terça-feira, 25 de outubro de 2016

O panorama geral

Existem motivos de sobra para os sportinguistas estarem preocupados com a recente produção da equipa. No entanto, estando também insatisfeito com a produção recente da equipa, não me parece que faça sentido o sentimento de fatalismo que tomou conta de muitos adeptos. Recapitulemos os jogos oficiais que o Sporting fez até ao momento:
  • Marítimo (C): vitória por 2-0; jogámos sem ponta-de-lança, em virtude da suspensão de Slimani, mas o jogo foi ganho de forma confortável;
  • Paços Ferreira (F): vitória por 1-0; jogo completamente controlado frente a um adversário que não rematou uma única vez à baliza de Rui Patrício;
  • Porto (C): vitória por 2-1; boa reação à desvantagem inicial, vitória indiscutível;
  • Moreirense (C): vitória por 3-0; vantagem construída nos primeiros 60 minutos;
  • Real Madrid (F): derrota por 2-1; grande exibição, com reviravolta consentida nos últimos minutos de jogo.

Até esta fase, a equipa respirava confiança e não havia, seguramente, nenhum sportinguista que não estivesse satisfeito com a qualidade do futebol praticado.
  • Rio Ave (F): derrota por 3-1; exibição frouxa, com o resultado a ser definido por 15 minutos fatais;
  • Estoril (C): vitória por 4-2; bom jogo da equipa, mas foram consentidos dois golos nos cinco minutos finais que mancharam, de certa forma, a exibição;
  • Legia (C): vitória por 2-0; vantagem construída ainda na primeira parte, numa exibição poupada; o resultado nunca esteve em causa.

A derrota com o Rio Ave e os golos sofridos no final do jogo com o Estoril levantaram algumas questões sobre a consistência defensiva da equipa, mas, de uma forma geral, os resultados eram satisfatórios. O único resultado abaixo das expetativas, até então, tinha sido a derrota em Vila do Conde.
  • V. Guimarães (F): empate por 3-3; grandes 70 minutos iniciais, ao nível do melhor que a equipa produzira na época; 20 minutos finais desastrosos, consentido o empate;
  • Famalicão (C): vitória por 1-0; má exibição, parcialmente explicável pelas muitas alterações na equipa e pela pouca motivação que existe sempre neste tipo de encontros;
  • Borussia Dortmund (F): derrota por 2-1; má primeira parte, durante a qual os alemães marcaram dois golos, seguida por uma boa segunda parte, em que a equipa fabricou oportunidades suficientes para empatar;
  • Tondela (C): empate por 1-1; má exibição, do princípio ao fim, em que a derrota acabou por ser evitada nos últimos segundos.

Na Liga dos Campeões seguimos com 1 vitória e 2 derrotas. A equipa não superou as expetativas, mas também não teve nenhum resultado fora daquilo que seria razoável esperar - considerando a valia dos adversários. Na Taça de Portugal, sem qualquer brilhantismo, cumprimos a nossa obrigação. No campeonato, temos 5 vitórias, 2 empates e 1 derrota, e estamos a 5 pontos do Benfica. Aqui, como é evidente, a prestação desilude, principalmente se olharmos para a forma como entregámos pontos aos adversários.

Há motivos para estarmos preocupados? Com certeza que sim. As exibições da equipa nos últimos quatro jogos, por um motivo ou por outro, ficaram sempre abaixo do exigível. A equipa não é obrigada a jogar 90 minutos com uma intensidade elevada, mas não pode ausentar-se de campo durante um quarto de hora, como aconteceu em Vila do Conde e em Guimarães. O grupo de trabalho - equipa técnica e jogadores -, com a sua experiência acumulada, não pode revelar tamanha falta de controlo emocional e de inteligência nos momentos em que não consegue dominar todas as incidências da partida. E, acima de tudo, parece-me que tem faltado capacidade de adaptação ao que o jogo está a dar. Não é admissível, por exemplo, no jogo com o Dortmund, que Jorge Jesus tenha demorado 45 minutos a perceber que havia uma autoestrada que Markovic e Elias abriam para os médios adversários entrarem pelo nosso meio-campo adentro; não é admissível que ninguém, no banco ou dentro de campo, tenha dado um berro para aumentar os níveis de intensidade contra o Tondela e o Famalicão; é difícil compreender, com um plantel tão vasto, que ainda se esteja a ignorar o péssimo momento de forma de alguns jogadores, e se insista em fazer de outros aquilo que eles não são.

Mas, apesar de tudo isto, parece-me precipitado estarem a tirar-se conclusões definitivas sobre o valor de determinados jogadores - dos reforços, em particular, e do plantel, na generalidade - e a diabolizar-se Jorge Jesus. É indiscutível que a equipa atravessa um péssimo momento psicológico, e quando assim é, praticamente todos os jogadores parecem maus. Sabemos bem, pelo que vimos na temporada passada, que há qualidade neste plantel.

