domingo, 12 de março de 2017

Parecem bandos de pardais à solta

Depois de um empate insosso contra o Guimarães - com uma exibição paupérrima na segunda parte e uma equipa que, às tantas, parecia acomodada -, não poderia desejar melhor reação do que aquela que pudemos assistir ontem em Tondela. Reação do treinador, que mexeu (é certo que forçado) no onze e injetou uma tão necessária dose de irreverência, e reação dos jogadores - quer dos habituais titulares, quer das novas apostas -, que resultou numa exibição muito sólida e uma vitória anormalmente folgada (para os padrões desta época).

É verdade que era um jogo contra o último classificado, mas não nos podemos esquecer que este Tondela sempre nos colocou grandes dificuldades: nos três jogos disputados anteriormente, o Sporting vencera apenas um... e nos descontos. Para além de que, no princípio da época, o Tondela conseguiu empatar em casa com o Porto.

Mérito para a equipa, que soube adaptar-se bem ao adversário... e a si própria: percebeu-se perfeitamente a falta de entrosamento no início do jogo, e, qual formação on-the-job, os jogadores a tentarem afinar o entendimento mútuo. E conseguiram-no. À medida que o relógio foi passando, os passes começaram a entrar, as combinações começaram a ter uma maior taxa de sucesso, o domínio foi-se estabelecendo e as oportunidades apareceram. E aparecendo as oportunidades, já se sabe... aparece Bas Dost.




As mexidas no onze inicial - as ausências forçadas de Adrien, Bruno César e Alan Ruiz obrigariam sempre Jesus a fazer alterações na equipa titular, mas não esperava que apostasse simultaneamente em Matheus e Podence. Esse espaço acabou por surgir porque o treinador entendeu recuar Bryan Ruiz para a posição 8. As alterações funcionaram. Notou-se uma óbvia falta de entrosamento entre os jogadores mais avançados, mas, à medida que se foram ambientando, o nível exibicional da equipa foi crescendo. A equipa acabou muito bem a primeira parte, e deu a devida continuidade nos segundos 45 minutos. Bryan Ruiz soube assumir o papel de segundo médio e fez um bom jogo - apesar de o golo do Tondela ter surgido após um mau passe seu -, enquanto Podence e Matheus conseguiram imprimir uma excelente dinâmica ofensiva, ao mesmo tempo que trabalharam muito defensivamente: há muito que não via o Sporting conseguir impor este nível de pressão sobre a linha defensiva adversária.

O poker de Dost - curiosamente foi um dos jogos em que até se mostrou mais perdulário: a determinada altura do jogo já tinha tido quatro ocasiões flagrantes para marcar e apenas concretizou duas. Completou o poker com duas grandes penalidades, e foi uma pena não ter concretizado a terceira. Com estes quatro golos, aumentou para 22 o número de vezes que já fez agitar as redes, ficando, na luta pela Bota de Ouro, empatado em 2º lugar com Aubameyang e Belotti, a apenas um golo do líder Messi.

Parecem bandos de pardais à solta - na transmissão televisiva, de vez em quando viam-se umas andorinhas a esvoaçar sobre o estádio, mas a noite foi do bando de pardais à solta no relvado. Os putos tiveram uma oportunidade para mostrar o que valem, e souberam aproveitá-la da melhor forma. A primeira parte foi toda de Podence, o jogador mais dinâmico em campo. que teve como pontos altos os dois passes de morte para Dost: um concretizado; o outro, brilhantemente picado por cima do defesa, pareceu apanhar o holandês de surpresa. Matheus esteve mais apagado no princípio, acusando a falta de entrosamento e um posicionamento - colado à linha - que lhe é menos favorável. A influência do brasileiro na equipa começou a crescer com o tempo, à medida que começou a pisar terrenos mais interiores. Fez uma excelente segunda parte, com vários bons cruzamentos e uma magnífica assistência para o segundo golo de Dost. Gelson acabou por ser o mais apagado dos três, mas mesmo assim ganhou o penálti que deu o golo da tranquilidade ao Sporting. Palhinha entrou bem, acrescentando agressividade e força ao meio-campo. E Francisco Geraldes estreou-se, entrando numa fase em que ambas os conjuntos já pareciam satisfeitos/conformados com o resultado, mas ainda a tempo de ganhar mais um penálti para a equipa. Uma atuação globalmente muito positiva dos putos, a justificar continuidade na aposta.

