quinta-feira, 11 de junho de 2015

Os filhos dos protocolos


Só para ver se percebo bem: enviaram o Rafael Ramos e o Estrela para o Orlando City, e receberam o filho do presidente para os juvenis B? Makes sense.

E ontem saiu esta notícia no Super Deporte, jornal desportivo de Valência:


Depois de Amadeo Salvo ter dito em agosto que Cancelo era propriedade da Meriton, vem agora esta notícia a dizer que Lim é detentor de direitos de Ivan Cavaleiro. Ou seja, elementos de um conjunto de 3 jogadores da formação que passou a ser referido como um pacote após a sensacional venda de Rodrigo e André Gomes. Isto tudo junta-se à ausência de comunicado do Benfica à CMVM a reportar a venda de €15M do lateral direito ao Valencia. É preciso fazer um boneco, ou isto chega?

9 comentários :

  1. A CMVM está preocupada com o Sporting, se já tinha treinador ou não, ou se o jogador A ou B assina ou não... tudo o resto é como se nada se passasse... alias estarem na indefinição do treinador durante quase 15 dias é normal, já um clube em 2 dias ter de apresentar o seu treinador... é que é importante

    ResponderEliminar
  2. Mestre, para mim não necessita de fazer desenho nenhum.....está tudo muito bem explicado!

    ResponderEliminar
  3. Mestre, bem apanhado...........toda a gente sabia que aquele negocio não era o que foi contado........aos poucos vamos sabendo as verdades.

    ResponderEliminar
  4. Então uma SAD cotada em bolsa não tem de ser escrutinada pela CMVM?? è só ao Sporting (CLUBE DE PORTUGAL) é que pedem explicações??? A CMVM tem o direito e o dever de pedir explicações ao vieira sobre os seus (do benfica) negócios!! Porque é que não o fazem??
    O benfica será o dono de isto tudo??

    SL

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. mestre já agora com tanta investigação e perspicácia consegue explicar como é que num espaço de 2 anos de consegue despedir 30 funcionários num despedimento colectivo e se consegue contratar o treinador mais caro de sempre do futebol Português?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alfredo, basta comparar as receitas que o Sporting apresentava há dois anos com aquelas que apresenta agora, e as funções desempenhadas pelas pessoas abrangidas pelo despedimento coletivo. O clube tem condições para isso. Se o devia fazer? Essa é outra questão, e o tempo encarregar-se-á de dar a resposta. Um abraço.

      Eliminar
  7. Isto não haverá nada como o 'Orelhas' começar a rasgar contratos e a 'chutar' as decisões para as mãos da Justiça e as calendas gregas.

    Vê lá se o filho do Sérgio Conceição na formação do Benfica ou o Salomão e o Semedo terem declarado ser benfiquistas, não te causará algum prurido ... !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa coisa de rasgar contratos é apenas exclusivo de Vale e Azevedo e de Bruno de Carvalho e até agora diga-se de passagem que o presidente do Sporting tem perdido todas onde se tem metido, aquele departamento juridico não vale um "cú". Era bem feito que perdessem também aquele da Somague mas como não há contrato assinado... acho que ele não vai conseguir perder essa.

      Eliminar