sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Carta aberta ao presidente da FPF

Novo texto do 3295C.



Caro dr. Fernando Gomes:

O trabalho que cada um desenvolve à frente das instituições que dirige acaba por ser o legado que se deixa, não apenas para as gerações vindouras mas também honrando a história que nos precede. A sua passagem pela Federação Portuguesa de Futebol ficará, certamente, marcada pela conquista do título europeu. Um momento de imensa alegria para o país. No entanto, nem seis meses depois, no mesmo ano que agora acaba, mandou colocar (ou pelo menos não se opôs) os vencedores do Campeonato de Portugal na lista de vencedores da Taça de Portugal.

Com uma “decisão informática” provavelmente baseada numa acta mal interpretada da organização que dirige, pura e simplesmente apagou da história do futebol português 12 títulos de campeão, reconhecidos por toda a imprensa da época. Aliás, nem se percebe muito bem a decisão já que no mesmo site em que foi feita a ‘mudança’ dos Campeonatos de Portugal, continua a estar reconhecido ao FC Porto o título de primeiro campeão nacional na época 1921/22. Reconhece-o, mas retira-lhe o título, incluindo a competição como Taça de Portugal.

Num só ano consegue o melhor e o pior do que deixará para a história o avaliar como presidente da organização que superintende o futebol nacional, desde o tempo em que se chamava União Portuguesa de Futebol (UPF). Apesar da mudança do nome para Federação Portuguesa de Futebol ter apenas acontecido em 1926, por certo não quererá manchar a tradição e continuar a considerar Sá e Oliveira como o primeiro presidente da instituição que dirige.

Poderá parecer-lhe rebuscada esta analogia, mas creio que entende o alcance da razão.

Não são apenas os clubes campeões nacionais entre 1922 e 1939 que saem prejudicados desta contabilidade tão enganosa quanto fraudulenta. É, igualmente, a própria FPF. Como explica à FIFA que os Campeonatos que atribuíam o título de campeão nacional entre esses anos tenham sido martelados na Taça de Portugal? Só porque ambas as competições se disputavam nos mesmos moldes? Não creio que se escude nesse argumento.

Revisionismos da história dão sempre mau resultado e só na propaganda nazi é que se acreditava que uma mentira dita mil vezes se tornava numa verdade. Considerar que se andou a disputar a Taça de Portugal nos primeiros 16 Campeonatos organizados em Portugal é humilhante para a FPF e, especialmente, para si por dar cobro, ainda que com o seu silêncio e manobras informáticas, a uma mentira contada muitas vezes na vã tentativa de que se torne verdade. Humilhante por ser, acima de tudo, uma falta de respeito por todos aqueles que se esforçaram e foram consagrados, reconhecidos e homenageados até por Presidentes da República no seu tempo. Não por ganharem a Taça de Portugal e sim por serem campeões nacionais.

Se defende intransigentemente os interesses do futebol português, comece por respeitar a sua história e não embarque em teorias pseudo-iluminadas que lhe possam garantir que liga a título experimental não é a mesma coisa que liga experimental. Isso não é um problema semântico. É apenas ridículo.

30 comentários :

  1. Se defende intransigentemente os interesses do futebol português

    A questão é que ele, como todos os que o antecederam, defende os interesses de quem o apoiou e manobrou para que ele obtivesse o utensílio de cozinha.

    ResponderEliminar
  2. Olé.

    O mais fixe é que os que servem de oposição à teoria não têm nada a ganhar.

    Somente o ataque a um clube que, asseguram, decretam e opinam, é irrelevante.

    ResponderEliminar
  3. Sem querer interferir com a adrenalina do comício, que deve bater bem forte... a FPF não apagou título nenhum. Apenas não lhe deu a equivalência que o autor, e mais gente, quer.

    Como é que era moda dizer aqui há uns posts atrás?... "É lidar".

    Foi especialmente irónico ler "reconhecidos por toda a imprensa da época" para algo em Portugal nos anos 20 e 30 do século passado e depois acusar de revisionismos nazis... Se é para nos guiarmos pela imprensa da época... está bom.

    Acho que era também "produtivo" uma carta aberta aos presidentes do Porto, Olhanense, Maritimo, Belenenses, Carcavelinhos e... isto vai doer... Benfica.

    Porque continua a não haver um único comunicado, artigo, entrevista, bitaite de alguém desses clubes com a mesma queixa. Continuo ansioso por saber porque é que o Olhanense, Maritimo ou Carcavelinhos não querem aparecer na lista de campeões nacionais. Porque é que o Olhanense não quer fazer 1 patuscada todos os 8 de Junhos, a celebrar o aniversário do titulo?

    Até o Barreirense, Académica, Vitória de Setubal ou União de Lisboa... até esses! Dizerem que foram vice-campeões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andas a comer muitas bolotas.Muda de ementa.

      Eliminar
    2. Mas quem é que anda a festejar títulos do passado? Pelos vistos... vocês! Vocês porque, até a questão ser aberta, ninguém festejava coisa nenhuma, excepto no momento próprio, evidente.
      Já agora e sem revisionismos, diga-me: Imprensa, dirigentes da época, os da União, da FPF e de clubes andaram todos eles enganados até que vocês, os iluminados, descobriram que...

      Toda a vida ouvi dizer que Belenenses, Marítimo, Olhanense e Carcavelinhos tinham um título de Campeão de Portugal e olhe que já passei os 74! Não o reclamam ou ..."não estou para perder tempo com aqueles gajos"?

      Eliminar
    3. Já se sabe que a "ignorância é muito atrevida", e a ignorância em formato lampiónico então é não só "muito atrevida" como totalmente embrutecida pelo total desconhecimento de quem ignora por completo que clubes como Olhanense, Marítimo, Belenenses, e Carcavelinhos (ou Atlético Clube de Portugal, o clube seu herdeiro) reclamaram durante TODA A SUA EXISTÊNCIA que foram CAMPEÕES NACIONAIS (até nos seus sites), e em relação ao clube de que é adepto, fica Vossa Ignorante Excelência a saber que ao tentarem reescrever a Hitória, e ao tentarem transformar os vencedores das LIGAS EXPERIMENTAIS nos legítimos campeões nacionais, mais não estão a fazer do que a atirarem para o caixote do lixo da vossa própria história todos os jogadores e treinadores do SLB que venceram na sua época o Campeonato de Portugal, e foram reconhecidas, premiados, festejados, e admirados como "Campeões de Portugal", mas por outro lado é bem feito, um justo e irónico castigo por terem jogado com a camisola do SLB (Sport Ladrões e Bandidos), e por terem representado o malévolo símbolo alado (o mesmo do nazismo e do fascismo italiano, é bom recordar)!

      Eliminar
  4. Não há forma de fazer uma exposição/critica junto da UEFA/FIFA... é que isto não pode ficar assim, já chega de faltas de respeito.
    Alteram-se regras, historia, regulamentos, etc, só para agradar à porcaria do clube de Carnide. Ando a ficar farto disto, não há paciência.

    ResponderEliminar
  5. A FPF transformou-se numa espécie de Ministério da Verdade e Fernando Gomes em Winston Smith.

    ResponderEliminar
  6. "só na propaganda nazi é que se acreditava que uma mentira dita mil vezes se tornava numa verdade."

    Isto é para rir ou para chorar? Propaganda nazi é a cara do Sporting do Bruno Carvalho, propangada de mentiras ridiculas que só gente burra engole, populismo ridiculo tipo voltas olimpicas.

    Os alemaes ainda tem a desculpa de não haver internet e a informação ser TODA controlada pelo governo, que desculpa é que voces tem?

