terça-feira, 15 de abril de 2014

Capas que não fizeram história, nº 29: Pesos mortos

                                                                                                                                         
Com a desvinculação de Elias, a direção do Sporting pôs fim a um processo fundamental para o equilíbrio orçamental do clube. Foram pesadas as heranças, em termos de salários, deixadas pela direção anterior. Casos como Elias, Labyad, Jeffren, Boulahrouz, Onyewu, Bojinov, Gelson Fernandes, Schaars, Evaldo, ou Pranjic, representavam largos milhões de encargos salariais sem um retorno desportivo condizente, o que era particularmente grave num clube que necessitava de fazer grandes cortes nos seus custos operacionais.

Por isso os sportinguistas acabaram por festejar a saída de Elias como se de uma vitória num jogo do campeonato se tratasse. O encerramento do dossier Elias significa que os parcos recursos do clube poderão ser canalizados para recursos que acrescentem valor ao plantel.

Apesar de esta consciencialização das questões financeiras nos clubes de futebol ser uma coisa recente (pelo menos para mim, admito), o que é facto é agora dou por mim a percorrer os relatórios e contas como se estivesse a ver um balanço do rendimento desportivo de um determinado jogador.

É natural que os adeptos de Benfica e Porto não olhem para questões de dinheiro como nós olhamos. Não viveram ainda momentos aflitivos como nós, pelo que a maior parte não se quer incomodar com assuntos menores com a questão do dinheiro necessário para pôr um clube de futebol a funcionar.

Compreende-se por isso que poucos benfiquistas estejam preocupados com a situação deste seu jogador:

Agosto de 2012

Carlos Martins, vindo de um empréstimo no Granada na época de 2011/12, foi reintegrado no Benfica para fazer a pré-época de 2012/13, naquele que seria o seu último ano de contrato. Aproveitou bem a oportunidade: fez exibições de encher o olho e marcou 4 golos em 7 jogos da pré-temporada. Apesar de estes lampejos de brilhantismo serem frequentes em Carlos Martins, Luís Filipe Vieira deve ter pensado que a inconsistência e problemas físicos do jogador seriam coisas finalmente ultrapassadas, decidindo renovar o contrato com o médio de 30 anos até 2016 (altura em que terá 34 anos), oferecendo-lhe um salário melhorado.

A esta prova de confiança da estrutura no jogador, Carlos Martins correspondeu... sendo o Carlos Martins do costume. A irregularidade e as lesões acabaram por fazer com que fosse utilizado em apenas 415 minutos no campeonato (inferior a 5 jogos completos), e esteve diretamente ligado à perda do campeonato pelo Benfica ao ser expulso no jogo com o Estoril a poucas jornadas do fim, que acabaria empatado e deixaria o Porto novamente dependente de si para renovar o título.

Ao que se diz, Carlos Martins ganha cerca de €2M anuais (cerca de €160.000 / mês), enquanto vai tendo uma vida tranquila nos treinos e jogos da equipa B. É o chamado paraquedas dourado, uma pré-reforma luxuosa que mete inveja até aos ex-políticos que foram premiados com cargos honorários em empresas como a EDP ou Caixa Geral de Depósitos.

"O Benfica não estará a precisar de um administrador não-executivo?" - pergunta-se Catroga

19 comentários :

  1. os problemas do sporting para o mestre estão todos no benfica e no porto, venham mais operações coração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, o Sporting tem muitos problemas para resolver. Estes posts servem para mostrar que os outros clubes também os têm, apesar de a comunicação social não ter grande interesse em falar neles. Um abraço.

      Eliminar
  2. Quem fez uma operação coração foi o benfica ou já estão esquecidos?

    Eles sabem bem o que é não ter dinheiro só que já se esqueceram mas em breve vão recordar-se de novo.

    A operação pavilhão não tem nada a ver com a operação do benfica por muito que queiram colar esse rotulo. Simplemente não temos uma Caixa Geral de Depositos amiga para nos pagar um centro de estágio ou um pavilhão.

    Aliás Mestre permita-me que responda aos ignorantes de azul e vermelho que vêm para aqui opiniar sobre a saude financeira dos seus clubes, o SCP é dono do seu patrimonio desde o estádio passando pelo centro de estágio em Alcochete, já outros não são donos de nada. Têm estádios na SAD para guarantir dividas e nem centros de estágio têm.

    As coisas estão a dar a volta e vamos ver quantas operações coração so sec XXI, chamadas de empréstimo obrigacionista, vão ser necessárias ao benfica.

    Até lá Carlos bons treinos, 160.000,00 por mês para correr à volta do campo, dêem-me 70.000,00 que eu faço o mesmo.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. agora são todos fãs da maia e nem sabem onde está o estádio

      Eliminar
    2. "o SCP é dono do seu patrimonio desde o estádio passando pelo centro de estágio em Alcochete"

      Green Lantern, não sejas ridículo, o Sporting não é dono de nada nem sequer das cuecas que os jogadores usam nos jogos.