O problema é, sobretudo, psicológico. Havendo lacunas óbvias, um Sporting confiante conseguiria, com maior ou menos dificuldade, ultrapassar os obstáculos que essas lacunas criam contra os Tondelas da vida. É claro que essas lacunas exigirão (muito) trabalho técnico-tático - sobretudo no que diz respeito a garantir os equilíbrios necessários considerando as diferenças nas características entre os jogadores que saíram e os que entraram -, mas isso é algo que, com tempo, poderá ser alcançado. Se há técnico em Portugal que, através do treino, revela capacidade nessa vertente, é Jorge Jesus.

O grande problema do Sporting, neste momento, é a falta de tempo para trabalhar e consolidar esses equilíbrios. O atraso de cinco pontos reduziu a margem de erro ao mínimo. Neste panorama pouco animador, a parte positiva é que, literalmente e figurativamente, dependemos apenas de nós para conseguir dar a volta a esta situação. A nós, os adeptos, cabe-nos manter o apoio que sempre soubemos dar nos maus momentos. Que nunca seja por falta de apoio que o clube deixe de alcançar os seus objetivos. 

O jogo do ano, para o Sporting, é já na próxima sexta-feira, contra o Nacional.

68 comentários :

  1. Acho que devíamos começar a incutir a mentalidade de que cada jogo é uma final, como basicamente se passou na época passada depois dos encarnados nos roubarem o primeiro lugar. Ganhamos jogos e jogos seguidos para o campeonato com exibições aguerridas. Neste momento, temos 26 finais para jogar. É difícil com a CL, mas honestamente temos de meter o pé com o Dortmund e caso não dê em nada, podemos esquecer e tentar simplesmente desconsiderar a CL e amealhar mais algum dinheiro junto ao Légia. De resto só interessa o campeonato e a taça.
    #26Finais creio que seria crucial passar esta ideia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há outra hipótese. A margem para errar terminou.

      Eliminar
  2. Ainda não chegamos a Novembro e o jogo contra o nacional é quase um match ball. Parece me que a vossa época está muito abaixo das expectativas. Alias estão com os mesmos pontos que o Braga e não vejo nenhuma euforia pelas aquelas bandas.
    Ou o vosso futebol melhora muito ou então não estou a ver o Bruno de Carvalho a chegar ao fim da época.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vocês lampiões deviam ficar caladinhos porque a época passada exigiam a demissão do vitória. Teve que vir o Vierinha mandar umas bocas à arbitragem e as coisas começaram a sair bem. Coincidências da vida.

      Eliminar
    2. Wishful thinking is a wonderful thing

      Eliminar
    3. es o trabalho de compor uma resposta, assim sendo vou copiar algo de ontem:

      "http://www.zerozero.pt/edicao_comparacao_jornadas.php?equipa=4&jornada=8&grp=0&equipa_id_compara=0&op=comparacao_jornadas&id_edicao=87508

      2015\2016 8ªjornada 4V 1E 3D 13 pontos !!!

      A vossa pior classificação á 8ª jornada dos últimos 15 anos!!!

      Nada esta ganho, nem nada está perdido!!!"

      és basico, muito basico e como tal é muito facil contradizer o que quer que digas, va contorce-te lá.....

      Eliminar
    4. Como acabou? E básicos são os outros...

      Eliminar
    5. Bem Mastim, se nao entendes a mensagem entrelinhas, estas para la de basico, pois nao é muito dificil de entender!

      Mas por caridade e porque ninguem nasce ensinado, eu explico:

      Se o teu clube com a pior classificaçao dos ultimos 15 anos á oitava jornada e com apenas 13 pontos conseguiu ser campeao (com muito colinho), entao nada esta perdido para o Sporting nem nada esta ganho para o Venfique...

      Agora nao compliques aquilo que é simples...

      Eliminar
  3. Eu acho que antes de sermos a grande equipa que ambicionamos ser, podiamos ser essencialmente uma equipa competente.
    Sem grandes momentos de brilhantia, mas apenas fazendo o que lhe compete para ganhar os jogos que tinha que ganhar. Talvez até fosse normal perder uns pontos aqui e ali face a adversários de maior valia, mas acima de tudo, poderiamos ser apenas uma equipa com a competência necessária de fazer certas coisas bem feitas que permitissem estar num outro patamar.
    E é esta a grande critica que lanço ao Sporting de JJ.
    Só conseguimos controlar o jogo, dominando quase por completo o adversário. Foi assim a época passada, onde estivemos quase sempre por cima de todos os adversários que defrontamos.
    Quando assim não o era, passamos sempre por dissabores (jogo da segunda mão em Moscovo, jogo da taça em Braga, eliminatória em Leverkusen, etc...) sofrendo inumeros golos num curto espaço de tempo.
    Ora, já vimos que este Sporting está ainda longe de dominar os adversários e sendo assim, está quase sempre exposto a sofrer golos sucessivos passando por inumeros dissabores...

