quarta-feira, 21 de maio de 2014

Capas que não fizeram história, nº 37: Reciclagem de sonhos

                                                                                                                                                    
Maio de 2013 (via blogue O Rapaz de Verde e Branco)

Há anos que deixei de me iludir com os discursos dos sonhos, em que jogadores e treinadores afirmam, no momento da sua apresentação, serem de um determinado clube desde pequeninos. Já todos percebemos que no futebol atual o amor à camisola é algo cada vez mais escasso fora do universo dos adeptos. 

Fiquei desiludido com a saída de Leonardo Jardim, mas não foi por ser uma traição ao tal "sonho". A minha desilusão vem exclusivamente de Jardim ter abandonado a meio um projeto de curta duração e, consequentemente, de um clube que contava com ele para continuar a aproximação ao topo do futebol português.

É diferente o caso de um treinador jovem que interrompe a meio um contrato de dois anos, de um jogador que decide sair ao fim de um ano com quatro anos de contrato ainda pela frente.

Compreendo os motivos da saída de Leonardo Jardim? Claro que sim, percebo o nível da tentação que a proposta do Mónaco representava. Mas normalmente o que nos faz homens não é só o número dígitos do cheque que recebemos ao fim do mês ou a visibilidade aos olhos dos outros. A parte de nos mantermos fiéis aos compromissos que assumimos é um aspeto muito importante do caráter de uma pessoa.

De qualquer forma, obrigado por tudo, Leonardo. Espero que sejas muito feliz em França.

5 comentários :

  1. Estou desiludido com o facto de o mesmo sair,pensei que se tratava de um treinador diferente dos outros,ate pq tinha dito que estava no clube do seu coraçao.
    Estou desiludido pela sua atitude,nao pq era ou nao grande treinador,acho-o bom treinador mas penso que o marco silva é melhor.
    Isto é tudo muito bonito é tal mas sem dinheiro é complicado fazer melhor,tenho pena que o leonardo tenha visto que isso seria o fim do seu ciclo como treinador de futebol no sporting.
    Se é dificil competir com o benfica ou porto em termos de dinheiro o que dizer do monaco.
    Temos um bom presidente, que dá tudo pelo clube mas infelizmente sem dinheiro andaremos sempre a promover treinadores e nunca poderemos ter os mesmos para projectos solidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sem dinheiro seremos sempre um alvo fácil para este tipo de assédios... Um abraço.

      Eliminar
  2. Saiu com respeito dos adeptos, mas não ficou o suficiente para ficar no coração dos sportinguistas. É pena, mas o seu feitio calculista deixava antever isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Müs, acho que se tivesse cumprido o contrato, mesmo com a sua forma de ser, teria conquistado muito mais do que o respeito dos sportinguistas... Mas realmente os sinais do passado da sua carreira indicavam que se trata de um homem com a mala sempre preparada. Um abraço.

      Eliminar
  3. A todos os adeptos de Portugal: Um apoio à nossa seleção!

    https://www.youtube.com/watch?v=fdoRKmxKPEk

    ResponderEliminar