quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

O regresso do Football Leaks

E eis que, de forma algo surpreendente, o Football Leaks voltou a dar sinais de vida. No princípio de maio deste ano, o responsável pelo site (que se identificou como John), deu uma entrevista ao Der Spiegel (LINK), onde anunciou que iria fazer uma pausa na divulgação de documentos. 

Na altura, pensei que essa atitude se devesse ao facto de ser um homem perseguido por inimigos muito poderosos. A Doyen acusava-o de extorsão e, segundo o próprio John, Jorge Mendes tinha contratado detetives para o identificar - o que dava a entender que também teria em sua posse documentos relacionados com a Gestifute, apesar de não os ter publicado até então.

Pelos vistos, essa entrevista ao Der Spiegel trazia brinde: apesar de ter anunciado uma pausa nos leaks por 6 meses, aproveitou para passar ao jornal alemão os documentos que recolhera. O Der Spiegel, perante a imensidão da informação que lhe foi colocada à disposição, entendeu ser aconselhável convocar uma série de jornais de outros países para colaborarem na análise dos milhares e milhares de documentos. Esta semana, cerca de seis meses depois da tal entrevista, os vários jornais começaram a publicar o resultado dessa análise.

As acusações feitas à Gestifute, a Jorge Mendes e aos seus clientes são muito, muito graves. Não me parece que irão abanar a indústria do futebol propriamente dita - as alegadas irregularidades apontam para um esquema usado por atletas multimilionários para escapar aos impostos, e nada têm a ver com o jogo em si -, mas põem em causa algumas das principais figuras do futebol mundial.

Já todos sabiam que Jorge Mendes era mais do que um simples empresário. Aliás, era mais do que um super-empresário. As áreas de atuação do comendador há muito que tinham ultrapassado as competências de um típico representante de jogadores. Sim, Jorge Mendes representava jogadores, mas também intermediava transferências, aconselhava proprietários de clubes, apostava forte na exploração de novos mercados - como o chinês - e, inclusivamente, já começava a meter o pé noutro tipo de atividades, como a indústria do entretenimento, com parcerias estabelecidas com poderosos grupos económicos que nada tinham a ver com o futebol.

No caso de todos os documentos analisados serem verídicos e as conclusões dos jornais estarem corretas, então fica à vista de todos aquilo que muitos já suspeitavam sobre Jorge Mendes.

No caso denunciado pelo Der Spiegel, Expresso, e outros órgãos de comunicação social europeus, Mendes montou um esquema que permitiu aos seus clientes pagar muito menos impostos do que deveriam. Os clientes de Jorge Mendes declaravam apenas uma pequena parte dos rendimentos provenientes de direitos de imagem (no caso de Cristiano Ronaldo, apenas 20% do total). A principal fatia era canalizada através de empresas de Mendes para contas offshore dos jogadores. Ou seja, em vez de amealhar cerca de 50% dos rendimentos em impostos, o fisco tributava apenas cerca de 10% do total (ou seja, metade dos 20% declarados). Como contrapartida pelo serviço prestado, as duas empresas de Mendes usadas para canalizar o dinheiro não declarado ao fisco, chamadas MIM e Polaris, retinham, respetivamente, 10% e 15% em comissões.



Ou seja, todos ficavam a ganhar. Todos, menos o Estado, claro. Os atletas pagavam muito menos impostos, e o empresário era recompensado com a sua habitual comissão. Segundo as notícias que foram sendo divulgadas ao longo dos últimos dias, outros atletas usufruiram deste esquema, como Ricardo Carvalho, Fábio Coentrão, James Rodriguez, Pepe e Özil.

Nada disto é uma originalidade. Infelizmente, são vários os esquemas semelhantes que permitem a muitas outras pessoas, do futebol ou de outras áreas de atividade, fugir aos impostos. Messi, como seguramente todos se recordam, foi recentemente condenado a 21 meses de prisão, com pena suspensa, por fraude fiscal. No entanto, confirmando-se tudo isto, ficamos a saber que Jorge Mendes se disponibiliza a enveredar por atividades ilegais para benefício próprio e dos seus clientes.

