segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Missão cumprida com um rasgo de génio

Perante o desgaste evidenciado por uma boa parte da equipa titular e perante a proximidade de 3 jogos que poderão definir o nosso futuro em 3 competições diferentes, Marco Silva decidiu fazer - e bem - uma mini-revolução no onze que subiu ao relvado para defrontar o Gil Vicente. No entanto, isso acabou por não mudar aquilo que já é uma irritante imagem de marca do Sporting desta época: uma primeira parte murcha e pouco intensa, passada demasiado longe da área adversária e com poucas ocasiões de perigo.

A equipa regressou dos balneários com outra atitude, intensificando a pressão e acelerando as ações ofensivas, explorando com mais insistência o corredor central para criar desequilíbrios, e acabando por conseguir uma segunda parte agradável de seguir, tendo como ponto alto a obra de arte de Nani - que por si só valeu a deslocação ao estádio.

A própria reação de Nani ao golo que marcou deixa adivinhar um efeito psicológico positivo que poderá ser muito importante para o jogador, e que pelo peso que tem na equipa poderá contagiar outros que têm andado um pouco abaixo daquilo que sabem fazer. E como seria importante que isso acontecesse neste momento...




Positivo

O golo de Nani - um remate absolutamente extraordinário que conquistou um lugar na galeria dos melhores golos da época. Mas houve mais Nani que isso. Fez o desvio ao 1º poste para o golo de Tanaka, e só não marcou em duas outras ocasiões porque o Gil Vicente tinha um enorme guarda-redes na baliza. Mesmo estando ainda afastado das melhores exibições que já lhe vimos realizar esta época, acabou por ser fundamental na obtenção da vitória.

João Mário a 8 - calhou-lhe fazer o papel de Adrien e saiu-se bem. Aliás, arrisco a dizer que se saiu melhor do que Adrien se sairia se tivesse jogado. Para além de ter cumprido defensivamente - apesar de não ter sido um jogo exigente nesse aspeto - e de ter sido o jogador esclarecido a que nos habituou, nunca teve medo de subir no terreno e ajudar a aumentar a presença na área. É uma opção a rever em futuros jogos com estas características. E esteve muito bem ao afastar William do árbitro quando este protestava uma decisão absurda.

A dupla de centrais - mais uma exibição de qualidade de Paulo Oliveira e Tobias Figueiredo. Num jogo em que o volume ofensivo adversário foi escasso, revelaram enorme utilidade para o coletivo ao fazerem bem a pressão mal os jogadores mais adiantados do Gil recebiam a bola em lances de potencial contra-ataque.

Oportunidades bem aproveitadas - Tanaka e Miguel Lopes aproveitaram bem a titularidade. O japonês marcou um golo pleno de oportunismo, fez uma excelente assistência de peito para João Mário e quase bisava perto do final (grande defesa de Adriano), e teve outros bons pormenores ao longo do jogo. Perante tal eficiência na área, apenas me pergunto por que motivo tem tanta tendência para pisar outros terrenos mais afastados da baliza. Miguel Lopes fez uma primeira parte sofrível, mas melhorou imenso na segunda parte com várias iniciativas que levaram perigo para a baliza do Gil Vicente. Acabou por estar ligado ao monumento de Nani ao marcar o lançamento de linha lateral. André Martins esteve bastante ativo na primeira parte, baixando de rendimento na segunda, mas arriscou pouco ao nível do passe e quase nunca entrou na área. Precisa de fazer mais se quer ser opção para aquela posição.

42098 - quantos clubes em Portugal colocariam 42098 espectadores (de carne e osso, não falo de espectadores-fantasma que outros se habituaram a registar nas suas assistências) no estádio quando a equipa está a nove pontos da liderança e vem de uma série de três jogos sem ganhar? Eu respondo: um, o Sporting. Imaginem como será quando recomeçarmos a ganhar títulos com regularidade.  