    Carta aberta ao 3295C,

    Como é que possivel seres tão burro? Faz um favor à humanidade e corta os pulsos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 10.º “Vocês já me conhecem um pouco, não sou homem de protagonismo. Sou discreto.” (2003)

      9.º "Nos próximos três anos resolveremos todos os problemas do Benfica." (2003) - :')
      8.º "É possível termos meio milhão de sócios em 2003." (2002) -> mwahahahaha

      7.º "O Benfica será mais forte do que o Real Madrid." (2003)

      6.º "O verdadeiro benfiquista deve mostrar o cartão de sócio como identificação." (2006)
      5.º "Os resultados estão a ser viciados jogo a jogo." (2008)

      4.º "A dívida do Benfica não assusta ninguém." (2006)

      3.º "Se o Benfica não tiver 300 mil sócios até Outubro demito-me." (2005)

      2.º "Temos a coluna vertebral do futuro campeão europeu." (2003)

      1.º "Dentro de três anos o Benfica será o maior do mundo." (2003)

      Antes de falares em propaganda lembra-te sempre disto!

      é corneto? ou já variou?

      fonte (para n chorares :) - http://bfy.tw/9D4c - 1º link - como és lerdo optei pelo desenho :X)

      SL

      Eliminar
    2. Estao a ser viciados enquanto nao ganhavam! Desde que passaram a ganhar deixaram de estar viciados! (LOL)

      Eliminar
    3. "Propaganda nazi é a cara do Sporting do Bruno Carvalho, propangada de mentiras ridiculas que só gente burra engole..."

      Podes começar a enumerá-las...?! Só assim para termos um ideia...

      Eliminar
  7. O Pantone borrou a pintura.
    ASSUNTO ENCERRADO. 18 títulos.
    Valha a consolação de ter um presidente que entrou para o Guinness, pois nunca antes nenhum outro perdeu 7 títulos em 3 anos, a caminho de 8 em 4 anos.
    Fica Bruno!

    ResponderEliminar
  8. Tem o rabo preso, se isso acontece-se seria uma facada nas costas do Orelhas, e F.Gomes ainda quer andar lá uns anitos, eles não se regem pela justiça ou verdade, mas sim pelo compadrio e troca de favores, é assim que funciona Portugal em todos os domínios não é só o futebol.

    ResponderEliminar
  9. Se respeitasse a historia essa coisa chamada fernando gomes, saberia que de todos os jogadores utilizados na selecção os seis jogadores que mais vezes defenderam as cores nacionais foram todos cedidos pelo Sporting Clube de Portugal, e que este clube merece MUITO mais respeito do que aquele que lhe é dedicado...

    ...mas isso nao lhe enche os bolsos, nem a pança...

    ResponderEliminar
  10. É tão triste que nem sei por onde começar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto nao passas de um triste! Suicida te anormal!

      Eliminar
  11. Uns reescrevem a história a seu bel prazer enquanto outros são apagados ou menorizados na sua história.

    Se mesmo nas datas de fundação dos clubes a própria federação deveria ter uma palavra a dizer o que fazer quando a própria federação afinal de contas não respeita a sua própria história.

    Tudo está nas mãos daquele clube columbófilo,sentiram-se apertados na questão dos títulos por parte do Porto e toca a considerar os títulos da Liga Experimental como os títulos de campeão nacional.
    Não haja dúvidas que em questão de manobras admnistrativas e em tudo que diga respeito a rapinagens ninguém bate aquele clube columbófilo.

    Continuar a luta,continuar a defender a verdade histórica,continuar a defender o Sporting,é isso que todos devemos fazer.

    ResponderEliminar
  12. Tenho andado ausente.. mas pelos vistos, por aqui nada de novo. Continua a tentativa de venda banha da cobra em tons de verde bugalho de carvalho. Assim, tipo: falem bem, falem mal, mas o que interessa é que falem, que entretenham o rebanho.

    :-)

    Em 2016 o Braga foi assim o vencedor, o campeão da prova, da competição chamada Taça de Portugal Placard. O Braga foi o Campeão ao vencer na Final o FCP.

