neste último foi uma nulidade absoluta, obrigando-nos práticamente a jogar com 10. Não há pachorra para tanta vontade de querer mostrar-se imparcial.....

    ResponderEliminar