      Eliminar
    3. Pois claro,o benfica é que é dono de tudo.
      Alias o benfica esta numa situaçao financeira muito boa,é isso e couves.
      É mais nosso o nosso estadio,do que o do benfica ser do benfica.

      Eliminar
  3. O Sporting com um passivo de duzentos e tal milhões, está falido, o Benfica com o dobro do passivo, está de óptima saúde financeira. Ah! tem os activos, vender o Roberto duas vezes, e a lã de vidro que cai do telhado. Vendem (dizem) jogadores aos milhões, ele é aos 40M, 30M, 25M, etc., etc., etc., O passivo todos os anos aumenta, então para onde vão os milhões, para o bolso de alguns? Os banqueiros são todos do Benfica, emprestam dinheiro ao Benfica a zero de juros e sem garantias nenhumas. Acho graça que há benfiquistas, que ainda acreditam no Pai Natal.

    ResponderEliminar
  4. Quanto à «Operação Pavilhão», é para uma infraestrutura concreta, que o Sporting precisa para desenvolver as modalidades: Futsal, Andebol, Hóquei em Patins, etc., etc., etc., não é para comprar uma camioneta de sérvios. Os benfiquistas, agora estão muito ricos, já não se lembram que até para comprar papel higiénico lhes exigiam garantias bancárias. Subam, quanto mais alto subirem a queda é maior.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. http://foradejogo08.blogspot.pt/2014/04/sporting-faz-peditorio-para-erguer.html

      Apesar da suposta operação pavilhão ainda não estar definida, segundo esta notícia a verba a ser entregue seria de 50 euros por pessoa, sendo que 40 seriam para o pavilhão.

      Para onde seria canalizado os restantes 10 euros?

      Eliminar
    2. e mais cedo do que se pensa não é? será mééeeeeeeeeeeeee ou amen?

      Eliminar
    3. Luís Miguel, suponho que para pagar a camisola propriamente dita.

      Eliminar
  5. Os lampiões fizeram mais do que uma operação coração, que visavam a sobrevivência do clube. E, segundo a CS, mesmo assim não tinham as dividas pagas à Segurança Social e Finanças (na era Vale e Azevedo) o que segundo os regulamentos daria descida de divisão. Estão a confundir a contribuição para uma obra especifica de outra completamente diferente. Os benfiquistas não ajudaram a construção do seu Museu, pagando um x por uma inscrição do seu nome numa placa? Alguém me pode confirmar ou infirmar isto? Eu nunca critique os benfiquistas por operações coração ou outras quaisquer (tenho até familiares que contribuíram). Eu acho que é boa politica em qualquer clube, associação ou colectividade os adeptos contribuírem da forma que puderem para qualquer obra. PS- Os 10 € são para oferecer aos andrades para a compra da fruta e dos chocolatinhos.

    ResponderEliminar
  6. É ipressionante a preocuação dos lampiões com o Sporting.

    É um direito dos sportinguistas, que quiserem, contribuir para o aumento do seu património edificado e desportivo, na tradição da maioria das colectividades deste país, que não têm as "ajudas" mais ou menos encapotadas do estado e do poder instituido.

    Não confundam este tipo de apoios, com peditórios para pagamento de dívidas feitas para proveito próprio, por presidentes de certos clubes, cujos sócios e apoiantes rápidamente se esquecem, para virem criticar quem quer manter e aumentar o seu ecletismo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. como eles andem sensíveis com a operação coração, carrega carvalho. não era má ideia ler o post para perceber quem é que anda preocupado com quem.

      Eliminar
    2. na próxima época vai tudo à falência só para o carvalho ser campeão. ah ah ah ah ah

      Eliminar
    3. Ninguem vai á falencia amigo,so que o benfica bem como o porto nao estao a nadar em dinheiro como tanto vcs querem fazer ver.
      Aqui nao existem reais madrid's,nem barcelonas,vcs ainda nao perceberam isso e quando perceberem secalhar será tarde de mais.
      Mas ya o sporting é que esta mal,resolver as coisas por onde se deve resolver é que está errado,a velha mentalidade á tuga.

      Eliminar
    4. quem cagava milhões era o carvalho e nem para a renda de odivelas, já deste os teus 50 para os balneários do futuro pavilhão?

      Eliminar
    5. Os benfiquistas agora estão ricos, já não se lembram que até para comprar o papel higiénico só com garantias bancárias.

      Eliminar
  7. Há uns anos andavam a imprimir merdas para a tao famosa operaçao coraçao para nao irem á falencia,houve muitos que meteram dinheiro e talvez por ai o benfica tenha conseguido sobreviver.
    O sporting nao esta a fazer um campanha dessas,mas é sempre bom ajudar o clube.

    ResponderEliminar