    A Taça de Portugal Placard, que já foi Millennium e de que o Braga é o actual detentor, campeão, é uma prova disputada por eliminatórias, com equipas da 1ª, 2ª e 3ª divisão.

    Parabéns então ao Braga, vencedor, campeão da Taça de Portugal 2016 !!

    Urrraaaa !!!

    - - -

    Em 1938, o SLV foi o Campeão da Liga, do Campeonato Nacional da 1ª divisão, o FCP ficou em 2º lugar e Peyroteo, avançado do SCP foi o Melhor marcador do Campeonato com 34 golos em 14 jornadas.

    Nesse mesmo ano, noutra competição, disputada por eliminatórias e com equipas da 1ª e da 2ª divisão, o SCP venceu, ganhou na Final ao Benfica por 3-1. O Sporting foi assim o grande vencedor, o campeão da prova chamada Campeonato de Portugal ao vencer o Benfica na Final.

    Urrraaa para o SCP !!! Vencedor, Campeão da prova chamada Campeonato de Portugal. Mas não foi o vencedor, o campeão da prova do campeonato nacional da 1ª divisão, nessa altura então chamado de Liga Experimental, nem em 2016 foi vencedor, campeão da prova agora chamada Liga NOS!!!!


    ResponderEliminar
  13. Eles podem contar as mentiras que quiserem:

    Podem dizer que todos os jornais (e o vídeo do documentário da época) que proclamavam os "campeões de Portugal" não sabiam o que estavam a dizer e que "campeões de Portugal" era diferente de "campeões nacionais", não tinha nada a ver uma coisa com a outra, mesmo que depois também haja jornais da época que os proclamavam como "campeões nacionais", mas com certeza também não devia ser isso que eles queriam dizer (nos anos 20 e 30 havia tantos jornalistas burros, pá?! Impressionante!! Ainda bem que os de hoje em dia são tão inteligentes!)...

    Também podem dizer que eles não eram "campeões de Portugal", nem "campeões nacionais" porque, além de os jornais da época não saberem o que estavam a escrever, e confundirem "campeões nacionais" com vencedores da "taça de Portugal" (que nem sequer existia, nem ninguém sonhava que ia existir...), também eram muito estúpidos porque obviamente os "campeões nacionais" de cada país apenas são encontrados em competições de todos contra todos, em formato de poule, embora na maioria dos países os "campeões em eliminatórias" sempre tivessem sido reconhecidos (Alemanha, Itália, Brasil, etc), e pasme-se, ainda hoje, neste século XXI, neste preciso ano 2016 em que vivemos, há pelo menos dois países, dos mais ricos do mundo (embora com menos tradição futebolística), que definem os seus "campeões de futebol em eliminatórias", são eles os Estados Unidos da América e o Japão (fazem-no já não por dificuldades económicas/logísticas, mas para adicionar emoção à decisão), isto para já não comparar com os campeões das outras modalidades mais importantes em Portugal (Futsal, Futebol de praia, basquetebol, andebol, voleibol, etc), que são precisamente "campeões em eliminatórias", mas claro que para gente sem coluna vertebral, e sem cérebro (mas com muito ar na pança inchada), o que interessa é que "EU SOU DO MAIOR DE PORTUGAL E O MEU GLORIOSO É-SÓ-BÊ TEM 35, E VAI RUMO AO 36! O DOBRO DA LAGARTADA! EH, EH, EH... É-SÓ-BÊ...É-SÓ-BÊ... GORIGOZO É-SÓ-BÊ...GORIGOZO É-SÓ-BÊ (SPORT LADRÕES E BANDIDOS)!"

    ResponderEliminar
  14. O Gomes é mais um sem vontade.
    A vontade dele é a vontade que a parceria estratégica manda.
    Gomes,Vieira, Mendes .

    Fácil.

