segunda-feira, 29 de agosto de 2016

O leão mostra que tem um guarda-roupa diversificado

Ainda sem tempo para digerir completamente a saída de João Mário, a generalidade dos sportinguistas virou as agulhas para o jogo de ontem interrogando-se sobre quais as escolhas iria Jorge Jesus fazer contra o Porto, de forma a garantir simultaneamente o equilíbrio coletivo necessário que minimizasse os argumentos de uma equipa que é muito perigosa, e a capacidade de desequilibrar para decidir o jogo a seu favor, que o médio português, agora jogador do Inter, oferecia. Surpreendentemente (pelo menos para mim), retirou Alan Ruiz, desviando o outro Ruiz para o apoio a Slimani, e colocou Bruno César como médio ala, mas com um twist: perante as dificuldades que Ruiz revelou para operar com a marcação de Danilo, Jesus fê-lo trocar de posição com Bruno César após o segundo golo do Sporting. A opção resultou em pleno, e isso ajudou o Sporting a controlar totalmente a partida a partir do momento em que se viu em vantagem no marcador, coisa que, é preciso reconhecer, ainda não tinha conseguido fazer até esse momento.

A verdade é que o jogo não começou bem para o Sporting. O Porto entrou muito bem, autoritário e dinâmico, conseguiu chegar rapidamente à vantagem, ficando numa situação mais confortável para Nuno Espírito Santo e perigosa para o Sporting: o Porto podia oferecer a iniciativa de jogo ao adversário e apostar no contra-ataque. Felizmente, sem que o Sporting tivesse feito muito por isso, o empate e a reviravolta acabaram por não tardar.

Só a partir desse momento é que o Sporting conseguiu controlar efetivamente a partida, dispondo de mais oportunidades que o adversário, e mereceu inteiramente a vitória. Mostrou, também, numa altura em que o tema mais debatido é a falta que poderão fazer os jogadores que estão de saída, que tem ainda no guarda-roupa vários fatos à medida, que poderão ser usados a qualquer momento, em função da ocasião: não só a polivalência de Bruno César, mas também dois laterais que, no final da época passada, eram suplentes, um Bruno Paulista que promete entrar nas contas para esta época, para além de Alan Ruiz e dos últimos reforços que chegaram: Campbell - que já deixou um pouco do seu perfume -, Dost, Castaignos, Meli, André e Douglas.





Robot Semedo - imperial pelo ar, intransponível pelo chão, impressionou pela forma como limpou todos os lances de perigo que ocorriam na sua zona de ação, incluindo um carrinho de alto risco na área para desarmar Herrera. Uma máquina.

Bruno César, o joker - há os motivos que expliquei atrás, e acrescento o empenho que colocou em campo e o livre batido à barra que antecedeu o golo de Slimani. Jesus tem aqui uma carta capaz de desempenhar várias funções de forma extremamente competente: lateral, médio ala e segundo-avançado.


Ominpresente William - fez um jogo monstruoso. Inúmeras recuperações de bola, enorme segurança na condução, e foi melhorando à medida que o relógio foi avançando. A entrada de Paulista permitiu-lhe subir mais vezes no terreno, onde também pareceu muito confortável.

Os laterais - Marvin mostrou, novamente, que é um jogador fiável defensivamente contra equipas mais fortes. Arriscou uma vez ou outra a subida pelo flanco, conseguindo uma exibição positiva. João Pereira passou por mais dificuldades com Otávio, mas no deve e no haver saiu vencedor no duelo. Fez um corte fulcral a Adrián, já nos descontos, que festejei como se fosse um golo.

Gelson decisivo - não teve um jogo propriamente feliz - na linha do que já tinha acontecido em Paços de Ferreira - mas foi, pela terceira vez, decisivo. Marcou um golo e foi fundamental noutro, levando já 1 golo e 2 assistências em 3 jornadas. Apetece-me dar-lhe um raspanete por ter tirado a camisola, mas, que raio!, é apenas um miúdo que tinha acabado de marcar o seu primeiro golo num jogo desta importância, por isso desta vez escapa. Mas que não volte a acontecer.

Mais um para Slimani - um golo na (suposta) despedida de Alvalade, que aconteceu apenas porque tem aquele hábito de nunca deixar de lutar por uma bola que pareça ter o destino ditado. Vendo a repetição, é bem provável que a bola não chegasse a transpor a linha de golo, fosse pelo efeito caprichoso que levava, fosse pela iminente ação de Casillas. Quanto às lágrimas no final, terei que falar sobre isso num post à parte.

O ambiente no estádio - ruidoso, apaixonado e eletrizante. Atmosfera incrível em Alvalade durante toda a partida.



Algum desleixo a sair para o ataque - principalmente na primeira parte, foram demasiadas as ocasiões em que perdemos a bola no nosso meio-campo, oferecendo várias oportunidades de transição ao Porto. É verdade que o Porto ocupava bem os espaços e pressionava em dois terços do terreno, mas não foi por aí, pois muitas dessas perdas não foram forçadas. Coates, Adrien e Gelson foram os maiores prevaricadores.

A @$%*! dos olés - considerando o nosso passado recente no panorama dos olés-prematuros-que-antecederam-baldes-de-água-gelada-em-clássicos, seria de esperar QUE NÃO O VOLTÁSSEMOS A FAZER A POUCOS MINUTOS DO FIM, ESTANDO A VENCER APENAS POR UM GOLO. É certo que foi uma troca de bola deliciosa - que nem apreciei devidamente por estar a antever mais um golo de Jardel no último minuto, mesmo não estando Jardel em campo -, mas vamos lá parar com isto. Nestas coisas não devemos facilitar... na época passada, nas únicas vezes em que se experimentou a hola mexicana (com resultados em 5-0 e 3-0), conseguimos a proeza de sofrer golos nesse preciso momento. Ah, e tal, a festa nas bancadas é bonita, mas, se faz favor, não voltemos a arriscar em circunstâncias destas. 



A opção Paulista - mais uma vez, Jesus apostou no brasileiro, mas agora deu-lhe mais tempo de jogo. Entrou aos 68' para o lugar de Ruiz para dar maior consistência ao meio-campo. Belo jogo, excelentes apontamentos - visão de jogo, velocidade e raça -, e a ideia de que está aqui uma excelente solução para o meio-campo para a época.

A estreia de Campbell - bons pormenores técnicos, mas ainda se nota (naturalmente) alguma falta de ligação ao resto dos colegas. Excelente o trabalho a segurar a bola junto à bandeirola de canto, perto do final - foi muito útil para fazer correr o relógio.

A arbitragem - foi contestada a arbitragem de Tiago Martins, sobretudo pelos lances dos dois golos - muito protestados por Casillas. Boas decisões em ambos os casos: no primeiro golo, Gelson domina com o peito; no segundo golo, a bola bate efetivamente no braço de Bryan Ruiz, mas o costa-riquenho tem o braço encostado ao corpo e não tem forma de evitar o alívio à queima de Marcano. Gostava de saber, no entanto, se Jorge Jesus é o único treinador da Liga que manda bocas aos árbitros durante os jogos.



Foi o melhor tónico possível para combater a depressão gerada pela saída de João Mário e Slimani. Continua a haver muita qualidade no plantel, e as últimas contratações levam a crer que a quantidade e qualidade de opções à disposição de Jesus lhe poderão causar boas dores de cabeça. Agora é aproveitar a pausa para as seleções para começar a integrar os recém-chegados, com aquela tranquilidade de alma que só uma liderança isolada consegue dar.

88 comentários :

  1. Não gostei da arbitragem, o critério dos amarelos foi simplesmente rídiculo. O caso mais flagrante foi entre Paulista-Otávio. O Paulista faz uma falta dura sobre o Otávio, amarelo bem mostrado. No lance seguinte, como resposta, o Otávio faz uma falta muito semelhante sobre o Paulista e ainda vai lá chamar-lhe fdp com ele no chão. Aqui já não houve amarelo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais! Fora também faltas flagrantes sobre o william que nem marcadas foram.

      Eliminar
    2. Claramente. O Bruno Cesar nem fez uma entrada a matar logo ao principio sem punicao

      Eliminar
    3. Hugo, errar para um lado não justifica errar para o outro. O árbitro esteve mal disciplinarmente para ambos os lados, mas quem houve o alarido que se está a fazer, até parece que beneficiou o Sporting.

      Isto quando o Porto marcou na sequência de um livre de uma falta inexistente. Perdoou vários amarelos por simulações de agressões e de faltas (e Otávio abusou mesmo das fitas).

      Eliminar
    4. se fosse só das fitas.. ainda conseguiu dar uns quantos cacetes.

      Eliminar
  2. Vao jogar assim na Champions e acabam com 8. O Slimani que se cuide na Premier

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh hugo, preocupate com a tua agremiacao e vai a farmacia entretanto.

      Eliminar
    2. E os penalties de ontem? pelo menos uns 3...mais os golos irregulares. Já controlamos tudo isto! :-)

      Eliminar
    3. Imagino a choradeira que seria se sofressem um golo como o segundo. Iriam falar durante semanas. Hipocrisia pura

      Eliminar
    4. Berreiro é o que o foculporto esta a fazer por terem levado um BANHO DE BOLA. Por falar em hipocritas, voces nao tem vergonha para falar em arbitragens?

      Eliminar
    5. Banho de bola? Que falta de nocao das coisas

      Eliminar
    6. Pausa para rir.

      Já encontraram entretanto o meio campo do porto?

      Eliminar
    7. Veremos se acabaremos com 8. O Porto é que habitou-se mal com o Roma e agora só quer jogar contra 10 e contra 9. :)

      Eliminar
  3. Gostava de saber, no entanto, se Jorge Jesus é o único treinador da Liga que manda bocas aos árbitros durante os jogos.

    rui vitória devia ter sido expulso no final do benfica-setúbal

    «o que é que tu tens contra mim?» é linguagem imprópria em qualquer outro estádio. Quantas vezes o sérgio conceição foi expulso por começar a falar com os árbitros da mesma maneira?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. melhor ainda: quantas vezes foi JJ expulso no carnide em comparação com as vezes que já foi no Sporting? É uma dualidade de critérios inacreditável. Mesmo assim... 3 pontos conseguidos! Bora!!

