sexta-feira, 1 de julho de 2016

Resultado mínimo garantido

Se me pedissem para resumir a campanha portuguesa no Euro a um punhado de palavras, escolheria estas: resultado mínimo garantido. Quinto jogo a doer, quinto jogo em que apresentámos um futebol atabalhoado e pouco criativo, demasiado dependente da inspiração individual dos jogadores, mas desta vez com duas nuances que me levavam a crer que nem a habitual boa fortuna do Engenheiro nos poderia safar a noite: um golo sofrido logo a abrir, e uma primeira meia-hora de total anarquia tática. Meteu dó ver os nossos jogadores a não se conseguirem fixar um minuto que fosse numa determinada posição em campo.

Fazia confusão ver João Mário, Adrien, Renato, William e Nani ora a atropelarem-se no centro do terreno, ora a ir cada um para o seu canto e deixando um enorme vazio no meio. Renato Sanches deve ter feito de médio, extremo extremo e lateral direito no espaço de cinco minutos. Adrien aparecia por vezes como o homem mais avançado a defender, Ronaldo e Nani pareciam fazer questão de jogar separados por 50 metros, e João Mário demonstrava uma total incapacidade de pensar o jogo que, na verdade, não podia ser pensado - tal era a desorganização da equipa. Resultado: a bola chegava à área sobretudo através de lançamentos longos do centro do terreno, ou de cruzamentos de trás se calhasse a bola seguir pelos flancos. Os polacos agradeciam.

Veio por isso, na melhor altura, a iniciativa de Renato Sanches no lance do golo. Numa das raras combinações que a equipa portuguesa conseguiu fazer junto à área polaca, Renato tabelou com Nani, que com um precioso toque de calcanhar devolveu ao médio para um remate fortíssimo. Igualdade retomada, que teve o condão de tranquilizar e reorganizar a equipa, que assim pôde regressar ao embargo do futebol bem jogado, que Fernando Santos tanto parece apreciar (o embargo, não o futebol bem jogado). A verdade é que pouco há para contar nos 90 minutos que se seguiram ao golo do empate.

Mais uma vez, preferimos não assumir a vontade de construir o nosso destino, deixando-o antes na mão da sempre cruel lotaria das grandes penalidades. Confesso que não sabia o que esperar: por um lado, tinha visto os polacos marcar cinco grandes penalidades de forma irrepreensível contra a Suiça (Sommer não tocou na bola nem em um). Por outro, sabia que Rui Patrício estava na baliza, e a probabilidade de Rui Patrício não defender nenhum penálti em cinco é ínfima. Os nossos não tremeram (palavra especial para Renato Sanches, por ser o novato no grupo de cinco que marcou e pela qualidade da sua colocação de bola), e Patrício fez aquilo a que nos habituou desde que saltou do banco, há mais de 10 anos, quando se estreou como sénior defendendo um penálti.

E assim chegámos às meias-finais, ao restrito grupo das quatro melhores seleções do torneio, sem termos ganho um jogo sequer no final dos 90 minutos. Somos a mais medrosa das equipas ainda em prova, mas estamos lá. Enquanto há vida, há esperança... já não tenho a ilusão de que poderemos ainda mostrar bom futebol, mas pode ser que estejamos na presença de uma reencarnação da Grécia de Otto Rehhagel.

99 comentários :

  1. Final do euro.

    Islândia Portugal.

    Euro 2004 2.0
    Com nos a ganhar desta vez!

    Agora a sério.
    Meias, sentimento agridoce.
    Muito feliz pela seleção e como adepto mas triste porque, obviamente, o engenheiro e o Mendes e o coelho vão continuar todos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho para comigo o mesmo sentimento.

      Eliminar
    2. Tenho para comigo o mesmo sentimento.

      Eliminar
  2. Sinceramente não acredito em mais milagres. Sim porque ganhar jogando tão pouco como jogamos é um milagre.

    ResponderEliminar
  3. o jogo jogado é fraco.
    os resultados são bons.

    como estamos do lado certo do euro, deve dar para chegar à final porque me palpita que os belgas vão embora hoje. Não têm centrais.

    parece o mário coluna?
    e o Rui parece quem?
    Não paciência pra tanto farinha.

    ResponderEliminar
  4. Eu acredito na vaca do Nando Todos os jogos esmiuçados, e é a única coisa que sobra!

    Depois de uma fase de qualificação onde se marcava ao cair do pano e ganhou-se pela margem mínima quase sempre.

    Depois de uma fase de grupos onde fomos repescados com uma regra que não existia em anos anteriores, e no ultimo segundo por obra de terceiros calha-nos o grupo mais fácil.

    Depois de tirar um médio ofensivo que bate bem penalties para meter dois trincos a defender um empate, marca ao minuto 117 onde três coisas mal decididas correm todas bem.

    Depois de um golo de empate num ressalto num defesa e ganhar por penalties.

    A vaca näo morre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só precisa de manter a sorte em mais dois jogos.

