sábado, 21 de dezembro de 2013

Ironias da vida

Dos dois anos que Schaars esteve no Sporting fiquei com a ideia de se tratar de um jogador com uma personalidade interessante, sem medo de dizer o que pensa. 

Lembro-me, por exemplo, de uma entrevista dada poucas semanas após a sua chegada a Alvalade, em que dizia não se considerar amigo de Van Wolkswinkel, apesar de se darem bem. Normalmente estamos habituados a ver jogadores que chegam juntos a um país desfazerem-se em elogios mútuos, mas não foi o caso de Schaars. E encarei essas declarações com naturalidade, apesar de serem invulgares. O facto de chegarem em simultâneo a um país novo duas pessoas da mesma nacionalidade, não quer dizer que tenham personalidades compatíveis que os tornem instantaneamente em melhores amigos para sempre.

Por isso, também não estranhei a franqueza de Schaars quando explicou os motivos da troca do Sporting pelo PSV.

in abola.pt

Ironia do destino, não só o Sporting parece ter recuperado a capacidade de lutar pelos lugares cimeiros, como também agora se passa isto:

in maisfutebol.pt

No momento em que escrevo este post, o PSV ocupa um modesto 9º lugar na classificação, com a agravante de ter sido derrotado há uma semana em casa por 6-2 contra o Vitesse.



Escrevo isto sem qualquer tipo de sentimento de desforra para com Schaars. Foi um jogador que gostei de ver no Sporting, e que não teve condições, como muitos dos seus colegas, para render mais devido às circunstâncias que todos conhecemos.

Muito à semelhança de Van Wolfswinkel. Não foi um jogador consensual entre os adeptos do Sporting, mas teve uma prestação individual bastante interessante, marcando 45 golos em 89 jogos nas duas épocas em que jogou de leão ao peito. Van Wolfswinkel tinha de facto alguma falta de nervo que por vezes irritava até os adeptos mais serenos, mas era um avançado frio que acabou por demonstrar um excelente aproveitamento das poucas oportunidades de que dispunha durante os jogos. 

Este ano, no Norwich, participou em 8 jogos e marcou apenas 1 golo, na 1ª jornada contra o Everton. Não joga desde 26 de Outubro, devido a uma lesão, mas parece perto de regressar aos relvados.

Nem Schaars nem Van Wolfswinkel têm tido sorte desde que deixaram o Sporting. Até é caso para dizer que os dois não têm tido sorte desde que chegaram ao Sporting. Espero sinceramente que as coisas lhes comecem a correr melhor daqui para a frente.

Sem comentários :

Enviar um comentário