A reação ao golo do Tondela - a equipa da casa chegou ao empate completamente contra a corrente do jogo, mas bastou um minuto para o Sporting recolocar-se em vantagem. Foi um golo importantíssimo para manter a serenidade e alcançar a vitória.

A onda verde - mais uma demonstração de vitalidade do clube e dos seus adeptos, que continuam a apoiar a equipa de forma incondicional e ininterrupta. Foi fantástico ver aquelas bancadas cheias, apesar de estarmos tão distantes do primeiro lugar. 



A instabilidade na posição de lateral esquerdo - todos sabemos que as opções existentes para a posição não são convincentes, mas tantas alterações acabam por não fazer bem a nenhum jogador. Hoje, o treinador optou por Marvin Zeegelaar que, excetuando um disparatado passe em balão atrasado que causou calafrios e obrigou Coates a um esforço adicional, fez um bom jogo. Convém referir que Marvin fez ontem, dia 11 de março, apenas o seu 3º jogo a titular em 2017 (em 12 possíveis). Convém haver mais estabilidade na posição.

O penálti falhado por Dost - o único ponto negativo numa noite extremamente positiva.



Vitória expressiva - foi apenas a segunda vez, esta época, em que ganhámos por mais do que um golo em jogos fora de casa -, boa exibição, avalanche de golos de Dost e uma excelente prestação dos miúdos que, perante a oportunidade dada, conseguiram deixar a sua marca bem vincada no resultado. Venham mais destes!

43 comentários :

  1. Penso que temos uma formação FABULOSO. Jesus tem nestes jovens uma verdadeira mina de ouro. Podence tem tudo o que um jogador de grande nível necessita ter. Técnica e Velocidade(ontem em momentos do jogo fez lembrar Mesi). Mateus Pereira é muito bom jogadorcom a bola nos pezinhos, pode ser um enorme jogador(dos melhores da Europa) se colocar a cabeça a funcionar. Palhinha, tem tudo para ser um enorme número 6 e um muito bom numero 8. Estás posições são as que necessita de mais tempo para se trabalhar, jesus tem a palavra. André Geraldes é o nosso doutor. Este miúdo, vai ser um SENHOR JOGADOR Gelson, mesmo em baixo de forma é útil a equipa. Gelson já tem carimbo de excelência. Espero que fique mais um ano. Realmente temos uma formação FABULOSA.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia concordo con o post.
    Nao concordo ao elogio ao brayan... O unico golo do adversário surge de mais uma perda de bola infantil e sao ja muitas esta epoca.
    Jogar com brayan é jogar com memos 1,para pautar o jogo ja la temos o William.
    Grande culpa da epoca q estamos a fazer é graças ao péssimo rendimento de bryan e a este fetiche dejj com o jogador.
    É alguem q neste momento nao defende e é incapaz de acelarar o jogo.
    Os miudos no próximo jogo serao encostados sera bryan mais 11.
    Sem colinho e com as teimosias desempre do nosso treinador nao vejo jj a triunfar no Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não deslumbrou, mas acho que o Bryan fez um jogo competente. Seguramente que não foi dos piores que já fez esta época. :)

      Eliminar
  3. Num jogo, o bas dost teve direito a 3 penaltis. A quantos teve direito o líder durante todo o campeonato? É o tal colinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. foram ou nao penalti? isso é que interessa...

      Ja esperava essa argumentaçao e digo-te que se estivéssemos na luta garanto-te que a tua Paixao masculina, nao tinha coragem de os marcar.

      O livro que tu andas a ler, foi escrito por mim, amigo.

      Eliminar
    2. tens o Fontanelas a dar cobertura ao andebol do pizzi e ao dolo sem intenção do semedo.

      e vens aqui falar de grandes penalidades...

      vergonha é coisa que nunca terás, nem tu nem o vieira.

      Eliminar
    3. TVfodpifada, agora parecias aquele juiz sportinguista que deu cobertura a um acto de corrupção desportiva considerando-o como uma denúncia caluniosa.