Agora pensem num determinado carrossel de jogadores, em que um certo conjunto de clubes compra e vende, de forma rotativa e num ritmo elevado, uma série de jogadores sobreavaliados, muitas vezes sem que haja uma explicação desportiva aparente. Estão também envolvidas figuras e fundos com fortunas de proveniência duvidosa. E no centro de tudo, está quem vocês sabem. Alguém se admiraria se os jornais descobrissem que se trata de uma esquema que vai muito para além da simples transação de jogadores?

54 comentários :

  1. Acontecia o mesmo que acontece neste caso.

    Os jornais faziam silêncio total sobre o assunto e preferiam noticiar tweets de putos de 15 anos.

    ResponderEliminar
  2. Isto dá todo um novo significado às palavras "parceria estratégica".

    tic-tac
    tic-tac
    tic-tac

    ResponderEliminar
  3. Espero que estas investigações tenham repercussões reais.
    Aqui a questão não se prende com os jogadores. Mal sabem ler e escrever.
    Isto são esquemas montados pelo Mendes em que os jogadores não têm outro remédio se não alinhar, pois não percebem peva do assunto.

    Agora, que estas investigações e leaks recaiam também sobre as transacções de jogadores entre os clubes da sua esfera. Aqui é que está o cerne da questão. Mas nesta matéria dúvido que haja vontadade/coragem para actuar, pois iria levantar muito pó sobre muitos clubes europeus de dimensão relevante no panorama mundial.

    E como os clubes e suas direcções são mais intocáveis que políticos e outras figuras da sociedade, irá ser muito difícil acontecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Declarar ignorância não inibe responsabilidades dos jogadores. São tão responsáveis como mendes.

      Eliminar
    2. "a ignorância da lei, não aproveita a ninguém".

      Desconhecendo ou não, podem (e devem) ser responsabilizados.

      Eliminar
  4. "Agora pensem num determinado carrossel de jogadores, em que um certo conjunto de clubes compra e vende, de forma rotativa e num ritmo elevado, uma série de jogadores sobreavaliados, muitas vezes sem que haja uma explicação desportiva aparente. Estão também envolvidas figuras e fundos com fortunas de proveniência duvidosa. E no centro de tudo, está quem vocês sabem. Alguém se admiraria se os jornais descobrissem que se trata de uma esquema que vai muito para além da simples transação de jogadores?".

    Ai Mestre, o que foste escrever. Espero que estejas bem abrigado porquye vem por ai chumbo grosso.

    Em qualquer caso, em Portugal, isso nao vai dar nada. Mesmo que o esquema va para alem de evasoes fiscais (e isso ja eh suficientemente grave) ninguem quer mexer no "status quo" do futebol portugues. Porque ele, o status quo, tal como o esquema do Mendes, da de comer a muita gente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve estar para breve uma iniciativa de louvor ao comendador, essa sim, com direito a destaque total dos jornais desportivos.

      Eliminar
  5. Hahaha, adoro o fim da tese. O que se inventa para denegrir o sucesso alheio e para justificar o insucesso próprio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se é o teu próprio diretor financeiro a anunciar que a parceria com este vigarista é estratégica para o benfica...

      o que achas que isso quer dizer? será que o sanches também vendeu os "direitos de imagem" à tollin...

      Eliminar
    2. Ri-te ri-te...aqui ao lado do nosso país o teu presidente já estava a fazer companhia ao Mário Conde,a ver se me entendes !...

      Eliminar
    3. Parece que os lampiões foram encavados por culpa dos apanha bolas que informaram os resultados ao jogadores do Benfica e estes perderam a vontade de jogar futebol !...

      Eliminar
    4. Um asinino será sempre um asinino!!!

      Eliminar
    5. Não sei se leram a notícia mas quem anda a ser investigado não é nem o Benfica, nem o Vieira. Quem escondeu mais de 60 milhões de euros ao fisco foi o sócio 100000, com ajuda do Mendes. Se há alguém que corre o risco de ir preso é o vosso menino.

      Eliminar
    6. Johnny Bill e os seus famosos "chuchas na Tollin".

      Eliminar
    7. Poderá ser só uma questão de tempo Bilhas...

      Eliminar
  6. mestre...

    os nomes das empresas são também eles muito sugestivos...

    tollin - toll in - pagamento para entrar ou passar, portagem.
    mim - (para) mim, meu.

    só a polaris é que é mais difícil... mas encontrei isto: polar, última das estrelas da constelação (de empresas de fachada) ursa maior. A ursa maior é o mendes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ursa menor..
      "Encontraste" a estrela polar. É a estrela que indica o Norte. Smp a aprender hmm? ;)

      Eliminar
  7. Pois a juntar a este esquema,deve estar tambem transferencias onde inclui planos de construcao de estadios.. Nao sera isto tambem um esquema de fuga ao fisco e de lavagem de dinheiro..

