sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

A prenda estava no sapatinho de Dost

Quando já se adivinhava mais um desaire para coroar um dezembro bem amargo, Bas Dost tirou a prendinha do seu sapatinho e ofereceu-a, em forma de vitória, a todos os sportinguistas. Um golo que surgiu já nos descontos e que colocou justiça no resultado.

Não foi, no entanto, uma exibição que ficará na memória. Pelo contrário. Perante um Belenenses desfalcado (sem Domingos Duarte, João Palhinha e Rosell), a primeira parte do Sporting esteve ao nível do pior que esta equipa já mostrou: jogadores apáticos e incapazes de ligarem uma jogada, sem conseguirem sequer criar uma única oportunidade de golo. Na realidade, o Sporting teve sorte em não estar a perder ao intervalo, pois a grande oportunidade dos primeiros 45 minutos foi da equipa da casa: uma ocasião de 3x1 que o Belenenses não conseguiu concretizar, graças à ação de contenção de Esgaio e às boas manchas feitas por Beto.

Na segunda parte, o Sporting entrou bem e conseguiu finalmente criar perigo na baliza de Joel, mas foi um ascendente que não durou muito. O Belenenses começou a soltar-se, passou a haver mais espaço para jogar, e houve boas oportunidades nas duas balizas (com uma bola no ferro para cada lado). A diferença acabou por estar na categoria do holandês goleador.





O golo ao cair do pano - um grande golo de Bas Dost, que, vindo de trás - na sequência de um cruzamento de Campbell -, aproveitou o movimento de Castaignos a arrastar os centrais e finalizou de primeira sem marcação. Mais uma vez, o holandês a mostrar que basta ser servido decentemente para haver golos. A média não há-de andar muito longe disto: em cada duas boas oportunidades que lhe dão, concretiza uma.



Beto a chegar-se à frente - substituíu o lesionado Rui Patrício da melhor forma, com duas defesas fulcrais, que valeram pontos ao Sporting. Muito bem a fazer a mancha e a defender o remate na situação de 3 contra 1 que o Belenenses teve, e foi também decisivo na segunda parte ao parar um remate sem oposição dentro da sua área. A baliza está muito bem entregue na ausência do seu habitual dono. Beto não foi o único jogador a aproveitar bem a oportunidade: Douglas também esteve em bom nível.

A onda verde - depois de tudo o que se passou nas últimas duas semanas, é impressionante a quantidade de sportinguistas que foram apoiar a equipa numa noite fria a meio da semana. Mais do que ninguém, mereceram a alegria do golo de Bas Dost.




Alguns sinais de vida no princípio da segunda parte - depois de uma primeira parte muito fraca, o Sporting entrou relativamente bem na segunda parte, conseguindo criar algumas oportunidades para marcar. A entrada de Campbell ajudou, já que o costa-riquenho conseguiu gerar desequilíbrios que o seu compatriota, Bryan Ruiz, nunca foi capaz de criar. Infelizmente, a equipa não foi capaz de manter esse ascendente durante muito tempo.


Um deserto de ideias no último terço - A equipa está organizada, sabe o que tem a fazer sem bola, consegue recuperá-la relativamente depressa e impor um domínio territorial claro. O problema vem depois. O jogo do Sporting é previsível. Ninguém procura o espaço nas costas da defesa adversária, raramente a equipa tenta esticar o jogo. Apenas dois jogadores combateram, ontem, essa previsibilidade: Gelson, com as suas arrancadas, e Alan Ruiz, por ser o único a tentar fazer uso da meia distância. Na segunda parte também houve Campbell. Muito pouco para uma equipa que tem tanta bola.

Os cruzamentos - Esgaio, Jefferson, Adrien, Gelson, Bryan Ruiz e Alan Ruiz tentaram várias vezes meter a bola na área durante a primeira parte, mas não houve nem um cruzamento bem direcionado. Na segunda parte vi dois bons cruzamentos: um de Castaignos e o de Campbell, que deu golo. Verdade seja dita que também não ajuda haver tão pouca presença na área (havendo dois jogadores, um ao primeiro poste e outro ao segundo, aumentam as probabilidades de a bola se dirigir para um deles - como se viu no golo, aliás), mas é um aspeto que é urgente corrigir. Andamos a desperdiçar uma quantidade absurda de ataques desta forma.