      Eliminar
    2. Sobre a percentagem dos passes de Renato. Obvio que sao errados os 92% sao os que Spiegel Online publicou um CM da Alemanha. (OFF Topic)

      Eliminar
    3. Os dados o Spiegler têm que fonte? Pois.

      Mas mesmo que fossem verdade, eu já dei a resposta também. Isso não respondeste tu.

      Eliminar
  5. Contra a Bélgica vamos jogar contra uma equipa de grande qualidade que joga ao ataque e com um futebol aberto. Será que vamos conseguir aproveitar os espaços ou vamos continuar a apostar num futebol de risco zero?
    Mas também pode se dar o caso da Bélgica mudar a sua mentalidade contra nós e apostar num futebol mais conservador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás a descartar cedo de mais os Galeses!!!!

      Temos visto algumas surpresas este Euro, e hoje podemos ter mais uma.

      Fora isso, GRANDE RENATO!!!

      Eliminar
    2. Ainda perguntas? Vamos jogar na retranca!

      Eliminar
    3. Com as cautelas de Fernando Santos e sem o William para distribuir o jogo, duvido que queiramos assumir o jogo. Vamos preocupar-nos quase exclusivamente em anular o jogo do adversário, sobrando pouca gente e demasiada distância da baliza adversária, para conseguirmos fazer ataques de jeito.

      Ainda iremos perder com um golo no último minuto ou nos penalties e a europa toda vai festejar com a ironia do destino.

      Por outro lado, a Vaca de Fernando Santos não pode ser desconsiderada.

      Renato Sanches esteve bem na primeira parte, mas contra uma Bélgica mais talentosa no meio campo, será arriscado voltar a apostar nele de início. As suas ausências (várias vezes ficou a olhar para o colega com a bola e deixou livre o adversário que deveria estar a acompanhar) e desposicionamento podem ter consequências mais graves. William e Pepe têm estado muito bem a segurar as coisas mais atrás.

      Eliminar
    4. Sim... o Renato contra o meio campo da Bélgica vai ser difícil... Afinal o Renato nem jogou contra finalistas da Champions nem chegou aos 4os... quem é muito bom são os derrotados com o skenderbeu.

      Eliminar
    5. "várias vezes ficou a olhar para o colega com a bola e deixou livre o adversário que deveria estar a acompanhar"
      Se o colega está com a bola é porque Portugal estava no momento ofensivo, se estava no momento ofensivo porque é que devia estar a acompanhar um adversário quando já se percebeu que é o único elemento do meio-campo que consegue transportar a bola para a frente?! Faz é muito bem em libertar-se do adversário e dar linhas de passe ao portador da bola.

      "As suas ausências e desposicionamento podem ter consequências mais graves"
      Os desposicionamentos do Renato é que são graves mas o desposicionamento de outros, por exemplo, Lewandowski sozinho na área no golo polaco, esses devem ser varridos para debaixo do tapete.
      Sofremos um golo (também) por desposicionamento? Não é, com certeza, uma "consequência grave".

      "William e Pepe têm estado muito bem a segurar as coisas mais atrás."
      Sem por em causa o jogo que o William, o Pepe e até o Cedric fizeram, vê a jogada do primeiro golo da Polónia. Mas as falhas do Renato é que têm "consequências mais graves", não é?

      A sério, deixem-se de merdas! Se o golo da Polónia tive sido uma consequência de um erro do Renato já o tinham crucificado! Não conseguem ver um jogo da selecção sem as palinhas da clubite?

      Eliminar
    6. Imagino se aquilo que o Cedric fez tivesse sido o Elíseu...

      Eliminar
    7. Expressei-me mal. Referia-me a colega a disputar uma bola com um adversário, enquanto deixava outro adversário desmarcar-se. Aconteceu várias vezes.

      De resto, quanto apontei alguns defeitos do Renato, não estava a dizer que todos os outros são perfeitos ou que estiveram todos impecáveis no jogo. Mas muitas vezes as consequências dos desposicionamentos de Sanches forçam colegas a desposicionar-se também para compensar e temos o "efeito borboleta".

      A utilidade atacantes do Renato tem, para já, compensado as suas debilidades tácticas. Para já, deu mais a ganhar do que a perder. Pode parecer algo positivo, porque as coisas têm corrido bem, com muita sorte há mistura.

      Eliminar
    8. Olhem bem para nós que não vamos sair do 1.º lugar

      Pois!... mas no Europeu não há "colões descarados" pernas abertas e compadrios

      O Rato Sancho não deve jogar, pois se tiverem em condições físicas há vários jogadores bem melhores do que ele pas posições que ocupa

      Ele entrou com a Polónia para ajudar o Adrien no trabalho de pressionar alto, a primeira linha de pressão, pois nem Cristiano nem Nani ou Quaresma o fazem, mas a irreverência avidez e estupidez natural dum puto, não baralhou somente Portugal mas também a Polónia, e conseguiu marcar um golo

      Mas não é jogador que se dê com tácticas muito menos a rigor e não tem leitura de jogo... no lamps era levar a bola para a frente e entregar ao "criativo" melhor colocado..

