domingo, 13 de novembro de 2016

#Revisiona-mos

Mais um excelente post do @captomente, desta vez a desmontar o trabalho de "investigação" do jornal A Bola: LINK.

22 comentários :

  1. Matemática... Contar troféus! Ponham nos em fila e contem.

    ResponderEliminar
  2. Li agora. Saliento a parte da comparação com a Juventus... Os adeptos festejam 34 mas oficialmente são 32. Tal como vocês... Querem dizer que têm 22 mas oficialmente são 18.
    Sempre ouvi dizer que havia 3 grandes e outros dois clubes que tinham sido campeões... Mas afinal era revisionismo? Lol. Que lata.
    Para o Benfica é igual... Da 35 na mesma... Peque será que nem o porto reclama isso como sendo títulos de campeão? Tenham noção do ridículo.
    De um lado estão argumentos e documentos... Do outro está uma comparação com base no nome da competição. Viva o vizela campeão nacional 15/16. O Benfica só ganhou a liga NOS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Porco não reclama porque o Vieira tem os tipos lá de cima com o rabo apertado. Não é coincidência que o tipo nem chiou quando foi roubado em pleno dragão pelo Venfique.

      A tua argumentação é zero. Tentas dar uma de engraçadinho, mas és ridículo.

      Eliminar
  3. Não houve um único presidente na história do Sporting que considerou que estes títulos equivalentes a campeonatos nacionais. Até o Bruno de Carvalho precisou de estar três anos a seco para fazer esta descoberta. E os outros é que são mentiroso.
    Mestre podes continuar com o excelente trabalho de carvão e censura.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então saiu no Jornal Sporting por obra e graça do espírito santo? Nenhum presidente o queria? LOL.

      Eliminar
    2. Olha:

      http://oartistadodia.blogspot.pt/2016/11/a-historia-de-13-campeonatos.html?m=1

      Querem ver que o Bruno de Carvalho escrevia no jornal do Sporting em 1954...

      Lampiões revisionistas, aldrabōes e ladrões desde 1908.

      Eliminar
    3. ahahah bilocas vai lá fazer o tpc..

      Eliminar
  4. Porque nao mudam o nome do jornal para " A bola Murmelha" assim ja ninguem pegava com eles...

    Dali nao espero nada com isençao, nem brio no trabalho...

    Nao passa de um sitio onde alguns "ilustres" lampioes vao garantir o seu salário, ou terminar as suas carreiras antes de se aposentarem, e é ali que vao disseminando a propaganda do orelhas, que lhes arranjou o tacho!

    A bola de mim recebe zero euros, zero clicks, e zero de audiencia, há ja muito tempo! A cmtv e tvi vao pelo mesmo caminho!

    ResponderEliminar
  5. Artista, em relação a essse Parreirão, está a resposta do Eagle. Penso que não se importa.

    Benfica Eagle

    "Até desmascaram a versão do Henrique Parreirão (que o Sporting tentou utilizar no seu jornal há poucos dias), com o esclarecimento que Ricardo Ornelas solicitou à FPF (Pág. 3 do artigo) e a resposta foi clara "quem tivesse ganho o Campeonato de Portugal era Campeão de Portugal (Só isso) e campeões de Portugal eram os outros (Campeonato da I Liga).

    Uma prova não substituiu a outra. Eram provas distintas. Uma era a Taça, outro o Campeonato.
    No início a Taça era a prova raínha, como em inglaterra, e depois de surgir o Campeonato passou a ser a prova raínha a nível nacional.

    Uma não sobrepôs a outra, passaram a ser provas complementares.

    E mesmo depois de a FPF ter explicado o que estava no livro da FPF "1º centenário do futebol português" do Henrique Parreirão ... o Sporting mais uma vez omite esse facto (esclarecimento dado pela FPF a Ricardo Ornelas) para ter nos últimos dias andado a a dizer que era "OFICIAL" que a FPF reconhecia 22 campeonatos ao Sporting. É falso! Nunca reconheceu nada isso!"


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma grande tanga que responderam lá no NGB e foi censurado. Vocês gostam, muito de fingir que não têm contraditório, mas não passa disso, fingimento.

      Eliminar
    2. Olha o fingimento do Fernando Pessoa. Boa malha, Corine.

      Eliminar
  6. Estamos em 1938. Em Portugal existem 2 competições, 2 provas distintas.

    Uma chamada Campeonato Nacional da I Divisão, prova disputada por jornadas, a duas voltas todos contra todos. No fim, quem fizer, somar mais pontos é o Campeão Nacional da I Divisão. Em 1938 foi o Benfica o Vencedor e em 2º lugar ficou o FC Porto. O Melhor marcador do Campeonato foi Peyroteo do Sporting com 32 golos.