Três pontos importantes que, esperamos todos nós, podem ajudar a devolver à equipa a tranquilidade e confiança perdidas. Já vimos esta época a equipa a jogar muito, muito mais. É aproveitar a quadra para recarregar as baterias, para atacar a segunda metade da época num nível bastante superior ao de dezembro. Será certamente mais fácil com uma vitória no saco.

35 comentários :

  1. Nem mais...
    Só de referir que, mais uma vez, o árbitro condicionou o jogo. Pena não ter tido o desfecho que pretendia. Enquanto não acontecer nada grave a um deles, vai ser sempre uma vergonha.
    3 pontos muito importantes para aumentar a moral da equipa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, mais um penálti por assinalar a juntar à lista. Mas este, verdade seja dita, não era fácil de apanhar sem repetições.

      Eliminar
    2. É só vermos que isto começou a mudar quando um certo árbitro levou na boca no Colombo ...

      Eliminar
    3. Mas olha que este artista do Bruno Martins foi o mesmo que também não viu as mãos dos jogadores do Sporting no SCP x FCP... Mas aí parece que esteve bem, não ?

      E que dizer do 'penalti' que ele inventou com aquele livre que o Adrien atirou à barra? Talvez HERRAR seja UMANO, não?

      Verdade, verdade é que o Bruno Martins para o sporting é uma especie de código postal... É MEIO CAMINHO ANDADO.

      Eliminar
  2. de 17 de novembro a 22 de dezembro vão 35 dias e 10 jogos.

    estamos a jogar de 4 em 4 dias...

    façam justiça ao treinador e aos jogadores: o que é que se consegue treinar de grupo e de movimentos individuais jogando de 4 em 4 dias com várias deslocações?

    Vitória natural da única equipa que quis ganhar. O golo chegou tarde mas chegou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é evidente mas de quem é a culpa de não se rodar mais a equipa?! É que seja por falta de opções de qualidade no banco ou seja por casmurrice a culpa desta sobrecarga sobre ps jogadores é de JJ...

      Beto, Jeff, douglas, Oliveira, esgaio, petrovic, elias, meli, markovic, matheus, castaignos e andre

      Tens aqui 12 jogadores que practimente não jogaram neste periodo de sobrecarga enorme de dezembro.

      Eliminar
  3. Antes demais, fiquei surpreendido pela a massa adepta do Belenenses, mesmo em termos de "pressão", com assobios, reclamar com o arbitro, parecia que estavam ali na luta pelos primeiros lugares...

    Agora mais a sério e deixando de ironias, bem esta foi uma vitória importantíssima para a "Nação" Sportinguista, ao fim ao cabo sabemos que ficou tudo na mesma, mas o Sporting num todo precisava desta vitória para dar nos alguma esperança que ainda é possível dar a volta na segunda fase da época.

    Foi um jogo bastante fraco, plantel está de rastos, tanto psicologicamente(daí a importância desta vitória) como fisicamente, á cabeça Adrien e William, até dá "pena" do ver os dois em campo, na primeira parte já estavam todos rotos.
    Valeu mesmo pelo 9º golo de Bas Dost e mais uma assistência de Campbell, que acho que a partir do banco oferece muuuito mais (mexe com o jogo sempre), mas também continuar a jogar com B.Ruiz, é que não se percebe, mais uma exibição patética do nº10, o lance de 1x3 do Belenenses, sai de um canto curto (até quando vai durar esta treta que nunca dá golo...) mal feito de Bryan, tanto tempo para cruzar a bola e quando cruza faz mal....por isso onde anda Matheus? Desaprendeu?
    Beto esteve em altas, salvou-nos bem hoje, mas é para isso que lá está também.

    Não á muuuito mais a escrever, para mim é simples, arrumar a casa em Janeiro, Petrovic, Elias/Meli, Markovic, André/Castagnos, podem ir de vela.

    Fazer regressar/aproveitar, Paulista, Geraldes, Iuri (que não anda a fazer nada no Boavista, nem tem sentido ser 3 vezes emprestado a clubes de meia tabela da Liga Portuguesa, quando já provou em Arouca e Moreirense que merece pelo menos fazer parte do plantel do Sporting, no Boavista não aprende nada, essa fase já ele passou, de andar a rodar) Matheus.

    Duvido que o Sporting venda alguém dos titulares em Janeiro, nem fazia muito sentido.
    Em questões de compras, vamos ver a vir alguém era um DE, mas acho que ficamos com os que cá estão.

    Bom Natal!
    SL!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há muito trabalho para fazer em janeiro, isso é certo... Bom Natal!

      Eliminar
  4. Fonix!.. estava a ver que hoje o Jasus não percebia a coisa.

    O Sporting não pode jogar contra estas equipazecas só com um homem de area. ponto

    É certo que contra o Sporting TODOS vão comer a relvinha todinha (é vê-los a todos invariavelmente com alguém com cãibras antes do jogo acabar)... e é autocarro mais atrelado e o que for preciso para não sofrer, e correria desenfreada para ver se marcam um golito de contra-ataque.

    E podem marcar um golito, mas nos podemos, sabemos como, e devemos marcar 4 ou 5...ter medo de sofrer golos é de equipa pequenina, têm é que se marcar muito mais golos por partida que o adversário ... e se não houve medo do Real Madrid, e não houve, muito menos tem de haver de equipas que nem na 2a liga de Espanha calçavam.

    Se o Jasus acha que o campeonato português é de alto nível e tem de ter muitas cautelas sempre, ou é cego ou muita burro

    Hoje se não entra o Castaignos para ter 2 homens em cunha, era mais um empate aberrante (se não fosse pior)... quando podia e deveria ter sido goleadas em todos, até contra o carnide.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As tuas fontes seguras também sabem das negociatas que o Football Leaks anda a divulgar e que envolvem diretamente a tua coletividade de eleição?

      Eliminar
  6. MdC viu o jogo certo??
    Parece-me que a sua análise está desfasada da realidade!
    Deixo-lhe aqui a análise do catedrático:
    'O objetivo era ganhar e conseguimos com mérito, qualidade e classe. Fizemos uma primeira parte brilhante, '

    Um bem haja e feliz natal =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixemos o JJ vender o peixe dele, como todos fazem. Obviamente que não concordo com a análise que fez, mas percebo que não lhe adiante ser cáustico numa altura destas. Bom Natal! :)

      Eliminar
    2. O Jesus tem 3 defeitos cruciais que mexem com a equipa

      1) A arrogância desmedida, traço de personalidade que ele já tinha com certeza, mas foi potenciada ao maximo pelo tempo que passou em carnide, não fosse o benfica a **escola maxima** dos mitos, gabarolices, fanfarras, vaidades e mania das grandezas... nada que vem de carnide é bom sem ser reciclado primeiro... TODOS OS BENFIQUISTAS QUE O CRITICAM DEVIAM DE OLHAR-SE AO ESPELHO PRIMEIRO.

      2) Defende os seus méritos, e a psicologia dos jogadores mesmo contra a realidade e a verdade.
      Ele disse várias vezes que náo havia nem acreditava que houvesse **corrupção**, MAS HÁ ... disse também que o campeonato Portuguès era competitivo e ia ser mais ainda este ano, MAS NÃO É, a falta de rodagem e preparação para ALTA-COMPETIÇÃO é crónica, invariavelmente vé-se todos os anos nos resultos Europeus (CULPA È DA CORRUPÇÂO.PONTO) apsar dos jogadores portugueses terem uma qualidade acima da média Europeia... Ora os jogadores são homens crescidos e não têm de ficar nada afectados negativamente, se lhes disseram que vão ter que lutar mais e precarver-se contra os esquemas de corrupção, JORNALIXEIRADA, arbitragens manhosas e tendenciosas, etc *A VERDADE LIBERTA-TE*... e quem elabora em erros destes, como o Jasus, as tacticas e preparação *psicológica* para os jogos é afectada quer queira quer não, e mais ou menos, conforme o próprio treinador mais ou menos acredita nas inverdades que passa como discurso.

      3) Falta de preparação, ou melhor objectividade, para orientar equipas sem hegemonia ou *folga* dos adversários. E não falo de *colinhos* que implica arbitragem, e agora é por demais evidente a favor do benfica. Ora no campeonato Português o Sporting nunca ou muito raramente vai ter qualquer tipo de folgazita de qualquer equipa por mais rasca que seja ( assim manda o *mendes/mala/negociatas/presidentes doutros clubes mas ferrenhos benfiquistas* e não só, muito tem a ver também com o ambiente de percepção de hegemonia -uma equipa á partida practicamente insuperável mesmo que não o seja, muito longe disso- ou falta de hegemonia -a jornalixeirada é fundamental nisto-). O JASUS È ACTUALMENTE UM DOS MELHORES TREINADORES DA EUROPA, e melhorou muito desde o benfica, a implementar um tipo de jogo com muita circulação e posse de bola, em certos aspectos vistos no ano passado é até melhor que o tik-tak do Barcelona (os interpretes é que são outros). Mas como se vê até no Barcelona este tipo de esquemas podem descabar em jogos com imensa falta de objectividade pelos seus adoptantes, que andam ali, DOMINAM A BEL PRAZER, bola para um lado e para o outro, mas BALIZA nikles !

      O JASUS SOFRE BASTANTE CONTRA AUTOCARROS... POIS NO BENFICA NÃO TINHA ISSO ASSIDUAMENTE (ou raramente, e isto também é uma forma de corrupção e anti-desportivismo... coisa que não diz a minima a benfiquistas calculo), autocarros esses em que os adversarios são obrigados a fazer mesmo que não queiram, estando mais ou menos imbuidos de não dar a minimizanha folga e de comer a relvinha todinha, pelo dominio de jogo que o Sporting impõe, ou *quase* sempre consegue impor.

      Se o Jasus estiver a ver isto então percebe que não pode jogar contra ninguém, não há folgas e há autocarro mais atrelado, sem dois homens em cunha na area, se calhar mesmo contra o *benfica (tigre de papel) na luz*. ponto... o futebol sem objctividade jão lhe deu grandes dissabores na Europa, a aberrante incapacidade de marcar golos tranferiu-se para o rasco futebol português esbarrando nos autocarros, e tem por isso, é inherente seja o adversário fraco ou forte, muito a ver com falta de espaço dentro da area do adversário... vai mesmo ter que ganhar e muito mais molhadas dentro das areas adversárias, e fazer mais cruzamentos á antiga inglesa, 2 GRANDES E **AGERRIDAS** TORRES TIPO BAS DOST lÁ DENTRO (QUE FALTA QUE O SLIMANI FAZ !!! )....

      Eliminar
  7. Não é só a quantidade de cruzamentos que é mal feita. E os cantos? Quase sempre mal marcados. Com tantos jogadores bons de cabeça, nem percebo isso.

    Em relação à primeira parte deixa-me só discordar um pouco. A equipa controlou bem o jogo e o Belem só teve uma hipotese já perto do intervalo. O problema não está no controlo em si, que é bom, o problema é a falta de soluções atacantes que a equipa tem, PORQUE não tem jogadores com capacidade criativa e de rápida execução, tirando Gelson e Campbell (e mesmo assim este não é tão criativo como isso mas tem uma execução rapida).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os cantos têm a perversidade adicional de, por vezes, acabarmos por perder a bola quando os marcamos de forma curta e começamos a ir para trás. Aliás, foi num desses lances que o Belenenses fez aquele contra-ataque de 3 contra 1.

      Eliminar
  8. Respostas
    1. também eu... por isso é que não percebo a vontade de mandar toda a gente emprestada.

      Eliminar
    2. Se é para ter o apático Bryan Ruiz em campo, então sim, prefiro o Castaignos a jogar ao lado do Dost.

      Eliminar
    3. A movimentação do Castaignos no primeiro golo devia ser motivo suficiente para ser titular no próximo jogo, ao lado de outro PL.

      Eliminar
    4. Castaignos ou André Baladas... 2 homens em cunha sempre... mas o Castaignos é mais móvel, começou a carreiro como extremo, não como homem de area... pois sim Mestre concordo consigo, até ver como e se o Gelson Dala se adapta (tenho um feeling que o puto ainda vai dar super craque).

      Outro que poderia muito bem fazer uma posição de ala no meio-campo é o Alan Ruiz... boa visão de jogo, e como é dificil tirar-lhe a bola ! se ele estiver bem, e ontem esteve muito bem também, e tem um pé canhão como há poucos apsar de aqui ainda não ter mostrada essa faceta (alias pouco jogou).

      Eliminar
  9. Vi o jogo de ontem a espaços, por conseguinte não posso tenho uma análise consolidada do mesmo. Mas, do que vi, pareceu-me evidente que o Sporting precisa de manter Jefferson Esgaio no XI. Não pelo brilhantismo ontem apresentado (o brasileiro, então, parece completamente desapegado da equipa), mas pelo facto incontornável de terem muito mais a oferecer ofensivamente que os restantes.
    Gostei do Esgaio, e, embora precise de tempo para se afirmar, existe ali capacidade de passe e agressividade (no bom sentido) que não se descobrem em Schelotto e João Pereira..