      E não entendo porque é que os lamps fazem esta defesa que nem 10% fazem do Eliseu... ele é do Bayern mas não por muito tempo, tenho 52 anos e já vi este filme muitas vezes, quanto maior é a hype dum jogador muito jovem que nunca teve que comer o pão que o diabo amassou em equipas de segunda, maior é a queda (não desejo nenhum mal ao puto, mas não lhe vejo as quantidades técnico-táctica dum superdotado nem de perto nem de longe.. agora não pode ser Portugal que se lixe, só porque falta sacar mais 5 milhões ao Bayern, uma corja de avençados da jornalixeirada e os mais anti-desportistas, cegos e sofredores de clubite no mundo apoiam(o que até não é deles) )

      Eliminar
  6. Passamos é o q interessa.
    Temo as meias se apanhar.mos uma belgica,ja com grandes jogadores.
    É impossível jogarmos bem com o meio campo q ontem entrou em campo.
    O renato tem q jogar????entao tira joao mario e mete rafa,ate dá dó ver joao mario a extremo esquerdo,inqualificável esta opçao do treinador.
    William vai fazer uma falta tremenda o homem esta em todo o lado adar linhas de passe.
    Vamos esperar que a sorte nos continue a acompanhar pk ta visto que nao kogamos mais que isto!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kogamos = cagamos + jogamos. Bom portmanteau.

      Eliminar
  7. ..Nem mais Mestre.

    PS: PARABÉNS Sporting Clube de Portugal. 110 anos de história. Orgulho fazer parte desta família!!!

    ResponderEliminar
  8. sem enganos nem segundas versões, a data é original e não deixa dúvidas.

    110 anos.
    SPORTING!

    ResponderEliminar
  9. Parabéns Sporting 110 anos de existência sempre no topo!

    ResponderEliminar
  10. o pior destes resultado é termos que gramar com o fernando santos por mais 2 anos. pobreza fernandina.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem mais... que jogo de merda. Não sei como andava tanta gente a festejar enquanto eu pensava... ainda vou ter que ver mais um jogo disto...

      Eliminar
    2. NONAME falas muito, mas tens o forcado a treinador que é igual.

      Eliminar
    3. CORINE durante 6 anos criticas te o jj como agora criticas o RV. Tu não percebes de futebol... vês apenas cores.
      Comparar isto com a equipa com mais golos do campeonato? Idiotice.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. Eu sei bem o que vejo, näo preciso que os outros me digam.

      Sim, muitos golos, em goleadas... tipo 7-0, também a selecção as tem. Mas no euro não há belenenses ou estónias para compor o ramalhete. Contra os rivais, de "igual para igual" o venfique ganhou um e perdeu seis. Já a selecção, empatou 5 em tempo regulamentar. O Santos até tem registo melhor que o forcado!

      Eliminar
    6. Perdeu 6? Nem matemática...
      Resumindo.... ganhou o que interessava.

      Eliminar
  11. RENATO RENATO RENATO RENATO RENATO RENATO RENATO RENATO RENATO RENATO PATTRÍCIO
    É graças ao quisto que a Rotinha vai continuar a seguir a nossa selecção.
    Não conseguimos ganhar nenhum jogo nos 90 ou 120 minutos, estamos a praticar um futebol miserável, CR7 se não se chamasse Ronaldo ontem seria o candidato nº1 à saída, mas também é muito difícil vencerem-nos. Vamos aproveitando esta maré, que não dura para sempre, mas pode ser que a lua só altere a sua fase futebolística no dia 12.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mais um faccioso.. sim, por causa do quisto..
      ganha decência nessa cara.

      Eliminar
    2. Não fosse o renato marcAR O GOLO DO EMPATE, O Patricio defendia o penatly no caralho.

      Eliminar
    3. Não fosse o renato marcAR O GOLO DO EMPATE, O Patricio defendia o penatly no caralho.

      Eliminar
    4. ...seria outro a marcar, relaxa.

      Eliminar
    5. Não mintas, rodolfo. Nós ganhámos à Croácia.

      Quanto ao Quisto, veremos como se comportará sem o William atrás ou se Pepe estiver menos bem no jogo.

      Eliminar
    6. "Não mintas, rodolfo. Nós ganhámos à Croácia."
      Não, Portugal não ganhou à Croácia. Aliás, Portugal nesta edição do Euro tem apenas empates.

      "Quanto ao Quisto, veremos como se comportará sem o William atrás ou se Pepe estiver menos bem no jogo."
      O Cedric portou-se bem no jogo apesar da falha no lance do golo e do William e do Pepe não terem conseguido acompanhar o Lewandowski.

      Mas o que interessa realçar do Renato são os seus erros, nem deve haver um único lance do Renato digno de ser elogiado.
      É isto que temos, para alguns adeptos da selecção portuguesa (?) não dá para mais.

      Eliminar
    7. e a burrice continua.... como é que passas os quartos sem ganhar seu burro?
      seja aos 15min, 90min ou 100 e tal? Que eu saiba, ficou 1-0. BURRO.

      Eliminar
    8. LOLOLOLOL

      Como sou apologista do "ensina-o a pescar em vez de lhe dares o peixe", vou deixar aqui algo para pensares (partindo do princípio que é uma capacidade ao teu alcance)...

