sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

A defesa das borlas por José Manuel Delgado

Ontem, no programa Quinta da Bola, um dos temas debatidos foi a polémica à volta dos pedidos de convites de políticos e dirigentes da FPF e Liga para assistirem a jogos de futebol. Isto vem na sequência da revelação dos emails sobre a solicitação de dois convites em nome do ministro Mário Centeno para a tribuna presidencial do Benfica, bem como os inúmeros bilhetes oferecidos por Paulo Gonçalves aos mais diversos agentes de futebol e que o coroaram, muito justamente, como o rei das borlas.

Aqui fica uma pequena parte do que foi falado:



Como seria de esperar, José Manuel Delgado acha toda esta questão absurda. Considera que há pessoas que, pelos cargos que ocupam, não se devem misturar na bancada com o resto dos espectadores por questões de segurança, que é bom para o futebol que as pessoas do futebol estejam próximas do futebol, e que ao estarem a afastar do futebol pessoas que gostam de futebol estão a causar danos ao futebol.

Em primeiro lugar, há que separar duas situações que são bastante distintas. Compreendo perfeitamente que uma pessoa como o ministro Centeno, pela natureza do cargo que desempenha, assista a um jogo num espaço de acesso reservado. É uma figura pública, toma decisões que podem ter um impacto profundo, para o bem e para o mal, na vida das pessoas, pelo que num dia de azar poderia sujeitar-se a passar por situações desagradáveis se fosse para um lugar normal do estádio. Não é isso que está em causa. O que está em causa, pelo menos para mim, é o sinal que passa ao andar a pedir bilhetes para se sentar ao lado de um dos maiores devedores à banca que este país tem. Outra coisa muito diferente são "as pessoas do futebol", como os membros do conselho de disciplina, delegados ou outros dirigentes. Nestes casos, não faz sentido que se invoque questões de segurança, porque ninguém conhece a maior parte dessas pessoas.

José Manuel Delgado utiliza um outro argumento: o de que é bom que as pessoas do futebol estejam próximas do futebol. A argumentação faria todo o sentido... se muitas dessas pessoas do futebol não andassem a solicitar bilhetes para acompanhantes. Se estiverem lá em trabalho, para observar o que se passa in loco (e é discutível que tenham de o fazer), por que motivo é que precisam de ir acompanhados pelos filhos ou amigos?

Olhem para a imagem ao lado: se vão ao futebol por motivos estritamente profissionais, não bastaria terem solicitado um só bilhete? E era realmente necessário terem acesso ao lounge para catering do bom e do melhor?

Depois há a questão de, segundo José Manuel Delgado, ser danoso para o futebol estar-se a afastar pessoas que gostam de futebol. Mas quem é que os impede de irem ao jogo por meios próprios? Não podem comprar bilhete? Têm mesmo de andar a pedinchar convites, dando sinais desnecessários de promiscuidade com clubes e dirigentes, dos quais se deviam manter equidistantes? Veja-se o caso de João Leal, responsável pelos registos e transferências da FPF, cujo nome tem aparecido em inúmeros emails de pedidos de convites para jogos do Benfica: gostava de saber se costuma ir muitas vezes assistir a jogos do Belenenses, Estoril ou Sporting... é que se a questão é unicamente o amor ao futebol, se calhar seria natural que fosse presença igualmente assídua noutros estádios da região de Lisboa.

Tentar fazer crer que tudo isto é natural, é estar a gozar com a cara das pessoas - ainda mais quando se conhecem as motivações de quem oferece os bilhetes ("o interesse exclusivo do SLB", segundo Paulo Gonçalves) e quando são desenterrados diariamente casos preocupantes de promiscuidade, tráfico de influências ou corrupção.

Compreendo que Delgado se sinta quase ofendido por se colocar em causa o direito à borla. Tanto compreendo, que gostaria que de lhe fazer uma pergunta: qual foi a última vez em que teve de pagar bilhete para assistir a um jogo do Benfica na Luz?


23 comentários :

  1. "andam a ser desenterrados diariamente casos preocupantes de ... tráfico de influências ou corrupção"
    Esqueceste de citar um único caso de corrupção e tráfico de influencias, ou não dava jeito... porque não sabes de nenhum?

