terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Jesus e o guião de Palhinha

As qualidades e os defeitos de Jorge Jesus são bem conhecidos pelos adeptos de futebol em Portugal. Dois dos defeitos mais referidos são o ego - com a consequente dificuldade em admitir erros próprios - e a capacidade oratória. Não acho que a capacidade de comunicação de Jesus seja má. Quando não se deixa tomar pelo ego e quando escolhe as palavras com um mínimo de cuidado, é muito eficaz a passar a mensagem que quer. E, quase sempre, a mensagem está totalmente alinhada com a estratégia delineada pelo clube. Tomara que todos os treinadores que passaram pelo Sporting fossem assim.

Não sejamos ingénuos: Jorge Jesus tem estado na mira da comunicação social e da propaganda benfiquista desde que trocou de clube. A partir do momento em que passou a ser treinador do Sporting, têm sido constantes as especulações que envolvem o seu trabalho, o seu caráter e o seu relacionamento com o resto da estrutura. Tem valido de tudo - mas mesmo de tudo - para colocar em causa o treinador: invenções atrás de invenções, e até chegou a haver um caso em que um jornalista mentiu, em plena conferência de imprensa, de forma a obter uma reação mais sensacionalista de Jesus. Esteja o Sporting a atravessar uma série de bons ou maus resultados, não há conferência de imprensa em que mais de metade das perguntas não sejam feitas com o único intuito de meter carvão

Perante uma comunicação social que (de há ano e meio para cá) lhe é abertamente hostil, Jesus responde exemplarmente em 95% das situações. Relembro a forma como soube sempre matar as especulações sobre um hipotético mau relacionamento com Bruno de Carvalho, ou como foi publicamente solidário com a decisão da direção em afastar Carrillo do plantel quando se percebeu que a renovação era impossível.

Claro que é inegável a existência de momentos em que Jesus teria feito melhor em manter-se calado. Na maior parte desses casos foi traído pelo ego, noutros por se ter atrapalhado nas palavras utilizadas, e, nos restantes, por responder com uma franqueza que é cada vez mais rara, em oposição à tendência revelada pela generalidade dos treinadores em escudar-se na hipocrisia ou em lugares-comuns.

O caso das declarações do técnico sobre João Palhinha encaixa-se na segunda hipótese: palavras mal escolhidas. Só ontem vi a flash interview completa, e não tive dúvidas de que Jesus assumiu as responsabilidades pelo mau início de jogo no Dragão. Jesus não crucificou Palhinha. Jesus disse que Palhinha foi para dentro de campo com o guião errado, ou seja, com as instruções erradas. Quem tem a responsabilidade de dar as instruções ao jogador? A equipa técnica, como é óbvio.

Infelizmente, Jesus não usou as palavras certas - se calhar pela falta de hábito que tem em admitir erros próprios - e isso foi o suficiente para alimentar a ânsia da comunicação social, dos rivais, e até de alguns sportinguistas - desiludidos com o resultado e/ou mal informados em relação ao sentido exato da afirmação - em atacá-lo.

25 comentários :

  1. Subscrevo com aclamação. Ele podia ter escolhido outras palavras e evitado estas, mas o que disse não foi nem de perto nem de longe o que pintaram que disse.

    Com esta descomunicação social, JJ e, em muitos casos, qualquer agente ligado ao Sporting, está julgado à partida, tenha cão ou não. Depois, cai-se na na falácia circular de justificar preconceitos com coisas julgadas com base nos... preconceitos.

    Há quem continue a achar que se devia ser mais comedido neste cenário, para evitar não sei o quê e não sei que mais, e que prejudica o clube, blá, blá, blá e blá blá blá.

    Uma coisa é o tom desadequado. Não foi o caso.

    Era o que faltava! Uma instituição tolher-se por causa disso.

    P.S.: Fosse o Mourinho (e ele é capaz disto e muito mais) e alguém levantava um cabelo? Era o levantavas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou se Jesus ainda estivesse no Benfica... aí não faltariam opinadores na CS para enquadrar devidamente aquilo que disse.

      Eliminar
    2. Quando JJ estava no Benfica o que não faltava eram Sportinguistas a dizer mal dele. Não me façam ter que olhar os registos do Blog, provavelmente ia ser uma galhofa. heheh

      Depois essa do Mourinho... Andam muito desatentos, já há muito que ele foi obrigado a mudar a sua atitude, precisamente por a sua imagem estar queimada devido à forma como comunicava.

      Cumprimentos

      Eliminar
    3. Sportinguistas eram muitos. E jornalistas?

      Eliminar
    4. ó mestre, tens mais capacidade analítica que isto. Este post não te faz justiça, é apenas mais uma lavagem como as que dizes que a CS faz sobre todas as situações menos positivas ou mesmoe bastante negativas que envolvam o benfica.
      É obvio que o JJ culpou o pobre do rapaz que até fez um jogo bem interessante, ainda mais tendo em conta que vinha de outra equipa com outras rotinas e companheiros de equipa.
      E é ainda mais óbvio que já está a arrumar publicamente a sua posição sobre a academia e os jovens que de lá vêm; 1 passo atrás, 2 para a frente... mas isso não é novidade, porque no benfica ele fez o mesmo e todos os sportinguistas encheram a pança a gozar com ele.
      Ele quer os jogadores que ele escolhe, porque acha que "só" ele sabe que tipo de jogador tem que estar em determinada posição! até ao momento em que são ruinosos (basta mencionar no Roberto e o Cortez) e alguém con juízo lhe tira essa autonomia e poder - tal como lfv fez no passado e bdc fez recentemente.
      Concordo que é um dos melhores do mundo em organizar uma equipa de raiz! todas as equipas dele jogam bom futebol. Mas também concordo que tem muitas dificuldades quando não tem os jogadores que acha que servem para cada posição (matheus era para ser um 2º João Mário contra o fcp...).
      De igual modo ao fim de alguns meses o seu modelo começa a esgotar jogadores e a sua personalidade todos os restantes.
      Mas tal como o Mourinho, nunca deixa ninguém indiferente. E isso nem sempre é mau, mas garantido que nunca é sempre bom.

      Ó Rui, vais dizer que os jornais nunca bateram no JJ devido à sua personalidade? até no belenenses ele já era conhecido com a bela frase "o fair-play é uma treta"... acorda amigo e começa a usa o cérebro....

      Eliminar
  2. Ao contrário do Mestre, acho que Jesus não tem mesmo o dom da palavra e espalha-se constantemente ao comprido nas suas intervenções.

    A solução deveria já ter passado, e há mesmo muito tempo, por limitar ao mínimo e indispensável a nossa comunicação com os fabricantes de carvão como os três desportivos, CM, Mais Futebol e outros.

    Ainda não consegui perceber o que lucramos por continuar a permitir que tanta merda de jornalista use e abuse da liberdade de imprensa nas nossas instalações, colocando questões e levantando polémicas que noutros clubes nunca são levantadas.
    As notícias sobre o Sporting, em especial na televisão e jornais, são sempre no sentido de de denegrir o clube e levantar polémica.

    Não percebo ao mesmo tempo como continuamos a dar entrevistas aos pasquins, treinador e presidente sobretudo, quando sabemos quem é esta gente e como nos tratam constantemente.

    Já era mais que tempo de limitar a sua liberdade em Alvalade, utilizando o Sporting com muito maior frequência a Sporting Tv para veicular entrevistas e notícias, respondendo de forma rápida e cirúrgica a polémicas histéricas como a do Palhinha por via das redes sociais, televisão e site.

    Há anos que os sportinguistas pedem retaliação contra o jornalismo de merda e continuo a não encontrar explicação para a constante submissão e passividade perante quem tão mal nos trata.

    O que perdemos em adoptar esta atitude?
    O que nos dão os media em troca além de má publicidade?
    Que respeito podemos ganhar desta gente se passarmos a adoptar uma posição bem mais beligerante com os media?

    Eles é que precisam de nós para sobreviver e não o contrário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo que o Sporting não devia alimentar a comunicação social para além do que é obrigatório. Temos cometido asneiras atrás de asneiras, nomeadamente naquela terrível entrevista de BdC à CMTV. Incompreensível.