Adriano e a atitude do Gil Vicente na primeira parte - na 2ª volta ainda não tínhamos recebido um adversário que não viesse apenas para o pontinho e que não abusasse do antijogo em todas as ocasiões possíveis. O Gil, dentro das suas limitações, tentou jogar e nunca recorreu a expedientes de equipa pequena para fazer avançar o relógio. E o que é facto é que, mesmo jogando de uma forma positiva, conseguiu ir para o intervalo com o mesmo resultado que os outros - muito por culpa de Adriano Facchini, que impediu a goleada com uma enorme exibição. Sempre simpatizei com o Gil Vicente - não é clube que se dobre para prestar vassalagem aos donos deste futebolzinho e faz o seu percurso de uma forma digna - e fico a torcer para que consigam a manutenção.


Negativo

A intensidade colocada na primeira parte - não é novidade nenhuma no Sporting 2014/15, mas o que é facto é que voltou a acontecer. Lentidão na circulação de bola, pouca acutilância na aproximação à área, pressão demasiado ligeira no meio-campo adversário. Apesar de ter sido o suficiente para controlar totalmente a partida, foram demasiado escassas as oportunidades de golo criadas para um jogo destas características.

O risco de colocar William - notou-se claramente que William começou o jogo com demasiadas cautelas na abordagem aos portadores de bola adversários. Ameaçava ser menos um a defender, mas felizmente com o decorrer da partida conseguiu encontrar o equilíbrio certo entre a agressividade defensiva e as cautelas para não ver amarelo. Mesmo assim, esteve muito perto de ver o amarelo por protestos depois de uma decisão incompreensível do árbitro. Jorge Ferreira não perdoaria.



O nível exibicional poderia ter sido mais constante, mas o importante é que regressámos às vitórias - e com direito a um golo estrondoso que ficará na memória dos sportinguistas durante muito tempo (Nani já nos tinha oferecido outra prenda deste calibre contra o Maribor). Pelo meio ainda deu para gerir o plantel sem perder qualquer jogador para o jogo com o Porto. Missão cumprida.

37 comentários :

  1. Em relação ao João Mário a 8 e Adrien no banco, é uma solução que venho defendendo há muito pois Adrien é inferior a ele em TUDO, com exceção nos duelos individuais defensivos, mas isso não chega para mim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mike, fico à espera de um teste mais difícil para o João Mário para poder inverter a minha posição sobre o assunto... :) Um abraço.

      Eliminar
  2. Mestre, não é meu costume mas desta vez terei de discordar consigo quando escreve que "na 2ª volta ainda não tínhamos recebido um adversário que não viesse apenas para o pontinho e que não abusasse do antijogo em todas as ocasiões possíveis".

    Ainda há duas semanas tivemos disso. Com guarda redes a pedir assistência (3!!!! vezes), demora mas reposições, enfim tipico de clube pequenino...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O visitante a duas semanas fez o que quis... Jogou quando quis e marcou quando quis.

      Eliminar
    2. Daniel, estamos de acordo, foi isso que escrevi. :) Um abraço.

      Eliminar
    3. Verdade Mestre, apercebi-me agora depressa do reparo.

      E assim mais uma vez de acordo. Aliás foi tão explicito que até os adeptos adversários estão de acordo, reforçando a ideia que tínhamos. Temos de aproveitar este momento de clarividência.

      Eliminar
    4. O visitante a que o bobby ou tareco do Luis "Trafico droga" Filipe "Compro árbitros" Vieira se refere, quando não joga com 14 ou contra 10, limita-se a assumir a sua insignificância qualitativa...

      Eliminar
  3. Destaco dois aspectos,primeiro a assistência presente no estádio.Num campeonato em que todos sabem qual é a equipa que vai ser campeã à custa da corrupção o 3º classificado ter mais de 42 mil pessoas é obra.Fantástico clube,os ladrões se fossem 3º classificados tinham o estádio às moscas.

    Depois o golo do Nani.Um golão do outro mundo.Que o ajude a acabar o campeonato em grande forma.Num campeonato manchado pela ladroagem jornada após jornada ver um golo destes é sempre algo que todos aqueles que realmente gostam de futebol aplaudem.

    Do resto nem vale a pena falar...mais um incompetente da família dos corruptos vermelhos.

    ResponderEliminar
  4. Mdc faço lhe um apelo... Faça uma sondagem aqui no seu blog para saber qual o resultado que os adeptos do sportem preferem na próxima jornada. Opção a) ficar a 1pt do 2o lugar e o benfica ficar com 7 de avanço para o 2o.
    Opção b) ficar a 7 do 2o, 1 do 4o mas o benfics continuar apenas com 4pts de avanço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Nuno, fico à espera de ver essa fantástica sondagem em qualquer página de adeptos dos lamps.
      Porque é que não arranja uns links?
      De certeza que ainda frequenta esse tipo de blogues onde todos os dias aparecem posts novos a falar sobre as tomadas de decisões de JJ e LFV e companhia.
      Agora vá. Deixe os blogs do "sportem" em paz.

      Eliminar
    2. Ahahahahahah. Agora é que eu descobri quem ele é.

      "O que tu queres é protagonismo!"

      Dedica-te ao estágio na CMVR, que para a bola nunca tiveste muito jeito. Só para levar chapeladas!

      Eliminar
    3. Não sei o que os adeptos do Sporting querem, o que eu quero é que vás snifar coca nas orelhas do Luis "Traficante de Droga" Filipe "Mentiroso" Vieira e fazer bóbós aos tipos da APAF.

      Continuo à espera da resposta do teu querido líder, o Luis Coca Cola Filipe Orelhas Kadhafi Vieira:
      - Que poder tem ele no futebol para poder oferecer a partilha de títulos?

      Tou a ver que têm dificuldade em falar com ele, se calhar é melhor pedir a alguém da APAF para fazer a ligação, ele deve passar mais tempo com eles do que com os seus animais pestilentos sarneirentos amestrados de estimação.

      Eliminar
    4. Xusso o Benfica não joga nesse jogo mas 99% lhe diriam que querem que ganhe o sportem.
      Cafageste a falta de argumentos e assim tanta? Se me conhece ainda bem para si... Você é quem?

      Eliminar
    5. Tu ês o primeiro a querer que o Porto vença

      Eliminar
    6. Mas quem é que disse que eu queria argumentar? Se o quisesse fazer, tinha-o feito. Se vens meter essa protuberância nasal onde não és chamado e lançar a confusão, porque é que eu hei-de argumentar alguma coisa contigo?

      Eliminar
    7. Olha que não Carlos... Ainda ontem vos dei os parabéns.

      Eliminar
    8. Por acaso, se eu fosse do benfas, estaria a torcer por um empate, pois ambos perderiam 2 pontos.

      Eliminar
    9. Nuno Martins,

      Em relação à tua sondagem eu escolho a opção C:
      - ficar a 1 ponto do 2º e 6 do 1º porque o benfas perdeu o seu jogo. loool

      Eliminar
    10. Alias, uma pequena emenda:

      A opção C é ficar 1 ponto À FRENTE do 2º porque o puerto vai perder hoje com o boavista e a 6 do benfas porque vão perder com o estoril em casa.

      Eliminar
    11. Mike não pus essa opção porque só queria saber acerca do vosso jogo com o Porto e parto do princípio que é óbvio e natural que queiram que o Benfica perca.

      Eliminar
    12. Nem sempre queremos que o benfas perca. Às vezes queremos que ganhe........juízo. loool

      Eliminar
    13. Mestre, coloque aqui uma sondagem para saber qual a percentagem de votos que dizem que se o Carnide perder o campeonato o Nuno Martins é o primeiro a não aparecer mais neste blog

      Eliminar
  5. Mestre, os trolls estão a tornar esta caixa de comentários num espaço inútil.

    ResponderEliminar
  6. MdC, uma nota quanto ao "Perante tal eficiência na área, apenas me pergunto por que motivo tem tanta tendência para pisar outros terrenos mais afastados da baliza.", do Tanaka.

    Enquanto fã da Liga japonesa, a qual acompanho com muita regularidade há vários anos, direi que isso se deve ao facto de o Tanaka NUNCA na vida ter sido um 9, um jogador de referência. Jogou sempre num sistema de 3 avançados, jogando pela linha ou, mais recentemente, como uma espécie de número 10, atrás de 2 avançados (Kudo e Leandro).

    Mesmo quando andou pela Selecção recentemente, foi como extremo e como interior esquerdo.

    A opção por ele na frente de ataque é algo que me surpreende imenso, desde sempre. E, pior que isso, a inexistência de tentativas em vê-lo noutras posições, onde poderia ser muito mais útil ao clube, posições em que temos falta de opções de qualidade, como a 10 ou a extremo mais interior.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso explica muita coisa, VeDrlx. E não é abonatório a quem tomou a decisão de o contratar como alternativa aos nossos pontas-de-lança! :) Um abraço.

      Eliminar
  7. Um exemplo de altruísmo em Portugal :

    http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/politica/detalhe/barbosa_ganha_21_mil__por_mes.html

    ResponderEliminar
  8. Caro Mestre,

    Eu acrescentaría, como negativo, aquele árbitro. Foi das piores arbitragens que apanhámos este ano. Felizmente que fizemos o suficiente para não dependermos das decisões deste cabrão.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo em absoluto, foi dos jogos que me conseguiram irritar mais, pois foi de tal forma evidente que até meteu nojo.

      Só uma nota ao excelente post do Mestre, concordo que só o SCP para meter 42K nesta circunstância, mas também devemos recordar que isso também aconteceu devido à campanha que foi feita para os sócios neste jogo. Aqui dou os parabéns à direcção, por vezes vale mais o apoio dos adeptos do que uns "trocos" a mais no bolso.

      Eliminar
    2. É verdade, Férenc. Não coloquei a arbitragem no negativo porque escrevi o post sem ver as repetições dos lances mais polémicos e não queria estar a escrever algo sem ter a certeza disso... Um abraço.

      Eliminar
    3. Fernando, a questão dos sócios entrarem gratuitamente é relevante, mas na minha opinião aplica-se na mesma: nem assim Benfica nem Porto colocariam 42000 pessoas no estádio se estivessem a 9 pontos do líder e numa série de 3 jogos sem ganhar. De qualquer forma concordo que foi de facto uma iniciativa muito oportuna da direção. Um abraço.

      Eliminar
  9. Verdade. Mais uma vez o Sporting Clube de Portugal teve direito a uma interpretação única e inovadora da regras de futebol naquele lance em que impedem William de marcar rapidamente um livre. Mais uma para a série "coisas que só acontecem ao Sporting"...
    Dois penaltis sonegados, um esforço enorme para não expulsar o Semedo e o que dizer do cartão amarelo mostrado a Tobias Figueiredo?

    Same old same old...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora também me recordei de um fora de jogo arrancado ao Tanaka, coitado, que estava dois metros em jogo...
      Já a equipa corruptóide vermelha presidida por um sócio do porto (confusos?) ganha o jogo em casa a este Gil Vicente com um golo em que o marcador está em fora de jogo e claro, acabou o jogo contra dez...

      Como é que os adeptos neo-corruptos na sua soberba e falta de vergonha congénita se costumam desculpar? "Apesar do colo, ganhávamos na mesma".

      Pelo menos hoje, nós podemos dizer: "Apesar do roubo, ganhámos na mesma".

      Eliminar
    2. Sar, só agora vi o comentário: também já tinha pensado nessa do William para o M*rdas... :) Um abraço.

      Eliminar
  10. Mestre, ainda simpatiza com o Gil Vicente?

    Um clube que emprega aquele roupeiro merdoso nunca poderá ter a nossa simpatia.

    E a partir de agora qualquer agente ligado a esse clube deve ser considerado persona non grata em Alvalade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos que separar as coisas: não acredito que o roupeiro tenha insultado Bruno de Carvalho a pedido do Fiúza. Como de certeza que também não foi o Moreirense que disse ao André Simões para ir para o meio da claque do Porto e colocar as mensagens no Facebook.

      As pessoas também têm as suas próprias motivações e cometem idiotices sem que ninguém as esteja a comandar à distância... :)

      Um abraço.

      Eliminar