segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Os mais novos a darem o exemplo


Num fim-de-semana em que a equipa principal não conseguiu virar o resultado contra o Tondela, a equipa de juvenis conseguiu uma reviravolta inacreditável ante o Sacavenense, segundo classificado da nossa série.

A apenas dois minutos do fim, o Sporting perdia por 0-2 e jogava apenas com 10 elementos, mas conseguiria marcar 3 golos (Bernardo Sousa, autogolo e Paulo Rodrigues) ao cair do pano, e vencer a partida.

Fica o resumo para quem não teve oportunidade de ver.

24 comentários :

  1. tinha ficado com a ideia que tínhamos perdido lol

    ResponderEliminar
  2. A formação parece que está a encontrar o seu rumo, depois de alguns anos a marcar passo. Em sentido inverso os séniores (equipa principal e B), estão a desiludir este ano. Mas é preciso confiança na estrutura e jogadores, ainda falta muito campeonato.

    ResponderEliminar
  3. Boas!
    Não tenho conseguido tempo para deixar os meus comentários mas tenho acompanhado o blog.
    Só acho estranho que até de juvenis se fale mas nem uma palavra sobre o velhinho que ganhou o Golden Boy, aquele velho que não jogava nada... estranho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e teria que haver uma palavra porque?

      Eliminar
    2. isso é um assunto que deves tratar no jornal aburla, eles é que fizeram as nomeações e claro está, a propaganda lampiónica tratou do resto.

      Eliminar
    3. "The Golden Boy is an award that is given by sports journalists (...). Newspapers that now participate in voting include (...) A Bola (Portugal) (...)."

      Vai comer gelados com a testa para os blogs do Carnide.

      Eliminar
    4. J1906 como o MdC lhes dá tempo de antena, eles pensam que aqui é um NGB ou um KGB

      Eliminar
    5. E de facto não está a jogar nada, para os valores implicados na sua transferência. Até agora, o semideus-Renato não passa de um suplente caríssimo do Bayern que passa mais tempo no banco, do que efetivamente joga. Se foi reconhecido por um prémio patrocinado por um jornal italiano e por votação de 30 jornalistas, pelo que fez na época anterior, ainda bem para ele, porque para o futuro não é o prémio que conta, mas a sua evolução futebolística.

      Eliminar
    6. Pegando no teu off. devo-te dizer que esse golden boy não tem feito grande coisa ... Mais continua, repito: continua, a fazer o Gelson Martins.

      Eliminar
    7. Epá decidam-se! Criticam o Mestre porque "fala-se mais do benfica do que no Sporting" e depois criticam por não falar de um prémio em que os nomeados portugueses foram escolhidos pela abola.

      Eliminar
    8. golden boy aos 18 anos...
      desempregado aos 23 anos.

      estaremos cá todos pra ver.

      Eliminar
    9. Existia esse prémio ?,deve ser muito importante.Segundo o Rodolfo parece que o Loles&Benfica vai arrecadar do Bayern 5 milhões de oiros !...o Orelhas é tramado nas cláusulas .

      Eliminar
    10. Mas por ter lhe terem entregado esse prémio passou a saber jogar à bola?

      Por lhe terem entregado esse prémio passou a saber fazer um passe em condições?

      Por lhe terem entregado esse prémio passou a saber fazer um drible em condições?

      Por lhe terem entregado esse prémio passou a estar ao nível dos grandes jogadores que compõem os plantel do Bayern de Munique?

      Por lhe terem entregado esse prémio deixou de ser suplente do Bayern de Munique?

      Por lhe terem entregado esse prémio deixou de ser cada vez o mais provável detentor de recorde de maior FLOP da história do Bayern de Munique?

      A resposta a todas estas questões é NÃO, mas o que interessa é festejar um "prémio" que no ano passado foi entregue a outro suplente crónino (Martial), e que também já contemplou "feras selvagens" como Anderson ou Pato...

      Eliminar
  4. São tão miúdos. O Bernardo festejou o último golo como um adepto doente e o Djaló levou com uma garrafa de giz por ter festejado em frente ao banco do Sacavanense (depois ficou lá deitado mesmo à frente deles, como que a imitar os jogadores deles estiveram a fazer anti-jogo durante toda a partida). Há quem não goste (e eu não gostava se fossem os outros), mas somos do mesmo clube por isso acho-lhes piada. Que cresçam felizes e nos dê alegrias.

    ResponderEliminar
  5. MdC e T para alguns, é injusto dizer "ao cair do pano".
    O jogo tem 80 minutos, aos 80 perdiam por 2-0, o árbitro deu 7 (vou escrever para quem não se acredita, sete) minutos de descontos. Neste período de descontos expulsou um rapaz do Sacavenense, o jogo terminou aos 90 minutos (10 minutos de prolongamento) e o sporting meteu 3 golos.
    Recordo só que o Fontelas filho joga neste escalão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És mesmo sectário. Sabes a que minutos o árbitro expulsou um jogador do Sporting? Sabes também que por causa do enorme 1.º de Dezembro, que até nem fez antijogo, o árbitro deu 6 minutos? Sabes ainda, se o filho do "Fontelas" é mesmo jogador? Reconheces ao menos que a equipa de juvenis do Sporting é bem superior à vossa?

      Eliminar
    2. O filho do fontanelas joga neste escalão mas na equipa B pois é apenas juvenil de 1º ano... Quase toda a equipa deste ano fazia parte da B o ano passado e isso não impediu que fossemos campeões neste escalão...

      Quanto ao que referes esqueces ou não viste o jogo. A entrada do jogador do sacavanense é mesmo a matar para vermelho directo, já havia 2-1 antes dos 80 minutos e o jogo de queimar tempo justofocaram perfeitanente os 6 minutos de desconto.

      Eliminar
  6. Lutaram, acreditaram e ganharam. Putos maravilhosos.

    ResponderEliminar
  7. Neste escalão onde joga o filho do fontelas, podem entregar o título.

    ResponderEliminar
  8. Artista do lápis azul não gostas da liberdade de expressão?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem calma, que eu sou sportinguista e às vezes também "sofro" do mesmo. Imagino só o que terias escrito, para mereceres o "lápis azul". De certo, vindo de quem vem, o "lápis azul" fez o seu trabalho, para não termos de aturar uma série de "burrices". A tal "liberdade de expressão" não pode dar para tudo...

      Eliminar
  9. Toda esta raça leva-me a pensar naquilo que anndo a afirmar á uns tempos:

    Andamos a adiar a subida de certos jogadores á primeira equipa, existe muito valor e vontade nos nossos jovens jogadores, mas nao sei porquê agora os jogadores só entram definitivamente na equipa principal aos 20\21 anos, entre os 18 e os 20 vao fazendo umas apariçoes em jogos da taça da liga e taça de portugal, eu ainda me recordo de ver Quaresma, Cristiano, Nani titulares no Sporting ainda com os seus 18\19 aninhos. Agora os nossos jovens andam por ai emprestados...

    Pelo que conheço dos dois, antes quero ter 1 Podence, que 100 Markovics...


    ResponderEliminar
  10. Esta equipa de juvenis (geração de 2000) tem muita qualidade, principalmente nos pés dos já muito conhecidos Diogo Brás e Bernardo Sousa (ambos já assinaram contratos profissionais, tal como o central Tiago Djaló), e um treinador (João Couto) com muita experiência e conhecimento no escalão de juvenis (como muito bem disse o Mestre Aurélio, um bom treinador de juvenis pode não o ser de juniores, e um bom de iniciados pode não o ser de juvenis), que transforma este grupo num forte candidato a vencer mais uma vez o campeonato...

    Em relação às reles e torpes insinuações sobre a não utilização de Alexandre Gomes (nasceu em 2001 o tal sobre quem recai o terrível anátema de ter um “pai ex-árbitro” e “chefe dos árbitros”) neste grupo, convém esclarecer que o Sporting divide os juvenis por dois grupos, o mais velho (nascido em 2000) participa no campeonato nacional, e o mais novo (nascido em 2001, como no caso de Alexandre Gomes, de Rui Reis, ou de Hevertton) participa apenas no campeonato distrital, e sobe ao nacional no ano seguinte (assim tem acontecido nos últimos anos).

    Convinha que os nossos rivais se informassem antes de fazerem figuras tristes (embora suspeite que não se importem muito com as figuras tristes que fazem)...

    ResponderEliminar