sábado, 5 de julho de 2014

The Prestige

Um dos meus filmes preferidos chama-se "The Prestige" (por cá deram-lhe o nome "O Terceiro Passo"), do realizador Christopher Nolan. É uma história que gira à volta de dois mágicos (no sentido de ilusionista) rivais (protagonizados por Christian Bale e Hugh Jackman) que se odeiam, e em que cada um deles não olha a meios para criar os truques de magia mais fantásticos, com o objetivo de superar o outro.

Não é um filme fácil de seguir. O enredo é relativamente complexo, tem uma certa componente de fantasia, mas é um daqueles filmes extremamente intensos que consegue deixar-nos colados ao assento a tentar interligar tudo aquilo que estamos a ver e que parece não fazer muito sentido, e que no final nos deixa com vontade de ver tudo de novo para olharmos com mais atenção para os pormenores que então percebemos que nos escaparam. E mais não digo para não estragar a experiência a quem nunca o viu.

Como posso convencer-vos a vê-lo? Talvez o melhor teaser para o filme sejam os seus primeiros minutos, em que vão sendo mostradas imagens que funcionam como pistas para o que vai acontecer, enquanto Michael Caine (que faz o papel de um homem que trabalha para um dos mágicos como "engenheiro" de truques) nos explica os passos que compõem um ato de magia, conforme podem ver no vídeo abaixo:



Como o vídeo não está legendado, é possível que nem todos entendam tudo o que Michael Caine diz. Vou traduzir e exemplificar os três passos de que Michael Caine fala com um truque de magia muito famoso, para que todos percebam.


Todos os grandes truques de magia estão divididos em três partes ou atos. 

A primeira parte chama-se "The Pledge" (tradução livre: o compromisso). O mágico mostra-vos algo banal: um baralho de cartas, um pássaro ou um homem. Ele mostra-nos o tal objeto. Talvez ele vos peça para o inspecionarem para ver se é real, genuíno, normal. Mas claro... provavelmente não é.

The Pledge

A segunda parte chama-se "The Turn" (tradução livre: a viragem). O mágico pega na tal coisa banal e faz parecê-la extraordinária. Agora vocês estão a tentar perceber o truque, mas não o vão encontrar, porque não estão a ver verdadeiramente. Na realidade vocês não querem saber. Vocês querem ser enganados. 

The Turn

Mas ainda não batem palmas. Porque fazer uma coisa desaparecer não é suficiente. Vocês querem que seja trazida de volta. É por isso que todos os truques de magia têm um terceiro ato, a parte mais difícil, a parte a que nós chamamos "The Prestige" (tradução livre: o logro).

The Prestige

22 comentários :

  1. É, de facto, um grande filme...e bela comparação.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Mestre, julgo que nunca serão explicados os contornos desse negócio e intriga-me que os próprios benfiquistas não o questionem nem queiram saber o que se passou concretamente. Na minha ótica, o que aconteceu foi pura e simplesmente um empréstimo com contrapartidas. Veremos o que acontecerá até 30 de Setembro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Torres, acredito que o Rodrigo esteja no Seixal apenas porque Lim ainda não concluiu a compra do Valência. De qualquer forma, as declarações de Rodrigo em que rejeita a ida para o Valência apenas aumentam a obscuridade deste caso. Um abraço.

      Eliminar
  3. Vendem os brincos....os aneis,,,os dedos . Quando rebentar ,,,vai cheirar mal.
    Ou então dominam uma ciência ao alcance de muitos poucos.
    Depois veremos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um exemplo perfeito do que escrevi às 20:38.

      São sempre os outros. A falência iminente. O "está para breve".
      Fazer uma análise introspectiva? Nada.

      Eliminar
  4. Leitura brilhante, parabéns! Como eu gosto de malhar nos rivais! Carrega Sporting!
    P.S. Mas, ainda não está tudo explicado. Certamente teremos que aguardar pelos próximos capítulos, pois o investidor quer o retorno e com dividendos. Será que os vermelhos irão agora pagar o aluguer depois de vender os ativos? No caso do Rodrigo, talvez sim, no outro, talvez não porque não lhes interessa desportivamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 5 violinos, certamente que ainda haverão muitos capítulos até ao final desta novela. Ainda há demasiadas pontas soltas na história...

      Eliminar
  5. Mestre,
    Também gostei muito do filme quando o vi, mas a verdade é que maiores mágicos que o Vieira e o Mendes, não existem.
    Esta realidade virtual com que nos brindam nesta negociatas é simplesmente magia!
    E os papalvos todos maravilhados a bater palmas!

    SL
    José

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade José, Vieira e Mendes deviam andar sempre de capa, cartola e varinha mágica empunhada... :) Um abraço.

      Eliminar
  6. É tudo genial. Os posts do mestre. O Presidente. As miudas mais giras nas bancadas.
    São os maiores. Super capazes de identificar erros e dúvidas na casa dos outros.

    No entanto, andaram quase duas décadas a ver o clube ser engolido por meia dúzia de pirómanos. E entretanto foram 4 vezes campeões nos últimos 40 anos.

    Os outros são todos "papalvos"...
    imaginem se fossem inteligentes como os doutos adeptos do SCP!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, os sportinguistas são recordados diariamente de tudo o que de mau o clube tem, começando pela situação financeira. Existem muitos órgãos de comunicação social que adoram escarafunchar nesse tema. Da mesma forma que nos gostam de relembrar a pujança que os nossos rivais têm.

      Se não consegue lidar com o facto de um blogue como este gostar de apontar o dedo ao que de estranho se passa nos rivais, tem bom remédio: há muito jornal e muito escriba que escreverão mais ao seu gosto... :)

      Diga-me lá honestamente: acha esta venda de Rodrigo e André Gomes uma transação normal e transparente?

      Um abraço.

      Eliminar
  7. Diógenes Remédios5 de julho de 2014 às 20:41

    A ignorância é uma característica dos portugueses ao longo da sua história. Trocam as suas frustrações com manifestações de inveja e despeito, suspeitas, teorias da conspiração, menorização dos outros para se sentirem maiores, para sentirem a sua baixa auto estima recompensada. É o instinto de sobrevivência.
    Quanto pior vêem os outros melhores se sentem. Que tristes!
    O negócio está feito. Não está terminado apenas porque o pagamento ainda (AINDA) não foi feito pois o negócio da compra do Valência, o negócio que lhe está subjacente, não está terminado.
    Difícil de perceber, não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Diógenes,
      Ora nem mais, meu caro! Ora nem mais!
      É gentinha que não tem muita coisa para celebrar, já lá vão 12 anos desde o último campeonato ganho e para tentarem manter à superfície têm de embrulhar as suas próprias falências em teorias conspirativas (os árbitros e o seu líder sportinguista, a ERC, o director do Record, etc...). Torcem-se e retorcem-se para, a cada falhanço, arranjar um bode expiatório externo, o agente cuja única missão é destruir o Sporting. É um exercício hilariante! Então aquela do FCP e do SLB terem uma aliança contra o Sporting! Priceless!
      Mas Diógenes, cuidado! Porque "para o ano é que é"! Ah! Instinto de sobrevivência, quem diria que me poderias provocar tantas gargalhadas! Obrigado ao Mestre!

      Eliminar
    2. Nesse caso não tem nada com que se preocupar caro anónimo. Aliás, admito que possa ser exagero meu. São aos pontapés as situações de vendas de jogadores em janeiro que no princípio da época seguinte continuam a treinar no mesmo sítio, e afirmando que não vão jogar para o clube cujo futuro dono é o proprietário dos seus passes.

      Eliminar
    3. Muito me apraz ver aqui tantos lamps, diz muito do nível dos seus blogs (?) e fóruns (lol).

      Conseguem ver a diferença aqui? Adeptos do fcporco continuam a bater palmas aos corruptos, pq o que interessa são as vitórias. Já estes carneiros desamparados continuam a apoiar um presidente que antecipa eleições para n ter opositores. Os Sportinguistas demoraram mais do que deviam, mas qd se aperceberam expulsaram os croquetes.

      Vão lá dar uns abraços ao corrupto-mor do norte, ou ao seu novo aprendiz, o kadhafi dos pneus. Dp da mentira do passivo que deu para distrair os maps burros, e agr que a corda aperta, é vender tudo ao desbarato: garay, enzo, markovic.
      Esse é que é o problema. A compra do Valência está a demorar mais do que o previsto. É o que dá apostar noutro gajo de carácter duvidoso. Arriscam-se que a compra fique apenas finalizada após período de transferências terminar, e dp quem paga ao sr Lim? Zenith não vos compra mais nada, e o Mendes anda a colocar jogadores dele no braga e corruptos.

      Não acordem não carneirinhos...

      SL

      Eliminar
  8. Diógenes Remédios escreveu: "Trocam as suas frustrações com manifestações de inveja e despeito, suspeitas, teorias da conspiração, menorização dos outros para se sentirem maiores, para sentirem a sua baixa auto estima recompensada. É o instinto de sobrevivência".

    Bronco das 15:07 respondeu: "Ora nem mais, meu caro! Ora nem mais! É gentinha que não tem muita coisa para celebrar, já lá vão 12 anos desde o último campeonato ganho e para tentarem manter à superfície têm de embrulhar as suas próprias falências em teorias conspirativas".

    É preciso ter lata para se fazer exactamente aquilo que se critica aos outros!
    Podem até nem concordar com o conteúdo do post, estão no vosso direito, mas criticar num blog que não é do vosso clube algo que fazem constantemente não deixa de ter uma certa piada.
    Mas vocês é que sabem de tudo, vocês é que são os donos da razão e da verdade absolutas!
    Enfim...

    ResponderEliminar
  9. Há quem lhes chame telhados de vidro. O exemplo mais recente foi a vergonhosa campanha difamatória sobre o passivo do SCP, logo secundada por alguns, não poucos, orgãos de comunicação habitualmente alinhados.Será que alguem minimamente esclarecido se sente motivado a argumentar favoravelmente sobre a postura desta agremiação? E quanto a anos sem campeonatos, muito mas muito mesmo haveria para dizer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, caro anónimo. Subscrevo inteiramente o que escreveu.

      Eliminar
  10. Caro Mestre de cerimónias, antes de mais muitos parabéns pelo blog.
    Já por várias vezes pensei neste assunto, Gostava de saber o que aconteceria se o Peter Lim resolvesse colocar estes jogadores no Sporting ou no Porto ou, pior ainda, num salzburgo ou copenhaga da europa.
    Este investidor pode-se dar ao luxo de fazer o que quiser com este jogadores?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leão no Porto, é uma questão interessante. Certamente que ninguém pode obrigar um jogador a coloca a assinatura num contrato com um novo clube. É por isso um fator de risco um investidor estar a gastar dezenas de milhões em jogadores, sem ter qualquer garantia de que os jogadores irão para o clube pretendido.

      É mais uma questão muito estranha num negócio com demasiadas originalidades.

      Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar