sábado, 9 de julho de 2016

One day more

Acordei hoje com uma música na cabeça que, de certa forma, assenta que nem uma luva em relação às horas que antecederão a grande final de amanhã: "One Day More", do musical Les Miserables. Inspirado no livro de Victor Hugo, o musical conta a história de um conjunto de personagens ao longo de várias décadas, cujo destino acaba por ser fortemente determinado pela rebelião republicana de 1832, que ocorreria em Paris, nas imediações da Rua Saint-Denis.

Em "One Day More", as várias personagens refletem sobre os desafios imediatos que terão de enfrentar: Valjean, a personagem principal, fugitivo à justiça que o condenou injustamente a dezanove anos de trabalhos forçados, é descoberto pelo agente da lei que jurou persegui-lo e decide partir para o exílio; Enjolras, líder dos revolucionários, tenta recrutar mais gente para a sua causa; os apaixonados Cosette, protegida de Valjean, e Marius, um dos estudantes revoltosos que está indeciso entre fugir com Cosette e Valjean ou juntar-se aos seus colegas na revolução, temem pelo seu futuro; Javert, o inspetor da polícia que persegue Valjean e se encontra infiltrado entre os estudantes, expõe os seus planos para esmagar a rebelião.

One more day. Os miseráveis encontrarão amanhã o seu destino em Saint-Denis. Querem música mais épica e adequada que esta para o desafio que os pequeninos portugueses (ou nojentos, como alguns franciús já nos chamaram) terão amanhã contra a poderosa França, no Stade de France... no bairro de Saint-Denis?


(...)

[ENJOLRAS] One more day before the storm!
[MARIUS] Do I follow where she goes?
[ENJOLRAS] At the barricades of freedom.
[MARIUS] Shall I join my brothers there?
[ENJOLRAS] When our ranks begin to form
[MARIUS] Do I stay; and do I dare?
[ENJOLRAS] Will you take your place with me?
[TODOS] The time is now, the day is here
[VALJEAN] One day more!

(...)

[ESTUDANTES]
One day to a new beginning
Raise the flag of freedom high!
Every man will be a king
Every man will be a king
There's a new world for the winning
There's a new world to be won
Do you hear the people sing?
[MARIUS] My place is here, I fight with you!
[VALJEAN] One day more!

(...)

[VALJEAN]
Tomorrow we'll be far away,
Tomorrow is the judgement day
[TODOS]
Tomorrow we'll discover
What our God in Heaven has in store!
One more dawn
One more day
One day more!


P.S.: a rebelião acabaria por ser esmagada, mas isso é um detalhe sem importância. :)

15 comentários :

  1. Força Portugal!
    Não acredito que a vingança seja uma boa forma de abordarmos este jogo. Tem que ser com o foco de sermos melhores que eles e dar uma alegria aos portugueses.
    POR-TU-GAL
    POR-TU-GAL
    POR-TU-GAL

    ResponderEliminar
  2. Não.. não embarco nesses nacionalismos balofos. bacocos..

    Não, não dou para esse peditório de lutas, pelejas e guerras entre Nações.

    Gosto muito do futebol.. e amanhã, espero que seja um bom jogo de futebol, que ganhe o melhor e que o melhor seja a Seleção da CPLP.

    Futebol é o momento, e amanhã é apenas - apenas - mais um jogo de futebol, uma Final de um torneio.. em que as melhores equipas ficaram pelo caminho graças a um sorteio caprichoso. nada mais, nothing more..

    Deixemos pois os nacionalismos e os bairrismos de lado. O Mundo, a Europa, a França actual e o Portugal actual nada têm a ver com as Nações de outros tempos.

    Os pretinhos, neguinhos, escurinhos, mulatinhos (sem conotações de racismo - por favor) que agora jogam, nada têm a ver com o Napoleão, o Vítor Hugo, Montesquieu, Pessoa, Camões, Eça, Afonso Henriques!!

    Não, Mestre, Dono, Mordomo aqui do tasco.. não vou por aí. Os portugueses em França são bem vistos, não são 'nojentos'.

    Nojento e pequenino foi o futebol apresentado pelo ex-Selecionador da Grécia.

    Nada de confundir as coisas. Não confundir os portugueses com o futebol fraco que nos fez ficar em 3º de grupo, empatar 5 jogos e ganhar apenas um, contra a colossal equipa da Seleção Distrital de Gales.

    E, não, não é por a Seleção da CPLP ter lá actualmente, momentaneamente uma maioria de jogadores do Desportivo do Campo Grande que mudo de opinião.

    Nos anos sessenta e setenta o bloco também era sempre em maioria do Carnide.

    Por isso, não é por aí (até porque a maioria dos 23 tem mais afinidades com o FCP) que eu não embarco nessa euforia, nesse contra os francius marchar, marchar.

    Eu quero é ver bom futebol.. como vi os Tostões, Jairzinhos, Cruijffs, Mullers, Maradonas, Falcões, Sócrates, Platinis, Chalanas, Jordões, Oliveiras, Rossis, Ronaldinhos, Zidanes, Figos, Messis, Rei Naldos, Griezmans, Bales !!!

    Isso é que me interessa.





    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Gosto muito de futebol.. e futebol é o momento. Amanhã é só, apenas - apenas - apenas mais um jogo de futebol, uma Final de um torneio.. em que as melhores equipas ficaram pelo caminho, graças a um sorteio caprichoso. Nada mais, nothing more..

      E, a partir de segunda-feira.. esquecido o Euro, lá volta a Silly Season dos pasquins irmãos gémeos siameses, das Rádios locais e das Tvs regionais do Mar da Palha!!