      Eliminar
    4. Jonh billy vouchers pergunto foram penaltis ou nao????
      Em qual o árbitro errou???
      Vai.te tratar!!!

      Eliminar
    5. Nuno, o primeiro é forçado, o segundo é ridículo, o terceiro é claro.

      Cumprimentos

      Eliminar
    6. Jf o forçado Ridículo. Não percebes nada de futebol. Estes lampiões são os únicos a dizer estes asneiras. Não existe nenhum jornal, televisão, ex. Arbitro. Só mesmo estes lampiões para dizer que não existe penaltys. VIVE A PENSAR NO SPORTING. tristes.

      Eliminar
    7. Bla bla bla.... a verdade é quando tinham que marcar não marcaram. E em lances bem mais flagrantes do que o segundo penalty, a meu ver.

      Eliminar
    8. Para quem joga voleibol na área e está *habituado* a ver o Sporting ser roubado a torto e a direito... haver venfiquistas que digam que um penalti é claro (quando foram os 3) é deveras um espanto! (pensaria que só saltos de pés juntos ao homem é que seria penalti, o resto é jogar a bola!.. )

      Depois dá 4 a 0! (como as drogas, maus hábitos arruínam tudo)

      Eliminar
    9. Uma visita ao oftalmologista faz maravilhas para esse teu problema JF!!!

      Espero que seja isso, pois se nao for esse o problema, entao é algo mais grave, e só umas horas de sofá poderão resolver!

      1º-Sobre Gelson penalti claro, primeiro é agarrado para nao fugir e depois empurrado.

      2º-Sobre Dost existe um toque nas costas e como o arbitro nao tem "intensometro", se o toque existe deve marcar.

      3º-Sobre FGeraldes acho que nem vale a pena dizer nada, pois ate tu JF admites o penalti.

      Eliminar
  4. Sem Alana Ruiz em campo a máquina funciona bem melhor.
    Já não há um jogador que finge defender e lento a atacar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Daniel Podence fez o que este ano tanto nos tem faltado, pressão na fase de construção de jogo do adversário.

      Era o que Slim fazia o ano passado e que Dost e ARuiz nao fazem.

      Eliminar
    2. É verdade. O Matheus, o Podence e o Gelson estiveram bem na pressão, imagine-se se lá estivesse o Adrien. Neste aspeto do jogo, muito melhor do que o Alan e o Bryan.

      Eliminar
    3. Mestre, mas a *táctica* também ajudou muito e depois o Tondela está anos luz do que era o ano passado, e tem uma fase de construção de jogo de trás demasiado péssima para uma 1a divisão (se calhar por isso!)...

      O Sporting deixou um *buraco* bem no meio do meio-campo q eles nunca aproveitaram... Bryan nunca foi realmente um 8, mas não fez diferença e até permitiu uma boa pressão alta.

      Eliminar
  5. Bela analise mestre, gostei muito do titulo e pensei nisso ao ver o jogo.

    Se JJ volta a tirar a titularidade a Podence vou ficar Fodxxxssimo, e FGeraldes podia ter entrado mais cedo, nao compreendo porque demorou tanto nas substituições.

    JJ convence-te de uma vez, que estes nao é preciso nascer 10x, arrisca homem.

    Quanto aos 3 penaltis (que nunca seriam assinalados caso estivéssemos na luta) quem nao percebe que isto é uma misera tentativa de nos roubar o argumento de que temos sido prejudicados pelas arbitragens, é ingénuo.

    No final vao aparecer os senhores das estatísticas a gritar a plenos pulmões que o SCP teve mais penaltis a favor.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno, parece-me que o JJ colocará novamente o Alan Ruiz como titular. Acredito que o Podence será colocado à esquerda. E provavelmente o Bryan manter-se-á na posição 8. Deve sair o Matheus.

      Eliminar
    2. Também nao discordo desse teu "feeling" Mestre, até porque Alan R a nível de concretização tem tido um bom desempenho nos últimos jogos, e como as suas baterias ainda só duram uma horita +\-, existe sempre a oportunidade de entrar um dos miúdos para o seu lugar e espevitar o jogo caso seja necessário.

