domingo, 14 de junho de 2015

Resultadismo

4 jogos, 4 exibições sofríveis, mas 4 vitórias. Fernando Santos chegou, fez uma revolução nas convocatórias e no onze - recuperando jogadores proscritos e privilegiando acima de tudo jogadores experientes que... jogam nos seus clubes - e para já o primeiro dos objetivos que lhe pediram no momento da sua contratação está praticamente assegurado.

Nesse sentido não há nada a apontar ao selecionador. Precisávamos de resultados e os resultados apareceram. Mas está na altura de começar a preocupar-se mais com o futuro, iniciando uma renovação que é urgente dada a excessiva dependência em Cristiano Ronaldo (que à sua conta assegurou 3 das 4 vitórias) e à média de idades dos restantes.

Desde que Fernando Santos pegou na seleção, jogadores como Danny, Nani ou Eliseu ainda não fizeram uma única partida em que justificassem a titularidade. Tiago ontem foi menos um em campo, mesmo antes de ter sido expulso. Moutinho está muito longe do rendimento passado. Ricardo Carvalho, pela 2ª partida consecutiva, não conseguiu chegar ao fim devido a problemas físicos. E ainda há Bruno Alves, que não caminha para novo. E Bosingwa provavelmente só ficou de fora por estar lesionado. A partir de setembro impõe-se que Fernando Santos comece a apostar em sangue novo de uma forma gradual e coerente. 

Outra decisão que não compreendo foi a decisão de Fernando Santos levar William e Bernardo Silva para a Arménia, prejudicando os trabalhos da seleção sub-21 - que se estreia na competição já na próxima quarta-feira contra a Inglaterra. Bernardo Silva não foi utilizado, enquanto que a entrada de William foi circunstancial em função da expulsão de Tiago - de lembrar que Carriço e Danilo são outras opções para o lugar que foram incluídos na convocatória.

Vi ontem o jogo da seleção contra a Arménia sem qualquer tipo de entusiasmo, entusiasmo esse que estava perfeitamente ao nível do empenho colocado pelos jogadores dentro de campo. Futebol 0, Patrício em dia infeliz, desinspiração geral, e mais uma vez coube a São Ronaldo a tarefa de resolver a partida. É verdade que o jogo era oficial, mas não faz qualquer sentido a UEFA estar a agendar jogos para este período. Nem quero imaginar a estopada que nos aguarda no particular com a Itália daqui a uns dias.

6 comentários :

  1. Mestre, desculpe, mas o Fernando Santos anda a inventar. O Fábio, naquele lugar, foi um jogador a menos, o Tiago, leva o 2.º amarelo, porque estava todo roto, o treinador adjunto, não viu que isso era previsível, para o tirar antes de isso acontecer? O Rui esteve muito mal, nos dois golos, concordo, mas só foi ele? E viu-se que depois de entrar o William e o Adrien, a coisa melhorou um pouco. Parecemos a brigada do reumático. Campeões da Europa? Não me façam rir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, Fernando, essa frase dos campeões da Europa que o Fernando Santos disse é para rir. Será um milagre se 50% da equipa atualmente titular ainda estiver em condições de correr... quanto mais bater-se com seleções efetivamente poderosas!

      E concordo, colocar Coentrão ali é invenção. Resultou contra a Sérvia, mas seria bom que Coentrão regressasse à lateral - onde neste momento estamos com um a menos.

      Um abraço.

      Eliminar
  2. um paradoxo... a seleção renovada perdeu com a albânia, esta loja de antiguidades ganhou na arménia.

    coitado do Rui... à frente deles 2 centrais com 34 e 37 anos, um lateral com 31 e outro com 29... à frente da defesa um médio com 34 anos...

    Gibraltar joga mais que a tua equipa oh Nando!

    ResponderEliminar
  3. Eu não estou de acordo.
    Foi a primeira vez que ganhamos na Arménia salvo erro, e isto com 2 lances infelizes do nosso Guarda Redes e a jogar com menos um mais de 30 minutos de jogo.
    E depois isso de andar roto ou não.
    Tiago e R.Carvalho são ainda titulares das suas equipas, equipas que este ano chegaram aos quartos finais da Champions.
    Há claramente coisas a melhorar.
    Por exemplo Eliseu e F.Coentrão. Ou definir melhor a posição de Danny em campo por exemplo.
    Mas depois de termos perdido em casa com a Albánia e depois de um Mundial sofrivel, conseguimos apenas ganhar tudo o que tinhamos para ganhar.
    Para o Europeu daqui a um ano já se pode pensar nisso depois....

    ResponderEliminar
  4. Tiago, Eliseu, Bruno Alves, Danny...continuam a ser titulares como?

    Dos mais antigos o único que percebo é o Ricardo Carvalho. Continua a jogar muito. Agora os dos 1o parágrafo não fazem sentido.

    Precisamos de uma renovação a partir de Setembro! Apostar sem medos no William, João Mário, Bernardo Silva, Raphael Guerreiro, Paulo Oliveira...

    ResponderEliminar
  5. A selecção não interessa a ninguém mas vocês falam mal de quase todos e tentam fazer esquecer o único que realmente falha... O preparador de frangos da sagres. Livre a 35m e a culpa é dos defesas serem velhos? Remate do canto da área e a culpa é dos velhos? Coitado do rui? Coitado é de quem sabe que se houver um remate é golo... Coitado é d quem sabe que não pode atrasar uma bola que ou vai para fora ou para o adversário. 0-3 era um resultado histórico num país que nunca a selecção tinha ganho... Não aconteceu porque...

    ResponderEliminar