      Já te interrogaste porque é que após o jogo com a Cróacia, o MdC escreveu um post com o título "De empate em empate até à vitória final?"
      Aqui: http://oartistadodia.blogspot.pt/2016/06/de-empate-em-empate-ate-vitoria-final.html

      Boa sorte! Ou seja...não entres em loop infinito! :)

      Eliminar
    9. Porque Portugal só tem um vitória e tudo o resto foram empates? Porque acrescentou que foram só empates nos primeiros 90 minutos? Portugal venceu a Croácia, 1-0. Se foi no tempo regulamentar ou no prolongamento, é irrelevante. Foi uma vitória com o jogo a decorrer.

      Se duvidas, vai ao google e procura as estatísticas da nossa Seleccção. Verás o jogo da Croácia como vitória (e as outras como empates, incluindo o da Polónia que vencemos nos penalties).

      Cedric esteve mal nessa jogada, mas não voltou a cometer erros. Todos os jogadores erram. Não estou a criticar um erro ou outro de Sanches, mas uma lacuna táctica recorrente.

      Eliminar
  12. Parabéns à seleção pela passagem às meias.

    E foi também o dia de mais uma grande exibição do Renato, que aos poucos e poucos vai obrigando muita gente a ter que engolir a amêndoa.

    Longe vai o tempo em que, quando eu aqui disse que o Renato deveria ser titular, recebi respostas destas:

    "Valdemar Iglésias 17 de maio de 2016 às 22:28

    Ahahahahah! Titular? Só se for roupeiro titular.

    O Renato foi ali na bagagem de jogadores da bola, pá.

    Um gajo que em 19 passes falha 16?"


    "The Hounds Of Doom 18 de maio de 2016 às 04:35

    Mas faz lá falta o Renato para que, exatamente?!? Não vamos jogar rugby, estamos no Europeu e os árbitros não vão ser escolhidos pelo Vitor Pereira..."

    heheh
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu posso dizer que fui um dos que defendi a entrada do Renato, apesar de ser uma estupidez por o gajo na lateral, criando problemas defencivos e ainda quando isso implicam meter João Mário na esquerda (será que este FS ainda não percebeu que ele só joga ao centro ou na direita, se é para por na esquerda mais vale por o Rafa a jogar!)Mas sejam sinceros... se excluissem o golo da equação. Acharam mesmo que ele fez uma exibição positiva?

      Eliminar
    2. O Sanches näo pode jogar no meio, abre um buraco e é auto-estrada para a frente da baliza. Ontem o Carlos Daniel a queixar-se do buraco no meio-campo e a esquivar-se de dizer de quem era a culpa (do Sanches), e depois a dizer a melhorou tudo quando o Sanches foi para a ala (e alguém foi para o lugar dele, fazer o lugar dele).

      Na ala ainda disfarça, tem os laterais para cobrir e os centrais na dobra. Parece que se apaga no ataque, mas isso é porque o Santos é burro e quer colados à linha (já ao João Mário é igual) a fazer cruzamentos para a área anda está ora Nani ora Ronaldo flanqueados por dois centrais dez cms maiores que eles.

      O gajo aos 70m também já tinha rebentado. Era ser o Rafa a titular e meter o Sanches aos 70m com o Quaresma. Aquela anarquia que os dois jogam é perigosa (para os dois lados), mas não é melhor para nós e pior para eles quando os adversários já estão cansados.

      Eliminar
    3. Já cá faltavam as lamparinas desonestas. Não é por ter feito uma grande exibição ontem que se passa a justificar a sua convocatória/oportunidades concedidas. Ele nada fez para as justificar até ontem. Ou seja, justificou-as à posteriori. Quando a lógica manda o oposto. Mas pronto, é a lógica venfiquense. Posto isto, assegurou - merecidamente - a titularidade no próximo jogo.

      Eliminar
    4. "O Sanches näo pode jogar no meio, abre um buraco e é auto-estrada para a frente da baliza."
      Nem mais, o buraco que permitiu o Lewandowski aparecer sozinho no primeiro golo, foi culpa do Renato.


      "Ou seja, justificou-as à posteriori."
      Exacto! Foi uma surpresa total a exibição do Renato!

      LOL

      E andam estas alminhas a dizer que os outros é que comem gelados com a testa!

      Eliminar
    5. Calma sportinguistas... mundo está errado e vocês certos.

      Eliminar
  13. Parabéns carillo, hoje acabou o pesadelo e finalmente vais saber o que é jogar num clube vencedor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol... quero me rir daqui a 6 meses quando perceberem que agora passaram a ter 2 Taarabt...

      Eliminar
    2. papoilas solidárias. a darem um amigo para o taarabt ir para os copos. atitude bastante louvável!

      Eliminar
  14. Parabéns Sporting clube de Portugal

    ResponderEliminar
  15. Mestre, curiosamente, a defender somos uma tremideira, é verdade, mas ontem o Pepe, o Fonte e o Patrício foram gigantes... aquela defesa do Patrício, na 2ª parte, à queima-roupa... ui!

