quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Capas que não fizeram história, nº 17: O talismã

O Rio Ave - Sporting foi um jogo complicado. À medida que o tempo ia avançando e a equipa tardava em conseguir pegar no jogo, a minha confiança na vitória ia minguando cada vez mais. No entanto, houve um momento no jogo em que a minha fé renasceu. 

Não, não foi com o golo do empate de Slimani. Foi importante, mas eu continuava algo descrente. O que me fez voltar a ter uma grande confiança na vitória foi quando o repórter de campo disse, com o resultado ainda em 1-1, que Roderick se preparava para entrar no Rio Ave.

Da última vez que Roderick entrou com o resultado em 1-1, todos sabemos como correu para o clube que o jogador representava na altura.

E o que é facto é que o talismã funcionou. De forma tão eficaz que o Sporting marcou o 2º golo ainda com o jovem jogador a preparar-se para entrar.

Recordei-me também desta capa, que mostra à distância de 4 anos a forma brilhante como o Benfica prepara e promove os seus talentos da formação, recusando inclusivamente propostas dos colossos europeus que fazem fila à porta do Seixal à espera de ver qual será a próxima pérola a ser apresentada ao mundo do futebol.

Outubro de 2009

9 comentários :

  1. Por acaso quando tavam a falar do gajo eu pensei no grande central do benfica (lol), sem ter a certeza. Mais um da grande escola encarnada a dar os primeiros passos de uma grande carreira :) Não conheço as qualidades do jogador mas acredito que os srs. de facto conseguem formar grandes equipas de juniores, mas não os conseguem fazer transitar com sucesso para os seniores, sendo ai a diferença existente em relação ao nosso clube.

    As apostas na formação não se fazem com palavras bonitas ditas em discursos aos sócios, mas sim em actos sustentados de lançamento progressivo dos jovens, incutindo-lhes confiança e não os queimando logo ao primeiro erro cometido.

    PS: Porto em grande 3-3 com a equipa daquela cidade cujo nome não refiro para não cair em engano :) Fica Paulo Fonseca! Estamos contigo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lopes, é esse mesmo o ponto. Os miúdos têm talento mas é possível que no Benfica se trabalhe essencialmente para ganhar títulos jovens, e não para os preparar para o futebol sénior. Há uns tempos o Aurélio Pereira, a propósito de Cristiano Ronaldo, revelou muito do que é o cuidado que existe no Sporting para que os miúdos tenham todas as condições para serem bem sucedidos no futebol sénior. Se tiver tempo veja o final deste post (LINK), vale a pena ler as palavras de Aurélio Pereira.

      Quanto ao Porto, fiquei muito contente com a qualificação. Não pelos motivos mais puros, mas fiquei genuinamente contente... :)

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Pois, lá está o homem de facto diz tudo o que tem de ser dito. CR é um talento unico mas também lhe foram criadas todas as condições para potenciar esse talento. Houve a preocupação em formar (e proteger) o jogador e não em vê-lo apenas a utiliza-lo para acumular titulos na formação.

      PS: Formação do benfica em grande com o lançamento de mais um talento na seleção AA. Desta vez calhou ao Ivan cavaleiro. Penso que o André Gomes pode mesmo ter esperança da chamada ao mundial, ele e os restantes portugueses do benfica (já não faltarão muitos), dado que será o proximo a estar na calha...
      Seleção de todos os portugueses - pois claro...

      Eliminar
    3. Lopes, quando vi a convocatória do Paulo Bento até fiquei agoniado. Estou a escrever sobre isso neste momento.

      Eliminar
  2. Tão bom Mestre! O Barcelona...o que a Bola não faz pelo Benfas. Ainda assim devo dizer que após as vitórias do Sporting compro sempre a Bola. Não dou dinheiro ao Manhoso do Record. E claro compro o nosso Jornal semanalmente!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PM, por algum motivo é a bíblia dos benfiquistas. E para esta biblia é preciso ter muita fé para eles ainda acreditarem em todas as notícias de capa que se vão fazendo. :)

      Eu também gosto de ler os jornais a seguir às vitórias do Sporting. Não tenho o hábito de comprar, mas se tiver algum à mão não deixo de ler.

      Também sou assinante do jornal Sporting.

      Um abraço.

      Eliminar
  3. Roderick - Miguel Vitor : dupla de sono (dsc de sonho)

    ResponderEliminar