    ResponderEliminar
  8. Estava o post a correr tão bem até que veio o parágrafo final onde não podia faltar a verdadeira obsessão sportinguista, ainda que encapotada: o Benfica.
    Respostas: blábláblá vouchers, blábláblá porta 18, blábláblá mendilhões.
    Sem nenhum blábláblá TRI Campeões e pela primeira vez na nossa história duas vezes seguidas aos oitavos da LC (Vitória leva 2 em 2, Jorge 1 em 7).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. iniciaste a prova como 7ª melhor equipa da europa...

      neste momento estás em 16º.
      serás seguramente a equipa qualificada com pior pontuação.

      Eliminar
    2. oh Rena, pensa um bocado, quem foi que colocou o carnide no pote 1 da champions? Foi o JJ meu ingenuo comedor de gelados com a testa, e fê-lo porque, anormalmente, para o ranking tanto faz pontuar na champions como na liga europa! Se o JJ foi assim tao mau na champions... foram os pontos que ele conquistou na liga europa que vos coloca no pote 1 dois anos consecutivos, evitando tubaroes e ficando com grupos ao nivel... da liga europa!!!!! besiktas? Na epoca passando, cagando e tossindo, JJ arrumou para canto os turcos. Think McFly, mas nao muito, nao te quero mal de saude...

      Eliminar
    3. OBSESSÃO e obsessivos são os teus comentários vermelhuscos, em blogues sportinguistas. O resto é o teu habitual BLÁBLÁBLÁ....

      Eliminar
    4. Verdade seja dita foi o Serhiy Rebrov (treinador do Dyn.Kiev) quem qualificou a agremiação de carnide, e nao o Rui Pinheiro...

      A Cesar o que é de Cesar!

      Eliminar
    5. Se está tudo ótimo, podes-me explicar uma coisa? Porque estava Rui Vitória tão nervoso na conferência ontem depois do jogo? até gaguejava...

      Eliminar
    6. Rena, se o post é sobre o Mendes, é normal que se faça associação a um clube cujo Director Financeiro disse que tinha uma parceria estratégica com ele. Ou, para ti, o Mendes tem estes esquemas todos mas quando negoceia com o benfica deixa-os de parte e faz tudo by the book?

      Eliminar
    7. Em hipocrisia tu es 100/100. Tal e qual os da tua laia.

      Eliminar
    8. um tipo que passa, literalmente, a vida a ler os posts do MdC a falar em obsessão, ah the irony

      Eliminar
    9. António Gomes,
      Também notei esse nervosismo do Vitória no final do jogo.
      Pareceu-me ter o ar de quem anda a ser comido de cebolada e não sabe o que fazer para o jogo de Domingo...

      Eliminar
    10. Atenção que o prof Vitoria não anda aqui à dois dias.. ;)

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Existe um certo clube nacional que deve à generosidade da banca o não ter ido à falência, promovendo perdão de juros e benesses bancárias obrigatoriamente convertíveis.
      Onde é que aqui se fala do sporting?

      Eliminar
    2. Olha que sei de um clube que não FALIU porque, o governo, aceitou ações não cotadas em bolsa, como garantia de pagamento das dividas que tinham ao fisco e á segurança social! N A O C O T A D A S E M B O L S A!
      Isso sim a maior vergonha de todas!

      Eliminar
  10. Uma coisa é certa: em nenhuma parte desta posta se fala sobre o clube de eleição do Joana Bilhas #35 e do Rudolfina Dias. E, no entanto, sentiram necessidade de comentar e trazer, direta ou indiretamente, o clube deles à liça.
    Cada um/a que tire as suas conclusões!...

    ResponderEliminar
  11. Ou seja, todos ficavam a ganhar. Todos, menos o Estado, claro.

    Qual Estado?!

    O Reino de Espanha? O Protetorado das Ilhas Virgens?! A República da Irlanda?!

    Ainda não percebi... Se todos, todos fogem aos Impostos, desde a GALP ao Trump !!!

    Ah, pois o futebol vende jornais!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O facto de ser uma prática cada vez mais comum entre os milionários, não o torna menos condenável.