      Hoje já se deu um lamiré.. hoje o SCP já roubou um jogador ao bicho papão, ao mau da fita FCP. FCP que por ser o melhor clube de Portugal com 7 Títulos Internacionais tem de ser sempre atacado, denegrido, menorizado nos tais pasquins irmãos gémeos siameses de Lixoboa.

      A partir de segunda-feira volta tudo ao normal.. qual Rei Naldo, Rei Nato, João Mário.

      A partir de segunda-feira voltam os Podolskis, Cardosos, Heltons, Carcelas, Cervis, Taarabats, Taliscas e quejandos!!

      Eliminar
    3. O seu cu não tem inveja dessas coisas que lhe saem da boca e que o meu amigo pretende fazer passar por prosa quase literária, no entanto tão desprovida de sentido e tão carregada de azia ácida, que se diria que as funções digestivas se encontram trocadas, num, aí sim, verdadeiro case-study de nível mundial?

      Eliminar
    4. O seu cu não tem inveja dessas coisas que lhe saem da boca e que o meu amigo pretende fazer passar por prosa quase literária, no entanto tão desprovida de sentido e tão carregada de azia ácida, que se diria que as funções digestivas se encontram trocadas, num, aí sim, verdadeiro case-study de nível mundial?

      Eliminar
    5. Sim, eu sei: gostavas era de me chupar na pissa, eu sei. Mas abomimo, sou alérgico a panas, panascas, pégas-de marcha-atrás e lagartixas rabudas !!

      Eliminar
    6. O Quid está a ficar ainda mais parvo. O tempo não perdoa.

      Eliminar
  3. "Deixemos pois os nacionalismos e os bairrismos de lado."

    Quem é que anda aqui todo o santo dia falar de "lixoboa"? Isso já não é bairrismo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha 'luta' sim, é contra a Lixoboa chula, latrina, sanguessuga.. a Lixoboa que está entre os melhores 50 lugares para se viver.. contrastando com o 'resto' do País pobre, abandonado, sugado, explorado pelos parasitas da Capital.

      E isso nada tem de bairrismo, de provincianismo.. nem nada tenho contra a bela cidade de Lisboa. Aliás, a maior parte desses tais parasitas e ténias nem são de Lisboa.. foram para lá desde Minho, Trás-os-Montes, Beira, Alentejo... não é pois uma questão de bairrismo, nem de regionalismo.

      É uma questão de liberdade, de democracia, de pluralidade. Mas, claro estra a explicar isso a simples girinos, licranços, osgas, corvos ou cucos, é complicado.

      A minha 'luta' é contra os Chernemans, Paulinhos, Sócras, Tecnoformas, Sumabrinos, sejam eles de que partido forem!!

      E é óbvio que o Desportivo do Campo Grande e o Entreposto do Só Lisboa de de Carnide por serem da capital tiram beneficio desse status quo. Sejam eles Mosquitos, Sobrinhos, Vicentes, Oliveira e Costas, Salgados, Loureiros, Duartes Limas, etc.,etc !!

      Não querer compreender - entender isso, é não ser sério.. ou então, ser mesmo ignorante, hipócrita, ou autista!!


      Eliminar
    2. E é óbvio que o Desportivo do Campo Grande e o Entreposto do Só Lisboa e Batota de Carnide por serem da Capital tiram beneficio directo e em duplicado desse status quo. Sejam eles Mosquitos, Sobrinhos, Vicentes, Oliveira e Costas, Salgados, Loureiros, Duartes Limas, etc.,etc !!

      Ainda por cima quando todos os dias vemos, lemos, ouvimos o que se passa nas sedes da CGD, BES, BANIF, PT, TAP, BCP, BPNs..

      Eliminar
    3. Sim, já sei... a Maçonaria, a Opus Dei, a Opus Gay, os Lobbies dos Grandes Escritórios de Advogados, os Grupos de Mass Media, a AR ficam todos sediados onde?!

      Em Braga? no Porto? em Coimbra? em Faro?!

      Já sei.. estou a perder tempo.

      Eliminar
    4. Disse-te uma vez e repito: recreativo, provavelmente nem do Porto (cidade) és.
      Artistas como tu, armados em radicais bairristas, num estilo de neo-salazarentos do Norte, sectários, nascidos aí por volta da data da Revolução ou, pior, ainda longe de aparecerem nos registos de nascimento, a querer vomitar política de mercearia, usando nomes e designações que, muito provavelmente não sabe o que são ou o que significam?

      Epá, vai-te coçar nas Escadas das Verdades (se é que sabes onde são...)

      Eliminar
    5. Recreativo, terá sido por capricho que os bancos, seguradoras, etc, de origem sediadas no Porto, decidiram mudar a sua sede para Lisboa?

      Eliminar
    6. Já sei.. estou a perder tempo.

      Falar para as paredes.

      Nunca que irão entender que Portugal é só um.. mas que Lisboa está entre os 50 melhores lugares para se viver enquanto o 'resto' do País é pobre, e paga os impostos para Lisboa !!

      Jamais irão perceber que o Porto dava a carne para Lisboa e ficava só com as tripas, fazendo das tripas coração.

      Jamais irão entender que o FCP para vencer tinha jogar o dobro dos clubes de Lisboa. Jamais irão entender que desde o 25 Abril.. o FCP passou a poder ganhar e por isso a ser o melhor.

      Lá, esta, o grande mal deste País que tem sol, mar, montanha, queijo, vinho, que podia ser uma Suiça.. é haver carneiros que gostam de pastar!!



      Eliminar