terça-feira, 29 de novembro de 2016

Mais claro do que isto é impossível - parte 2

No essencial, não vejo grandes diferenças entre o jogo que o Sporting fez em Guimarães e o jogo que o Benfica fez em Istambul. O Besiktas é uma equipa mais forte, como é evidente, mas nem num caso nem noutro se pode, de forma alguma, desperdiçar uma vantagem de 3-0. Consequências: o Sporting perdeu 2 pontos num campeonato que ainda tinha, na altura, 27 jornadas por disputar; o Benfica perdeu 2 pontos que teriam garantido o apuramento para a fase seguinte, tendo agora que se sujeitar a uma autêntica final frente ao Nápoles, que ditará o seu destino na competição. 

Seria de esperar, portanto, que as reações aos dois jogos, na perspetiva das equipas que perderam a vantagem, fossem semelhantes. Certo? Errado. Apesar de estarem apenas separados no tempo por cinco semanas, há quem consiga fazer análises e conclusões bem diferentes.

Como não posso conceber que essas diferenças de opinião se explicam por determinadas preferências clubísticas do escriba - que tem o dever da imparcialidade -, só posso assumir que teve a ver com o dia da semana em que os desaires sucederam: deve ser mais grave estourar uma vantagem de 3 golos num sábado do que numa quarta-feira.

Aos sábados: "As duas caras do leão - o filme de Guimarães é um pesadelo que o Sporting terá muita dificuldade em gerir"


Às quartas: "Há empates que vêm por bem - a primeira parte foi tão impressionante que deveria ser mostrada nas escolas de futebol"


"Às vezes é bom voltar a sentir o chão"... isto devia passar a fazer parte da letra do "Always look on the bright side of life".

48 comentários :

  1. De facto é incrível como estes merdas não têm vergonha na cara. A palavra "isenção" nos jornais desportivos já não existe.

    Mas são estes exemplos de crónicas e estas personagens sem qualidade alguma que também irão levar à falência de jornais como o Record.

    ResponderEliminar
  2. Situações idênticas, a mesma coluna, o mesmo jornal, conclusões completamente diferentes. É de rir se não fosse grave esta forma de fazer "jornalismo".

    ResponderEliminar
  3. Toda a argumentação é inválida. Porquê? Escreveu: «essas diferença de opinião se explicam por determinadas preferências clubísticas do escriba - que tem o dever da imparcialidade», e é aqui que está o erro. Opinião e imparcialidade são palavras diametralmente opostas. E, enquanto a esmagadora maioria dos textos jornalísticos requerem essa imparcialidade, isso não é aplicável ao artigo de opinião. No exposto, tanto no artigo do Vitória de Guimarães x Sporting como no do Besiktas x Benfica, está bem identificado no cabeçalho do artigo que se trata de um texto de "Opinião". Portanto, pode discordar, mas não lhe pode acusar a falta de imparcialidade, que essa não é requerida naquele tipo de texto, que só difere do seu num ponto: foi publicada num OCS registado na ERC, de periodicidade diária e grande tiragem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O jornalista é livre de ter a sua opinião. O problema é quando a opinião muda, de forma tão evidente, em circunstâncias tão semelhantes - isso é sinal de outra coisa que já entra no domínio dos deveres dos jornalistas.

      Eliminar
    2. E já agora, o facto de ter sido publicada num OCS registado na ERC, não é o única diferença em relação às opiniões que dou aqui. Não sou jornalista, não me faço passar por imparcial, todos os que aqui vêm conhecem as minhas preferências clubísticas.

      Eliminar
    3. Achas que alguém põe sequer em causa a imparcialidade dele? lol!! até pode ser um espaço de opinião (de um director adjunto do jornal diga-se de passagem....) mas estar a diferenciar duas situações bastante semelhantes é no mínimo ridícula. Então o nosso empate estamos perdidos, mas o empate do carnide já serve para pôr os pés na terra? lol! viva a coerência!!!

      Eliminar
    4. ... e já agora, Mestre, este animal deste farinácio podia deixar de fingir que é um gajo isento quando chamado a tecer comentários ditos IMPARCIAIS... o labrego do gobern também era um gajo sem clube até ser (sem querer, e por acaso) caçado a festejar um golo do carnide em directo...

      Cada um tem as suas opções... e todos têm direito às suas... não queiram é fazer dos outros idiotas... para idiotas já (bem) chegam os amblíopes comedores de cornettos...

      Eliminar
    5. Mestre, tendo lido as opiniões de jornalistas do "diário de grande tiragem" (??? LOL) de nome rasca e depois de ler a "opinião" de PL, só posso dizer que o "Besiktas-Benfica" nunca existiu.
      ... ao contrário do Vitória-Sporting, que ainda nos doi e nos mói.

      Eliminar
    6. PL, há opiniões e opiniões. A validade da opinião depende muito da credibilidade da mesma. Há aquelas que são credíveis, dadas por gente avalizada, lúcida, responsável e respeitável. E há aquelas dadas, por exemplo, por palermas. Estarão ao mesmo nível? duvido. Há opiniões e opiniões e das características que mais credibilizam as opiniões fazem parte a consistência e a coerência. COERÊNCIA! já ouviste falar disso, douto PL?

      Eliminar
    7. Resumindo, o editor do jornal é de tal forma parcial que é incapaz de tirar as lentes encarnadas quando opina sobre um jogo do Benfica e analisa situações semelhantes de formas diametralmente opostas. Mas podemos ficar descansados porque quando não se trata de opinar já podemos contar com a isenção absoluta do cavalheiro em questão.

      Um rápido olhar ao histórico jornalístico e editorial Farináceo dá-nos a resposta quanto à palpabilidade dessa utopia - mas mesmo descontando a realidade dos factos não deixa de ser enternecedor e tragicómica a confiança que o PL demonstra no carácter do jornalista. Pena que não tenha qualquer correspondência com a realidade.

      Eliminar
    8. PL, tudo isso seria certo se o dito "jornalista" não se fizesse passar por imparcial. Até chega ao cúmulo de dizer que não tem clube em Portugal e é culé.
      Esse é que é o grande problema: um suposto imparcial usar o seu espaço para dar opiniões tudo menos parciais.

      Eliminar
    9. as opiniões estão perfeitamente identificadas... basta ver a chapa por cima da cabeça do homem.

      Eliminar
    10. O Farinha Porta 18 seria homenzinho se assumisse o seu benfiquismo mas isso talvez não fosse bom para a sua carreira e para o seu estatuto de independente(vamos rir todos) que os verdadeiros jornalistas tanto gostam de apregoar.

      Eliminar
    11. Artigo de opinião.
      Entendem o que quer dizer? Porque ficaram tão ofendidos?
      Artigo de O-P-I-N-I-Ã-O. Ele opina com o que quiser, ou como se demonstra toda a falácia de um não post. Eheheh

      Eliminar
    12. rudolfoadias, opiniões que mudam como o vento continuam a ser o-p-i-n-i-õ-e-s e não prestam para nada. Aqui ninguém está ofendido, aqui só se está a dizer que se é da opinião que as do farináceo são, basicamente, uma bela merda. Ora são brancas ora pretas, ora dizem uma coisa ora dizem o seu contrário. Eu, por exemplo, sou da opinião que tu, rudolfa a dias, és um cretino. Mas se me aparecer um gajo do Sporting tão cretino como tu, vou ter a mesma opinião acerca desse estranhíssimo Sportinguista que tenho tua: é um cretino. Há q manter a coerência. E coerência e lógica têm algo em comum: nada a ver com o farináceo e gente como tu, rudolfa.

      Eliminar
    13. Caro Rudolfo,

      A falácia é cuspir para o ar, levar com a cuspidela na testa e dizer que está a chover! Na minha opinião não é chuva, mas na sua é! E cada um opina como quiser!

      Abr,
      Pedro

      Eliminar
    14. Opinião? acredita quem quer. Isto é pura e simplesmente publicidade gratuita, lavagem cerebral.

      E isso é mais uma das vantagens que a "estrutura" do LFV obtém sobre os demais concorrentes.

      Eliminar
    15. @Conana - Gostei bastante do teu comentário das "conana29 de novembro de 2016 às 15:21"

      Só uma questão de preciosismo. Alguém acredita que o farinha se sentou para escrever e pensou: Bem deixa lá ver o que é que EU acho disto? (isto sim seria uma opinião)

      O que esse gajo pensa é: como é que vou promover a equipa encornada.

      Isto é puro marketing.

      Depois vem a segunda estratégia, vendas/marketing. Vamos denegrir o produto da concorrência para que o nosso se destaque. Ataque ao Sporting.

      Até aqui tudo bem, se isto fosse identificado como publicidade. Até o google tem de identificar os resultados que são colocados na lista de entradas como publicidade.

      Isto são tantas que mesmo que se tente dar o beneficio da dúvida é impossível.

      Eliminar
  4. Grande MdC,
    Esta comparação devia ser mostrada numa aula de propaganda mediática.
    Este exemplo reflecte bem demais o panorama actual da CS desportiva(e não só) em portugal, uma deferência nojenta e abjecta a tudo o que é feito para os lados de carnide e do seixal e uma completa negação de tudo o resto que pode ser elogiado noutros clubes espalhados pelo país,principalmente alguma coisa positiva que seja feita pela dupla BdC/JJ,odiados pela corja de avençados e destituídos de espinha pagos ou com simpatia pelo clube encarnado.
    Ontem fui deitar-me com um sorriso nos lábios por estranho que pareça depois de assistir em 3 programas (TVI,CMTV SIC) uma autêntica bateria de ataques concertados ao Sporting vindos do outro lado da 2ª circular.
    Sorri porque pensei comigo,tanto ódio só pode ser resultado de uma coisa, estamos vivos e estamos a incomodar e depois dos festejos do futsal ainda percebi o seguinte,estamos cheios de vitalidade,característica que falta claramente noutras paragens.

    ResponderEliminar
  5. soa a desespero dos jornaleiros...

    sem um pingo de credibilidade e qualidade como estão neste momento, se o Benfica tem uma fase menos boa e os adeptos se afastam da equipa e deixam de consumir estes produtos de caca que nos são oferecidos pela imprensa desportiva, é o desemprego para esta corja

    há que levar ao colo o Benfica na arbitragem e imprensa, porque se cai há muita gente que fica sem comer

    ResponderEliminar
  6. De minha parte apenas pedi ao Diretor Adjunto para que escreva depois dos jogos com Nápoles e SCP. E desse jogo na Turquia guardo 2 ideias.. na 1ª parte sem saber como, foram 3 vezes à baliza e marcaram 3 golos. Um dos quais, o seu autor pode ir tentar 100 vezes seguidas de novo que não marca outro igual. O outro, após a bola ir 3 vezes aos ferros, quando podia perfeitamente ter ido para fora dá golo. Ou seja, pura sorte, sortilégio, vaca..

    E, na 2ª parte, parafraseando o Quaresma: 'abafamos o benfcia'. Lá, está cada cabeça cada sentença.

    Ainda bem que agora há 7 Tvs e Net para podermos ver as imagens.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "bola ir 3 vezes aos ferros, quando podia perfeitamente ter ido para fora dá golo. Ou seja, pura sorte, sortilégio, vaca.. "

      Como não rir com esta doença.
      Pode podia como tb podia ter ido lá para dentro alias tendo em conta a zona frontal dos lances diria que a probabilidade era maior (então o do Sálvio com a baliza toda minha nossa).

      Desculpa e tentando ter todo o respeito mas o que escreveste é simplesmente de quem não sabe ver bola.
      A primeira parte do Benfica é uma grande primeira parte. E a segunda estava a ser bastante conseguida até aos descalabro, onde a equipa se foi abaixo completamente sem explicação possível.

      Fomos 3 vezes a baliza... Eu não sei mesmo que jogo foi este.

      Eliminar
  7. O Mestre queria mais capas como a do príncipe contra o rei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah lindo!! benfiquistas a falar de capas a favor de jogadores do Sporting depois da campanha Renato que assistimos no ano passado! Ou como a de hoje da abolha (não me lembro de terem ido festejas os anos de um jogador do Sporting...).

      Eliminar
  8. "Opinião e imparcialidade são palavras diametralmente opostas."
    Percebo onde quer chegar. Qualquer opinião está sempre baseada em parcialidade / bias que faz parte do próprio escritor. Dessa parcialidade ninguém se vai livrar, mesmo que não haja qualquer ligação ao tema em questão.
    Um jornalista inglês poderá ser indiferente ao futebol nacional, mas terá sempre a sua experiência como fundação para uma opinião que poderá ser parcial, por exemplo, contra fundos e corrupção. Isso explica como a melhor imprensa do Sporting vem de fora, mas isso são outros 500s...

    Qualquer jornalista pode como é óbvio "despir a pele de profissional" e debitar alarvidades como adepto (opinião).
    Nada contra isso, mas neste caso (e em muitos outros) temos um "profissional" que se serve vezes sem conta da sua suposta imparcialidade para fazer pensar que a sua opinião é mais sustentada ou próxima da verdade que a de outro qualquer adepto.
    Aliás, que eu saiba este editor nunca expressou publicamente a sua "bias"/parcialidade clubística.

    Portanto, até ver, esta opinião é de um adepto de futebol, possivelmente imparcial relativamente aos clubes portugueses em questão (adepto do Belenenses como o outro, se calhar).

    ResponderEliminar
  9. É um artigo de opinião... Outra coisa nãoseria de esperar do Lampião!

    ResponderEliminar
  10. O exame foi muito mas muito difícil pois foi contra o colosso Moreirense,essa grande equipa de Portugal,campeões dos campeões que neste momento é a equipa última classificada no campeonato nacional.

    Sabem o que transparece e o que me revolta na sua subjectividade parcial ?,é a sua covardia.É muito pequenino este Farinha, querer fazer um exame de uma equipa que vai em primeiro lugar com outra que vai em última é de uma hipocrisia sem paralelo.
    Ainda para mais contra uma equipa que teve mais de duas semanas para substituir de treinador e que nas vésperas do jogo é demitido.

    De resto esse boi lampião esquece-se de um pormaior muito importante,é que o Sporting empatou a 3 com uma arbitragem de Soares Dias que prejudicou intencionalmente o Sporting e os lampiões levaram com 3 Kebabs limpinhos.

    Esse filho da puta já que tem a mania de fazer as comparações a seu jeito poderia escrever sobre a dualidade de critérios do Soares Dias, por exemplo na época anterior,no lance do Slimani no Bessa que cirúrgicamente anulou um golo ao Sporting e a falta do Soares que todos viram, inclusivé ele, e que deu o empate ao Vitória.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixar de ser faccioso, é pedir muito?
      O primeiro golo turco é em fora de jogo!
      Pode ser que também leves um destes em Varsóvia e desças à terra, vulgo "out of Europe"

      Eliminar
    2. fora de jogo... ahahahahah sergay...

      Eliminar
  11. E a counterpart Bernardo Ribeiro que ocupa o mesmo cargo que o NFarinha19, não falas? Ou já não te dá jeito? Perdes credibilidade por estas coisas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só pode ser piada. Há alguma comparação possível? O Bernardo Ribeiro assume o seu sportinguismo (e logo aqui é diferente da enguia Farinácea) e passa a vida a criticar a direcção do clube. Aliás, para mim é merecedor das maiores críticas por ser incapaz de equilibrar o tabuleiro editorial perante os seus colegas avençados do Colombo. Há aí algum exemplo dessa parcialidade de que falas para partilhar com a malta? Ou é só conversa da boca para fora como de costume?

      Eliminar
    2. Assume? Manda lá a fonte, então pa. Não fales do que não sabes. E eu nem sou defensor do NFarinha que é um jornalista sem conteúdo nenhum.

      Eliminar
  12. caro mdc
    após o jogo do benfas contra os turcos no rescaldo da sic noticias com o comentador jorge baptista, aquele que nos chamou calimeros, este deixou escapar, "Já vi nós estarmos a ganhar por 5 e deixarmo-nos empatar por isso nao fico surpreendido" e nisto corrige, "Nós a selecção ".
    pergunto eu por que nao me lembro, houve algum jogo da selecção assim? eu nao me lembro mas posso estar errado e nao estou a falar de jogos de 1930 ou 40 ou 50, mas sim jogos que este comentador tenha visto, nao é assim tao velho.
    ou escapou boquinha para a verdade?
    se esse jogo nao existir, da selecção, dá para recuperar as imagens e colocar na net? só para comprovar a imparcialidade de mais um paineleiro

    ResponderEliminar
  13. Num dia em que, perante a tragédia que atingiu o Chapecoense, despertam os sentimentos positivos que há em nós, vem este merda despoletar o que de pior temos...
    Falo por mim!
    SL

    ResponderEliminar
  14. As situações não são idênticas. É verdade que o Benfica perdeu dois pontos de uma forma que não deveria, mas um empate na Turquia (de preferência com golos) nunca é um mau resultado e no próximo jogo penso que o empate é suficiente.
    Já o Sporting, empatar no campeonato nacional nunca é um bom resultado e agora precisa vencer todos os jogos que se seguem, caso o Benfica não perca pontos em mais lado nenhum.

    Mas volto a repetir, em ambos os casos o empate foi inadmissível, mas penso ser óbvio que o empate do Sporting é muito menos positivo.


    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Portanto... vocês dependem de UM jogo para passar, em que têm que obrigatoriamente pontuar, onde poderiam já ter a passagem assegurada. Nós empatámos no início do campeonato, sendo que ainda está a correr a primeira volta com ainda muita jornada pela frente mas o nosso é menos positivo.

      Pensamento lampião.. lol!

      Eliminar
  15. Off topic: os adeptos do Inter já se estão a aperceber do barrete que levaram.
    http://prnt.sc/dczar5

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e o banco do bayern...

      ...esse sim ja deve estar bem polido!!!

      So quem joga comete erros, mas ao menos joga, quem nao joga,,,

      ...simplesmente nao joga!

      Eliminar
    2. se o quisto fosse só criticado pelos adeptos....
      ;)

      Eliminar
    3. Lampiões têm um problema em perceber a realidade. Deverias de corrigir, no mínimo para: existem adeptos, ou como vem no exemplo que referiste, o adepto ...

      E viste os comentários sobre o Renato? Pois não joga né....

      e agora introduzindo o tema do posto.

      Ao contrário do Renato, que PODE vir a ser um bom jogador (ou até melhor que JM), podiam mandar de volta o JM, que estando em forma entrava directamente no Sporting. Sabes porquê?

      Porque não foi um produto de jornal.

      Já o produto da CS, calça directamente se jogar em campos com a devida inclinação. No Sporting, oferecido e se nos obrigassem a jogar com ele todos os jogos, não obrigado.

      PS: Nota de imparcialidade, depois dos jogos da selecção não vi mais jogos em que o Renato tenha entrado.

      Eliminar
    4. Ah ah ah

      Boa tentativa!!

      https://4.bp.blogspot.com/-lEYmWSMy3UM/WDI6zNXmLbI/AAAAAAAAGF0/bhs5N8CcYTA9BBGPJ7vQYs8XBOyVbHRXQCLcB/s1600/jm.png

      Eliminar
  16. Daí eu dizer que não consigo distinguir entre Record e Bola pois ambos lutam para conseguir o melhor blow job aos lampiões...

    ResponderEliminar
  17. Como qualquer lampiao que se preze este tambem tresanda !!!

    ResponderEliminar
  18. Nunca é demais elogiar o seu trabalho, caríssimo MdC, mas para o incentivar talvez baste acrescentar que por cada postada destas, a denunciar de forma tão clara e contundente o nojo que são alguns destes "jornaleiros-farinheiros" ao serviço da Máquina de Propaganda Lampiónica, há pelo menos uma mão cheia de sportinguistas (e portistas...) que ou nunca mais vão pagar um cêntimo por essa folha rascord de couve, ou vão pensar muito bem da próxima vez que uma qualquer capa os tente a comprar...

    Pela minha parte só lhe posso voltar a dizer... MUITO OBRIGADO!

    ResponderEliminar
  19. Isso e parvoice e complexo de inferioridade. Hoje nao se pode comparar Besiktas a Guimaraes. Para um grande portugues um empate fora na Champions e sempre bom resultado. Ja um empate no campo de um dos 14 fracos da nossa 1a liga e sempre um mau resultado. Sempre. Como isso acontece, ah, isso ja pode prestar-se a interpretacoes.

    Os escribas sao totos, dar importancia ao que dizem e falta de ter o que fazer.

    ResponderEliminar
  20. Há aqui muita confusão com esta coisa da opinião, a opinião é livre, eu tenho a minha outros terão a deles facciosa ou não e isso será incontestável por ser um atributo da democracia.
    O que se provou aqui foi a incoerência da opiniao de um cidadão ( sim porque se está a emitir opiniões, não está a exercer uma função jornalística ) que muda consoante os intervenientes ou seja é uma opinião desonesta é incoerente o direito a ter essa opinião é incontestável mas as ilações que se retiram dessas opiniões, sobre o cidadão farinha também o são....ou seja ele demonstrou ser desonesto e incoerente....Será que tem os atributos necessários para desempenhar a função de jornalista quando não está entretido a opinar? Essa é que é a questão.....

    ResponderEliminar