    ResponderEliminar
  4. O Jesus não estava no banco com o Dortmund. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade... mas à falta de Jesus, alguém teria de o fazer.

      Eliminar
  5. A faixa colocada em alvalade, pode ser o melhor comentário a este post e que foi devidamente ilustrada pelo ex-benfiquista Serrão: jogar bem e perder é como preliminares sem ...Abrunhosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só mesmo a Rudy para ter ficado magoada com a cena entre o Serrão e o seu ídolo Guerra...

      Eliminar
  6. Esqueci-me no meu comentário de referir que deve ter sido o recém eleito mustafá que escreveu aquela tarja. Até ele já deve estar abrunhido com o treinador e presidente.
    Já agora, qual é o currículo/cadastro criminal que é necessário para se candidatar a líder da jubileo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. cadastrado não temos. mas vocês disso podem falar melhor que ninguém!

      Eliminar
    2. nao sei que cadastro é preciso ter.

      já eu tou só à espera que passe um camiao cheio de coca para o poder roubar, depois basta-me esperar até aos 700 anos e finalmente poderei ser candidato a presidente do benfica. quando isso acontecer vou mudar o naming do estádio para "vouchers futebol clube da catedral da cerveja mas só com paozinho e agua"

      Eliminar
    3. Não sei, mas para líder do Benfica basta tráfico de droga e roubo de camiões...

      Eliminar
    4. Um individuo que é adepto de um clube, cujas claques são ilegais, é um asno, um inconsciente ou débil mental, para se pronunciar como se pronunciou. Evidente, é que não tem vergonha na cara, tanto mais que saberá que em claques ilegais não há eleições de lideres.

      Eliminar
    5. Nunca foi uma questão de amnistia, porque nunca lhes barrei as portas. Mas estão a esticar-se nas provocações, sim. Isso vai acabar.

      Eliminar
  7. Voltámos ao 'jogo mais importante do ano, ao 'há que levantar a cabeça' e ao 'os resultados irão aparecer. Tudo isto com uns 10 jogos feitos. O investimento feito, em treinador e jogadores não permite aceitar isto. E, apesar dos paninhos quentes, este ano ainda não fomos convincentemente sólidos e seguros, o que já vem da pré-época, nem nunca mostrámos uma evolução consistente.

    Mas não deixa de ser curioso que esta onda negativa coincide com aqueles exagerados e despropositados auto-elogios do Jesus, em que, por consequência, tira o mérito e desvaloriza os seus jogadores.

    É ao Jesus a quem compete dar a volta, não há opção. E acredito que seja capaz. Mas será um desafio bem superior ao que teve no benfica pois aqui não terá empurrões amigos ou colinhos que amparam e que o salvaram várias vezes. Um bocadinho de flexibilidade táctica e mais humildade ajudava. Mas se ele é tão bom como diz ser, é o momento de o mostrar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Guarda redes, este jesus não faz milagres. Para alimentar 5 000, o Jesus verdadeiro só precisou de 5 pães e 2 peixes mas mesmo Ele necessitou de matéria prima.
      O problema com este falso jesus é que não tem matéria prima, entenda-se melis, castanhos, ruiz e o irmão emplastro, elias defesas esquerdos e direitos duvidosos. E o peixe dourado Adrien está fora do aquário.

      Eliminar
  8. Artista do Dia;

    No jogo com o Dortmund Jorge Jesus não estava no banco e pelo que se sabe não podia contactar a equipa técnica pelo que o teu comentário "Jorge Jesus tenha demorado 45 minutos a perceber que havia uma autoestrada que Markovic e Elias abriam para os médios adversários entrarem pelo nosso meio-campo adentro" não se justifica. Parece-me, isso sim, que o jogo foi mal preparado - já se sabia que o Dortmund ia jogar assim - e não teve resposta atempada à altura, o que só se verificou na segunda parte, onde demonstrámos que perdemos uma boa oportunidade para somar 3 pontos.

    Concordo ainda assim que se estejam a tirar conclusões precipitadas relativamente a alguns jogaodores e creio que, não tirando conclusões, acabas por "acusar" um jogador que foi apenas uma parte do problema: Elias. Pior do que ele estiveram William porque acaba ligado aos 2 golos mas ainda pior estiveram Markovic (sobretudo) e Dost porque deveriam ter sido os primeiros a defender e só viam os comboios alemães passarem. Depois, ainda no aspecto defensivo Ruiz vai lá umas vezes e nas outras apenas só com os olhos e de longe. Só William e Elias para o meio-campo alemão era francamente pouco.A nossa fragilidade defensiva, um dos nossos principais trunfos na melhor fase da nossa época passada, é um problema sério ainda por resolver, não é apenas uma mera questão psicológica. JJ ainda não conseguiu dotar a equipa da constância e consistência que tinha e isso é de facto um problema que só ele pode resolver. Com melhores decisões, com menos apostas erráticas (sem núemro de 2ºs avançados) sem o mínimo de justificação (Alan Ruiz foi tempo perdido) e mexidas constantes.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Injusto apontar culpas ao William nos golos. No primeiro, sim, recebeu mal uma bola que estava no ar, mas outros também cometeram erros, por exemplo Semedo abordou mal o lance (fruto de inexperiencia, talvez) e depois ainda tropecou quando iria estorvar a finalizacao

      No segundo, William nao tinha hipóteses de chegar a bola.