      Eliminar
  4. Este jogo foi a vwerdadeira amostra que o sporting alem de serem uns grandes choroes são os amiores hipocrites do futebol portugues. A arbitagem não foi pessima, foi escandalosa, o sporting terminava o jogo com 8 jogadores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=KpGO2VTksIw

      Eliminar
    2. A pior coisa que existe no futebol é a hipocrisia.. e pior que não saber perder, é não saber ganhar.

      Depois do que todos vimos ontem, com uma arbitragem tendenciosa, ainda terem a distinta lata de se rirem.. demonstra bem aquilo que sempre digo. Vocês não prestam. Fazem-se, fingem-se de diferentes e afinal, são bem piores que os vizinhos. Podiam ao menos admitir.. MAS não, dão o mérito a quem o não teve.

      A questão não é a das bolas nos braços. Não !!!

      No 1º golo ANTES Slimani voa, cava, forja, simula a falta.
      no 2º golo ANTES há uma cotovelada em A. Silva.

      É disso que os portistas de queixam do árbitro. Não é das mãos. è a da impunidade total que os jogadores tiveram. Até o Layun levou uma cotovelada a 3 metros do 4º árbitro e este fez que nada viu. É da DESSA impunidade que os portistas se queixam.. Das faltas a meio campo que não eram nunca assinaladas aos jogadores do SCP. Até foras de jogo mal assinalados.. DEPOIS, sim, para disfarçar, para distrair, na fase final do jogo DEPOIS do servicinho feito, sim a equipa da casa foi 'prejudicada' em alguns amarelos a mais.. mas era só para compor o ramalhete. Ate a 'expulsão' inventada do Treinador só para tapar os olhos aos incautos.

      Repito: pior que não saber perder, é não saber ganhar. E ter 3 árbitros verdes em 3 jornadas seguidas, também é normal. É como se o FCP tivesse em 3 jornadas 3 Martins do Santos!!

      Eliminar
    3. Houve efetivamente um fora-de-jogo mal tirado ao André Silva. Quanto ao resto, e que tal links para vídeos com os lances a fundamentar as tuas acusações, Quid? Se tiveres razão, não tenho problema nenhum em dar-ta.

      Já agora, ainda estou para ver uma repetição do lance da falta que vos deu o golo em que se veja o mínimo contacto entre os jogadores...

      Eliminar
    4. https://pbs.twimg.com/media/CrBSawKW8AEgHPc.jpg

      Quid, nem o vosso jornaleco oficial vai nas cantigas. Toca a acordar

      Eliminar
    5. Lol, tanta choradeira do Benfica (sem razão e tendo até sido mais beneficiados do que prejudicados) e agora do Porto (também sem razões) e nós é que somos chorões. :D Estavam mal habituados a jogarem com 14, por isso não queriam saber das reclamações do Sporting. Pois agora é para o lado que durmo melhor, as vossas queixas e choradinho (ainda por cima, sem razão).

      Hipocrisia pura.

      Eliminar
    6. Mas qual ' nosso ´jornaleco, se O Jogo é Editado em Lisboa e os donos são do SCP.

      E se o Coroado é do SCP e o Pedro Henriques diz sempre amen com a cartiha da APAF.

      E não é preciso jornais.. basta ver as jogadas, os lances, basta ser sério, intelectualmente honesto.

      Eliminar
    7. lindo, os lampiões nem jogam mas vêm para aqui chorar e nós é que somos os calimeros. Primeiro, vai ter umas aulinhas de português, depois vai ver os lances e vês que a bola bate no peito. (vai ver a distinção entre braço e peito) e no segundo lance, vês que o bryan tem o braço colado ao corpo, pelo que é bola na mão e não o inverso.

      mas antes toma um rennie para acalmar.

      SL

      Eliminar
    8. Sim, Quid, a linha editorial d' Onojo transborda de Sportinguismo... Passam a vida a glorificar o Sporting e a atirar carvão sobre o Porto... Não tomes o comprimido, não...

      'E não é preciso jornais.. basta ver as jogadas, os lances, basta ser sério, intelectualmente honesto.'

      Ó Quid, eu já te pedi links. Anda lá, mostra-me esses lances todos. Se tiveres razão, dou-ta.

      Eliminar
    9. Hummm... temos de contar de novo os adeptos segundo as contas do Quid devemos ter para ai uns 10M de adeptos, so no record trabalham uns uns 2M, na bola devem ser uns 3M, agora parece que no jornal o nojo tambem é tudo SCPortinguista...

      ...10M no minimo!

      Ai, Ai, sabia que refluxo acido queima o esofago, nao sabia era que tambem queimava neuronios!!!

      Eliminar
  5. Não pude ir a Alvalade ontem, infelizmente.
    Vi o jogo no ecrã gigante no fórum Montijo.
    Tinha ficado com a impressão que no 2º golo havia de facto irregularidade mas já pude verificar que o defesa do FCP corta a bola contra Bryan Ruiz e este, tem os braços encostados ao corpo, não fazendo qualquer movimento afim de rececionar a bola. Ou seja golo perfeitamente legal.
    Ao contrário do que disse ontem, a falta que dá origem ao golo do FCP também existe pois, Adrien dá um pequeno pisão em Danilo.
    Sendo assim a arbitragem até não foi assim tao má como tinha parecido á primeira vista tendo, essencialmente errado no aspecto disciplinar, para ambos os lados. Não vejo motivos para todas estas queixas do FCP.

    Quanto ao jogo exceptuando os 15 minutos iniciais só deu SCP.
    Vitória totalmente justa e gostei essencialmente da forma como nos últimos minutos soubemos guardar a bola. A matreirice já lá esta! Era algo que nos faltava.
    Esta equipa ainda vai crescer muito e, ao contrário do ano passado temos um banco de grande qualidade.
    JJ tem muita matéria prima á sua disposição!
    SCP sempre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queria ver os mesmos lances se fossem ao contrario, se fossem em prejuízo do SCP.

      A questão não é das mãos a questão é que no inicio das jogadas ANTES, houve infrações que o árbitro Tiago Verdasco deixou passar.

      1º golo não existe falta nenhuma sobre Slimani.
      2º golo há uma cotovelada em A. Silva que a ser assinalada a falta nunca haveria
      golo na baliza do FCP:

      Eliminar
    2. N houve falta sobre Slimani? Tu és demente!
      Mais descarada a falta sobre Slimani que a falta que deu origem ao vosso golo!

      Eliminar
  6. Concordo em absoluto Mestre! Não entrámos da melhor maneira mas conseguimos dar a volta a dominar o resto do jogo! Meio campo gigante, eixo da defesa enorme! Para mim, destaco Zeegelaar, que tem surpreendido pela positiva (nestes dois últimos jogos) e acho Paulista entrou muito bem! Infelizmente parece-me que foi o último jogo do SLI (aliada ao choro as duas contratações anunciadas), a ele muito devemos e vai deixar saudade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa surpresa, o Paulista. Quando amadurecer um pouco mais, poderá ser uma peça muito importante.

      Eliminar
  7. Agora já sei qual é o vosso critério para uma boa arbitragem. Estou curioso em ver a vossa reacção quando forem vítimas dessas tal boas arbitragens.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Curioso que se fosse ao contrário, estavas caladinho.

      Eliminar
    2. Recordo-me de um lance igual ao do bryan mas era com o luisão (tenho quase a certeza que era o luisão). Aí também defendeste que era mão na bola? Olha que eu cá acho que não......

      Eliminar
    3. Este ano vai ser mais do mesmo. Um Sporting levado sem qualquer tipo de vergonha ao colo. O ano passado, só um super Benfica com um percurso imaculado deu para superar o Arouca SCP, SCP Braga, Guimarães SCP, FCP SCP, SCP Moreirense, SCP Nacional... O Tonel, as poupanças, as malas.
      Esta época em três jornadas já vi o Benfica prejudicado num jogo e o Sporting beneficiado em dois. Mas o jogo de ontem foi surreal. Já há muito tempo que não via um roubo destes.
      Que me lembre: a prejudicar o Sporting, a falta que dá origem ao golo do Porto parece não existir, e o Otávio merecia um 2º amarelo.
      A prejudicar o Porto: Vermelhos perdoados por cotoveladas a Coates (este alem de nem sequer ter sido marcado falta ainda deu origem ao golo do empate), ao William e ao Slimani. 2ª amarelo poupado ao Adrien e ao Bruno César.
      A mão do Ruiz ainda dou o beneficio ao árbitro, mas o 1º golo é claramente ilegal. E a falta que deu origem ao golo é inexistente.
      Por acabar o Jesus é expulso e o arbitro continua o jogo com ele ainda no banco. Vê se uma imagem do 4º árbitro a pedir para sair, e o JJ a fazer lhe calma com as mãos e a continuar a dar indicações ao Raul José. Ao fim de 3 minutos lá resolver sair. Simplesmente surreal.

      O que se diria se fosse o Vitor Pereira a nomear um árbitro sem qualquer experiência num clássico, resultando numa das piores arbitragens dos últimos tempos.

      Eliminar
    4. Ah.. dás o benefício da dúvida... Pois.. quando és confrontado com lances iguais com o carnide já dás o benefício da dúvida. Poupa-me. 1º golo ilegal? Definição de peito, via lá ver o significado e vê as imagens (com olhos de ver, não com olhos de drampião).

      Já a chorar? Na 3ª jornada? E nós é que somos os carneiros??
      Mais: não são os burros que falam de arbitragem? Não andas a ouvir o teu presidente...

      Rebobina para o Guimarães-Carnide, pode ser que te venha à memória o que é um roubo a sério.
      A tua falta de isenção e azia está claramente a moldar a tua análise do jogo. E a falta ao Paulista? e ao William? Que nem sancionadas foram?? Tas aziado porque lamps esperavam um empate e lixaram-se.

      Ps: Há treinadores que nem expulsos são e fazem igual ou pior.
      Toma rennie que isso passa.

      SL

      Eliminar
    5. Em abono da verdade, há mais um lance em que o João Pereira salta sobre e agride o Otávio, mas é João Pereira vintage, acredito que o árbitro não tenha visto.

      Eliminar
    6. Opá!

      Isto hoje está uma maravilha! Lampiões e Dragonetes a viver a realidade paralela em sintonia! Que delícia!

      COMO É QUE TU TENS LATA PARA DIZER QUE O ANO PASSADO O SPORTING FOI LEVADO AO COLO, SEU HIPÓCRITA!? COMO É QUE TENS A LATA DE NÃO ADMITIR QUE O BENFICA SEM O VITOR PEREIRA NO CA NÃO ERA CAMPEÃO, SEU CRIANÇOLAS?

      Arranja uma moral. Uma qualquer, meu. Deixa as palas em casa e volta para leres o que escreves. É odioso ser-se mentiroso e não se ter vergonha.

      Eliminar
    7. Entao e arbitragem em guimaraes ja foi esquecida?

      3 PENALTIS CONTRA O VENDIFICA PERDOADOS...

      NAO FORAM 1...

      NEM 2...

      FORAM 3 !!!

      Queres mais escandaloso que isto!

      Eliminar
    8. Este John deve estar a viver numa realidade paralela. O benfica, entre o deve e haver, foi mais beneficiado do que prejudicado, nestas jornadas iniciais.

      No ano passado, foi levado completamente ao colinho, a arrastar-se, com clubes a oferecerem golos, deixarem titulares no banco ou na bancada, muitas benesses concedidas a clubes adversários, nas vésperas do jogos, etc.

      Estava a ser um super Sporting, mas com qualidade de jogo a condizer. O que fez sobressaír, e de que maneira, o colinho do benfica. Vítor Pereira teve que se esmerar muito com a arbitragem para vos ajudar.

      Tenham noção.

      Eliminar
    9. A agressão do William é aquele lance em que o rapazito do estoril (ou seria do paços, não sei bem) se atira ao cotovelo do Sir? Só mesmo em Portugal é que se mostra amarelo à vitima e não ao prevaricador.

      Eliminar
  8. Partilho a 100% a tua opinião sobre os Olés. A ganhar 3-0 num clássico? Tudo bem. A ganhar por 1 ainda com alguns minutos para jogar? NUNCA!! Porque parecendo que não os Olés acabam por influenciar os jogadores...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem com 10-0, na minha opiniao!

      Oles sao na praça de touros!

      Nos ate temos canticos bonitos, porque nao canta-los, nesses momentos?

      Vejo sempre nesses "oles" um pouco de "Schadenfreude"...

      Eliminar
    2. Exato, naqueles momentos não convém que passe uma ideia de excesso de confiança para dentro do relvado. O que menos se precisa é que um jogador se deslumbre e entregue a bola ao adversário a tentar fazer mais um "bonito".

      Eliminar
  9. Uma vitória justa sobre um Porto muito forte. Concordo com a apreciação dos lances dos golos. No segundo, só se o Bryan não tivesse bracinhos. Já sobre as acusações de cotoveladas e etc., por essa ordem de ideias os jogadores só poderiam correr, saltar, chutar como os bracinhos colados ao corpo, tipo gigantone minhoto. Admito que o Coates tem os seus momentos Mozer mas, de resto, queriam o quê? Que os jogadores do Sporting quando têm a bola ou a disputam com um jogador do adversário em cima deles dissessem: "ai quer a bola, ai faça favor, não se amofine que eu não lhe toco, para os blogueiros da fruta e da coca não dizerem que eu sou maroto". Já agora, pareceu-me, sobretudo nos 30 min finais, que o cartão saltava mais facilmente para os verdes e brancos que para os azui... amarelos.

    Quanto aos olés, parafraseio Joel Rocha naqueles famosos 16 seg sobre as cuecas:

    "O próximo que se puser a gritar olé não grita mais. Que é esta m$(d@, c@)@)%&0? F0$#-$#! Então mas quê, estamos no estádio para ajudar a equipa ou para a desconcentrar?"

    (Original aqui: https://www.youtube.com/watch?v=FO_IdP7Ph_8)

    ResponderEliminar
  10. Vitória sem espinhas .

    Os gémeos descobriram a sua vocação, que carpideiras .

    ResponderEliminar
  11. Concordo com o mister, só depois do 2-1 é que tomámos conta do jogo. E até 15 minutos do final, quem não soubesse o resultado acharia que era o FCP que estava a ganhar, pois a inicitiva e a posse de bola era toda nossa. E as oportunidades também. Só nos 15 minutos finais houve mais equilíbrio, mas aí devido ao jogo directo, bem controlado pelo Sporting. Triunfo justo.

    ResponderEliminar
  12. E Parece que Adrien tb está de saida... Se for apenas por 25M como dizem acho mal, se for um bocadinho acima dos 30....

    ResponderEliminar
  13. Como o Billy e sem me alongar mais, vou estar aqui quando estiverem do outro lado de uma destas boas arbitragens.

    Omo lava menos branco que esse parágrafo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Branca é para os lados da porta 18.

      Eliminar
    2. João, não tenhas mau perder. Esse Porto ainda está muito verde. O Sporting nem precisou de se aproximar do seu melhor nível para ganhar e isso é que realmente vos dói... Mas este ano pelo menos já parecem ter treinador; por isso, cabeça levantada, a época passada dificilmente se repetirá. Eu, pelo que me toca, fiquei sobejamente satisfeito quando o sorteio ditou um Sporting-Porto logo à 3ª jornada. Daqui por dois meses imagino que o Porto esteja bastante mais forte. E aliás, agora a posteriori, e avaliando aquilo que o Benfica tem produzido neste início de prova, tenho pena é de não irmos à Luz já na próxima jornada...

      Quanto à arbitragem, concordo inteiramente com a análise do blog. É nítido que não há mão no primeiro golo e que a bola na mão no segundo não é sancionável. Dizer o contrário é ser-se daltónico ou não se conhecer as regras...

      Eliminar
    3. ou ambas...

      se me for permitido o acrescento!

      Eliminar
    4. Tens inteira, razão, Nuno, um 'e/ou' encaixava bem melhor ali :)

      Eliminar
  14. Mestre, mais uma vez tenho que vir aqui ao seu blog para ver algo que não foi dito em mais lado nenhum... Dou-lhe os meus parabéns por isso.

    O Sporting falhou uma quantidade incrível e inaceitável de passes na transição.

    Foi desesperante e uma ofensa aos meus parcos nervos (em jogos do Sporting só, felizmente...) ver william, adrien, joao pereira, zeegelar, coates, slimani, ruiz e bruno césar a falhar passes atrás de passes, ver aqueles putos irritantes de amarelo a acelerar por ali fora como se não houvesse amanhã (umas análises ontem no fim do jogo iriam dar resultados interessantes, aquele Otávio nem piscava os olhos), ver ataques promissores transformados em corridas estafadas para trás, enfim.

    Acho que tivemos a sorte do jogo (e não a arbitragem do nosso lado, como diz por aí muito idiota... a hipocrisia, se matasse, não havia lampião vivo, bolas... como é possível tamanha lata? Dos tripeiros nem falo... depois da década de 90 devia ser proibido alguém que torça pelo Porto abrir a boca sequer para falar de arbitragens). Acho que "alguém" estava a olhar por nós lá em cima, para nos dar aquele ressalto no post directo para o peito do Gelson e depois aquele alivio contra o Ruiz, mas ainda bem!

    Estava farto de ser do Sporting dos azares - que ainda continua... Sorteio da Champions -, do Sporting do quase - o ano passado só não fomos campeões pela vergonha que toda a gente viu mas nem todos admitem - , e do Sporting das contratações miseráveis - Dost e Campbell!? Incrível capacidade negocial do grande Bruno.

    Dito isto, sem embandeirar em arco, acho que a vitória de ontem foi muito, muito importante. Espero que o Sporting assente o jogo e volte a jogar o que jogou o ano passado... a coisa ainda não está famosa a nível de processos de jogo.

    P.S.1: Alguém ouviu falar da saída de Adrien!? É só mais carvão d'o Nojo?

    P.S.2: Vi o jogo num café perto da casa dos meus pais. Havia três adeptos do Sporting: eu, o meu pai e outro senhor. O resto era tudo adepto do Porto "desde pequenino". Dada a altura da época e a proximidade de pontos entre as equipas, pergunto uma coisa: Não há vergonha na cara, mesmo, por parte do benfiquista "medio"? É assim tão grande o medo do Sporting? É precisa tanta hipocrisia e sabujice? Eu NUNCA fui para um café torcer por qualquer adversário do Benfica. Era incapaz, pelo que sei que se sofre quando se gosta de uma equipa... já o lampiurso médio grita golos do CSKA (bem me lembro do meu bairro aos berros), grita golos do Porto, chama ladrão ao Tiago Martins depois de ver 3 repetições em que se percebe que a bola não vai ao braço do Gelson, pede expulsões do Bruno César, do Bruno Paulista, do Slimani, do William Carvalho, do Adrien... Que corja mais desnecessária esta gente e os seus traumas.

    Deixo aqui um apelo. Guardem a filhadaputice em casa quando estiverem a ver jogos em que o vosso clube nem sequer está a participar. O futebol já é empolado o suficiente e isto só origina violência. Eu bem sei o que me custou não me levantar e pregar uns quantos selos na boca de 3 ou 4 lampiursos lá no café.

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São atrasadinhos e está tudo dito.

      Eliminar
    2. "É precisa tanta hipocrisia e sabujice?"

      Esta-lhes na massa do sangue, ganham essa qualidade logo á nascença, é como quem pisca os olhos quando algo se aproxima da cara, um reflexo primitivo!

      Eliminar
    3. Gonçalo, ainda são efeitos da saída do Jesus. Como é complicado responsabilizar o Rei-Sol Vieira, viraram-se para nós desde então. E consideram-nos o adversário mais complicado, para eles o Porto não entra para as contas - o que acho que é um erro.

      É verdade: tivemos a sorte do jogo, marcando dois golos numa altura em que não tínhamos feito muito para o justificar. Já a tivemos contra o Marítimo, quando não sofremos dois golos que pareciam certos. Antes assim do que ao contrário. :)

      Eliminar
    4. Percebo a questão do Jorge Jesus... muito lhes vai custar quando se perceber a verdade dos anos do Rei-Sol - creio mesmo que vai haver um benfica até à saída do Vieira e outro depois... um benfica muito mais... falido, vá -.