      Eliminar
  3. Concordo com tudo, mas não com a fase final, ou seja: quando JJ diz que Palhinha amanhã vai ser melhor jogador, por causa dos erros que cometeu, JJ não esta a assumir parte de culpa nenhuma ,bem por o contrário,com ou sem guião.!! eu não tenho essa opinião, JJ não foi só infeliz na abordagem, até pq fez menção de dizer logo no principio, de que estiveram 10 da formação nos convocados, e que isso se paga, a desresponsabilização continua, mas mais grave é que não é só dele...SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José, são duas coisas diferentes, na minha opinião. Palhinha errou no golo, isso é indesmentível. Um jogador mais experiente provavelmente não teria cometido esse erro, daí a tal referência. Mas antes do erro de Palhinha está o erro do guião, porque Palhinha foi colocado naquela situação por não ter havido uma estratégia adequada para contrariar a presença de Soares em campo.

      Eliminar
    2. Mestre,
      Eu também concordo com o José. Eu acho que critica explicitamente o Palinha: acho que ele não quer dizer que deu o guião errado ao Palhinha, mas sim que o Palhinha levou outro guião que não o dele (JJ). A crítica (esta sim implícita) ao uso de tantos jogadores da formação, creio que confirma isso.
      Mas enfim, são peaners tendo em conta o essencial: Jesus esteve mal na abordagem ao jogo e deveria ter assumido (ao contrário do MdC, eu acho que ele não faz isso, aliás, nunca fez).
      Creio que ele se sente preso pela perda de poder na estrutura. O Bruno provavelmente disse-lhe que ou ele usava a matéria prima que temos em casa, ou que então tinha a porta aberta para sair pelo próprio pé. Como ele não quer sair e perder o dinheiro a teria direito caso fosse despedido, anda nesta onda de justificar as coisas com a aposta na formação. O que ele parece ter-se esquecido é que o jogador que equilibrava o nosso sistema de jogo o ano passado chamava-se João Mário, e não era nenhula das contractações apontadas por ele. Matéria prima temos nós. Falta é que ele se comprometa e meta na cabeça a 100% a ideia que temos em casa o que precisamos. Enquanto for apenas a 90%, as coisas vão continuar assim.

      Eliminar
    3. Mestre, não são duas coisas diferentes, é exatamente a mesma coisa. JJ responsabilizou os miúdos, primeiro queimou o Palhinha, depois, tal como o José Vieira referiu, queimou o resto dos putos.

      Cumprimentos

      Eliminar
  4. Facto - Jorge Jesus sozinho aufere mais que todos os outros 17 Treinadores juntos.
    Facto - Jorge Jesus já tem muita, muita estaleca e sabe bem o que diz, quando o diz e como o diz. Escusam agora de vir tentar branquear, suavizar, dourar a pílula. Jorge Jesus abraçou o Casillas e não abraçou o Soares. Sim, pois, o Casillas dá-lhe palco em Espanha. Já o Tiquinho ninguém sabe quem ele é, um mero vendedor de gelados no Brasil e JJ não quer ir para o Brasil treinar.

    Vento, Chuva, Saraiva, Granizo, Nevoeiro.. escusam pois de o tentar desculpar. As imagens dele no banco na altura do golo quando Palhinha 'falhou' provam-no. As suas palavras no fim do jogo quando disse que Palhinha irá aprender com os erros e crescer como jogador, provam.. ou traduzido para português: é fazendo muita bosta que se aduba a vida percebeste oh Palhinha. E no dia seguinte Palhinha até lhe respondeu... a dizer que tinha aprendido. Assim que, boa tentativa de tentar virar o bico ao prego, mas não colhe. "Jogar com 6 em 11, 10 em 18 da formação paga-se caro". Na minha terra a isto chama-se sacudir a água do capote. E quando até um José Eduardo sempre crítico, desta vez meteu a viola ao saco e engoliu em seco. Pudera, despedir JJ não custa só 20 milhões para o PMR... custa igual também para o BdC e sus muchachos amestrados.

    ResponderEliminar
  5. Mestre já todos conhecemos o perfil do Jesus em relação à formação. Alguma vez ouviu o Jesus com este tipo de declarações criticas em relação ao Elias ou o Markovic por exemplo?
    Aquela do "tinhamos 10 da formação e isso paga-se" não saiu por acaso

    ResponderEliminar
  6. Muita gente pode não gostar do estilo de comunicação do Sporting, mas se formos a ver os comentadores afectos ao Sporting, mais soft e apaziguadores, quase todos foi a censurar que realmente JJ não devia ter dito o que disse contra o Palhinha, em vez de fazerem ver que não estava a criticar o Palhinha nessa parte do discurso.

    Querem uma comunicação oficial mais mansa, mas vejam como quando é assim, são comidos de cebolada e vai-se na esparrela da comunicação anti-sportinguista ou pró-benfiquista.

    ResponderEliminar
  7. Impressionante como nunca há uma assunção de culpa. Há sempre um plano maquiavélico para prejudicar a imagem do Sporting.

    ResponderEliminar
  8. MDC você está a viver num mundo de fantasia.
    Passado 1 semana (já não recordo o prazo exato) queria vir embora.
    Palhinha levou o guião errado.
    Precisamos de uma estrutura que não abane.
    ... Só 3 exemplos da comunicação social vermelha... Ups.

    ResponderEliminar
  9. A ginástica que o Mestre faz. heheh

    Mestre, diga o que disser, casos como o de Palhinha vão voltar a acontecer, é inevitável. O Mestre não é pai dele para ter que o defender das atitudes erradas que o seu enorme ego o levam a fazer. Aliás, nem mesmo um pai deixa o seu filho debaixo das suas asas eternamente.

    JJ percebe muito de futebol? Sim! Já o disse aqui várias vezes.

    Sabe liderar homens? Não! Devia ser mais humilde e deixar que pessoas mais competentes o substituíssem em certas tarefas. Quando ele fizer isso (se fizer, o que duvido) será um dos melhores do mundo, se não mesmo o melhor!

    PS: quanto a essa conspiração da CS, não passam de desculpas, no Benfica acontecia o mesmo, foram várias as polémicas exploradas pela imprensa. Aliás, como acontece sempre, em qualquer clube, com qualquer pessoa minimamente conhecida. Obviamente que JJ é uma pessoa bastante influente, com bastante protagonismo, que vende e muito! É perfeitamente natural que seja um alvo da CS. O JJ que tenha cuidado, e não faça/diga palermices.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  10. Pelo que me dizem as minhas fontes, quando Jesus foi retirado à força da flash interview pelo assessor de comunicação do SCP, ouviu-se no corredor este último quase a gritar com JJ "não deves atribuir as culpas ao Palhinha". Se dúvidas houvesse da sua intenção, está explicado. E quando se diz que "amanhã vai ser melhor jogador que hoje" é porque objectivamente "hoje" o jogador errou e teve culpas no cartório.
    JJ e a formação, não a que já lá está mas a que ele é "obrigado" a meter, nunca se deram bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas fontes dizem-me que nada disso foi dito.

      E quando se diz que "amanhã vai ser melhor jogador que hoje", é um lugar comum: nós todos melhoramos com a aprendizagem e experiência. Só entende outra coisa quem quer acreditar nessa coisa.

      Eliminar
    2. Ao dizer que amanhã Palhinha vai ser melhor jogador que hoje , JJ esta a dar um sinal de confiança no jogador !

      Eliminar
  11. A primeira coisa que pensei quando li o titulo foi: ainda este não assunto! (bem sei que nem todos os Sportinguistas são imunes à desinformação e destabilização constante e planeada de uma parte significativa da CS).



    Acabou por ser proveitoso, como sempre e acho que acrescentou qualquer coisa à opinião que tinha.

    Bater nesta tecla faz sentido? provavelmente a estória de deixar os cães a ladrar sozinhos é o melhor. Contudo, devido ao excessivo ruido causado por este assunto, talvez um esclarecimento do JJ, se caso sentisse necessidade (certamente se achou que foi mal interpretado pela CS, deve ter explicado ao grupo, ou diretamente ao Palhinha).

    Dissecando, ao estilo do que se fazia nas aulas de Língua Portuguesa com os textos do Pessoa, que, para mim, que não tenho jeito nenhum para aquelas coisas, parecia tudo um bocado surreal. Será que o autor, na altura de produzir esses textos, pensa com tanta profundidade no sentido das suas palavras como os que recebem a mensagem depois o fazem, lendo e relendo um sem número de vezes?

    Jesus, ao dizer que o guião não foi o correto, e com a finalização dos 10 da formação (acho exagerado estes números, ou então que não chore quando lhe tirem um JM) terá querido dizer que ele falhou na abordagem ao jogo, mas que se tivesse um jogador mais experiente, provavelmente esse jogador teria conseguido ler o jogo e por iniciativa própria, digamos que criar o seu próprio guião.

    Era isto que Jesus queria dizer? Epah... não sei nem quero saber, acho que algumas regras como Elogiar em Publico, criticar em privado. O líder assumir as responsabilidades dos momentos maus e distribuir louros na altura das vitórias são algumas das regras fundamentais de uma boa gestão de grupo, que se calhar não temos com Jesus.

    Agora acho que existem temas mais interessantes para se ver, um deles é:
    Entre poupanças e vendas, o Sporting encaixa 16,850 milhões de euros.
    http://www.abola.pt/clubes/ver.aspx?id=654693

    Ou até fazer um balanço da política de contratação de BdC que tanto tem sido criticada.
    Mestre, onde é que se pode arranjar ajuda para fazer um trabalho desses? Estou disposto a ajudar na compilação dessa informação que acho que seria interessante ser feita antes das eleições.

    ResponderEliminar
  12. Mestre, não esquecer que durante dois anos não havia CI de antevisão aos jogos, na luz. Eram monologos. E o André Vilas Boas é que os topava ;)

    ResponderEliminar
  13. Não acho que tenha a ver com inexperiência propriamente dita mas sim com falta de entrosamento e dinâmicas defensivas da equipa. Porque o Palhinha faz o movimento certo de sair para ganhar offside de Soares mas fá-lo tarde. Quem não me diz a mim que Douglas não abordava mal o lance mesmo sendo mais experiente. A inteligência do miúdo viu-se pq sabia que era aquilo que tinha de fazer, fê-lo tarde devido ao que já referi. Com certeza que no próximo jogo terá mais atenção. #ForçaPalhinha SL

    ResponderEliminar
  14. É verdade que a questão do “guião errado” levou a interpretações erradas, e também é verdade que o “puxar de orelhas” em público a jovens jogadores da Academia faz parte da (incompreendida e aproveitada pelos rivais para "meter carvão") estratégia de crescimento que JJ também adoptou com Ruben Semedo ou Gelson, mas não nos iludamos, a forma como ele tem repetido o argumento do “demasiados jogadores da Academia paga-se” ou o do “vamos dar um passo atrás para depois dar dois à frente”, tem inevitavelmente a ver com o facto de não ter recebido uma única contratação em Janeiro!

    É evidente que ele queria mais 2 ou 3 jogadores (pelo menos um lateral e um avançado), e que o presidente esteve mais preocupado em despachar a colecção de trambolhos (todos com salários altíssimos para ficarem a ver os jogos do banco ou da bancada) que fez o favor de lhe contratar no Verão, de forma a equilibrar as contas a poucas semanas das eleições (JJ fez o favor de eliminar o Sporting de todas as competições...), a preparar a próxima época com os jovens da casa (outro trunfo eleitoral), a demonstrar aos sócios que não está sob o jugo de todos os caprichos de JJ (outro trunfo eleitoral), e a poder renovar com o Coates e com o Gelson (o maior trunfo eleitoral de todos)...

    Esta janela de transferências foi a primeira em que o presidente não lhe ofereceu jogadores por atacado e, pelo contrário, insistiu no regresso de Palhinha, Geraldes e Podence, regressos com os quais JJ concordou, mas claramente insuficientes para o que ele pretendia, e as bocas ao excesso de “meninos” (nos quais o Palhinha se inclui...) são a sua forma de se mostrar insatisfeito com a não contratação de mais um Elias ou um Petrovic qualquer, e de sacudir mais uma vez a água do capote...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com muita coisa, mas com a parte que referes que o jj tem feito "birras" porque não recebeu jogadores em dezembro? Ele tem sido assim sempre é nunca mudará! Mas mais tesourinhos virão... Aposto nisso..

      Eliminar