sexta-feira, 11 de agosto de 2017

As primeiras polémicas a envolver o VAR

Como seria de esperar, não tardou para que surgissem as primeiras polémicas em torno da utilização (ou não) do VAR em determinados lances duvidosos.

Começando pela Supertaça: creio que o VAR decidiu bem no caso em que Salvio toca na bola com o braço na área do Benfica. O jogador manteve o braço junto ao corpo e não aumentou a mancha, pelo que, na minha opinião, a decisão de não marcar grande penalidade a favor do V. Guimarães está correta.

Polémica maior existiu no jogo de quarta entre Benfica e Braga, por causa de dois lances. O primeiro foi de um agarrão na área a Jardel na marcação de um pontapé de canto que ficou por assinalar. Não fiquei surpreendido, porque não me parece que o VAR tenha grande interesse em meter-se neste tipo de faltas - agarrões há-os em praticamente todas as bolas paradas. Aliás, um dos argumentos mais válidos que os detratores do VAR começaram por usar é a quantidade de paragens que iria implicar. Não tenho opinião formada sobre se este tipo de lances deve ser analisado pelo videoárbitro, mas o mínimo que se pode pedir é que o critério se mantenha uniforme.

O outro lance polémico foi o do golo anulado aos visitantes por fora-de-jogo. Neste caso, nem eu nem ninguém pode dar uma opinião verdadeiramente sustentada sobre a legalidade do lance porque nenhuma imagem divulgada é conclusiva.

(via Baluarte Dragão)

Esta é a melhor imagem disponível - que, segundo li, corresponde ao momento em que a transmissão da BTV pausou para esclarecer a dúvida -, mas não é possível tirar nenhuma conclusão definitiva sem se saber onde estão as pernas de Seferovic. Para além disso, este frame nem sequer corresponde ao momento do passe, pois a perna esquerda do jogador que se prepara para fazer o passe ainda não está a tocar a bola.

É efetivamente estranho que a BTV - que apregoa fazer transmissões de futebol de excelência - não tenha conseguido arranjar nenhum plano que mostrasse toda a largura do campo e - pior - não tenha colocado a linha de fora-de-jogo em qualquer repetição.

No entanto, isso não quer dizer que o VAR não tenha tido acesso a imagens mais esclarecedoras. Fábio Veríssimo, o juíz destacado para fazer esse papel, tinha acesso ao feed de todas as câmaras, pelo que existe a possibilidade de ter decidido recorrendo a imagens captadas de um ângulo mais conclusivo.

Creio que seria útil que FPF ou Liga divulgassem as imagens a que os árbitros tiveram acesso, pois continua a haver muita gente que pensa que o VAR decide exclusivamente com base nas imagens escolhidas pela realização. A bem da transparência, na realidade, deviam fazê-lo em todos os lances em que o VAR intervem, mas isso é um passo que dificilmente o setor da arbitragem estará preparado para dar.

A única verdadeira conclusão que se pode tirar é que não faz qualquer sentido considerar que as transmissões da BTV são isentas: basta comparar a quantidade de repetições que houve neste caso com o do penálti sobre Jardel. Já se sabe que naquilo que for possível manipular ou omitir, sendo conveniente para o Benfica, irão manipular ou omitir. O facto de as equipas de transmissão serem as mesmas da Sport TV não é argumento... porque na hora da verdade, a vontade do cliente tem muita força.

22 comentários :

  1. as imagens não permitem esclarecer o lance.

    o VAR falhou na supertaça ao não expulsar jonas.
    há um outro lance em setúbal que foi mal decidido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é verdade, o Jonas devia ter sido expulso pela tesoura por trás.

      Eliminar
  2. Aqui ficam as declarações de Abel.

    “Nunca vou desculpar uma derrota pelo árbitro… agora é um FACTO! Eu não sei se eu ia ganhar ou não o jogo, por ventura até perderia o jogo na mesma. Agora o que sei é que se o jogo fosse validado nós estávamos dentro de jogo outrabês. “

    http://www.maisfutebol.iol.pt/sp-braga/benfica/abel-lanca-a-questao-se-isto-continuar-assim-onde-e-que-vai-parar

    ResponderEliminar
  3. "Apesar de ter acesso às imagens de todas as câmaras utilizadas na cobertura do encontro (à volta de 12, neste caso), a verdade é que o VAR não teve acesso a nenhum ângulo mais claro do que aquele que chegou aos telespectadores da BTV. Tudo porque Seferovic, o jogador do Benfica que poderá colocar em jogo Ricardo Horta, está longe do local onde se desenrola o jogo."

    Isto vem no Record. Ou seja a BTV consegue controlar as imagens que vao ser utilizadas pelo VAR. Uma vergonha

    ResponderEliminar
  4. Não admira a ninguém o que se passa naquele estádio que mais parece dirigido por uma Famiglia Siciliana. #corruptos

    Pelos vistos vem na capa do Record que o VAR não tem imagens desse lance o que não deixa de ser hilariante !...Para começar até não está mal e assim já podemos imaginar o que vem a seguir.

    Entretanto a agremiação corrupta não tem claques mas passa facturas com a seguinte designação: Estádio-Claques NN.Tudo igual na agremiação #corrupta.



    ResponderEliminar
  5. Para os mais distraídos e que não consultam blogues de qualidade, ou consultam mas não têm a coragem de sair do anonimato, fica a imagem esclarecedora:
    https://4.bp.blogspot.com/-IY3WudIySwI/WYy0PQw1SAI/AAAAAAAAFmI/eq1CBlC34pkRTQt8hf_AhBOCt278q414ACLcBGAs/s1600/sdf.jpg
    Com linhas rectas e sem manipulação de imagens. Há dúvidas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Com linhas paralelas"!!!! A tua estupidez não me deixa de surpreender. F$ck#ing Unbelievable.
      Conheces o conceito de perspectiva, óh asno?
      Fica aqui o link para te instruíres, se bem que duvido que sejas capaz de interpretar os conceitos mais básicos:
      https://pt.wikipedia.org/wiki/Ponto_de_fuga

      Eliminar
    2. Tás na tanga, certo? 3 palavras para ti: ponto de fuga.

      Eliminar
    3. Há tantas que se vê logo ao q vens, rena amoluscada.
      Para além de a linha amarela não estar correctamente perspectivada a falta do resto do corpo do bípede vestido de encarnado não pode trazer certeza rigorosamente nenhuma. Aliás, só traz mesmo é dúvidas! e, em caso de dúvida, o q é q se deve fazer?

      Eliminar
    4. ORc primeiro tens que aprender a ler antes de chamares estúpido a alguém.
      Onde falo em linhas paralelas, estúpido?
      http://www.dn.pt/ciencia/interior/descoberto-metodo-para-ajudar-alunos-a-ler-e-escrever-2429943.html

      Eliminar
    5. rudolfina, minha bichona, ponto de fuga, sabes o que é meu animal?! Aproveita a deixa e dá a fuga daqui pah!!!

      Eliminar
    6. Vindo de vocês, o único ponto de fuga que vos reconheço é a fuga de inteligência.

      Eliminar
    7. Rudolfo... és patético!
      Fazeres-te passar por asno deve-te dar tusa, só assim se justifica (em parte) tamanha acefalia.

      Eliminar
  6. É de facto sintomático que o primeiro caso tenha sido na Luz e a favor do benfas.
    É pena, porque o VAR tem sido um sucesso.
    Deixo apenas uma nota de reflexão: com tanta discussão sobre o VAR, o árbitro, que foi quem errou (como sempre) acabou por passar incólume e despercebido. Será que, de certa forma, o VAR é um branqueador?

    ResponderEliminar
  7. Eu até percebo que o lance seja anulado. Mas que o primeiro lance que o VAR analisa e que gera muitas dúvidas acabar por beneficiar e, mais grave, que a btv manipule as imagens que vêm cá para fora é bem sintomático do que se passa.

    Mas a questão ainda mais importante é bem explanada pelo Frederico Dias de Jesus no És a Minha Fé: http://sporting.blogs.sapo.pt/o-condicionamento-classico-3407600
    "Mas atentem ao reflexo! Em ambos os casos o árbitro começou logo a dar ao seu pulso histriónico. O que me pareceu estranho foi ver o primeiro golo do Benfica, que tem um grau elevado de dúvida num lance corrido (e não estou a pôr em causa a legalidade do golo, porque foi legal), foi não existir réstia de dúvida ao árbitro de linha, ao árbitro principal e demais participantes do juízo da partida, que o mesmo tinha sido legal. Ficando impávido e sereno na sua linha.
    É este condicionamento clássico que vai permitindo a sobrevivência aos árbitros. Há uns "loucos" que fazem duvidar esta gente, mas só para um lado. "

    ResponderEliminar
  8. "Já se sabe que naquilo que for possível manipular ou omitir, sendo conveniente para o Benfica, irão manipular ou omitir."

    Alem disto, vai uma aposta que VAR vai criar a 'tendência' de os árbitros em caso de duvida decidirem de imediato a favor do Benfica para não correrem o risco de serem forçados a tomar decisões desfavoráveis depois da analise do VAR?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora o VA vai favorecer o Benfica? Obrigado bdc. Presidente do tetra e do VA.

      Eliminar
  9. A partir do momento em que a 'legalidade' se sustenta em informações dadas por umas das partes envolvidas... ESTÁ TUDO DITO...!!! Querem o quê...???


    O VAR é conceptualmente uma coisa boa e, mais que necessária, porém estamos a verificar que os mais temidos receios se estão a concretizar... Para já... os 17 jogos na "Catedral da Corrupção" estão fora do escrutínio dos justos... ou pseudo-honestos...

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
  10. Que mais se pode esperar de um algo onde a mentira é ordem?

    http://tuvaisvencer.blogspot.pt/2017/08/factura-emitida-pelo-benfica-elemento.html

    Isto é aquilo a que muitos, FPF e Liga incluidos, chamam de campeonato justo e imparcial.
    Não deixa de ser curioso que até agora só existe dúvidas em jogos de um determinado clube e mais irão existir.
    Jogos transmitidos por uma televisão de um clube deixa dúvidas?
    Claro que não, há regras para todos e à regras excepcionais para um!

    O VAR não funcionará equanto estiver nas mão do ferreira, do lucilio e do duarte, sem nunca esquecer todos os padres muito queridos.

    Competição desportiva é algo que pura e simplesmente não existe em portugal.

    ResponderEliminar
  11. È obvio que está em fora de jogo.
    BDC não vem falar porque?Espero bem que acorde para a vida porque isto vai ser o prato cada vez que um clube for jogar a lixeira.
    A BTV a esconder e a APAF a jogar o jogo do "VideoColinho".

    Aliás,isto é um escândalo,não podemos sequer ficar apenas pelas palavras.Temos que tomar atitudes e mostrar que a APAF e a BTV estão a trabalhar em conjunto e em prol do Sport Lisboa!!

    Aonde andam aqueles programas 3D em que vemos tudo?O SCP que acorde para a vida.BDC já não tem desculpa de desconhecer a realidade "desportiva" do País em que estamos.
    SL

    ResponderEliminar
  12. O ano passado ou há dois anos naquele fora de jogo descarado do Slimani, aí já valia a geometria de qualquer zé ninguém que provasse o contrário.
    Assim não há honestidade, Artista.

    ResponderEliminar
  13. Tinha de ser um lance a beneficiar o Beneficia a primeira polémica do VAR (tesoura do Jonas). Faz todo o segundo que a segunda seja também a beneficiar o Beneficia. Clube de merda.

    ResponderEliminar