      Quanto à sabujice, não é de agora. Assim como não é de agora a diferença entre a média dos sportinguistas e dos benfiquistas. Conheço ZERO sportinguistas que vão ver jogos do Benfica contra o Porto e se manifestem como vi ontem (a não ser, claro, se houver uma concorrência de pontos significativa e que o resultado contribua em vantagem para o Sporting).

      Ouvi-los a gritar: "Hoje vão levar três", "O Jesus está todo borrado", "isto hoje vai ser papo cheio" e depois ver a carinha dos lampiões que afinal são tripeiros após os meus gritos pelo segundo golo do Sporting foi do melhor que já me aconteceu (no que toca a futebóis, felizmente).

      De certa forma até prefiro assim. Sabe melhor quando se fodem. O problema é que o Benfica continua a ganhar... sujinho mas ganha. Já vão em 32 campeonatos (dos que contam), sendo que deviam ter só 30 (2014/2015 e 2015/2016 foram campeonatos da mentira).

      Same old, same old.

      Eliminar
  15. 2 notas apenas, de quem viu o jogo no estádio.

    1º Concordo com os olés, a mesma ideia passou-me quando começaram. É dispensável e pode ser contraproducente, além que se dá para o torto é fonte de chacota (e merecida).

    2º Bruno Paulista. Não esperava a entrada dele tão cedo no jogo, nem a aposta que JJ tem mantido esta época depois do apagamento completo na época passada. Cheira-me que JJ está a preparar a substituição do Adrien, mas não vejo Paulista com unhas nem para fazer metade.

    Para finalizar, podem vir milhões nestes próximos 3 dias, mas com eles vêm nuvens negras.

    P.S. Não esperava a entrevista do Adrien, cheira muito a forcing para sair. Pena, pensava que tínhamos capitão para, pelo menos, mais 1 ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vamos já pôr carvão...
      Custa-me que o nosso Capitão, depois de um clássico ganho, vá dar uma entrevista a um jornal tripeiro..

      Caso seja verdade, deixa-me bastante desiludida com a sua atitude.

      Acho que devemos esperar por comunicação oficial do Clube.

      Eliminar
    2. http://www.skysports.com/transfer-centre

      Só falam do Sli, por enquanto.

      Eliminar
    3. Gosto de ver o Paulista a ter minutos e a aproveitá-los bem. Já cheirava a flop, e um bem caro. :)

      Eliminar
    4. ja ouvi falar que essa tal entrevista de Adrien foi dada antes do Euro, e que so agora porque lhes da jeito, o "jornal" "o nojo" puxou desse trunfo!

      Atenção á manipulação de informação!

      Ate pode ter dito tudo isso, mas é sempre bom ter em atenção o contexto e o "timing" da entrevista...

      Na minha opiniao e esta entrevista aparecer no dia a seguir ao jogo a quem o ditocujo lambe as bolas, eu considero a entrevista como, no mínimo suspeita...

      Eliminar
  16. Contra 11 fica mais difícil. Se fosse contra 10 ou 9, lá poderiam ter ganho o jogo e ter feito mais uma exibição "avassaladora".

    Adoro a indignação que reina nas hostes azuis e vermelhas. Quando era ao contrário, diziam... "Tendes que jogar mais à bola". Pois é, meus caros... Tendes que jogar mais à bola.

    Adorei a conferência de imprensa do Espirito Santo. Ele bem se queixou, mas percebeu-se perfeitamente que nem fazia ideia de quais eram os lances. De rir. Faz parte... Como explicar aos adeptos que se ande a torrar dinheiro em Felipes, Telles e Marcanos?

    De resto, falta apenas recomendar um anti-psicótico a quem consegue ver mão do Gelson no primeiro golo (ver demais não é um problema oftalmológico, mas sim uma alucinação visual). Quanto ao segundo golo, estamos conversados. Há azelhice do defesa, e a existir toque no braço do Ruiz, é completamente involuntário.

    "Há que jogar mais à bola..."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cafageste, é evidente a ânsia em responsabilizar o árbitro pela derrota, dispararam em todas as direções, mas insistiram mais nos dois lances do golo, onde não têm razão absolutamente nenhuma.

      Eliminar
    2. Qual e a opiniao do Mestre sobre o primeiro golo do CSKA em Moscovo na epoca passada? So para testar a coerencia.

      Eliminar
  17. Mestre, completamente de acordo com os "@$%*! dos olés"... arrepio-me só de me lembrar daquele golo do jardel... o que eu me passei ontem com isso lá...

    Quanto ao Paulista, tem boa presença, pés, visão... mas se o JJ não lhe acalma aquela impetuosidade... há-de ir, em muitos jogos, mais cedo para o balneário, e não por indicação do treinador...

    Em relação à arbitragem, o golo do Porto surge de uma falta... que não existe... o golo do Slimani é completamente legal e, no 2º golo, apesar da bola ir ao braço do Bryan Ruiz, à luz das regras actuais, não é falta... [ver ontem aquele borrego do duarte gomes, que destila ódio ao Sporting por todos os poros do corpo, avalizar a decisão do árbitro nesse lança, é por demais esclarecedor...] e depois ainda temos as faltas e faltinhas para um lado e para o outro... as agressões... e a distribuição dos amarelos...

    O Paulo Bento é que tinha razão... somos porreiros demais em casa... para com os apitadeiros... temos que começar a fazer uso do nosso túnel como fazem os nossos adversários directos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, Aldo, o Bruno Paulista ainda está muito verdinho. Arrisca demasiado, com e sem bola. Mas as ideias e a disponibilidade são muito boas.

      Eliminar
  18. Então o Adrien também vai?
    Como sempre tinha sido dito... A vontade de manter os jogadores era mais falta de interesse quem quer comprar do que outra coisa... Quando começa a haver interesse até o capitão diz que o Leicester é projecto de carreira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois foi, também me pareceu que os 40 milhões dados pelo João Mário foram por falta de interesse. E isto sem ter de andar todo o santo dia a lamber os tomates do mendes.

      E é só o campeão inglês, cabeça de série no grupo ridículo do porto e que provavelmente vai tentar lutar por um lugar na liga dos campeões este ano. Só não percebo é como é que não vieram buscar o talisca, 25 milhões e tinham um jogador de estribeira mundial para o meio campo que já era seguido pelo liverpool há mais de 3 anos

      Eliminar
    2. Bom bom é ser cobiçado por clubes da segunda divisão inglesa, isso sim é de louvar!
      triste.

      Eliminar
    3. E isso está relacionado com o assunto do Post ?
      Claro que não. O que importa é semear a confusão.
      A mesma táctica de sempre.

      MdC se a ideia era melhorar o ambiente, através da moderação, então a coisa não está a correr bem. A tactica dos infiltrados continua a ter os seus resultados. O que interessa é semear confusão e não comentar os assuntos apresentados no(s) Post(s).

      Saudações Leoninas

      Eliminar
    4. MdC, és capaz de me explicar porque é que a minha resposta inicial ao Nuno Mastim foi censurada?

      Bem, eu reformulo, tentando desta vez não ferir as delicadas sensibilidades de quem quer que esteja à frente desta nova e entediantemente PC encarnação do blog:

      'A vontade de manter os jogadores era mais falta de interesse quem quer comprar do que outra coisa...'

      Ó artista, em que é que a vontade declarada do jogador em sair indicia vontade do clube em vendê-lo? O vosso presidente é que andou feito caixeiro viajante, gravatinha a condizer para dar graxa ao cliente, até Wolverhampton de malinha na mão cheia de tralha para despachar... Aliás, pelo Talisca deve ter batido às portas todas, pelo que se pode ler nas entrelinhas das manchetes...

      Eliminar
  19. Os sportinguistas nunca admitem quando sao beneficiados. E a verdade desportiva do Lumiar .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOOOOOOOOOOL

      admite: soltaste gargalhada quando escreveste isso certo?

      Eliminar
    2. Não, J1906... acho que huguinho (gil?!) soltou foi um gás... consequências de ligações (intestinais) directas...

      Eliminar
    3. No dia em que outros admitirem...

      ... o colinho,
      ... as escutas,
      ... o apito dourado,
      ... as malas carregadas,
      ... os vouchers,
      ... a fruta,
      ... o café com leite,
      ... as agressões a árbitros no estádios e fora deles,
      ... as escolhas de árbitros para determinados jogos,
      ... a manipulação jornalística,
      ... jogadores impedidos de jogar contra determinadas equipas,
      ... pagamento de salários em atraso a equipas adversarias,
      ... os "conselhos matrimoniais" dados a árbitros,
      ... as agências cosmos,
      ... o aliciamento de jogadores de equipas adversarias em vésperas de jogo,

      Quando esse dia chegar nos pomos a hipótese de admitir se somos ou nao beneficiados!

      Ate lá voçes teem muito que admitir...

      Eliminar
  20. Não revi tudo, mas dos lances que vi (seja isoladamente na internet, seja o que "escolhem" passar no telejornal):

    Mão do Gelson? Ainda estou à procura.
    Bola na mão do Bryan? Sim, mas se acham que é motivo para assinalar falta, terão que consultar as regras, ou então não acham mas dá jeito dizer que sim.

    Danilo abalroado por um fantasma no livre que dá origem ao golo adversário? Sem dúvidas, única explicação possível para aquela queda.

    No capítulo disciplinar não faço ideia, no estádio, em jogos destes, nunca consigo ter uma percepção real desses lances. E não vi os lances na TV ainda.

    Isto sim, é calimerice. Pura e dura. A verdadeira calimerice não é chorar quando se é roubado, é chorar quando se perde só porque sim, porque dá mais jeito à narrativa. Nisso o clube do Pintinho é mestre. Já os vermelhos, quando choram é pura estratégia, é algo mais calculado. Seja porque não foram ajudados e isso é uma afronta ao clube dos vouchers, seja porque não foram ajudados o suficiente.

    E assim vai o futebol português.

    ResponderEliminar
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar