sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Transparência e compromisso

O jornal Sporting publicou, na sua edição de ontem, os já habituais quadros com os detalhes das contratações e vendas que o clube realizou na janela de transferências recentemente encerrada.

Nunca é demais realçar a importância da divulgação destes dados, que vale muito mais do que o seu valor facial. Sim, é muito importante que os sócios estejam informados sobre as operações realizadas - independentemente de aparecerem surpresas agradáveis ou desagradáveis -, mas é também conveniente recordar o efeito indireto da medida: quem faz isto está a convidar o público a escrutinar a coerência das contas que apresenta; e está também a assumir um compromisso do qual nunca se poderá desvincular, sob pena de levantar dúvidas sobre o que terá sido feito que não possa ser divulgado - o que acaba por ser uma garantia para o futuro em como não se cairá em determinadas tentações.

Colocando a coisa de forma mais resumida: quem não deve, não teme. Parabéns a esta direção por continuar a transformar as palavras em atos, naquilo que é um raríssimo exemplo de transparência total no futebol português.




20 comentários :

  1. As comissões rondaram uma média de 10% da venda ou compra de jogadores. Depois falam do Mendes.
    De certeza que o Sr. Vídeo ou o cientista não estão a lucrar nada com elas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. bla bla bla wiskas saquetas bla bla bla

      Eliminar
    2. Das 7 vendas feitas, 3 tiveram comissão de 10%, sendo que a maior venda teve uma percentagem de comissão muito inferior a isso.

      Eliminar
    3. Já agora, diz-nos lá qual é a percentagem do Mendes?

      Eliminar
  2. Bem isto do outro dado da "Avenida General Norton de Matos", num mundo paralelo e hipotético, claro, se tambem fosse assim limpinho, seria algo do género:

    Jogador - X
    Clube - Qualquer um da lavandaria Mendes
    Compra - 5 M€
    Comissão - 25 M€
    Percentagem do Passe - 30%
    Tipo - Definitiva
    Clausula de Rescisão - 150 M€ (uma vez que a do Deus Bruno Fernandes é de 100M)

    Observações - Restantes 70% pertencentes a Jorge Mendes, com opção de compra no valor de 35 M€. Comissão com Jorge Mendes, repartidos com o LFV.

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida. De realçar apenas que há um reverso da medalha, dar armas a quem nos quer tentar desestabilizar. As contratações dos outros são sempre contabilizadas com o valor da contratação em si (o oficial, sabendo nós que muitas vezes estes valores são completamente martelados, mas com o mal dos outros posso eu bem).

    A CS connosco contabiliza sempre os valores das comissões por nós divulgadas no valor total da contratação. E isso por vezes é pernicioso para alguns jogadores, como é o caso do Alan Ruiz. É o jogador que me vem logo à cabeça quando penso no reverso da medalha desta política de transparência total. Claro que se apresentasse um rendimento à Bruno Fernandes nada disto seria tema de discussão.

    Obviamente, apesar deste lado negativo (acréscimo de pressão a alguns jogadores), pesando os prós e contras é uma medida muito positiva para o clube e que me agrada sobremaneira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a transparência acaba, por vezes, por ser aproveitada por quem quer manipular números de forma desonesta.

      Eliminar
    2. O curioso é ver adeptos de outros clubes a discutir tão calorosamente as contas do Sporting sem se preocuparem minimamente com as contas dos seus clubes...

      Eliminar
  4. "naquilo que é um raríssimo exemplo de transparência total no futebol português".
    Bem, só não me atrevo a dizer que é caso único no futebol português porque tenho uma enorme consideração pelas análises económicas elaboradas pelo José Manuel Antunes, aquele seboso ex-vice do Vale e Azevedo.

    ResponderEliminar
  5. PAZADAS DE CARVÃO


    VALE TUDO MENOS ARRANCAR OLHOS
    No futebol é assim, vale mesmo quase tudo. O grande Samaris aplica 12 bordoadas e não vê nenhum cartão amarelo, já o enorme formando do Dubai - Filipe Augusto - dedica 8 mimos aos adversários e também sai impune. Do Maradona da Mealhada nem falar, depois de massajar os gémeos ao colega de profissão, nunca mereceria ser admoestado.


    PAZADAS DO DIA

    1- “Também nada de novo quantos a estes posts, encomendados após uma reunião tardia com o Saraivoso e o do Café.”
    By rudolfo dias, 21 de setembro de 2017 às 08:27

    Nota: O Sport Lisboa bate semanalmente sem misericórdia e o rudol fodias quer que não se fale das homilias. Panão, lê o anão da Jamba, deve ser mais interessante. Já agora, a regurgitar tão cedo?


    2- “E vou arranjar uma fonte que o comprova.”
    By rudolfo dias, 21 de setembro de 2017 às 08:27

    Nota: O burrogil que falou no treta ou a baleia que se senta em duas cadeiras? E a janela, anda a ser partida?


    3- “Quanto à análise dos lances, vê-se logo que o MdC só jogou futebol com os amigos e à baliza.”
    By rudolfo dias, 21 de setembro de 2017 às 08:27

    Nota: Pois foi, mas de certeza que não levava a bola para casa para impedir que perdesse o jogo, ao contrário de alguns desonestos intelectuais que desde cedo aprenderam a ser vigaristas.


    4- “E ainda por cima era daqueles que se desviava da bola quando o remate era mais violento.”
    By rudolfo dias, 21 de setembro de 2017 às 08:27

    Nota: E também há aqueles que quando jogam na Europa, rematam devagarinho para não magoar os adversários. Boa gente, sem dúvida.


    5- “Se este é um dos padres, então já não se lembra da missa a metade.”
    By rudolfo dias, 21 de setembro de 2017 às 08:27

    Nota: Ai lembra lembra, se não ainda desce de categoria, não é rudol fodias?


    6- “Deve ter pensado que aquele movimento manual seria para se benzer e "deixou passar".”
    By rudolfo dias, 21 de setembro de 2017 às 08:33


    Nota: No campeonato da mentira, os padres incentivam essas rezas na paróquia do Colombo, mas no último seminário europeu, quando receberam a delegação russa, ai Jesus, que o crente da Mealhada só queria receber a hóstia.


    7- (acerca do mata-leão) “Pessoal, estou a falar de um desporto, não levem isto num sentido literal nem confundam com assassinos.”
    By rudolfo dias, 21 de setembro de 2017 às 13:16

    Nota: Nunca nos passaria na cabeça tal coisa. Mas por cautela, é melhor andarmos precavidos, não vá algum inocente andar por aí a rezar e, por caridade, fazer o obséquio de nos engomar a camisa e o pelo... com um veículo de 4 rodas.


    8- “Nem com a época a correr bem acaba o choradinho... heheh”
    By JF, 21 de setembro de 2017 às 11:15

    Nota: É mesmo limitado. Choradinho fizeram os falsos profetas para impedir o aparecimento do VAR, que por curiosidade, ou não, tanto tem ajudado na quermesse.


    9- “Aldo, é isso mesmo, nunca se sabe o que está para vir! Tenham medo, muito medo!”
    By JF, 21 de setembro de 2017 às 14:28

    Nota: Zero penáltis? Zero expulsões? VAR com linhas para anular golos aos adversários? VAR sem linhas para validar golos irregulares?
    Amém.


    10- “Interessante seria haver um video apenas do Samaris durante os 90 minutos do jogo... talvez aí sim, voces iriam conseguir perceber o básico.”
    By JF, 21 de setembro de 2017 às 14:30

    Nota: Não se deve troçar das enfermidades dos outros, mas a demência deste tipo só dá mesmo para rir.
    O Samaris talvez seja um bom exemplo quando filmado durante os 90 minutos do jogo… sentado no banco de suplentes.


    11- “Ó Mestrinho, e para quando a divulgação na íntegra daquele vídeo que comoveu este mundo e arredores sobre a chegada do novo rebento?”
    By rudolfo dias, 21 de setembro de 2017 às 13:34

    Nota: Eu gosto mais das AG lideradas por um labrego, que leva uma corneta para calar os crentes, e estes, quando rezam desafinados, são convidados a ir para o c@r@l#%, perdão, inferno.

    Saudações Leoninas,
    CB


    ResponderEliminar
  6. MdC, so' uma pergunta: Nao tinha saido a noticia que ja' tinhamos accionado a clausula de compra do Doumbia?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, saíram notícias nesse sentido, mas não tenho a certeza que signifiquem que a cláusula tenha de ser acionada já. Poderá ter que ser acionada apenas no final da época, por exemplo.

      Eliminar
    2. Acho que no R&C já está confirmado e o custo total foi de 7.2 milhões. Valor que incluí prémio de assinatura de 3.5 milhões que foi dado para baixar o salário. Podes confirmar na página 8 do último R&C na secção de highlights 2016/2017. SL

      Eliminar
    3. Acho que no R&C já está confirmado. No total o Doumbia custo 7.2 milhões que inclui um prémio de assinatura de 3 milhões que serve para baixar o salário. Podes confirmar na página 8 do R&C, secção de highlights 2016/2017. SL

      Eliminar
    4. Não tem a certeza, Mestre? Então o que é feito da "transparência e compromisso"? heheh

      Eliminar
  7. O Sporting não é transparente com os adeptos, mas sim com as entidades financeiras a que obrigam a que estes valores sejam apresentados, porque são parte interessada em determinadas vendas.

    E mesmo que os adeptos acabem por ser beneficiados, continuamos com uma clara falta de transparência no que se passa no mundo do futebol e que blogues como este ajudam a escamotear.

    Já há mais de um mês que fiz referência a por exemplo um negócio obscuro do Sporting. E digamos que o Tiago Santos ainda se encontra sentadinho à espera do que o Mestre tem a dizer, como se lê no seu comentário do dia 15 de Agosto de 2017 às 01:05.
    A verdade é que os adeptos não querem saber de transparência e de compromisso para nada. Querem é títulos. Tirem transparência e compromisso e dêm títulos e a maior parte aceitará, como adepto de qualquer clube de qualquer país.

    Aqui deixo a referência ao que foi escrito sobre Bruno "Paulista" Silva.

    http://oartistadodia.blogspot.be/2017/08/o-que-e-feito-de-francisco-vera.html

    Ninguém achou estranho aparecer aqui nesta lista 4 jogadores que terminam o seu empréstimo e um deles terminar um empréstimo com clausula anti-rival ? Alguém consegue imaginar um Fábio Coentrão ou Markovic terminar um empréstimo com clausula anti-rival, sendo os contratos com o Real Madrid e Liverpool respectivamente ?

    A transparência e compromisso não existem neste caso e passarei ao segundo:

    http://oartistadodia.blogspot.be/2017/06/ja-esta-doumbia.html

    "O Sporting fechou finalmente a contratação de Doumbia. O jogador vem por empréstimo, tendo o Sporting direito à opção de compra caso determinados objetivos sejam atingidos."

    A transparência e o compromisso não obrigam a que se informe quando é que o Sporting terá que comprar um jogador que chega por empréstimo ?

    É curioso também um jornal desportivo afirmar que o Doumbia foi desviado para a Turquia por oferecer um salário de 3 milhões de euros. Ou é mentira ou o jogador gosta mais de Portugal que a Turquia ou ....


    Chegamos ao dia 7 de Setembro 2017 e aparece o Sporting a apresentar, e muito bem, o seu relatorio e contas da época transacta, ou seja 16/17. E não é que aparece lá a contratação a título definitiva do Doumbia ?

    Então mas no dia 30 de junho 17 aparece, e leu-se aqui no blogue e em todo o lado, que chegou por empréstimo e no relatorio e contas de 16/17, que termina a 30 junho, aparece lá aquisição em que ficamos ?
    Os tais objectivos foram cumpridos em horas, antes do fim da época ?

    ResponderEliminar
  8. http://oartistadodia.blogspot.be/2017/09/notas-soltas-sobre-as-contas-do-sporting.html

    Reparem na seguinte nota solta :

    "Doumbia foi bastante mais caro do que inicialmente se julgava: 3,5M mais 3M de prémio de assinatura (provavelmente para compensar uma redução do salário em relação ao que auferia na Roma), e ainda 0,7M de comissão."

    Olha afinal não foi surpresa para ninguém a aquisição relatada em Junho 2017. O empréstimo foi obliterado do passado e o mais surpreendente foi os 3MILHOES!!! do prémio de assinatura, que serviu para compensar uma redução do salario da Roma pelo que dizem....Mas esperem lá 3 milhões ??????

    Já lemos isso em qualquer lado ?! Não era um clube Turco que ofereceu pagar 3M um só ano ao jogador ?

    http://oartistadodia.blogspot.be/2017/06/ja-esta-doumbia.html

    Que coincidência o prémio de assinatura ser também 3M. Mas hey vamos todos pensar que pagando 3M a um jogador estamos na realidade a poupar. Ou então os 3M era um objectivo nesse tal empréstimo...


    Bom a partir do dia 7 de Setembro de 2017 ficámos realmente a perceber a transparência do negócio. Portanto 70% dos direitos económicos e 100% dos direitos desportivos pertencem ao Sporting e pelos quais foram pagos 3.5M, mais 3M de assinatura e mais 0.7M que dá 20% de comissão apos o preço de aquisiçao de 3.5M. Ou seja um total de 7.2M !

    E 2 semanas mais tarde de acordo com o princípio de transparência e compromisso somos informados do quê ????

    entradas com emprestimos , sem referência alguma a prémios de assinatura, enfim é só esconder o que já tinha sido informado duas semanas antes !!! A transparência é tanta que o M. ainda a perguntar-se o que se passa com a clausula de compra do Doumbia. O Mestre anda a fingir que o jogador ainda não pertence ao Sporting e a transparência anda pelas ruas da amargura.


    Já agora porque é que o Sporting fez 95Milhões em vendas e o Passivo subiu ? Porque é que o Sporting reduziu o passivo financeiro, mas os juros aumentaram ?
    Porque é que o Sporting teve o maior lucro da sua vida , 30M e o passivo financeiro reduziu só 4,6 milhões de euro ? e o total subiu 61M ?
    Porque é que os salarios já vão em 64M sem prémios , quando há bem pouco tempo era de 50M ou 25M ?

    Gelados com a testa oferecidos a todos gratuitamente por clubes, agentes, empresários, fundos e todos os que lucram com o negócio do Futebol.

    ResponderEliminar