sábado, 17 de dezembro de 2016

Doyen / Traffic / Títulos nacionais

Decisão do Tribunal Federal Suiço sobre o caso Rojo

Conforme se previa, o TFS deu razão à Doyen. Era previsível porque este tribunal limita-se a analisar questões processuais dos julgamentos de primeira instância, pelo que era bastante improvável que revertesse a decisão do TAD. No entanto, este desfecho não justifica que se queira fazer disto mais do que uma mera notícia de rodapé, pois não terá grande impacto na vida do clube.

Do ponto de vista moral, o Sporting continua com a razão do seu lado. A melhor prova disso está à vista de todos: foi a ação abusiva dos fundos que levou a FIFA a decidir banir os contratos de TPO do futebol. Quando o Sporting denunciou o contrato de Rojo e Labyad, os fundos agiam impunemente. Hoje, os fundos, tal como os conhecíamos, são proibidos e vistos como uns párias pelo mundo do futebol - com exceção de um punhado de clubes que adora viver metido em negociatas. 

Ainda ontem, foi divulgado pela imprensa internacional que a Doyen organizou uma festa com prostitutas onde participou Florentino Perez, presidente do Real Madrid, que, só por acaso, foi uma das testemunhas contra o Sporting no caso Doyen. Assim se vê o nível destes indivíduos. Mas a vida continua, e, felizmente, o Sporting está muito mais sólido do que estava em agosto de 2014. Em contrapartida, a Doyen e outros fundos estão em processo de perda de influência, que terminará assim que expirarem os últimos contratos ainda em vigor.

Do ponto de vista das contas, também não há impacto relevante ao nível da contabilidade e tesouraria do SAD. Do ponto de vista das contas, a provisão feita na época passada antecipou os custos de uma decisão desfavorável no TFS. Do ponto de vista da tesouraria, a retenção das receitas da Liga dos Campeões cobre, quase na totalidade, o valor a pagar.

Valeu a pena o Sporting ter-se metido nesta guerra? Na minha opinião, sim. Em primeiro lugar, pela questão de princípio de não admitir ingerências de indivíduos que nada têm a ver com o clube. Nem o problema dos juros pagos acaba por ser uma penalização particularmente dura, pois a taxa está ao nível do que se pagaria se se recorresse à banca ou a empréstimos obrigacionistas.

A Doyen é, finalmente, parte do passado do Sporting. Daqui a poucos anos, a Doyen será parte do passado do futebol. Até lá, o Benfica e o Porto que os aturem, pelo menos enquanto não venderem Ola John, Corona e Brahimi.


A parceria com a Traffic

Tem muita graça haver quem tente apontar a parceria com a Traffic como uma incoerência do Sporting face à sua posição em relação aos fundos. O Sporting insurgiu-se contra os contratos TPO e contra os fundos de quem se desconhece a origem do dinheiro. Os contratos TPO fazem parte do passado. E, tanto quanto se sabe, os proprietários da Traffic são conhecidos.

Ironicamente, o maior problema está no facto de os proprietários da Traffic serem conhecidos - e terem um historial com acusações muito graves. Isso faz com que não me agrade este acordo entre o Sporting e a empresa brasileira.

Agora, tudo dependerá da natureza da parceria: se for um simples acordo de prospeção e colocação de jogadores, não vejo grandes inconvenientes; se for para trazer Veras ou outros sul-americanos desconhecidos a troco de milhões, com clubes fachada metidos pelo meio, então Bruno de Carvalho terá de responder por isso. O tempo esclarecerá as dúvidas, mas não vejo motivos para que não se acredite que se trata da primeira hipótese.


A questão dos títulos nacionais

A Bola colocou na capa de ontem a notícia de que "a FPF já esclareceu a questão dos títulos". O jornal sustentou esta afirmação com um link do site da Federação que contém a lista de vencedores da Taça de Portugal, onde foram incluídos, numa subsecção situada no final da página, os vencedores do Campeonato de Portugal.

Não vejo como se pode achar que esta questão fica fechada com um mero link de um site, que pode ter sido colocado por um qualquer funcionário (ou até algum subcontratado). Qualquer tomada de posição da FPF terá de vir da sua direção. Mas mesmo uma tomada de posição da direção da FPF não se pode limitar a constatar que sim ou sopas - é necessário que essa posição seja bem sustentada juridicamente. A absurda (e não fundamentada) decisão de 2005 da FPF em considerar as ligas experimentais como campeonatos nacionais é discutível moral e juridicamente. Não se pode tirar, de ânimo leve, o estatuto de Campeão Nacional aos clubes, atletas e técnicos que conquistaram os Campeonatos de Portugal, conforme lhes era reconhecido à época.