      Mas D. Podence tem de ser titular, o miúdo moí os defesas todos, com Gelson a fazer o mesmo do outro lado, os laterais adversários nao duram os 90 min.!

      Eliminar
    3. Bingo Nuno.

      Os putos a jogar sempre também depende do adversário da táctica e do que eles possam fazer... PORQUE SERÁ QUE AS PESSOAS *NUNCA* ENTENDEM ISTO??

      O ano passado o Gelson Martins era suplente.. jogou relativamente pouco... e não fez mal nenhum à equipa nem a ele... este ano ainda nenhum dos putos atingiu o nível q o Gelson tinha o ano passado mesmo como suplente... (Nem o Palhinha)

      Lembro-me que em pleno Estádio do Ladrão, o Matheus teve uma noite francamente nada boa, e o tal lento Alan estava exuberante e calou os críticos todos..

      Eliminar
  6. Mestre,
    Referes, e bem, o facto de termos pressionado alto todo o jogo, algo que pouco se viu esta época.
    Foi para mim a chave para a vitória e goleada e será sempre meio caminho andado para vencer os jogos contra equipas pequenas e fechadas.

    Mas só se consegue isso com jogadores que mostrem disponibilidade e pulmão, algo que estes jovens possuem, e muito!
    Se a esse pulmão se aliam técnica e velocidade, temos condições para ver mais vezes o excelente futebol, simples e directo à baliza adversária, que vimos ontem na segunda parte.

    Se na próxima jornada voltarem à titularidade jogadores lentos e pouco esforçados, então este jogo de nada serviu, tendo a utilização de Podence, Matheus e até mesmo Geraldes sido apenas um último recurso de Jesus.

    Precisamos de começar a preparar o futuro com estes jovens a titulares, ou lançando-os frequentemente em jogo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bela analise.
      Mas na proxima jornada sera bryan mais 10.
      E volta o Sporting a ter 60% posse bola e 3 oportunidades de golo.

      Eliminar
    2. Acho que a próxima jornada, não havendo lesões, será: RP; Schelotto, POliveira, Coates, Marvin; William, Bryan; Gelson, Podence, Alan Ruiz e Dost.

      Eliminar
  7. Neste momento estão em pré-temporada para o jogo do ano contra o Benfica. E quando Jesus começa a pensar nos craques Podence e Geraldes, a coisa está a ficar séria.
    Não esperava este Sporting sem Adrien.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que vão ser o jogo do ano do Benfica.... Se perde, diz adeus ao treta da treta. Ainda falta muito tempo e já só falam no jogo contra o Sporting. Triste lampião que ainda não percebeu que é o Porto que está na luta do campeonato..... Só pensa no Sporting e está quaise a ser comido pelo Porto.

      Eliminar
    2. O trauma JJ entao expõem la o que pensas de Rui Vitoria só para nos ficarmos a saber...

      se nao expoes tu, exponho eu...

      Eliminar
    3. Geraldes e Podence foram aqueles jogadorres que encavaram o SLV na taça CTT nao foram?

      Compreendo a tua má disposição em relaçao aos dois, e só por aqui se nota que nao tens qualquer tipo de rigor analitico sobre jogadores nem sobre jogos.

      Eu ja sabia de tal facto, mas assim fica exposto pelas tuas próprias palavras para todos verem!

      Tao má lingua este Jorge Marques, tás a ver como só palavras bonitas nao chega, sem rigor e honestidade nao passa de BLA BLA BLA e um BURP de azia...


      JojO, o tapete da malta...

      Eliminar
    4. O jogo do ano são todos até ao fim. Mas a haver algum mais importante, sem dúvida que é o jogo contra o FC Porto, são eles quem está a disputar o título com o Benfica, tal como acontece sempre, salvo raras excepções.

      Carlos, quem pensa mais nos outros ao invés de si próprio é o seu presidente, como você bem sabe.

      Cumprimentos

      Eliminar
    5. Jorgen, nunca vejo sportinguistas a falar no Sporting - Benfica. São sempre os benfiquistas a referi-lo. Obsessão ou preocupação?

      Eliminar
    6. Mestre os #TodosMaisqueBorrados são sempre assim, no ano passado eran favas contadas, entraram a matar mas levaram 2 na pá... mas creio que "a culpa é do Casillas" também é desculpa Sportinguista...

      Eliminar
    7. Jogo do ano para o Sporting. Se alguém não compreendeu, peço desculpa por não ter sido claro.
      Artista, a época do Sporting está feita. Tendo em atenção o clima de guerra quente que envolve os dois clubes, é óbvio que o Sporting irá vender este jogo como se tratasse de uma Champions. Nada a ver, por exemplo, com o Porto Sporting da última época, que mais pareceu um jogo de amigos.
      Mas, verdade seja dita, futebol são rivalidades e um clube que quer ganhar campeão tem que mostrar a fibra nestes estádios. Vai ser escaldante.

      Eliminar
    8. Joj0QI80, era melhor dizeres que a época "foi feita" para o Sporting, e não foi só para o campeonato...

      ... ROUBOS COBSTANTES, má adaptação de quase todos os reforços, a telenovela das eleições con a JORNALIXEIRADA em fernezin... o Azar monumental do sorteio da Champions q ditou o grupo mais forte de todos de longe (mesmo assim o Sporting jogou em Dortmund na 2a parte como o Dortmund jogou a 2a parte na ETAR da Luz... um banho de bola!, coroado com uma finalização mais que aberrante)... tudo isto ajudou a deitar abaixo psicologimente e não só, e desestabilizou e de que maneira a união e coesão do grupo.

      Portanto o teu medo é que isto seja tudo passado, e q o Sporting faça contra o Merdica uma exibição do melhor que é capaz, i.e., muito melhor que o Merdica (o treinador é e q de maneira melhor que o Rui Sonso, tem melhores jogadores que o Merdica, apsar de reconhecer que o Merdica tem MAIS bons jogadores no total q o Sporting, mais soluções e mais banco q o Sporting)... e q pior que a azia monumental de perderes com o Sporting, seria atrasarres-te ou ser apanhado para o campeonato.

      A gente compreende Óh joj0, não te preocupes pá!.(ainda tens a secreta esperança do corrupto apitadeiro dar ajuda decisiva, só que não expressas em público).

      Eliminar
    9. Foi de tão *amigável* o Porto x Sporting da época passada, q à muito não via uma agressão dum jogador porquista enraivecido, tão descarada e flagrante como aquela no fim do jogo... vista grossa do corrupto apitadeiro é claro, e depois o Slimani é q era violento!, e passou 8 meses suspenso sem puder dar uma bufa em campo... só levar!.. e aposto que disto também não te lembras!..

      Eliminar
  8. Os nossos pardalitos não enganam ninguém. tantos os que ainda estão no ninho como os que já voaram.
    Enquanto João Mário é um imprescindível do Inter, Cédric começa a interessar ais maiores. Os dos outros só para polir o banco e nem sempre.

    "PÉROLAS DO SEIXAL VALEM 200 MILHÕES
    Armando Jorge Carneiro afirma que há grandes propostas pelos jovens craques dos encarnados

    "Benfica tem propostas por jogadores da formação que valem 200 milhões de euros." A declaração pertence a Armando Jorge Carneiro, antigo coordenador da formação Benfica, e foi feita durante um colóquio organizado pelo Santa Clara na Universidade dos Açores. Armando Jorge Carneiro explicou que o Benfica iniciou mais tarde do que a concorrência uma aposta nas academias de futebol, mas conseguiu ultrapassar os seus rivais em pouco tempo, sendo atualmente o clube que melhor trabalha na formação.
    "Criámos uma rede alargada de observadores a nível nacional, que permitia observar todos os jogadores entre setembro e dezembro. Depois selecionávamos os jogadores que pretendíamos adquirir. Com este método conseguimos aumentar o número de jogadores na Seleção Nacional e ganhar mais títulos", sustentou o ex-dirigente, de 54 anos.
    Armando Jorge Carneiro, que saiu das águias em 2015 para ser diretor desportivo do Orlando City, da MLS – abandonou o cargo dois meses depois –, contou ainda que havia uma preocupação em acompanhar o desempenho escolar dos jovens benfiquistas e apontou, como exemplo, que Bernardo Silva e André Gomes chegaram a entrar no ensino superior.

    Aposta de 400 mil nos observadores

    O antigo responsável pela formação sublinhou que investia 400 mil euros por ano na rede de observadores a nível nacional, que permitiu descobrir jovens talentos para ingressar no Caixa Futebol Campus. "Criámos um perfil de jogo para todos as equipas e uma forte identificação pelo clube logo a partir dos seis anos. O grande objetivo sempre foi formar jogadores para chegarem à equipa principal", sustentou o antigo dirigente."

    Vejam lá se os rapazes fossem tão bons como os nossos quanto é que valeriam. 400 milhões? 600?

    Agora algumas pérolas de outra cor.

    DOYEN NÃO QUER INTERFERÊNCIAS DA FIFA E DA UEFA
    Em causa o processo com os leões

    "A Doyen, sabe Record, apresentou um recurso no Tribunal da Relação de Lisboa para que a FIFA e a UEFA não sejam admitidas como assistentes no litígio que mantém com o Sporting.

    A Doyen entende que a intromissão da FIFA e da UEFA no processo que decorre em Portugal contraria a política das duas entidades, por estas terem optado por não interferir quando a ação estava a ser apreciada pelo Tribunal Arbitral do Desporto, que deu razão ao fundo. A Doyen quer que a decisão seja reconhecida em Portugal."

    Será que estão com medo de alguma coisa? Mas há mais e também vem no Record...


    FIFA 'APLAUDE' DECISÃO DO TAS NOS PASSES DE TERCEIROS NO FC SERAING
    Clube belga partilha propriedade com a Doyen Sports

    A FIFA mostrou esta sexta-feira a sua satisfação com a condenação pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) aos belgas do FC Seraing, pela partilha da propriedade do passe de futebolistas com a Doyen Sports.

    "Com esta decisão, adotada depois de um rigoroso exame aos argumentos apresentados e à documentação legal, principalmente da União Europeia, o TAS reconheceu a validade da proibição da FIFA sobre o TPO (Third Party Ownership)", refere o organismo que rege o futebol mundial.

    A FIFA defende que a regra da proibição de existir uma terceira parte, como é o caso dos fundos, foi adotada para "preservar a independência dos clubes e jogadores em matéria de transferências e para assegurar a integridade nos jogos e competições".

    Embora o TAS tenha reduzido os períodos de proibição impostos ao FC Seraing, na transferência de jogadores, a FIFA entende que acima de tudo está a decisão que mostra a "incompatibilidade da participação de terceiros com as normas comunitárias".

    Esperemos para ver...

    S.L.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queres ver que o lucro afinal ainda vai ser de 61 milhões!!?

      Depois de tanto até doyen ia-me rebolar no chão a rir! LOOOOLZZZ

      Eliminar
  9. Bela análise Mestre. É bom voltar a ver o Sporting a pressionar alto, manter o ritmo elevado durante 90m. Melhor ainda quando a tarefa estava entregue a Gelson, Podence e MP.
    Podence foi monstruoso. Muito bom. Sem dúvida o que melhor desempenhou o papel de 2º avançado, em toda a época.
    Bryan é o elo mais fraco desta equipa. A léguas do que fez na época passada. Num campo de dimensões reduzidas, compreendo a aposta do BR a 8, mas em Alvalade, ou noutro relvado de dimensões semelhantes, é um tiro do pé, logo a começar.
    Os miudos já foram lançados. A ver se JJ mantém os tomates no sitio e continua a aposta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, fullrise, o Podence esteve muito, muito bem. Mas parece-me que o lugar será de novo entregue ao Alan Ruiz. Gostava de ver o Geraldes a 8, mas não acredito que JJ não coloque o Bryan...

      Eliminar
  10. O problema do Sporting no próximo jogo, é que não vai jogar contra o Arouca...

    ResponderEliminar
  11. Agora imagine-se esta equipa com o Yuri e os seus livres ou com o Gauld a fazer jogo. É uma dor de alma ver tanto talento desperdiçado e dinheiro a voar com jogadores vindos sabe-se lá de onde.

    ResponderEliminar