    ResponderEliminar
  15. É uma polémica que acredito seja desnecessária. O mais correcto seria contabilizar os títulos de acordo com o nome da competição. O benfica apenas deveria afirmar que tem 3 ligas experimentais, como essa gente é presunçosa e tem dificuldade com os números, começaram a juntar essas ligas aos títulos de campeão nacional, o Sporting deveria fazer exactamente o mesmo, não precisa do aval de ninguém, em todo o que fosse oficial referia que tem conquistado 22 títulos de campeão nacional, daqui por uns anos estava completamente assumido e ninguém se chateava com isso. Mais importante que os títulos que se conquistaram são os títulos que vamos conquistar e para isso muita guerra temos pela frente para derrubar o estado dos vouchers sucessor do estado da fruta.

    ResponderEliminar
  16. Há um comentário acima que refere a verdadeira questão e que mostra o quão ridículo é este assunto...
    "Porque continua a não haver um único comunicado, artigo, entrevista, bitaite de alguém desses clubes com a mesma queixa. Continuo ansioso por saber porque é que o Olhanense, Maritimo ou Carcavelinhos não querem aparecer na lista de campeões nacionais. Porque é que o Olhanense não quer fazer 1 patuscada todos os 8 de Junhos, a celebrar o aniversário do titulo?"
    Porque todos têm noção do ridículo! Em Portugal 5 clubes foram campeões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cinco? Eu conto oito: Belenenses, Marítimo, Olhanense, Carcavelinhos, Boavista, Porto, Benfica e Sporting.

      Eliminar
    2. "Os torneios máximos de futebol (em que o Benfica até então não se sagrara campeão!) eram disputados em eliminatórias, ainda não por pontos... Neste 1929/30, o Barreirense venceu o Distrital, levando a melhor no último encontro, em 22 Junho 1930, no Montijo, sobre o valoroso Vitória sadino por 3-0"

      http://www.fcbarreirense.com/index.php?option=com_content&task=view&id=2274&Itemid=111

      Eliminar
    3. http://www.bolanarede.pt/wp-content/uploads/2014/05/cachecol_belem.jpg


      "O divertimento e o desportivismo levaram o clube à liderança e tornaram-no, em 8 de Junho de 1924, Campeão de Portugal de 1923-1924, derrotando o Futebol Clube do Porto por 4-2, num jogo disputado no Estádio do Campo Grande, em Lisboa, sob o olhar do então Presidente da República, o algarvio Manuel Teixeira Gomes, que fez, no final do jogo, questão de cumprimentar e entregar as medalhas de Campeão de Portugal aos vencedores. O Sporting Clube Olhanense conquistou o título máximo do campeonato nacional e, a 22 de Outubro do mesmo ano, recebeu o Louvor pelo Governo da Nação."

      http://somosnos.scolhanense.com/clube/

      Quando é que vocês, lampiões, ganham um bocadinho de noção da realidade?

      Eliminar
  17. Noção do ridículo, diz um lampião do clube que aldraba até na data de fundação e que quase um século depois dos factos tenta fazer revisão e manipulação da História apagando 16 anos de factos e transformando ligas EXPERIMENTAIS em títulos máximos oficiais da modalidade...

    Noção do ridículo? Primeiro tens de ter noção da realidade.

    ResponderEliminar
  18. Arrasador....essa é que é a pergunta do "milhão de dólares" afinal quem é que foi o 1 campeão Português?
    Quanto aos argumentos da lampionagem, pois já sabemos da falta de argumentos válidos, coerentes e idôneos, o que lhes falta nesses campos sobra-lhes no entanto em desonestidade intelectual e teorias sem respeito pelo "fruto da árvore envenenada" o costume querem substituir a realidade histórica pela propaganda lampionica....

    ResponderEliminar
  19. O objectivo é boicotar o Sporting de Bruno de Carvalho, a denuncia dos Vouchers mete o SLB, APAF, FPF e LIGA todos no balde da Corrupção é primordial para todos que o BdC saia de cena ... cabe-nos a nós defender a nossa instituição "a murro e a pontapé" SL

    ResponderEliminar