      De resto sim, fomos inferiores taticamente, perdemos o meio campo e Markovic acabou por ser uma aposta errada - bastava ter tido a performance do Bruno César ou do Bryan no lugar dele que teríamos tido muito mais controlo do jogo.

      Eliminar
    2. LdA, é verdade que o William perde duas bolas em locais de risco, mas não foi o último a falhar em cada uma das situações. Não o vejo como o principal responsável pela derrota, até porque coube a ele a maior parte das despesas na primeira parte.

      De facto Jesus não estava no banco, mas não acredito que não estivesse em contacto com os seus adjuntos. Concordo plenamente em como o jogo foi mal preparação, mas a demora na reação foi uma falha igualmente decisiva no desfecho final do jogo, na minha opinião.

      Eliminar
  9. o pior jogo para mim foi Guimarães.

    rio ave acontece, mau jogo etc e tal.

    agora jogarmos 70 minutos a um bom nível e marcar os mesmo golos que 20 minutos menos bons é que nao pode ser...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse foi tramado. Realmente. Aliás, foi foi estúpido. Mas prova que a questão é só de tola. Não é a despedir gente ou a mudar quase tudo q se resolve. É com confiança e apoio.

      Eliminar
    2. Será que vistes o jogo? Houve erros próprios, sem duvida, mas assistir ao empurrão que o arbitro deu, que a partir do primeiro golo do Guimarães deixou de marcar faltas ou a marcar ao contrario, uma dessas falta dá origem ao segundo golo, e já nem falo no escândalo do golo do empate.

      Na sequência disto, dizer que foi o pior jogo, no mínimo acho muito injusto.

      Com os pontos deste jogo que eram mais do que merecidos, provavelmente, este ultimo jogo, mesmo correndo como correu, seria apenas mais um mau jogo, vindo na sequência de Guimarães assumiu proporções que manifestamente me parecem exageradas.

      Eliminar
  10. Por mais que tentem branquear, o jogo com o FCP foi ganho a jogar andebol e com saltos para a piscina.. quando o jogo era de futebol de 11. E o árbitro até era de Oeiras, nomeado, escolhido a preceito pelo Fontelas e e pelo Luciano que como sabemos 'adoram' o FCP!!!!




    ResponderEliminar
  11. Claro. Ainda a tempo de lutar pela Champions. Há sempre um no entanto e um mas.

    ResponderEliminar
  12. bom, com a analise enviesada logo a partida quando diz que a vitoria contra o FCP foi indiscutivel acho que esta tudo dito...nao fosse a "ajudinha" e o sr JJ nem sabia o que fazer.
    acho piada que continua a ser proibido falar mal do sr JJ neste blog.

    nao ha um unico jogo em que se lhe apontem as culpas. nenhum.

    pra bem da verdade aplaudo a postura pq efectivamente assim se seguram e tranquilizam treinadores.

    no caso do meu clube, quando estavamos em primeiro, a carneirada foi atras do jornalixo e fez a folha a um treinador que nem sempre unanime estava em primeiro, mas que com sempre todo o sururu a volta dele conseguiu ser destabilizado.

    vamos ver quanto tempo o sr JJ consegue porem aguentar...
    porque sejamos honestos, nao ha milagres

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. melhor começares a ler bem os Post's antes de debitares coisas sem sentido.

      Eliminar
  13. Mestre registe o que lhe vou dizer,há um jogador no Braga que seria um enorme reforço para o Sporting,chama-se Pedro Santos e seria um óptimo substituto de Adrien.Aliás poderiam muito bem jogar os 3,William,Adrien e Pedro Santos.Optaram pelo Elias....

    ResponderEliminar
  14. Sinceramente não consigo perceber os "adeptos" que ao fim de nem uma dúzia de jornadas deitam a toalha ao chão, já falam de 3º ou 4º lugar.. isso para mim são adeptos de ocasião, não são verdadeiros sportinguistas. Se as coisas estão mal? Estão. A equipa está numa fase difícil. O psicológico afecta, e muito, um jogador. Quanto mais uma equipa.. Mas daí a deitar já tudo para o chão?? Mandar o JJ embora? Ganhem juízo! Não nos comparem com outros clubes por favor, não sejam como outros clubes!