    Já mete nojo a insistência em Bryan, até parece que o clube ganha dinheiro por cada vez que o costa riquenho é titular. Jogador que não se entrega a 100% não pode jogar no Sporting, por muita qualidade que julgue que tenha.

    Castaignos não é um primor, mas é um tipo que causa mossa. E a sua capacidade de partir do flanco pode ser muito útil ao Sporting.Mas, repito, tudo menos este Bryan.

    Em análise, quando chegamos a dezembro e estamos a discutir várias posições no XI, algo está muito mal. E aí, Jorge Jesus é o único responsável. Tenho confiança nas suas capacidades, mas ele que se deixe de tretas e que faça o que sabe melhor (que não é dar entrevistas).

    ResponderEliminar
  10. Mestre só de frisar a quantidade de miudos pequenos que invadiram o campo e que estavam presente no jogo. Mesmo não sendo campeões há anos. A alegria de vê-los saltar, cantar e apoiar.
    Somos realmente diferentes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A grandeza de um clube também se mede por aí: a capacidade de atrair jovens sem a "facilidade" dos títulos. É algo bastante mais profundo que os traz para o clube.

      Eliminar
  11. O Beto é um grande boss... Um Senhor! E não vale a pena dizer mais nada, até porque já está tudo dito.

    ResponderEliminar
  12. Os primeiros 60min do.Sporting até foram positivos o problema é que criamos jogadas de qualidade mas depois acabamos sempre por desperdiçar tudo com uma péssima definição final a juntar a isto ontem tivemos 7 cantos bos primeiros 20 minutos e não conseguimos finalizar nem um...

    Muito trabalho para recuperar a dinâmica que já tínhamos demonstrado até à derrota na luz.

    ResponderEliminar
  13. ""a primeira parte do Sporting esteve ao nível do pior que esta equipa já mostrou: jogadores apáticos e incapazes de ligarem uma jogada, sem conseguirem sequer criar uma única oportunidade de golo. Na realidade, o Sporting teve sorte em não estar a perder ao intervalo""

    Ai tu só papas as mentiras descaradas do bruninho? Quando o Jorginho diz que fizeram um granda primeira parte tu nepia? É que não se ficou por ai, o Sporting tem demonstrado sempre uma grande qualidade, eliminado da europa com 3 ridiculos pontos, campeonato diferença de golos +12, o Benfica +24, o dobro, precisou de 6 anos no Benfica, quando foi campeão no primeiro o ano, recuperar lesionados lol, o descaramento quando toda a gente sabe a razia de lesões que o clube que tem mais 8 pontos teve.

    São exatamente iguais, dois doentes mentais narcicistas que mentem descarademente sempre para se auto promoverem.

    Não sei quem é mais burro, o treinador que pensava que tinha sido ele que tinha ganho sozinho os campeoantos no Benfica ou quem o contratou e paga-lhe o que paga a pensar o mesmo.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ninguém tem a mínima dúvida que os títulos que conquistou no Carnide não são só mérito do Jesus. São em grande medida mérito também do mesmo colinho que agora leva o prof.de. ginástica à frente do campeonato sem saber ler nem escrever.

      Eliminar
    2. Ainda com JJ atravessado, esquece lá isso, parte para outra, não sejas tão infeliz.

      Eliminar
  14. Então artista?
    Levaste a mal por dizer que o Sporting ontem jogou com guarda-redes e central em condições, como vinha apregoando desde há muito tempo? É preciso censura por isso? Por amor ao nosso Deus e ao teu Jesus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não foi por isso, de certeza. Há-de ter sido por outra coisa qualquer.

      Eliminar
    2. Nada de mais. Disse apenas que ontem tinhas escrito a crónica logo no dia do jogo. Nas últimas semanas, tal não tinha acontecido. Sentiste-te picado. Tudo bem.

      Eliminar
  15. Caro MdC, foi-nos permitido continuar a alimentar um dificil sonho...
    Passo por aqui para lhe agradecer o seu empenho na defesa do nosso Clube e desejar-lhe, bem como a todo o mundo Sportinguista, um Natal de Paz, Saúde e Esperança.

    ResponderEliminar
  16. Um abraço de Boas Festas e os votos sinceros de um Bom Ano de 2017 para todos os sportinguistas.
    Saudações leoninas a todos.

    ResponderEliminar