A questão dos títulos continua tão aberta hoje como estava na quinta-feira.

57 comentários :

  1. Eu acho que se deveria levar para um tribunal civil a questão da contabilização dos títulos, porque embora seja algo desportivo, trata-se duma violação ao nível da definição dum título.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mais uma vitória moral? Para insultarem mais um tribunal?

      Eliminar
    2. Mastim pelo menos os processos que apresentamos em tribunal, nao sao devolvidos por inépcia!

      Se fosse comigo nao seria tao brando, e em vez de inepcia chamar-lhe-ia uma burrice mesmo!

      Eliminar
  2. Desde já enalteço a coragem de trazer para o blogue (praça) público estes assuntos tão sensíveis à vida do Scp. Ou então foi pela insistência de certos comentadores em posts anteriores. De qualquer maneira, outros blogues não tiveram essa coragem com receio de perder a avença mensal ou de serem apertados pelo braço armado da jubeleo.
    Doyen - nada de novo, já sabiam que a derrota era certa. Só BdC fez transparecer o contrário e alguns seguidistas acreditaram.
    Traffico - "A FIFA, por meio da Circular n. 1464, inseriu no Regulation on The Status and Transfer of Players (“RSTP”) de 2015 o artigo 18 Ter[1], vedando, a partir de 01 de maio de 2015, a participação de terceiros nos ditos direitos económicos dos atletas de futebol." - fala~se em terceiros, identificados ou não. Agora efectivamente como diz o MdC, tudo depende da natureza da parceria, mas estou certo que, devido à natureza dos proprietários já anteriormente condenados, não será algo legalmente muito correto.
    FPF e títulos nacionais: ASSUNTO ENCERRADO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rudolfo, só não percebo porque razão certos comentadores não insistem com MdC para ter a coragem de trazer para o blogue (praça) este assunto:

      "Os milhões pagos em comissões e transferências a estes senhores são provenientes não das contas de Vieira, de Soares de Oliveira ou de Gaioso Ribeiro mas do Sport Lisboa e Benfica e como pelo que sei o clube ainda é propriedade dos sócios e a SAD ainda é controlada pelo clube, quem anda a fazer negócios com gente duvidosa tem sim que prestar contas do que faz e não pode andar a "pagar favores" com dinheiro do Benfica.

      Quem quer pagar favores que o faça com o seu dinheiro.

      Só com Carrillo, Jovic, 20% de Oblak, Jimenez ou 50% de Markovic já chegamos ao valor redondo de 50 milhões de euros obtidos à custa do Sport Lisboa e Benfica.

      Enquanto estes negócios milionários enriquecem os intermediários, no caso do Benfica o passivo não desceu um cêntimo como se tem agravado, estando a chegar aos 500 milhões de euros."

      Isto é que verdadeiramente deveria importar para certos comentadores. parece que preferem falar no Ola Doyen John e na traficc.

      E por falar no Ola, quanto é que vai doyer, John??

      Eliminar
    2. Rudolfo, Já vi a tua noção de democracia e contraditório sobre estes assuntos, efectivamente encaixa no teu perfil como uma luva, então diz o Rudolfo Dias, sobre a discussão destes assuntos:
      ".... o risco de mudar o nosso lema para E Pluribus Desunum."

      Como dizia o outro; heheh

      Eliminar
    3. FPF e títulos nacionais (18): ASSUNTO ENCERRADO
      https://4.bp.blogspot.com/-4lZxZC18Y9A/WCdlfvabC2I/AAAAAAAAAxQ/v19osxVLW8EFwuj0gmKCZjU-W2O-KRrtgCPcB/s1600/FPF.jpg

      "Por virtude da reforma a que se procedeu no Estatuto e Regulamentos da Federação os Campeonatos das Ligas e de Portugal passaram a designar-se, respectivamente, Campeonatos Nacionais e Taça de Portugal". (Relatório de Actividades da FPF 1938-1940)

      "O Campeonato da 1ª Liga passou a ser Campeonato Nacional da 1ª Divisão, e o Campeonato da 2ª Liga obteve a designação de Campeonato Nacional da 2ª Divisão". (Relatório de Actividades da FPF 1938-1940)

      Boa digestão pois para o próximo ano já é a dobrar.

      Eliminar
    4. Burrolfo revisionista, sabemos que a condição de lampião limita severamente a capacidade de interpretar textos mas esse texto é de 1938 e para quem sabe ler apenas define o formato e denominação das competições A PARTIR DE 1938.

      Em nenhuma frase ou palavra desse texto se apaga o passado nem altera o estatuto das competições disputadas entre 1922 e 1938. Muito menos em alguma parte do texto se transforma uma prova a título experimental em prova oficial retroativamente.

      E não serão certamente os lampiões revisionistas da porta 18 que em 2016 vão reescrever a história.

      Eliminar
    5. rena, a malta está a marimbar-se para o revisionismo, ainda näo percebeste? a fpf que diga o que quiser, mas eles e vocês não mandam nos sportinguistas. a liga italiana também diz que a juventus tem x campeonatos e os adeptos celebram x+2. digere lá isso tu.

      Eliminar
    6. António Fontseca prezo que sigas tão atentamente o NGB e os meus comentários em particular. Eu não seria capaz de fazer igual num blogue rival.

      Eliminar
    7. Rudolfo o gajo segue e participa... participa é com outro nick... ou achas que aqueles comentários de pseudo benfiquistas que aparecem cheio de azia quando o Benfica ganha são de quem... de benfiquistas?
      Até o belfodil por lá deve andar... benfodil onde andas tu? deixaram de te pagar?

      Eliminar
    8. "rudolfo dias17 de dezembro de 2016 às 18:43

      António Fontseca prezo que sigas tão atentamente o NGB e os meus comentários em particular. Eu não seria capaz de fazer igual num blogue rival."

      Ironia ou incapacidade de analisar a conduta do self?

      Eliminar
    9. Rudolfo, então o que fazes aqui? Queres ver que este é um blog do Benfica e eu não sabia, de facto a quantidade de vezes que intervéns, dá para duvidar.




      Eliminar
    10. Fonseca, neste blogue dois terços dos posts são directa ou indirectamente relacionados com o Benfica, portanto como catalogá-lo?

      Eliminar
  3. O SCP deve exigir à federação um relatório/documento fundamentado e exaustivo sobre a questão da atribuição dos títulos, a sua correcta contabilização e a interpretação histórica dos eventos e responder a quaisquer devaneios revisionistas/lampiãnicos a partir daí.

    Lembremos que a mesma federação que considerou retroativamente que provas a título experimental afinal eram títulos oficiais máximos do futebol (!) tem escrito no mesmo site:

    “Em 1922 foi criado o primeiro campeonato de futebol organizado pela UPF. Os vencedores desta competição eram considerados os campeões da modalidade em Portugal".

    ...

    ResponderEliminar
  4. Bom dia. Tenho em relação ao seu texto, caro MdC, um parecer muito semelhante.
    Graças ao que o seu espaço e outros afectos ao nosso Clube me proporcionam...
    Gostava que, em tempo julgado conveniente, BdC, explicasse aos Sportinguistas, a parceria com a Traffic.
    SL

    ResponderEliminar
  5. Bom dia,

    É óbvio que hexistem outros artistas que querem passar outra opinião relativamente à Doyen, são pagos põe essa identidade e devem lhes favores ( comer putas é um extra que se paga caro, tanto em favores, como na necessidade de o fazer na altura de um telefonema. Tudo para poderem manter a fachada conjugal e profissional )

    As doyens nunca iram acabar ... é um conceito de negócio muito antigo e de sucesso garantido.

    A nova relação com a Traffic é um passo difícil de tomar, mas um caminho necessário a percorrer.
    Não podes andar aí sozinho... fácil mente te cham de dom Quixote. Agora com um parceiro com estes músculos, os outros meninos vão começar a bater a bolinha um pouco mais baixa. Este novo amigo não é para brincadeiras e não gosta de ver os seus investimentos a serem Roubados à boca podre.... sem fazer nada.
    No fundo o que Bruno quer para o Sporting é respeito!
    ( dentro de umas semanas iremos ver se os Lampeoes, continuam a cantar de galo e se ex funcionários do Sporting agora a comer da gamela do orelhas, voltam na cmtv a dizer que temos que retirar o presidente da cadeira??? Quero ver ?? Pode ser que se venha a foder !!)


    Quanto aos títulos .... vamos rumo ao 23 e o resto é conversa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. as doyens vão acabar...

      45% dos jogadores ditos profissionais em toda a europa recebem menos de 950 euros por mês.

      29% são transferidos contra a sua vontade.

      e estes números estão a crescer.

      Eliminar
    2. Cuidado para não partir nada, com tanto contorcionismo.

      Eliminar
    3. Deixem-me dizer que o "hexistem" dá um outro nível à coisa. Muito bem, Ricardo!

      Eliminar
    4. conturcionismo vem daqueles que se deitam na cama com as máfias do leste, os zahavis e os nelios enquanto a dívida sobe para os 500 milhões.

      e que ficam no sec xx contra o video na arbitragem.

      esses, estão condenados à extição... por enquanto divertem-se a inventar uma história que não existe mas é o estrebuchar da morte.

      Eliminar
    5. entre pessoas que escrevem hexistem e conturcionismo é normal acreditar no bdc. é uma questão de "iliteraticia".

      Eliminar
  6. É uma questão que, à semelhança de outras, fica em aberto até o Sporting ter razão... ou conseguir convencer a maioria das pessoas...
    Quantos golos marcou o Peyroteo, hoje?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será possível esclarecer o que significa e a que propósito vem essa pergunta?

      Eliminar
    2. tantos como o euzébrio, esse bêbado que batia mulher.

      Eliminar
  7. Decisão era expectável? Apenas para quem come gelados com a testa... Os vascos carneiros sempre disseram que iam ganhar.
    Perderam em tribunal mas a vitória moral é vossa! Ainda não perceberam que o vosso caso não passou de um simples rasgar de contato?
    Traffic... Daqui a uns anos obtêm uma vitória moral sobre estes também.
    Questão dos títulos... É oficial desde 1939. Não se pode tirar a alguém aquilo que nunca foi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca foi!?!? Mas se tu próprio dizes que é "oficial desde 1939" onde é que isso significa que o que se passou entre 1922 e 1938 não existiu ou que foi alterado retroativamente?!?

      Esse documento apenas confirma o carácter EXPERIMENTAL dos campeonatos da liga EXPERIMENTAIS e a oficialização, formatação e denominação das competições FUTURAS!

      Isto para quem sabe interpretar português em vez de andar a tentar devassar e reescrever a história desde 1908 ou 1904, nem vocês sabem desde quando...

      Eliminar
    2. Boa sar, para esse clube conta a primeira data de fundação, no caso dos atletas parece que nao se aplica a mesma regra pois o que conta é o seu renascimento e nao o seu nascimento!

      Mastim sao 22 TITULOS de campeao nacional, agora lida com isso para deixares de ser lidado por aqui!

      Eliminar
    3. Desde 39 que está dividido que a liga deu origem ao campeonato. A competição actualmente designada por liga portuguesa tem origem na liga criada em 1935 e não no campeonato de portugal. Da competição que actualmente é a liga portuguesa o Benfica tem 35 títulos e vocês 18. Não há qualquer duvida sobre isso! Nunca houve duvidas que em Portugal apenas 5 clubes foram campeões: Benfica, porto, sporting, belenenses e boavista!

      Eliminar
  8. o Sporting tem toda a razão. É apenas uma questão de tempo.
    Por enquanto há um bando de lampiões que se entretém a destruir a história escrevendo mentiras.

    ResponderEliminar
  9. Os mesmos que Eusébio no beira mar vs benfica.

    ResponderEliminar
  10. Mestre,

    Sobre a Doyen e a possibilidade de sairmos vencedores deste braço-de-ferro, acho que se percebeu a partir da primeira decisão que o desfecho não nos seria favorável.
    BdC nunca quis dar o braço a torcer neste processo e ainda bem que não o fez pois a decisão tomada deu frutos muito importantes ao clube que estamos actualmente a colher.

    Ao contrário do que agora se quer fazer transparecer e como referes no teu post, houve enormes vantagens no assumir de posição da Direcção leonina:

    - Ficámos com o dinheiro de Rojo na conta o que nos permitiu aliviar a Tesouraria, contornar as questões do fair-play da UEFA, ter capacidade para reforçar o plantel e ainda dar início às obras do Pavilhão numa altura em que dinheiro era coisa rara nos cofres.

    - Ao tomar essa decisão todos percebemos que as futuras vendas de jogadores dariam um retorno muito superior, bastando para isso que o Sporting fosse maioritariamente detentor dos passes desses jogadores.
    Assim trabalhou a actual Direcção nesse sentido, recuperando significativas percentagens doe passes e assim tivemos retornos nas vendas desta época como nunca antes viramos o Sporting fazer.

    Se tivéssemos mantido a linha das anteriores Direcções, continuar-se-ia a assistir à venda de percentagens de passes dos nossos melhores jogadores.

    Avaliando estes prós e os contras (custo com juros e encargos com advogados), continuo a achar que foi a atitude correcta e muito proveitosa para o clube.

    SL

    ResponderEliminar
  11. Já agora, link para a Bancada de Leão, onde se conta a história do "famoso" Nélio Lucas:

    http://bancadadeleao.blogspot.pt/2016/12/quem-e-nelio-lucas-face-visivel-da-doyen.html#more

    ResponderEliminar
  12. Tanto quanto vi e ouvi ontem pelo jornalista Otavio Lopes , na cmtv ,a atual federação portuguesa de futebol também nao reconhece os três títulos da liga experimental que o benfica inventou ! No site da federação o benfica tem os verdadeiros 32 campeonatos ! SL

    ResponderEliminar
  13. Tanto quanto ouvi o jornalista Octávio Lopes , ontem na cmtv , a atual federação portuguesa de futebol também não reconhece os três títulos inventados pelo benfica relativos à liga experimental ! No site da federação o benfica tem os verdadeiros 32 títulos ! Segundo ele , foi uma vigarice entre o benfica e a federação de ha 10 anos atrás ! SL

    ResponderEliminar
  14. Doyen, assunto encerrado. Pagamos e viramos a página. Mais fracos nao ficamos.

    Traffic, horrivel noticia. Obviamente que tudo depende da natureza da parceria, mas é mau estar associado a essa entidade de má fama. Parece me que se percebeu que nao temos a forca necessária no mercado e precisamos de um parceiro forte. Funcionalmente poderá ser proveitoso, eticamente perdemos muita moral.

    Titulos, é claro como água que temos 22. A mim chega me. Se a Federação nao quiser oficializar, é me indiferente.

    ResponderEliminar
  15. (..)então Bruno de Carvalho terá de responder por isso.
    He la, olhem se eu trabalhasse na CMVM... quando é que é o combate, artista? Vale 100 milhões de euros? Braço de ferro, ou patadas na boca? Vamos a isso!

    ResponderEliminar
  16. Eles podem contar as mentiras que quiserem:

    Podem dizer que todos os jornais (e o vídeo do documentário da época) que proclamavam os "campeões de Portugal" não sabiam o que estavam a dizer e que "campeões de Portugal" era diferente de "campeões nacionais", não tinha nada a ver uma coisa com a outra, mesmo que depois também haja jornais da época que os proclamavam como "campeões nacionais", mas com certeza também não devia ser isso que eles queriam dizer (nos anos 20 e 30 havia tantos jornalistas burros, pá?! Impressionante!! Ainda bem que os de hoje em dia são tão inteligentes!)...

    Também podem dizer que eles não eram "campeões de Portugal", nem "campeões nacionais" porque, além de os jornais da época não saberem o que estavam a escrever, e confundirem "campeões nacionais" com vencedores da "taça de Portugal" (que nem sequer existia, nem ninguém sonhava que ia existir...), também eram muito estúpidos porque obviamente os "campeões nacionais" de cada país apenas são encontrados em competições de todos contra todos, em formato de poule, embora na maioria dos países os "campeões em eliminatórias" sempre tivessem sido reconhecidos (Alemanha, Itália, Brasil, etc), e, pasme-se, ainda hoje, neste século XXI, neste preciso ano 2016 em que vivemos, há pelo menos dois países, dos mais ricos do mundo (embora com menos tradição futebolística), que definem os seus "campeões de futebol em eliminatórias", são eles os Estados Unidos da América e o Japão (fazem-no já não por dificuldades económicas/logísticas, mas para adicionar emoção à decisão), isto para já não comparar com os campeões das outras modalidades mais importantes em Portugal (Futsal, Futebol de praia, basquetebol, andebol, voleibol, etc), que são precisamente "campeões em eliminatórias", mas claro que para gente sem coluna vertebral, sem cérebro (mas com muito ar na pança inchada), o que interessa é que "EU SOU DO MAIOR DE PORTUGAL E O MEU GLORIOSO É-SÓ-BÊ TEM 35, E VAI RUMO AO 36! O DOBRO DA LAGARTADA! EH, EH, EH... É-SÓ-BÊ...É-SÓ-BÊ...GORIGOZO É-SÓ-BÊ...GORIGOZO É-SÓ-BÊ(SPORT LADRÕES E BANDIDOS)!"

    (Sois uns tristes, pá, uma cambada de tristes, e cada vez tenho mais orgulho em ser do clube que combate a vossa agremiação de bandidos).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inteiramente em apoio ao teu raciocínio, JMF.
      Com uma pequena adenda que poderá, até, ser uma correcção: quem ganhou a tal prova experimental, só não teve direito ao título de Campeão (aqui é indiferente se nacional ou de Portugal) porque o ano de 2015 ainda estava distante...
      Demo-nos por felizes, JMF, afinal temos o privilégio de (ainda) viver uma época de iluminados com capacidade para reescrever a verdadeira, a real, a autêntica história, já que os que têm hoje mais de 80 anos nasceram e cresceram numa época de obscurantismo - veja lã que até anunciavam e festejavam um título de campeão que, veio a descobrir-se era uma farsa!
      Mas há outro aspecto que não considerou: ser Campeão de Portugal é diferente de ser Campeão Nacional ! Relembro-lhe que há uma instituição tão grande, mas tão grande (aí uns 300 mil sócios, entre defuntos, vivos e futuros paridos), que é uma nação - não confunda, sff.
      SL

      Eliminar
  17. 1. meh. fifa merecia mais aninhos de tpo a ver se ganhavam vergonha.
    2. meh. gosto da traffic.
    3. meh. continuemos com a história e não com esse revisionismo patético.

    ResponderEliminar
  18. A FPF não tem que dizer coisa nenhuma. Isto não é uma questão de decisão. Não há nenhuma decisão para tomar.
    Até 1938 o Campeonato de Portugal era considerado a principal prova de football em Portugal e era aceite unanimemente, pelo organizador, pelos competidores, pelo público e orla comunicação social, como atribuindo o título de Campeão Nacional.
    E isso só se alterou quando foi criado o Campeonato Nacional da 1a. Divisão.

    Nota, para os analfabetos que acham que Campeonato significa contra-todos:

    Campeonato, substantivo masculino, certame desportivo em qur se disputa um prémio.

    Troféu, substantivo masculino, competição entre vários concorrentes a um título.

    Nada impede, por definição, que, para o ano, se todos estiverem de acordo, a Taça de Portugal passe a apurar o Campeão Nacional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A entidade que organiza não tem nada a dizer.. quem deve decidir é o bdc!

      Eliminar
  19. http://www.record.xl.pt/multimedia/videos/detalhe/benfica-promove-kit-socio-com-bicada-ao-sporting.html

    Artista, colocando de lado as rivalidades, não está fantástica esta ideia?
    Benfica aproveita o que o vosso Presidente nos dá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem que podiam começar a vender kits de sócio rival ou sócio nem dorme, visto que nem um anúncio a promover o próprio clube de bairro conseguem fazer sem pensar no Sporting.

      Eliminar
    2. Bem que podiam começar a vender kits de sócio rival ou sócio nem dorme, visto que nem um anúncio a promover o próprio clube de bairro conseguem fazer sem pensar no Sporting.

      Eliminar
    3. "Nao falem dos outros..."

      Como voces gostam de feijao frade...

      A Ola trata disso no próximo Verao com o novo Cornetto Feijao Frade!!!

      Eliminar
    4. Ahahahah
      Picaram-se!
      No spot não se menciona nenhum clube, mas os vendedores de títulos em time-sharing, acusaram o toque!
      Heheeheheh

      Até Maio, com a campanha da TETRA pak!

      Eliminar
    5. "Vocês só pensam em nós, são um clube mesmo pequenino!"

      Não! Vocês é que só pensam em nós (desde a nossa Fundação, nunca aldrabada, nem manipulada), e são um clube mesmo MESQUINHO!

      Eliminar
  20. No mesmo dia que se soube que Jorge Sousa teve quase nota máxima no dérbi (os observadores, além de delegados e árbitros, também levam vouchers para casa e é sempre bom os árbitros saberem que estão à vontade para roubar o Sporting...), as mãos na área voltam a ser punidas...

    Será que vamos ouvir o isento, credível, honesto, sapiente e coerente António Rola?

    Não há vergonha. É a podridão total.

    ResponderEliminar
  21. Caro Mestre,

    Não sei se reparou neste notícia do MaisFutebol: http://www.maisfutebol.iol.pt/mundial-clubes/taca-intercontinental/campeoes-do-mundo-real-madrid-isola-se-na-lista-de-vencedores?utm_campaign=ed-mf&utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_content=-post

    Fez-me um bocadinho de impressão, porque realmente acho que a Taça Intercontinental tinha um modelo competitivo diferente, não percebo como pode o Mundial de Clubes ser considerado sucessor dessa competição. Acho que devia criar um abaixo-assinado para alguém da Federação Portuguesa ir à FIFA ensinar como se fazem estas contas, que cá somos especialistas

    ResponderEliminar
  22. E hoje, sem treinador e sem guarda redes?
    Conseguirá o Braga jogar para ganhar, ou está já condicionado à partida, mesmo antes de ir a Alvalade?
    Coincidências... Não!
    Isso foi no Boavista...
    Hoje é proibido perder, sob pena de voltar o tema "não chegar ao Natal"

    Ps: por esta altura, no ano passado, tinham mais 8 pontos... Estranho!
    Com jj era suposto terem evoluído, não regredido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este meu comentário so passou agora, MdC?
      Depois do Braga (sem treinador ((mais 1)) e sem guarda redes) ter vencido em alvalade!?
      Será que hoje (finalmente) haverá alguma culpa do treinador, ou dos jogadores, ou até quem sabe, do presidente e do saraiva!?

      Eliminar
  23. Sim, o SCP de 1934 a 1938 ganhou, venceu 3 vezes a prova, competição chamada de Campeonato de Portugal. Sim, o SCP foi o campeão 3 vezes da prova, da competição chamada Campeonato de Portugal. Prova essa disputa por eliminatórias, com equipas da 1ª e da 2ª divisão nacional.

    Sem dúvida, de 1934 a 1938 o SCP foi 3 vezes campeão, o vencedor, ganhador dessa prova chamada de Campeonato de Portugal.

    Mas de 1934 a 1938, nunca que o SCP venceu, ganhou, conquistou, foi o campeão do Campeonato Nacional da 1ª divisão nacional - prova, competição então designada nessa altura de Liga Experimental (Hoje chama-se Liga NOS). Competição essa disputada por jornadas, a somar pontos e a 2 voltas e só equipas da 1ª divisão. Por ex., em 1938 o vencedor, o campeão do Campeonato Nacionalda 1ª divisão foi o SLV, o FCP ficou em 2º lugar e o melhor marcador foi o Peyroteo do SCP com 34 golos.

    Não querer entender isto, é passar um atestado de indigência a si próprios!!

    Campeonato de Portugal - nome de uma competição, prova, torneio por eliminatórias, com equipas de 1ª e 2ª divisão. Em que o SCP venceu 4 vezes, o SCP foi o ganhador foi o campeão. Tal como agora em 2016 o Braga foi o campeão, o vencedor da Taça de Portugal Placard...

    Liga Experimental - prova, competição, torneio só com equipas da 1ª divisão, disputada por jornadas a 2 voltas. Hoje chama-se Liga NOS, ou I Liga.

    ResponderEliminar
  24. E por isso, por essa razão,é que o FCP no seu Palmarés se orgulha de dizer e de separar:

    04 Títulos do Campeonato de Portugal
    16 Títulos da Taça de Portugal
    20 Títulos da Supertaça de Portugal
    27 Títulos do Campeão Nacional da 1ª divisão

    ResponderEliminar
  25. Mestre, concordo com absolutamente tudo, excepção feita à questão de neutralidade de impacto na tesouraria do caso Doyen. Tão só porque sem essa situação a tesouraria ficar com uma folga de 15 a 16 M€ que perdeu.

    Contudo, continuo a preferir ter perdido este caso com tudo o que esta situação provocou no panorama do futebol do que continuar a ser sugado por esses fundos que mais não são do que sumidouros de dinheiro que é dos clubes por direito.

    No entanto é sabido que um cancro vai alastrando e minando tudo à sua volta, e o que é factual é que coincidentemente com isto a doyen os azares do árbitros voltaram em força. É necessário aniquilar este cancro.

    ResponderEliminar