    Nesse mesmo ano, noutra prova, competição à parte, diferente designada de Campeonato de Portugal, prova disputada em sistema de eliminatórias, a eliminar com equipas da I divisão e da II divisão, o Sporting foi à Final e ganhou, venceu essa final. Como essa prova em 1938 se chamava de 'Campeonato de Portugal' naturalmente o Sporting foi o vencedor, o ganhador, o campeão. Parabéns ao Sporting. MAS, o Sporting não venceu o Campeonato Nacional da I Divisão, não. Quem venceu o foi o Benfica!!

    Em 1938 o Sporting venceu sim, foi uma competição à parte chamada, designada Campeonato de Portugal (prova antecessora da Taça de Portugal actual) !!

    Benfica - Vencedor, Campeão, Ganhador do Campeonato Nacional da I Divisão (o FCP ficou em 2º lugar).

    Sporting - Vencedor, Campeão, Ganhador do Campeonato de Portugal (venceu na Final ao SLB por 3-1).

    http://www.zerozero.pt/edition.php?id=21615






    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesse ano existia uma prova experimental em que, atenção, era restrita a apenas quatro associações de futebol deixando de fora todas as outras à partida apenas porque se tratava de uma competição embrionária que deu origem no ano seguinte, então sim, a uma prova de âmbito nacional com abertura à participação de todas as associações.

      É o mesmo que fazer um torneio com clubes de Lisboa e Setúbal e dizer que o vencedor é campeão nacional.

      Na realidade, a questão é que debaixo do 35 nas camisolas deveria aparecer um asterisco a dizer 32 campeonatos nacionais e 3 ligas experimentais que na altura não se dava importância mas que como necessitávamos de alguma estratagema para não sermos ultrapassados pelo porto desencatamos isto.

      Mas já que se dá importância a estes porque não dar a uma prova que definia na altura a melhor equipa de Portugal?

      Eliminar
    2. Boa lógica então o que chamas ao primeiro Campeonato de Portugal? Que só teve a participação de duas associações (Lisboa e Porto)??? Era um torneio ainda mais pequeno.

      "É o mesmo que que fazer um torneio com clubes de Lisboa " Sporting A vs Sporting B e dizer que o vencedor é campeão nacional.

      Daqui a pouco se vamos juntando competições anteriores tb podemos ir buscar a taça do Império.

      Ninguém deixou de dar importância a nada os títulos estão lá são é competições diferentes.
      Qual era a mais importante há argumentos para todos os lados agora títulos da primeira liga o Sporting tem 18 e é isso que é entregue no fim do campeonato. Porra é ir ao museu e contar.

      Sinceramente não entendo a teima. Nunca se vai chegar a um acordo sobre qual era a mais importante, mas o que se celebra hoje são os campeonatos que começaram em 1934 e se mantêm até ao dia de hoje.
      Querem achar que foram os maiores nesses anos força tá lá o titulo agora aqui o assunto não é quem foi o maior da aldeia mas sim quantos campeonatos cada um tem e isso é básico.

      Eliminar
    3. Tendo em conta que a primeira edição da Taça foi apenas disputada por duas equipas... como explicas isso à luz da tua teoria? Pela lógica do BdC essa competição apurava o campeão nacional. Mas será isso possivel havendo apenas duas equipa a disputar a prova?!

      Eliminar
  7. Mestre, e como se "desmonta" a presença de Bruno de Carvalho na apresentação do Almanaque do Sporting? heheh

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  8. Ver os lampiões com tantas ganas de deturpar este facto (além de blogs, até já capa de jornal) e o ano de fundação deles tão evidentemente...falso.
    É q ver o Sporting a ter estes títulos devidamente reconhecidos? Até se espumam!

    Já nem vou mencionar q estão a falar do Sporting, q "nós" é q vivemos a vida a falar deles - yeah, right!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo que tenho reparado nestes últimos dias por aqui, desdobram-se em comentários vazios de conteúdo, basta ler o primeiro, o resto é copia.

      O orelhas apertou com eles...

      Ate a bola teve de se meter ao barulho!

      Eliminar
    2. Reconhecidos por quem? Não há um unico documento oficial que o faça. Não há sequer nenhum historiador que o faça (é só ver o que diz o vosso Almanaque recentemente apresentado).

      Mostra lá um documento que mostre esse reconhecimento... nem tu nem ninguém o apresenta porque não existe e tudo o que existe é contrário ao que os lagartos apoiantes de BdC defendem. Os Sportinguistas,esses, já se aperceberam quem têm à frente do clube e já só esperam o momento em que este vai cair com estrondo!!!

      Eliminar
    3. Luis, então seguindo a "vossa lógica", sendo que antigamente a Taça dos Clubes Campeões Europeus era nos moldes de eliminatória e com esta designação, significa q agora, parcialmente em modo grupos e com a designação Liga dos Campeões, então o SLB tem....zero. Certo?

      Sim, realmente tem lógica.

      Um documento que mostre esse reconhecimento? Sabes fazer scroll down no blog ou queres q te ensine?
      Que obsessão com o homem!

      Eliminar
  9. looool, a quantidade de lampioes e tripeiros nesta caixa de comentários. Bom trabalho captomente e artista

    ResponderEliminar