      Eliminar
  12. As transferências de jogadores, é "coisa pouca". Os lesados são os clubes e os donos deles estão metidos nisto até ao pescoço. Fugas ao fisco é pior. É por ai que se deve ir. Espero mesmo que o Estado espanhol dê o pontapé de saída e a bola de neve começe a rolar. Ai sim, o último paragrafo do post fará todo o sentido.

    ResponderEliminar
  13. Já que o Mestre gosta de comparar titulos do mesmo jornal, o que tem a dizer sobre este no DN? heheh

    http://imgur.com/kYYVM3k

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faz sentido, obviamente, mas pelo menos não está na capa.

      Eliminar
  14. Off-Topic:
    Mestre, vê lá quem acordou tambem para a recentíssima praga do antijogo...


    OBJETIVO É QUE TODOS CONTRIBUAM
    Conselho de Arbitragem envia carta por causa do antijogo

    ResponderEliminar
  15. Algo desiludido com o output desta montanha. Tenho poucas dúvidas que a influência de Jorge Mendes se estende já também aos órgãos do futebol em Portugal, bem como a outros clubes da 1ª Liga. E isso, é a verdadeira "parceria estratégica".

    ResponderEliminar
  16. páre de atirar areia para os olhos!

    e o moço de 15 anos que partilhou no twitter que queria que o benfica perdesse no fim de semana?

    e o bruno de carvalho, imbecilmente, a mandar calar uma tradutora de forma ditatorial, por estar de vermelho?

    Ah! disso não fala!

    ResponderEliminar
  17. Sobre esta praga chamada Jorge Mendes, só queria dizer que ninguém numa actividade como a dele pode movimentar centenas de milhões de euros por ano sem estar ligado a esquemas ilegais.

    Sobre os Leaks, uma dúvida: a natureza global das actuais revelações -- Expresso, Der Spiegel, El Mundo, etc -- não encaixa na mesquinhez dos primeiros dias, quando só o Sporting era visado.

    ResponderEliminar
  18. Este caso vai ser bom para ver uma coisa;

    - vamos assistir a um total branqueamento da polémica por parte dos jornais desportivos, o que deixará a vista de todos que em Portugal a imprensa desportiva é subserviente de Jorge Mendes, pois teme que ao noticiar e fazer eco de tais noticias possa vir a perder certas regalias de relacionamento.

    Isto é um também um padrão muito visto na forma de como a imprensa desportiva se coloca de acordo com a estratégia utilizada por Mendes para valorizar activos seus, seja com hype criado pela própria imprensa para os valorizar a nível de opinião publica, quer com a pressão exercida pelos jornalistas par que tais jogadores se tornem internacionais AA..

    Fosse Rúben Semedo um jogador de Jorge Mendes, e já se teria assistido a manifestações violentas da parte de redacções para que fosse titular da Selecção (já nem digo convocado, porque isso teria sido logo passado um mês e utilização no Sporting)

    Mas de regresso ao caso, não ficaria nada admirado que tudo isto fosse verdade, ficarei é admirado se aqui em Portugal alguém (jornalista) os tiver no sítio para fazer o mesmo tipo cobertura que é feito pela imprensa espanhola e internacional.

    Penso que é óbvio que o mentor e autor de tais malabarismos financeiros é obviamente o empresário e não os atletas ou treinadores, uma evidência da falta de escrúpulos e chique-espertice já a muito tempo evidenciada pelos métodos usados na liga Portuguesa.

    *O Benfica foi ontem apurado graças a catástrofe do Besiktas na Ucrania, mas mais do que o resultado espectacular e o descalabro dos turcos, as pessoas deveriam olhar em foco para arbitragem do jogo, porque o lance daquele penalti que dá o 2-0 e expulsão do jogador do Besiktas é qualquer coisa de fantástico, nem contado, só vendo mesmo!

    ResponderEliminar
  19. Eu vi logo que este post tinha como objetivo atacar apenas o principal rival. Sempre ouvi dizer que a conclusão diz tudo. Aí está ela.
    ctrl-f e não encontro é a palavra Benfica. Ai essas omissões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente. Não se fala de clube nenhum, fala-se de Jorge Mendes e seus negócios, digamos, peculiares. Que envolvem vários clubes, não só um.
      Resumindo: o que é te incomoda?

      Eliminar