    Continuamos a lutar pelo título? SIM. Continuamos a lugar por um lugar nas competições europeias? SIM. Continuamos na luta por um lugar na final da Taça de Portugal? SIM.

    O nosso lugar é no estádio a apoiar a equipa e puxá-la para cima. Sexta vou fazer por isso na Madeira!

    Sporting Sempre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. J

      A questão não é se somos bons ou maus adeptos,a questão é se temos equipa ou não para sermos uns verdadeiros candidatos ao título e a jogar assim não o somos e por isso é mais do que natural o desalento dos adeptos.

      Eliminar
    2. Exato: Keep calm and support the team.

      O Barreiro já saiu da tumba e muita garrafa de champanhe se abriu no fim-de-semana passado para empurrar o croquete, mas agora, mais do que nunca, é que é preciso apoiar. Ter confiança na competência já demonstrada no passado e não ceder ao carvão. Aliás, com o Rui Gosma da Silva a exortar diretamente os Sportinguistas à revolta contra o presidente e o treinador, fico ainda mais convencido de que não é esse o caminho a seguir…

      Sporting Sempre!

      Eliminar
    3. Jotinha, tens razão, enquanto matematicamente for possível...

      Eliminar
    4. Ora aí está: adeptos de ocasião. Provavelmente enxertados de melancia.

      A malta tem é que ter juízo, calma e respeito por quem está a bulir. A malta anda cá porque gosta do clube não é para andar a ganhar alento. Alento temos nós que dar QUANDO FAZ FALTA!

      Eliminar
    5. Eu percebo King mas não será prematuro virem já "adeptos" dizer que temos o 3º ou 4º lugar garantido? para o JJ ir embora? não me revejo minimamente nessas pessoas e é isso que critico. a equipa teve um bom arranque. está a atravessar um momento menos bom mas continuo a achar que temos equipa para lutar pelo título!

      Nem mais Kind e conana. nem mais!!

      Eliminar
  15. Estou preocupado com a descida de forma de todos os laterais do Sporting e do Rúben Semedo e com os problemas de posicionamento da equipa com e sem bola. Mas acredito que o JJ vai dar a volta à situação, espero que ainda a tempo de lutarmos pelo campeonato.

    Neste momento precisamos de alguma sorte para reentrarmos na luta pelo campeonato, nomeadamente que o Porto ganhe ao Benfica. Se o Sporting for à luz com 5 pontos de atraso, é muito provável que a distância aumente irremediavelmente para 8 pontos. O Benfica jogará esse jogo sem qualquer pressão e o Sporting joga a permanência na luta pelo título (não nos damos bem nestes momentos decisivos). Não esquecer que o Sporting joga na Polónia antes de ir à luz e terá menos um dia de descanso que o Benfica que irá receber o Nápoles.

    O Benfica está sólido a defender e com boa dinâmica. Não irá perder pontos com equipas abaixo do top 5. Precisamos de sorte e de criar uma equipa à imagem da época passada para termos hipóteses.

    ResponderEliminar
  16. Vejo falar muito nos laterais. Mas, defensivamente, não são eles o problema. A equipa defende pior porque os avançados e os médios não fazem o trabalho de tampão que faziam no ano passado. Passando uma primeira linha de (ténue) pressão do Dost, apanham um imenso espaço a partir do qual podem colocar as bolas nas costas da defesa. Isto porque quem tem jogado a 2º avançado não pressiona e ainda há o Elias...que ainda não se percebeu ao que joga. O Adrien ainda vai conseguindo colmatar essa lacuna. Mas não podemos estar dependentes de um jogador. Ele falta e estamos tramados. Isto não pode acontecer.

    Ruiz está todo rebentado e vai jogando 90 sobre 90 minutos. Precisa de descansar. E acho que já ia sendo altura de apostar no Matheus para aquele lugar. Está mais do que preparado e pode ir alternando com o Ruiz que não aguenta esta carga de jogos.

    Isto não está perdido. Mas que está difícil, está!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito estranho este apagamento do Ruiz.

      Ou talvez nao, depois daquele ano em que em fez horas extraordinárias sempre em grande forma sem ter tido férias (ter parado tinha-lhe morto o ritmo), agora está lento a ganhar a forma. Talvez seja normal.

      Eliminar
  17. Será que o Evandro Mota não está a fazer falta?
    Ele poderia colmatar as lacunas psicológicas que a equipa revela...

    ResponderEliminar
  18. Simpatizante, só

    O suposto "grande" jogo de Madrid, a referência para aferir a real valia das exibições à data, tem de ser devidamente analisado. Depois de ver o resumo do jogo desta jornada com o Atlético de Bilbau ficou bem patente a fragilidade do Real, já apresentada noutros resultados este ano em casa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também é verdade.

      Assim como é verdade que o efeito Champions é patente nas exibicoes e resultados domésticos de qualquer equipa europeia.

      Ainda assim há gente que vem dizer "ah e tal, o benfica e o porto ganharam os seus jogos". "Epá, tá bem, mas isto é futebol, né?"

      Eliminar
  19. Parabéns a todos os responsáveis pelo futebol do Sporting Clube de Portugal.

    Não era nada fácil fazerem o que estão a fazer, mas estão a conseguir. A época com o maior orçamento da nossa história está prestes a ficar arruínada.
    Alan Ruiz e o seu irmão suplente no sintrense, Paulista, Petrovic, André, Douglas, Marvin, Meli, Barcos, Castagnos e ainda temos de levar com o Elias novamente, só nestes 11 jogadores foram esbardalhados cerca de 25 MILHÕES DE EUROS SEM CONTAR COM OS SALÁRIOS tudo jogadores pedidos por Jorge Jesus e não me admirava nada que em janeiro já queira mais uns quantos.

    A maioria dos jogadores do Sporting não percebe em que Clube estão, não entendem que têm de vencer todos os jogos que disputam e que têm de deixar todo o seu esforço em campo para conquistar os 3 pontos, não entendem que para nós um empate é uma derrota e não um motivo de celebração como tivéssem ganho a liga dos campeões.

    Durante muitos anos vi vários treinadores no Sporting que falavam muito bem nas conferências de imprensa mas nos treinos e nos jogos deixavam muito a desejar, mas para ser justo, nunca tiveram as condições que o nosso atual treinador tem.
    Contratámos o treinador Jorge Jesus, que nas conferências de imprensa deixa muito desejar, não me importo nada com isso desde que demostre a qualidade que tem no treino e no jogo, algo que atualmente não faz.

    Não existe nada mais que nós, os sócios, pussamos fazer. Enchemos Alvalade como nunca fizémos neste novo Estádio, estamos presentes em massa nos jogos fora, o número de associados não pára de crescer, fomos receber uma equipa vice-campeã nacional no nosso Estádio num dia de festa dos nossos rivais reconhecendo o seu esforço para nos dar o tão desejado campeonato, continuámos a apoiar mesmo perdendo pontos em jogos contra equipas muito inferiores, mas já nada mais pudemos fazer. Agora é vossa hora, mostrem que merecem treinar e jogar com o nosso emblema, mostrem que querem vencer tanto como nós e nunca se esqueçam que na história só ficam os melhores, se não vencerem campeonatos ninguém se vai lembrar de vocês, vão ser apenas mais uns que aqui passaram.

    No Sporting Clube de Portugal não existem insubstituíveis e quem pensar que o é, talvez seja melhor pensar melhor.
    Exigência máxima sempre, tudo menos que a vitória é péssimo, tudo menos que o Primeiro lugar é péssimo.
    Acordem agora ou pode ser tarde demais e não se queixem dos que já deram a entrevista da praxe á rádio do costume, desta vez foram vocês que os chamaram.

    Concentrem-se só no Sporting, falem só do Sporting, vivam só o Sporting.
    Força Sporting Clube de Portugal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu deves achar normal um Equipa que diz querer ser campeã nas 8 primeiras jornadas já ter perdido com o rio ave e empatado com o guimarães e tondela.

      É graças a adeptos como tu que o Sporting já não é campeão á 14 anos, não têm exigência nenhuma, já estão conformados a quase ganhar.

      Estou confiante de que o nosso Presidente pensa como eu e que não vai permitir que esta mentalidade perdedora volte ao Sporting depois de 3 épocas em que a conseguimos fazer desaparecer.

      Exigência máxima Sempre, tudo menos que a vitória é péssimo, tudo menos que o primeiro lugar é péssimo.

      Obrigado pela correção ortográfica, exigência máxima para o bom português.

      Eliminar
    2. E depois de dezenas de milhões de euros esbardalhados em contentores de barretes estrangeiros (com muitos "irmões e comixões") que nos vão demorar épocas a pagar/encostar/emprestadar/renegociar, a única alternativa viável para a "posição 8" (Bruno César) é um jogador que o JJ contratou a meio da época passada para "tapar buracos", para "saltar do banco", para "as bolas paradas", para berrar durante os treinos (principalmente) e durante os jogos, e para nunca para ser um titular indiscutível da equipa!

      É que podes mesmo ter a certeza que o JJ já tem uma lista do tamanho dos golos sofridos até agora (10 só no campeonato) com nomes de argentinos e outros sul-americanos a contratar em Janeiro!

      E para mim isto só tem uma resposta possível por parte do presidente do Sporting: BASTA!

      O presidente do Sporting só tem de lhe apresentar a mesma lista que apresentou ao Marco Silva!

      Queres uma opção para defesa-esquerdo?

      Está na equipa B e chama-se Pedro Empis!

      Não conheces?

      É titular da equipa B, internacional nos diversos escalões jovens, tanto joga à esquerda como à direita, e apesar de apenas ter 19 anos joga mais à bola, e acerta mais cruzamentos, que o Jefferson e o Marvin Zegalotas juntos!