    Deve ser como a última insinuação torpe a uma associação de árbitros (e a um dos seus dirigentes!) por ter pedido (e pago!...) bilhetes ao Benfica (que não cedeu mas foi acusado de ter oferecido...), ao Guimarães e à Associação de Futebol de Braga.
    Insinuações e interpretações deturpadas muitas... TODAS sob o manto diáfano (mesquinho, caluniador e mentiroso) do... inbestigue-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por essas insinuações mesquinhas, caluniadoras, torpes e outros adjectivos que foste ver ao priberam que foram proibidas as borlas. Olha, sem querer já citei uma, vês?

      Eliminar
    2. http://www.record.pt/futebol/detalhe/caso-dos-emails--horacio-piriquito-nao-facultou-apenas-dados-de-auditorias.html

      Isto aqui deve ser só tráfico de papel...pelo menos é o que parece. Porque não passa pela cabeça de ninguém que ter acesso a auditorias de clubes rivais possa ser tráfico de influência, aliás ter esses dados para chapar na tromba de bancos, credoras e até LIGA não é influência nenhuma.

      O bem que isto tem é que assim sabemos seres lampião, e como bom lampião ou bebes vinho rasca e já estás trocado ou és burro, logo acabas por não ser levado a sério.

      Eliminar
    3. Eheheheheh. Estes porcos corruptos continuam a negar tudo <3

      PS. MdC, a partir de agora em cada post de denúncia às ilegalidades praticadas pelo asslb remete um link para todas as trafulhices já divulgadas por eles praticadas. Sugeria este, a título de exemplo: https://opolvo.pt/

      Para quem não perceber português, está disponível em mais línguas.

      Eliminar
    4. Ou RG a tua falta de inteligência é hilariante. Vai ao site do Sporting e vais ter uma surpresa, tens lá as "adjutórias" todas publicadas.

      Obviamente não fazes a mínima ideia do que é tráfico de influência, lagarto como és, se fizesses é que era para admirar.

      Influência num campeonato é teres um ladrão no BES, que cozinha um perdão de 190 milhões eem que em vez de pagares juros e pagares o que deves andas a contratar jogadores e a pagar salários milionários, a custa dos contribuintes.

      Enquanto o Benfica só em juros são 20 milhões ao ano, fora os pagamentos aos bancos.

      Influência é teres outro ladrão do BES a dar-te dinheiro para comprares jogadores, o sobrinho, com dinheiro dos contribuintes.

      Há já sei o Vieira deve muito, pois mas que eu saiba n teve nenhum perdão e vai pagando o que deve com juros nem tem conteciosos com ninguem nem tem bens arrestados.

      Voces vão ter o que merecem... é seguir o querido lider até à cova. Ninguem vai chorar por vocês.

      48 mil socios e media de 30 mil de assistencias é esta a vossa realidade, por muito que vos custe.

      Eliminar
    5. Oh Zé Manel estás-te a esquecer do "empurrão"... até a PJ achou que algo estava mal (ou poderá estar), queres ver que até a PJ está em campanha contra o Carnide!??.. Fazes lembrar a anedota do soldado que ia com o passo trocado na marcha, mas o pai Zé Manel dizia que o filho levava o passo certo, o resto do pelotão é que levava o passo trocado ...

      Neste caso po Orelhas nem era preciso 'pedidos', pois na arte dos 'favires' 'uma mão lava a outra' e demais *compradrios*, ele é mestre certificado, se fosse preciso o Carnide até ia buscar o Centeno a casa ou onde estivesse (por razões de segurança não sabe a agenda do ministro, como é logico, mas quando deixar de ser ministro q vá a pé e compre bilhete se quuser).

      Pior cego não é o que não vê, é o que não quer ver.

      Para contradizer os "pulhas delgados e afins, podres de *corrupção-oh janela onde é que está o meu!?*", até o Cristiano Ronaldo quando esteve recentemente em Alvalade (e o seleccionador nacional), não esteve na Tribuna Presidencial e até dizem que pagou o camarote onde esteve com família e amigos (o que não me admirava, tal como a oferta).., mas não foi por isso que deixou de ter as mordomias e segurança possível (elevadas)

      Eliminar
    6. É colocar essa questão ao advogado João Correia...