    ResponderEliminar
  16. 2º jogo consecutivo o homem do jogo Renato sanches...para a azia dos lagartos...ah e tal o patricio, não fosse o renato, Portugal marcava era o caralho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. primeiro, por mais que te custe, tenta aprender a falar.
      segundo, a partir do momento em que o moutinho já foi eleito homem do jogo, esse "prémio" vale o que vale. mas agarra-te a isso, se te faz verdadeiramente feliz.
      só lampiões frustrados é que gostam de vir para aqui espumar-se e excitarem-se.... tristeza de raça.

      Eliminar
    2. O MVP é pôr votação online. És bom a mexer a mão, parabéns

      Marcava sim. Os golos näo se inventaram com o Renato.

      Lampião idiota.

      Eliminar
    3. essa votação online é a vossa desculpa para esconder a vossa frustração..alguém acredita nisso?

      Eliminar
    4. Ó burro do caralho se a bola não bate no polaco não entra.Compra uns óculos de Penafiel.

      Eliminar
    5. Ó burro do caralho se a bola não bate no polaco não entra.Compra uns óculos de Penafiel.

      Eliminar
    6. Se não entrasse já o são patricio não defendia o penalty. o toque do polaco é tão evidente que a uefa deu o golo ao renato e não autogolo.

      Eliminar
    7. Burro lampião, vai ver as regras. Sei que têm dificuldades em lidar com as regras, mas mesmo por uma questão de preservação da tua imagem devias fazê-lo. Noção é coisa que vocês nunca tiveram nem hão de ter. O autogolo só é atribuído se for claro que a bola ia para fora caso não tivesse ocorrido um toque do adversário. Resta-me explicar que se uma bola for em direcção ao GR e o toque a desviar para dentro da baliza, aí o golo é concedido ao jogador que rematou, que foi o que se passou ontem.

      Eliminar
    8. Se é para começar com a conversa de merda... Não fosse a nossa formação não tinhas chegado a França. Não fosse a nossa formação não tinhas passado os grupos. Não fosse o Patrício, tinhas ficado nos oitavos. Não fosse o Patrício e ontem não tinhas passado.

      Querem começar conversas de merda, mas até nessas perdem.

      Eliminar
  17. A NOVA PETIÇÃO ONLINE:

    Vamos pedir ao Trinca Bolotas, para convidar o bruno borges e o king Lion para treinadores do sporting...eles percebem muito de bola...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes fazer uma petição para ires para a puta que te pariu.

      Eliminar
  18. Como anteriormente fiz quero salientar até agora os dois melhores jogadores da selecção nacional,o primeiro é o Pepe e o segundo o Nani.

    O Pepe tem sido de longe o melhor jogador da selecção portuguesa,sem ele talvez neste momento não estivessemos nas meias-finais do Euro.Exibições quase perfeitas,um leão dentro do campo,um líder a todos os níveis.

    O segundo jogador é o Nani.Se estiveram atentos às estatísticas mais uma vez o Nani foi o jogador que mais correu dentro do campo,mais uma vez ultrapassou os 14 km.Incansável tanto a atacar como a defender, para além disso já tem dois golos marcados neste europeu.

    Pela revelação que tem sido quero destacar o "Cometa" Sanches.Tem sido um jogador que aos poucos e poucos se tem imposto na selecção.Fez uma boa exibição na primeira parte caindo na segunda mas isso derivado a outros factores.

    São Patrício.São Patrício pela segurança que tem dado à defesa e pela grande defesa que fez ao penálti do polaco.
    Falando do Patrício não me posso esquecer do deficiente mental de nome Rui Gomes da Silva que gostaria de ver Portugal vencer com frangos do Patrício.Só uma mente tão distorcida poderia dizer uma coisa daquelas.

    Krychowiak.Foi o jogador número 10 da Polónia que meteu a bola dentro da baliza.Todo o mérito para a jogada e remate do Cometa mas a bola sem o toque no jogador Polaco não entrava.Sorte para Portugal,azar para a Polónia.

    Fernando Santos.Uma confusão naquela cabeça que ninguém entende.O que vale é que o valor individual dos jogadores tem ajudado Portugal a ultrapassar os adversários.Não vale a pena falar muito do Fernando Santos porque dava para muitas horas.



    ResponderEliminar
  19. el mundo deportivo:

    No habían transcurrido ni dos minutos de partido y el guion cambiaba por completo. Polonia se acomodaba y esperaba a los de Fernando Santos. Se esperaba, como siempre, a Cristiano Ronaldo, pero ni él ni Nani estaban inspirados. Quienes tiraban del carro eran Pepe y Fonte, trabajando para abortar las escasas llegadas polacas, y un Renato Sanches que era como la ‘Santístima Trinidad’ de Portugal, presente en todas partes."

    marca
    "En una Eurocopa llena de sorpresas, pocos apostaban por un Polonia - Portugal en cuartos de final y todavía menos por el hecho de que un chaval de 18 años se echara a su equipo a la espalda para lograr el empate de su selección"

    AS:

    "Un imperial Renato Sánchez, junto a William Carvalho y Joao Mario mantenían un duelo maravilloso en la medular con Krychowiak y compañía, en un derroche físico encomiable de dos selecciones que venían de octavos de final con prórroga. La tensión táctica bloqueaba a las individualidades o anulaba su brillo."

    sport:
    Joven talento

    Y a Portugal volvió a salvarle el joven Renato Sanches, como ya sucediera frente a Hungría. El nuevo y millonario fichaje del Bayern, que había estado jugando por todos lados, se echó el equipo a la espalda. Y, sobre todo, hizo una jugada de tiralíneas con Nani, que finalizó con un zurdazo impresionante que batió a Fabianski. El jugador salido del Benfica tienen sólo 18 años y se ha convertido en el más joven en macar en unos cuartos de la Eurocopa. Eso sí, el balón se envenenó mucho tras rozar en Krychowiak y entró muy ajustado al poste.Era el 1-1 que equivalía a reiniciar el partido.

    L Equipe
    Le fait : Renato Sanches, quelle première !
    Après trois entrées en jeu dans le tournoi, Renato Sanches a été titularisé pour la première fois de sa carrière contre la Pologne. Un baptême en quarts de finale de l’Euro qui n’a pas impressionné la pépite de 18 ans. Le futur joueur du Bayern, qui l’a acheté 35 millions d’euros au Benfica Lisbonne, a réveillé le Portugal, après le but rapide de Lewandowski. Servi par une subtile talonnade de Nani, il a armé un tir soudain de l’entrée de la surface, qui a battu Fabianski, après une déviation de Krychowiak (33e). Une lourde frappe qui rappelle son but contre l’Academica en décembre dernier.

    BBC Sport:
    The next Portuguese superstar?
    It has been some year for Sanches.

    The teenager only made his first-team debut for Benfica in November, but since then he has made his international bow, claimed a Primeira Liga winners' medal and agreed to join Bayern Munich for £27.5m.

    He now has a full-debut international goal to his name, making him - at 18 years and 316 days - the youngest goalscorer in the knockout stages of a European Championship.

    Picking up the ball wide right he played a superb one-two with Nani before finding the net with a well-struck shot from the edge of the box that took a deflection off Grzegorz Krychowiak.
    Skilful, quick, strong - Portugal (and Bayern Munich) have a real player on their hands. He is the youngest player to score in a knockout game at the Euros, and the third youngest overall to score in Euros history

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. giro transcreveres hoje isso. há uns dias quando falavam do adrien em vários jornais desportivos internacionais, ficaste caladinho.

      Eliminar
    2. O futebol visto por pessoas saudáveis.

      Eliminar
    3. Ninguém pode negar o valor do Cometa Sanches,nem o valor do número 10 Polaco que involuntáriamente meteu a bola na própria baliza.Sorte de uns azar dos outros.

      Eliminar
    4. Ninguém pode negar o valor do Cometa Sanches,nem o valor do número 10 Polaco que involuntáriamente meteu a bola na própria baliza.Sorte de uns azar dos outros.

      Eliminar
    5. Confesso que errei quando disse há umas semanas atrás que a Portugal era Renato e mais dez. Afinal é Renato, Pepe e mais nove.

      Eliminar
    6. "nem o valor do número 10 Polaco que involuntáriamente meteu a bola na própria baliza.Sorte de uns azar dos outros."

      Curioso que a uefa dá o golo ao renato e não autogolo...quando um jogador de uma equipa mete a bola na própria baliza é autogolo, e não é atribuido golo ao jogador da equipa adversária...

      Eliminar
    7. King Simplesmente impressionante o facto de teres de vir tirar mérito a tudo o que o Renato faz... é feio.

      Eliminar
    8. mais uma vez: giro transcreveres hoje isso. há uns dias quando falavam do em vários jornais desportivos internacionais, ficaste caladinho.

      Eliminar
    9. Lampião aldrabão, vou-me autocitar:

      "Burro lampião, vai ver as regras. Sei que têm dificuldades em lidar com as regras, mas mesmo por uma questão de preservação da tua imagem devias fazê-lo. Noção é coisa que vocês nunca tiveram nem hão de ter. O autogolo só é atribuído se for claro que a bola ia para fora caso não tivesse ocorrido um toque do adversário. Resta-me explicar que se uma bola for em direcção ao GR e o toque a desviar para dentro da baliza, aí o golo é concedido ao jogador que rematou, que foi o que se passou ontem."

      Eliminar
    10. Esqueceste-te aí do tuttosport lampião de merda, onde o melhor em campo para eles foi o Patrício

      Eliminar
    11. é só quando e o que lhes interessa. muita memória selectiva têm estes lampiões sujos

      Eliminar
    12. Hoje já vale ir buscar o que a estrangeirada diz. Até ontem, estavam comprados pelo Brunäo com o dinheiro para a conta da luz do mês de agosto.

      Eliminar
    13. "18 years and 316 days" Yeah right loool

      Eliminar
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  21. Eles até podem dizer que o Cometa é o melhor jogador do mundo,o que não falta muito, mas é na realidade virtual.
    Nem sequer tem sido o melhor jogador de Portugal.Há que saber ver o futebol.Mas prontos aos deficientes nada se pode dizer.

    Este anormal do Burro Gonçalves tem a mesma escola do Carlos Daniel,para este um dos culpados do golo da Polónia foi o William Carvalho.Que se pode dizer ?,nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não digo isso, mas o cédric foi papado no cruzamento e o wiliam carvalho podia fazer mais no golo da polónia....

      Eliminar
    2. wow..e agora? queres biscoito?

      Eliminar
  22. Como o Sportinguista tanto preza a honestidade e a coerência, sinto-me na obrigação de enaltecer o grande jogo do Renato. Surpreendeu-me muito, não só não falhou tantos passes como o habitual, como meteu alguns de difícil execução, marcou o golo e não comprometeu defensivamente. Uma primeira parte de excelência, e um resto de jogo muito competente e com bons pormenores. Não me choca o prémio de MVP, que também poderia ser atribuído ao Pepe ou ao William, na minha opinião.

    Patrício foi o herói, nunca vi um GR que desse tanta confiança nos penalties. É o ponto forte de um já de si fortíssimo GR. Um regalo. A sua estreia no futebol profissional foi premonitória... https://www.youtube.com/watch?v=f63OteKqX-c

    Dito isto, a única coisa que me faz desejar que a FPF ganhe este título é o palmarés do Cristiano. Mas é quase impossível, mesmo que passem à final... A seguir segue uma das 3 selecções contra as quais não consigo ver a FPF a ser bem sucedida: Alemanha, França e Itália.

    ResponderEliminar
  23. Ó Gonçalves eu quero lá saber se a UEFA diz que foi golo do Cometa ou se tu também o dizes.

    Se a bola não bate no Krychowiak não entra.Vou-te repetir se a bola não bate no
    Krychowiak não entra.

    De resto se não houvessem as votações online o Renato nunca poderia ter sido o melhor jogador de Portugal porque quem o tem sido é o Pepe e o resto é conversa de cães de fila.

    ResponderEliminar
  24. Ó Gonçalves eu quero lá saber se a UEFA diz que foi golo do Cometa ou se tu também o dizes.

    Se a bola não bate no Krychowiak não entra.Vou-te repetir se a bola não bate no
    Krychowiak não entra.

    De resto se não houvessem as votações online o Renato nunca poderia ter sido o melhor jogador de Portugal porque quem o tem sido é o Pepe e o resto é conversa de cães de fila.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Azia das mais pura...é isso que nos dá força e nos une mais...o vosso ódio, é a nossa força motora...

      Eliminar
    2. Fernando, conselho de amigo: pega nisto e fá-lo!

      http://img.medscape.com/news/2014/am_140326_gun_suicide_silhouette_800x600.jpg

      Eliminar
  25. Para muitos o importante não é a seleção... é o Renato. Se em 50 jornais desportivos 30 falarem de jogadores de outras equipas e os restantes falarem de Renato para eles é esses 20 que importam... nem que sejam jornais de bairro.

    O Renato é um jogador com um potencial enorme, tem muito a crescer e aprender.
    Falaram que deixou de render depois do golo porque foi encostado à linha. O mesmo verificou-se com o João Mário este europeu, no entanto nada dizem, apenas que ele jogou zero.

    O rendimento dos jogadores está aliado à forma de jogar do Fernando Santos. João Mário não tem se visto porque o FS o encosta de forma a poder manter aquela estrutura que montou, e vai ser sempre assim.

    Já agora, para o Renato poder brilhar muito se deve ao trabalho dos jogadores que estão a seu lado, para cobrir os espaços por ele criados infantilmente. Adrien, William e até mesmo o João Mário tem de fechar quando o Renato explode em direção à baliza.

    Para mim ontem o homem do jogo foi o Pepe, e nos penalty o RUI PATRÍCIO.

    Por mim podem por o Renato num altar... mas ele sozinho não é ninguém. Vejam o caso do Cristiano e do Nani, trabalham muito, mesmo muito... rendimento? Quase nuno, mas fazem o seu trabalho em prol da equipa. A Equipa é composta por 11 jogadores diferentes não apenas por um e mais 10.

    Parabéns a Portugal por conseguir passar mais uma vez. Ao SPORTING porque a seleção é composta por a maior parte de jogadores formandos no SCP.

    A TODOS os jogadores pela entrega e dedicação à seleção.

    E por último olhem como um todo e não olhem só para os jogadores com óculos de Penafiel.

    SL

    ResponderEliminar
  26. Renato Sanches. O miúdo das rastas que este ano se transferiu do Benfica para o Bayern de Munique por 35 milhões de euros está a encantar o mundo, depois do golo e da exibição frente à Polónia no Euro 2016. Nos jornais de todo o mundo, Renato é apontado como o novo ídolo do futebol português.

    O site oficial da UEFA diz que “observar Renato Sanches no seu quotidiano não é apenas um privilégio em termos futebolísticos mas também uma lição de como lidar com a pressão”.