      Queres uma opção para a posição 6?

      Chama-se João Palhinha, joga no Belém, e já há duas épocas que o andas a elogiar antes de o decidires despachar porque entretanto tens de contratar mais um Petrovic-a-gasóleo...

      Queres uma opção para a posição 8?

      Chama-se Chico Geraldes e tem mais qualidade técnica em cada um dos pés (já deves ter reparado que é ambidextro) do que as bisarmas reunidas nos cataclismos futebolísticos também conhecidos pelos nomes de Elias e Meli (e mais paixão e conhecimento do clube do que os “emprestados sem alma” Markovic e Campbell).

      Queres uma opção para a posição de médio-ala esquerdo (porque o Bryan Ruiz anda a jogar pior do que o Elias)?

      É muito fácil! Basta puxares o Matheus Pereira dos jogos da equipa B (onde brinca com os defesas da II Divisão como aqueles gatos que brincam com os passarinhos/ratos já meio mortos entre as garras cruéis) para a equipa titular do Sporting A!

      Queres uma opção para a posição de “segundo avançado”?

      É muito fácil! Tanto podes puxar do Matheus Pereira, como podes recuperar o Podence, ou podes puxar o Pedro Marques dos juniores (marca um golo por jogo, não sei se já ouviste falar dele?), ou o Iuri Medeiros -- porque é que a muita paciência que tens com “Paulistas”, “Melis”, “Andrés”, “Markoviques”, e “Alan Ruizes” não sobra um bocadinho para aquele fabuloso pé esquerdo que já marcou golões aos nossos maiores rivais?

      É que sabes, não sei se já te informaram, mas a Academia do Sporting Clube de Portugal é uma das melhores do mundo, formou 10 dos 14 jogadores utilizados pela Selecção vencedora da final do Europeu de 2016, e tu, treinador amante de flopes brasileiros e argentinos, andas a desprezá-la de forma INDECENTE!

      RESPEITA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!

      Eliminar
  20. É uma maneira de ver as coisas, a maneira do copo meio cheio.
    Vou deixar apenas um reparo: ser derrotado por um Dortmund super desfalcado em casa é razoável?

    Outra coisa mdc, ponha-se lá no lugar de um adepto do fcp e reveja lá esses comentários ao jogo..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Super desfalcado? lol!
      Podes sempre repetir isso, tu e a tua maralha, até morrerem, que não passa a ser verdade. Risota. Mesmo.

      Eliminar
    2. És cego ou gostas de comer gelados com a testa?

      Eliminar
    3. Pedro Pedro...

      ès mais inteligente que isso...

      Nao acredites em tudo o que vem na bola, record, Tvi...

      Pois de todos os lesionados que falas alguns nunca jogaram na equipa este ano, outros nem sequer eram titulares...

      E tambem nos temos lesionados, assim como voces o que nao vos impediu de ir ganhar ao kiev...

      nao sejas minimalista!

      Eliminar
    4. Vocês têm lesionados???
      Quem, para além do RECENTE Adrien?

      Não sejas maximalista!

      Ps: sem Adrien, scp só vence 50% dos jogos!
      Isto sim, deveria "maximizar" o teu cerebelo!!!!

      Ps2: mitroglou, Jonas, jimenez, Rafa, samaris, jardel, Danilo, André Almeida,
      Agora troca:
      Joga sem bas dost, Ruiz, semedo, alan/andre(?), ....
      Maximiza e minimiza, mas sê intelectualmente honesto

      Eliminar
    5. Quem nao esta a ser minimanemte honesto és tu 50 Sombras, pois para uns ate o roupeiro conta como lesionado e no Sporting é apenas Adrien?

      Jefferson, lukas spalvis,...

      Se contas como lesionados jogadores que nunca foram titulares no Dortmund, porque razao nao contas com os lesionados do Sporting que nunca foram titulares? E jefferson ate ja foi titular...

      Quanto ao teu clube e a minha afirmaçao, nem sabes discernir quando te elogiam? O borussia ganhou mesmo tendo lesionados assim como o Carnide ganhou tambem tendo lesionados!

      A TUA DESONESTIDADE È QUE FICA AQUI BEM PATENTE PARA TODOS VEREM!

      PASSO A ENUMERAR:

      1º nem sabes os lesionados do Sporting, mas comentas...

      2º mitroglou nem sequer está lesionado!!! (http://www.ojogo.pt/emdirecto/liga-campeoes/interior/direto--dinamo-kiev-benfica-5451793.html)...

      3º Jimenez tambem nao!!! Ate substituiu o Mitroglou no ultimo jogo da champions aos 70 minutos! Tu nem sobre o teu "clube" sabes!!! Triste...

      4º Meter todas as derrotas do SCP nas costas de Adrien demonstra um capacidade minima para entender aquilo que é uma equipa de futebol. Mas novamente, comentas...

      Ou seja perdeste uma bela oportunidade...

      Eliminar
    6. Sergey, quem o viu e quem o ve..

      Dizer que o Sporting depende do Adrien é ser minimalista, o que é uma incongruencia, e mais ironicamente para quem fala em honestidade intelectual.

      Merecias um levantamento do teu histórico de comentários, mas fiquemo-nos pela cordialidade.

      Eliminar
  21. Há que não deixar estas situações voltarem a acontecer senão já só lá iremos usando vouchers, café ou fruta.

    ResponderEliminar
  22. http://www.record.xl.pt/internacional/detalhe/uefa-troca-patricio-por-eduardo.html

    Falta de respeito. Ninguém se revolta?

    ResponderEliminar
  23. Parece-me que:

    1) Há jogadores a mais. 12 contratações é demais, gerando naturais dificuldades em integrar tantos jogadores.

    2) Pré-época serviu para pouco na medida em que muitos dos que cá estavam saíram para rodar e muitos chegaram, sem ritmo, no final do fecho de mercado.

    3) Opções questionáveis: Bruno César na Champions tem de ser o 10 para reforçar o meio campo e nunca pode ser Markovic. André é 9 e não pode jogar nessa posição nem no campeonato. Alan Ruiz serve ou não? É que não nos podemos dar ao luxo de dar 8M por um jogador e nem ser convocado...

    4) Esgaio e Mateus têm de estar no plantel A. Esgaio não faz pior que Schelotto a lateral mas gostava mesmo era de o voltar a ver jogar a 8 (acaba a época a jogar nessa posição na goleada em Braga). Menos do que Elias também não faz. Mateus tem de ser a sombra de Bryan Ruiz, como Gelson foi de João Mário no ano passado.

    Acho que o JJ é um grande treinador, que tem elevado bastante o nível competitivo desta equipa (há uns anos levávamos 3 ou 4 deste Real ou Dortmund) e é capaz de nos trazer conquistas. Tem é de corrigir alguns erros: comunicação, número de contratações, extensão do plantel, maior aposta na prata da casa porque há muita matéria-prima de qualidade em casa.

    ResponderEliminar
  24. Estou convencido que vao ter uma vitoria folgada na Choupana. Alias vou apostar nisso

    ResponderEliminar
  25. Parabéns Mestre, é a reflexao que faltava

    Olhando para os resultados, e dando de barato uma derrota com o Rio Ave devido a exaustao de Madrid (era ter rodado mais jogadores - sou da opiniao que isso deve ser feito SEMPRE, risco calculado, e se estiver a correr mal entao entram titulares), obviamente que os dois empates sao aquem das expectativas.

    O do Guimaraes é um freak e resulta de uma combinacao de factores (incapacidade de gerir a vantagem e incompetencia do árbitro).

    O Tondela foi um jogo de merda, efectivamente. É fácil falar depois do jogo mas é consensual que o 11 devia ter sido diferente assim como o posicionamento e povoamento do meio campo.


    As críticas ao valor dos jogadores sao muito injustas. Vários reforcos tem sido influentes, Dos, Campbell, Markovic, André, Elias,.. todos marcaram golos.

    Se estivéssemos a espetar 4 em cada jogo era só elogios.

    Elias tem jogado bem, nao percebo as críticas. Markovic irrita mas há-de lá chegar.

    Em baixo de forma está Bryan que precisa de banco, talvez, e os laterais tem feito pouca diferenca no ataque, se bem que estejam defensivamente organizados

    É preciso também corrigir a capacidade de controlar o jogo. Inacreditável como chegamos a andar com o credo na boca contra Estoril, Guimaraes.

    Bastava ter ganho um dos jogos em que estivemos em vantagem para que este momento nao tivesse a importancia que se lhe está a dar. Bastava isso para ter ganho o campeonato o ano passado.

    É preciso nao sermos resultadistas e concentrar-mo-nos no treino e na preparacao dos jogos. Ainda há muito campeonato e as nádegas vao já jogar entre elas.







    Nao tenho dúvidas que o problema neste momento é sobretudo mental - este plantel é bem melhor que o da época passada. Parem de falar no Slimani e no JM; já chega, porra! Quantos golos falhou o Slimani que nos deixaram com as maos na cabeca? Quantas vezes o JM se esqueceu de ajudar o lateral e mamámos golos em descompensacao (resposta: duas vezes a época passada).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdao pelo hiato a la quid. Nao sei porque aconteceu porque eu nao fiz parágrafos nenhuns

      Mas agora, pensando nisso, copiei e colei parte deste comentário de outro que tinha feito noutro blog e nao foi aparente quando submeti o comentário.

      E faz sentido que seja uma consequencia da edicao porque acontece muitas vezes ao multinicks que, obviamente, passa a visa na net em blogs e repete constantemente o que diz.

      Eliminar