      Eliminar
  2. Tanto tema interessante discutido, e com tanta ignorância e estupidez nas análises. Vou só rerefir 3 pontos cruciais:

    1) Convites para amantes de futebol
    O Barcelona anda a oferecer bilhetes ao mais famoso adepto culé português?
    Essa era a minha outra questão. O que aconteceria se o sub-director do Record, amante do futebol (muito importante para o imbecil), enviasse um email ao gabinete de relações públicas do Barcelona a pedir bilhetes?
    Será que esses bandidos iriam afastar as pessoas do futebol?

    2) Segurança de figuras públicas em eventos
    Alguém que lhes explique que há todo um procedimento de segurança associado a visitas/idas de elementos de relevo do Estado a eventos públicos. Envolve obviamente agentes de autoridade. Não consiste simplesmente em mandar mails a pedir convites.

    3) "Quórum" dos lugares reservados a malta "do Futebol" (com F maiúsculo)
    Por favor expliquem melhor como funciona essa zona:
    Os observadores, delegados e outros elementos da FPF/Liga/etc destacados para o jogo são obrigados a comprar bilhete?
    Esses mesmos elementos vão para essa zona com os tais 30 lugares?
    Essa zona é reservada por ordem de "chegada" (first come first serve)?
    Isso vale também para jornalistas?
    Para que serve afinal - para os delegados que se acham VIPs/conhecidos?

    Tanto por onde pegar, e estes mentecaptos só conseguem sentir indignação. A corrupção e falta de ética/isenção já está tão entranhada que me parece que eles acreditam piamente que tudo isto é normal.

    ResponderEliminar
  3. "José Manuel Delgado acha toda esta questão absurda. Considera que há pessoas que, pelos cargos que ocupam, não se devem misturar na bancada com o resto dos espectadores por questões de segurança"

    Por isso é que toda a gente gosta de Marcelo que se mistura com o povo (não o poLvo atenção). Vai para fila do multibanco para pagar contas da luz como qualquer cidadão sem passar à frente, dispensa guarda-costas, etc...

    Já não há pachorra para ver estes atestados de superioridade na TV. Toleram tudo e mais alguma coisa. Para esta gente é tudo perfeitamente normal. Tão normal como ver na capa da Bola o Renato banhado a ouro como se fosse um Maradona. Nem chega às unhas (quanto mais aos calcanhares) de Ronaldo e este nunca teve uma capa parecida quanto jogava em Alvalade.

    Blá blá blá e não sei o quê o "mau ambiente" no futebol. Que eu saiba mau ambiente no futebol é ver um clube com 2 adeptos assassinados por claques de outro clube. Já ouvi dizer um adepto do SLB dizer isto: "isso todos fazem o mesmo." Que eu saiba só um clube fez isso (matar). Para o adepto do SLB dá muito jeito meter tudo no mesmo saco para se lavar as mãos à vontadinha.

    ResponderEliminar
  4. Eu nem sou do Carnide, mas se me oferecerem livre ingresso para algum camarote vou lá pelo menos ver um jogo por época... Não posso é "puxar cordelinhos" para deixar de pagar algum imposto. Onde peço o meu ingresso?

    ResponderEliminar
  5. O que está aqui em questão para a PJ é a ligação temporal (pode ser mera coincidência) com a questão do IMI e os bilhetes. Era isto que devia ter sido abordado no programa e passou ao lado. Pior ainda é ver um programa com 3 pessoas com a mesma opinião contra zero de opinião distinta. Sem direito a contraditório. 3 contra 0 é isto democracia? Absolutamente ridículo.

    A oferta de bilhetes, apesar de não ser aconselhado por questões de ética, é secundária mas parece que dão a entender que isso é o mais relevante. Esta gente é muito esperta a relativizar o cerne da questão.

    Blá blá blá mau ambiente. O que está aqui em questão para a PJ é a ligação temporal (pode ser mera coincidência) com a questão do IMI e os bilhetes. Era isto que devia ter sido abordado no programa e passou ao lado. Pior ainda é ver um programa com 3 pessoas (100%) com a mesma opinião sem direito a contraditório. 3 contra 0 é isto democracia? Absolutamente ridículo.

    A oferta de bilhetes, apesar de não ser aconselhado por questões de ética, é secundária mas parece que dão a entender que isso é o mais relevante. Esta gente é muito esperta a relativizar o cerne da questão.

    Ó amigo mau ambiente no futebol é ver adeptos assassinados seu burro.

    ResponderEliminar
  6. Eu também gosto de futebol, para que mails devo fazer os meus pedidos para mim e para os meus filhos ? Ai não tenho direito ? Pronto estão-me afastar do futebol.
    Este argumento é tão ridiculo que dói.
    Epá coitados só teem 30 a 40 lugares. Agora fiquei emocionado pá, não se faz a quem gosta de futebol.
    E o Ministro leva uma carga de porrada ? Ahahahahahahahah

    Ao que chegámos. Esta gente não tem noção do ridiculo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fica claro que, quem for "conhecido/famoso" se for para a bancada leva uma carga de porrada no estádio da luz, é a única coisa que se depreende das declarações daquela personagem! Quanto ao JMD, coitadinhos que nao ganham para comprar bilhetes... :)

      Eliminar
  7. Com isto tenta-se centrar o problema nos bilhetes oferecidos ao ministro das finanças e esquece-se aquilo que deveria centrar as atenções que foi o mail nos dias seguintes informando do deferimento de uma isenção fiscal acompanhado da expressão " Sem o teu empurrão não íamos lá".

    Os espertos é que se safam! Ou então não ...., quero acreditar.

    ResponderEliminar
  8. Este intestino delgado é um porco do mais nojento que há. Depois de tudo o que foi exposto não um pingo de vergonha em aparecer em "público". Mas alguém dá crédito a este traste. Nem o meu vizinho que é lãpião, acha que estes trastes cartilheiros só andam a enterrar o clube deles.

    ResponderEliminar
  9. Ó MdC, que mal lhe pergunte, é Quinta da Bola, é Sexta da CMTV, é Mais Tabaco, Chama Imensa, Verde no Banco, Tempo Extra contra o Benfica, Prolongamento, The Day After, Mão em Riste (passou a ser assim chamado após o último dérbi), Play-off, Trio de ataque ao Benfica, como é que consegue ver e analisar todos estes programas para além dos gigas de emails e da leitura de todos os matutinos, vespertinos e noctivaguinos?
    É profissional pago por uma entidade que todos sabemos quem será ou essa informação chega-lhe toda na palma da mão, sintetizada e analisada?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A cartilha existe no SCP e é do conhecimento geral. Não me admirava nada que o Mestre fizesse parte dessa rede, tendo em conta os posts recentes. hehe

      Cumprimentos

      Eliminar
    2. Olha a rudolfa a querer tirar nabos da púcara!! :)
      Tem a púcara cheia, a rudolfa. Deve doer ...

      Eliminar
    3. O Mestre não consegue ter um nível de profissionalismo como os Guerras e os janelas mas lá terá as suas fontes.
      Tal como tu ó Cudolfo...

      Faz-te confusão e comichão na peida que se descubram tantas verdades palhaço?

      Eliminar
    4. A resposta do MdC é que não vem, JF.
      Mas quando cheira a macho, o Conadana e o DeadSporting apressam-se logo a comentar.

      Eliminar
  10. O ministro Mário Centeno devia pensar duas vezes que a função que exercece desaconselha fortemente pedidos para se sentar ao lado de um dos maiores devedores ao Fisco...

    ResponderEliminar
  11. Mestre, tenha vergonha ou pelo menos tenha a coragem de referir os ministros que também vão assistir jogos na tribuna do SCP e FCP. Está sempre com os mesmos assuntos da treta só para desviar atenções. Se é preciso chafurdar tanto para se ganhar um campeonato então algo vai muito mal nos vossos clubes.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar