terça-feira, 13 de junho de 2017

O negócio André Silva



O Porto anunciou ontem a venda de André Silva ao Milan por 38 milhões de euros, com mais 2 milhões em variáveis. São valores muito interessantes para o clube: André Silva é um ponta-de-lança jovem, com muito potencial, presença assídua na seleção nacional no último ano com vários golos marcados, mas, ainda assim, não nos podemos esquecer de que realizou uma segunda metade de época sofrível.

Segundo o jornal O Jogo, o Porto tem 100% dos direitos económicos do jogador, o que, à partida, pressuporia mais-valias financeiras elevadíssimas para a SAD portista - como é um jogador da formação, para determinarmos a mais-valia, basta retirar a comissão de intermediação dos 38 milhões e os gastos com as duas renovações que existiram desde 2014.


No entanto, a história não é assim tão simples. Em primeiro lugar, o facto de tudo indicar que é mais uma venda do carrossel levanta a questão de quanto deste dinheiro circulará realmente entre clubes. A saída do ponta-de-lança não surpreende ninguém, pois já desde o início da época se dizia que a venda de André Silva já estava definida, por valores a rondar os 40 milhões (ou deveremos dizer mendilhões?). O único aspeto em que não se acertou foi o destino, que era, supostamente, outro: o Atlético Madrid. Havia vários sinais que fortaleciam esta hipótese: à boa maneira do carrossel, o Atlético enviou Oliver Torres para o Porto com uma opção de compra (que entretanto foi acionada) também considerável: 20 milhões. O problema é que a FIFA proibiu o clube espanhol de inscrever jogadores, pelo que foi necessário encontrar outro destino. 

Para além disto, ainda há a questão dos direitos económicos. Em 2014, a pouco mais de 6 meses do final do contrato, o Porto e André Silva chegaram a acordo para renovar a ligação. Apesar de ser um jogador que, na altura, nunca tinha jogado pela equipa principal, o acordo acabou por não sair barato para o clube. Há cerca de um ano, o Football Leaks revelou o contrato de intermediação da renovação assinado entre o Porto e António Teixeira da Silva, na qualidade de agente do jogador, onde estão incluídas as seguintes compensações pelos serviços prestados:
  • Um pagamento de 100.000€ assim que o jogador completasse 10 partidas pela equipa principal;
  • Atribuição de 10% dos direitos económicos de André Silva ao agente;
  • Atribuição de 10% das mais-valias de uma futura transferência de André Silva.






Pelo texto do contrato, dá a ideia de que o agente ficaria com direito a 10% do valor da transferência (via direitos económicos) e, adicionalmente, com 10% das mais-valias registadas pelo clube após deduzidas as várias despesas da venda e da renovação.

A informação constante neste contrato entra em colisão com a indicação que O Jogo adiantou sobre o Porto ser detentor de 100% dos direitos económicos. Nos últimos R&C's da SAD não encontrei nenhuma informação sobre a percentagem de passe de André Silva que pertencia ao Porto. A CMVM deveria pedir esclarecimentos sobre isto.

Entretanto, em 2016, André Silva passou a ser representado por Jorge Mendes e voltou a renovar com o Porto. Não me apercebi, na altura, de notícias que dessem conta de que o Porto tivesse recuperado os direitos cedidos ao agente aquando da renovação de 2014. Se as condições do contrato mostrado acima ainda forem válidos, e considerando ainda que a transferência para o Milan foi coordenada por Jorge Mendes, então falamos de 3 grandes tranches que não entrarão nos cofres do Porto: os habituais 10% de intermediação do super-agente, os 10% dos direitos económicos e os 10% de mais-valias. Tudo junto, falamos de um pouco menos de 30% do bolo total.

Para além disso, há o problema adicional do carrossel de que poucos falam: os benefícios contabilísticos são imediatos, mas deixa um rasto de custos que aumentará a dependência de negócios destes nos anos que se seguirão.

Independentemente disso, é uma transferência que deixará os responsáveis portistas um pouco mais aliviados, pois é sabido que têm até ao final do mês para realizar vendas que permitam reduzir os prejuízos até 30 milhões. O recente acordo com a UEFA no âmbito do Fair Play Financeiro a isso obriga.

18 comentários :

  1. Não quero ser advogado do Diabo, mas no último relatório de contas o valor de internediação do João Mário também foi bastante elevado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Sporting não pagou comissões no negócio João Mário. Teve que entregar 25% da venda à QFIL, pois eram detentores de 25% do passe.

      Eliminar
    2. Algo que negociado por direções anteriores...

      Eliminar
  2. "é uma transferência que deixará os responsáveis portistas um pouco mais aliviados, pois é sabido que têm até ao final do mês para realizar vendas que permitam reduzir os prejuízos até 30 milhões."

    Quando o objetivo é reduzir o prejuízo até 30 milhões, só posso elogiar esta magnífica gestão.
    Ó garoto, as nossas contas até não estão más, o problema é o cigarro eletrónico, pá!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, é o ponto em que estão... neste momento é virtualmente impossível não terem prejuízo neste exercício.

      Eliminar
  3. PAZADAS DE CARVÃO

    MEMOFANTE PARA O PAQUIDERME

    É falso, mas não me lembro!
    Para um gajo que faz coleção pormenorizada de acontecimentos, alguns com mais de 10 anos de existência, esquecer-se convenientemente de uns emails, só prova o que o Guerra é: a escumalha lampiónica no seu melhor.
    Quando a conversa não interessa, desvia-se o assunto, por isso é engraçado ver os cartilhados a escrever que o conteúdo dos mails vale zero e os fruteiros estão à rasca com as contas e o ppc é corrupto. Sabujos, é o que são.

    PAZADAS DO DIA

    1- O Benfica tem que descer e ser proibido de voltar a 1ª divisão. Porque se ficar só um ano na segunda, o Porto, o Braga ou o Guimarães são campeões e no ano a seguir os campeonatos voltam para o dono.”
    By John Billy #36 rumo ao p3n7a!, 12 de junho de 2017 às 13:21

    Nota: Pois voltam para o dono, o maior burlão e corrupto de Portugal.
    #RumoAoP37a!


    2- “Email conteúdo zero. Mesmo pegando só no que convém.”
    By Nuno Martins, 12 de junho de 2017 às 11:02

    Nota: Zero é o que o matacão vale e não tem nada por onde se pegar, a não ser a desonestidade intrínseca.


    3- “O mdc trabalha com emails? Lembra se de todos? No entanto lembra se da mão do ronny! Qual é a diferença?”
    By Nuno Martins, 12 de junho de 2017 às 11:02

    Nota: A diferença é quase impercetível, mas existe. Repara matacão, o Mestre não é aldrabão, escroque, pulha, escumalha, vendido, desonesto e hipócrita.


    4- “À data o pg nem funcionário era!”
    By Nuno Martins, 12 de junho de 2017 às 11:02

    Nota: É falso, mas ao contrário do paquiderme, nós lembramo-nos, ó mentiroso.


    5- “O jogo fez um estudo pelos vistos... O Benfica ganha mais com esses como ganha mais com os outros”
    By Nuno Martins, 12 de junho de 2017 às 11:02

    Nota: Desde que cante e reze bem, o Sport Lisboa ganha sempre. Caso contrário, vem a inquisição e pune os infiéis.


    6- “Não há mesmo ponta onde pegar!”
    By Nuno Martins, 12 de junho de 2017 às 11:02

    Nota: Não há mesmo ponta onde negar, a não ser que se seja lampião devoto ao novo Papa.


    7- “A única coisa que realmente se deve questionar é a forma de obtenção daquelas comunicações.”
    By Nuno Martins, 12 de junho de 2017 às 11:02

    Nota: Magnífico, depois de se masturbarem publicamente, mostrando documentos internos do SCP, as lamparinas beatas falam em ilegalidades na obtenção dos emails. Ups, afinal existem, mas não se lembram.


    8- “Mas qual a importância dos mails serem verdadeiros ou falsos?”
    By John Billy #36 rumo ao p3n7a!, 12 de junho de 2017 às 11:16

    Nota: Nenhuma, mas afinal existem. ♫ Aperta aperta com ela (cartilha). ♫


    9- “Não percebo o interesse do guerra em tentar provar a sua inexistência.”
    By John Billy #36 rumo ao p3n7a!, 12 de junho de 2017 às 11:16

    Nota: O paquiderme só diz que são falsos e que se esqueceu de tomar memofante.


    10- “Acho piada ver o Marco Ferreira armado em vítima do sistema quando desceu apenas por ser mau.”
    By John Billy #36 rumo ao p3n7a!, 12 de junho de 2017 às 11:16

    Nota: Foi mau nos jogos contra o Sport Lisboa e na final da taça. Ah, quase que me esquecia, também foi mau ao ter ido suplicar a Sua Eminência para não lhe retirar a paróquia.


    11- “Se os emails são verdadeiros então é obrigatório investigar as conquistas do FCP.”
    By JF, 12 de junho de 2017 às 13:04

    Nota: E as homilias do treta também, certo?
    Heheh
    cumprimentos


    12- “Há suspeitas de a conquista do tri-campeonato do Porto ter sido de forma fraudulenta, coisa que foi admitida pelo próprio FJM ao ter divulgado estes emails.”
    By JF, 12 de junho de 2017 às 13:04

    Nota: Nesse tempo, o senhor disse aos seus discípulos: “Oferecei fruta e café com leite aos pobres, mas só à noitinha, quando estiverem no quentinho”.
    Hoje, o senhor volta a dizer aos seus discípulos: “Rezai e cantai bem, em todas as missas e com bons sacerdotes, caso contrário serás punido para sempre.”


    Saudações Leoninas,
    CB


    ResponderEliminar
  4. lamento que mais um jogador de formação, português e com qualidade, tenha de arrepiar caminho para um campeonato manhoso - basta seguir o pippo russo para se perceber o que se passa por lá.

    ai se fosse o sporting a fazer um negocio deste tipo carrossel, estava a barraca montada com as eventuais ameaças da parte da cmvm.

    carrega mendes, a culpa é do badocha!

    ResponderEliminar
  5. O clube cujo presidente (não um não funcionário) assume que controla as eleições da liga está desesperado pelo Mendes. Tal como "uma fonte de Alvalade" revelou.

    E analisar o Jefferson que 6M era pouco e agora vai emprestado? E analisar o futuro central da selecção a sair pelo valor tabela dos jogadores da equipa b do Benfica? Não dá jeito... Logo já lhe atiram mais areia para os olhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O valor tabela dos jogadores da equipa B do Benfica está estipulado em mendilhões. Em euros a coisa é muito diferente.

      Eliminar
    2. Aldrabão,

      O Semedo sai por um valor real enquanto os teus saíram insuflados pelos milhões do carrossel do Mendes.
      No Sporting, os valores de venda acordados com os compradores correspondem ao dinheiro que entra nas contas do clube.
      Uma pequena grande diferença.

      Na merda do teu clube recebes no imediato Mendilhões que logo a seguir são cobrados em negócios onde o teu clube fica a ver muitos milhões a voar.

      Aldrabão Martins, sempre a comer gelados com a testa...

      Eliminar
    3. A serio que ainda dao conversa a este escroque?!
      Deixem no LADRAR SOZINHO...

      Eliminar
  6. Depois de tanta divagação e infundada suspeição dos posts anteriores, finalmente um assunto sobre o clube afecto a este blogue...ou não.

    ResponderEliminar
  7. Não deixa ser engraçado o valor da transferência quando comparamos com a do Slimani. O argelino deu uns míseros 30 milhões, na melhor época da sua carreira; O Silva, a pastar desde Janeiro, dá 40 milhões. Diferenças.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razao... se o Slimani tivesse 21 anos e fosse internacional português tinha sido um mau negocio

      Eliminar
    2. Isso baptista da-lhe que ele gosta.

      Eliminar
  8. a falar em euros e têm o clube falido a ter k dar dinheiro das transferências ao banco eheheh e castigos da uefa nas inscrições loooooool como é possivel serem tao alienados da realidade loooool
    k máximo!!!
    Continuem assim a comer cornetos com o olho do cu que nos dez anos à frente(10 anos!!!!) continuamos a limpar tudo.


    ps: ah e se quiseres podem rezar eheheh e papar a hóstia loool
    loooseres

    ResponderEliminar