    “O jogador de 18 anos personifica a calma e a tranquilidade fora de campo em tudo o que faz, mas uma vez nele – mesmo nas sessões de treino – é um jogador extremamente competitivo”, acrescenta o site da UEFA, que já elegeu por duas vezes o jogador como o melhor em campo.

    Na crónica ao jogo, o site diz ainda que o facto de ser lançado na fase a eliminar, estreando-se como titular pelo seu país nos quartos-de-final do Euro 2016, pode ser uma perspectiva assustadora”. “Se combinarmos isso com o facto de se ter transferido para o Bayern, a troco de 35 milhões de euros, e de ter o mundo inteiro a olhar para si, então a pressão pode tornar-se ainda maior. Mas não para Sanches”, salienta.

    Já o jornal espanhol Marca diz que Renato “moldou a primeira parte do jogo de Portugal” e que Anceloti, treinador do Bayern de Munique, deve estar “encantado com o que viu em Marselha”. “Cada vez que tocava na bola acontecia algo. Combinações na zona de criação, golpes potentes que, inclusivamente, lhe valeram um golo”, escreve o jornal.

    O também espanhol El Mundo nota que Renato “puxou Portugal nos seus piores momentos”, enquanto o El País observa que o jogador de 18 anos é “potente, hábil e descarado”.

    Seguir
    FC Bayern München ✔ @FCBayern
    TOOOOOR!!! Wahnsinn!!! Renato #Sanches macht das 1-1! WAS! FÜR! EIN! SPIEL! #POLPOR
    20: 35 - 30 jun 2016
    531 531 Retweets 908 908 favoritos
    O Bayern de Munique, que não se tem cansado de elogiar o jogador nas redes sociais, colocou o seguinte tweet assim que Renato marcou o golo de Portual: “Goooolo! Loucura! Renato Sanches faz o 1-1”.

    O encontro com a Polónia foi também de recordes para Renato. É o mais novo de sempre a marcar na estreia como titular pela selecção portuguesa e foi também o mais novo a celebrar numa fase a eliminar de um Campeonato da Europa (18 anos e 317 dias) em toda a história nacional, marca que pertencia a Cristiano Ronaldo (19 anos e 146 dias).

    Se juntarmos à fase a eliminar a de grupos, Renato é agora o terceiro mais jovem de sempre a marcar num Europeu, apenas superado por Wayne Rooney (18 anos e 237 dias) e Johan Vonlanthen (18 anos e 141 dias), ambos no Euro 2004.

    Voltando aos elogios, para o jornal inglês The Guardian o 16 de Portugal “mostrou força, pés rápidos e um maravilhoso equilíbrio”. Já o francês L’equipe diz que Renato não se “mostrou nervoso na sua estreia a titular” e elogia o seu golo e o passe de Nani.

    Já o italiano Gazzetta dello Sport afirma que com “um Ronaldo fantasma no Euro e o novo ídolo é Renato”.

    O médio de 18 anos feito na escola do Benfica e transferido este ano para o Bayern de Munique por cerca de 35 milhões de euros é isso mesmo, o novo ídolo da selecção de Portugal, mas se continuar a brilhar numa carreira que só agora está a começar rapidamente se transformará num novo ídolo do futebol mundial.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fernando, conselho de amigo: pega nisto e fá-lo!

      http://img.medscape.com/news/2014/am_140326_gun_suicide_silhouette_800x600.jpg

      Eliminar
    2. achas que alguém se vai dar ao trabalho de ler isso? vai espalhar a tua magia para o blogue do porco gil e afins.

      Eliminar
    3. Só o teu comentário indica que sim...

      Eliminar
    4. Fernando, vá lá, coragem!

      http://img.medscape.com/news/2014/am_140326_gun_suicide_silhouette_800x600.jpg

      Eliminar
    5. "Já agora, para o Renato poder brilhar muito se deve ao trabalho dos jogadores que estão a seu lado, para cobrir os espaços por ele criados infantilmente. Adrien, William e até mesmo o João Mário tem de fechar quando o Renato explode em direção à baliza."

      Exacto.

      Eliminar
    6. este pessoal e as pivias com um poster do renato... lol deprimente.

      Eliminar
  27. Mestre, começo a pensar que vamos mesmo ser campeões só com empates! :-)
    Com a Bélgica (em princípio) já não deverá chegar, mas esperemos para ver.

    Incrível a loucura com o RS... o miúdo é bom, tem mérito, tem atitude... mas daí a ser o melhor em campo é uma injustiça para com o Pepe... enfim, só falta louvá-lo por ter defendido o pênalti!?

    Quanto ao resto, ontem houve uma altura em que só me apetecia perguntar a todos os lampiões ressabiados com o péssimo jogo do meio campo do Sporting (com o JM a extremo esquerdo e toda a restante criatividade táctica do Engenheiro) a reclamarem nas redes sociais qual era então a sugestão deles: colocar o Fejsa e o Samaris? PQP!

    Importante face ao castigo do WC: boa entrada em campo ontem do Moutinho, já ao nível dele!

    SL
    Lanterna Verde

    ResponderEliminar