sexta-feira, 24 de março de 2017

Deportivo Maldonado & Third Party Ownership

Interessante vídeo sobre a utilização de clubes-ponte para contornar a proibição imposta pela FIFA ao TPO.

(via @uMAXitFootball)

11 comentários :

  1. Por acaso já tinha visto esta reportagem, só que completa.
    E imaginem quem é uns dos principais interessados neste Desportivo Maldorado?
    Adivinharam, a Traffico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Ricardo ja respondeu (e muito bem) mais abaixo...

      Assim escuso-me de responder e vou aproveitar para desancar no quid!

      Eliminar
  2. Férias de sonho na Costa Rica, Guatemala, Martinica, Maldivas... The World is not enough!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este Quid anda sempre com olhos na revista Maria!

      Eliminar
    2. nem sei como é que ele tem tempo: agora é o comentador favorito do Camarote!! ao que aqueles doentes chegaram, passam todos os comments de um portista e cortam os dos sportinguistas...

      Eliminar
    3. Epa ó quid é verdade, ja recebes avença do Camarote?

      tu ja nao és dragao, nem aguia, nem leao...

      Tu és o lendário grifo!

      Eliminar
  3. Porque o Google é amigo!
    Uma pesquisa por Deportivo Maldonado e Traffic devolve apenas um artigo da Folha de S. Paulo, no qual as duas expressões aparecem juntas no mesmo sítio, mas apenas isso, dado que o clube referido como pertencendo à Traffic também é Desportivo, mas Desportivo Brasil. O Maldonado já nessa altura era apontado como uma espécie de incubadora, nomeadamente para o S. Paulo (o clube).
    Será que estes avençados multinicks ainda não perceberam o quão facilmente podem ser apanhados em falso? Ou será que a falta de vontade de trabalhar/desespero em não conseguir encontrar trabalho (riscar o que não interessa) leva mesmo a vender por tão pouco a pouca dignidade que já lhes resta? Enfim, um assunto que só mesmo um especialista em saúde mental poderá abordar com propriedade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles não se importam Ricardo.
      São umas verdadeiras prostitutas da internet, vendem-se por pouco...

      Eliminar
  4. O problema com estas leis e fugas á lei, é que quem as faz pertence á quadrilha, e deixa sempre um buraquinho pelo qual é possível contornar a lei!

    Isto nao é novo e muito menos exclusivo do futebol, ate nas leis nacionais isto acontece!

    Certas leis sao apenas apresentadas como operações de cosmética para assegurar a continuidade de patrocinadores, e esperadores, nada têm a ver com o assegurar da verdade desportiva!

    ResponderEliminar
  5. a questão já está resolvida...

    antes só os clubes envolvidos no esquema eram penalizados, os jogadores e os seus empresários conseguiam o que queriam.

    agora os jogadores também são penalizados na mesma importância dos clubes que os contratam e impedidos de jogar durante meses se a transferência ocorrer através de um clube ponte.

    a ameaça é clara: os jogadores são responsáveis pelos contratos que assinam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desconhecia essa medida e acho muito bem que assim seja.

      Os Empresarios envolvidos também deveriam ser multados...

      Eliminar