sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Começou a Supertaça

Jorge Jesus e Rui Vitória foram ontem entrevistados pela RTP para fazer o lançamento do jogo que decidirá o vencedor da Supertaça Cândido de Oliveira. Para quem não teve a oportunidade daqui, aqui fica a entrevista ao nosso treinador.


Apenas um curto comentário à prestação de Jorge Jesus: esteve muito bem, na minha opinião. 

Transmitiu muita confiança no progresso feito pela equipa na adaptação às suas ideias e mostrou-se totalmente sintonizado com os interesses do clube - registou o esforço da direção em não deixar sair nenhum jogador fundamental, encarou com normalidade o facto de não ter havido capacidade de contratar um ou outro jogador, desvalorizou a perda de Mitroglou e fez um grande elogio ao departamento médico do Sporting quando se abordou o assunto Boateng.

Mas o momento mais marcante da entrevista - e que será certamente o mais discutido ao longo do dia de hoje - foram as palavras que proferiu sobre a forma de jogar do Benfica. Jesus disse que o Benfica continua a usar os princípios de jogo que ele idealizou, ou seja, que Rui Vitória se está a limitar a aproveitar o trabalho que foi realizado nas épocas anteriores. Não há dúvidas que a frase é deselegante para o treinador adversário, e seguramente injusta, pois Rui Vitória já fez algumas alterações. Mas parece-me também um mind game de primeira. O que Jesus quer é que Rui Vitória mude a forma de jogar do Benfica ainda mais. Daí o desafio que lhe faz. Porquê? Na cabeça de Jesus, quanto mais diferente o Benfica se apresentar em relação ao ano passado, mais perto o Sporting estará de conquistar o título que estará em jogo no domingo - não só porque está seguro que a herança que deixou no Benfica é boa, mas também porque o Sporting tem precisamente a desvantagem de estar a fazer uma mudança de processos mais acentuada e assumida que demorará o seu tempo a surtir o efeito pretendido.

A avaliar pelas reações dos benfiquistas aos primeiros jogos da pré-temporada que fui lendo por aí, alguma coisa me diz que Jesus está a raciocinar bem. Vamos ver se Rui Vitória morde o isco.

21 comentários :

  1. Vai ser um rol de "virgens ofendidas" até Domingo!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada que JJ disse nao foi esperado até, os mind games dele tem dado muito frutos no passado. Até parece que os ultimos 6 anos para alguns nao existiram

      Eliminar
  2. Jesus apenas está a ser coerente com o que sempre foi. Um indíviduo de baixo nível que se julga o maior da rua dele (não estou a falar das qualidades como treinador)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nível, nível é o putanheiro da Costa, o Antero , o Nélito Lucas e o Lolpetegui, não é Huguinho?

      Eliminar
  3. Bom dia.
    jj não disse mentira nenhuma mas mesmo assim foi algo deselegante e parece me que esse comentário só poderá ter o efeito de motivar os jogadores do Benfica e causar desconfiança nos do Sporting... Ele já diversas vezes afirmou que o Sporting não era nada e que ele é que está a fazer tudo.
    Se havia coisa que ele devia tentar moderar se era nesses "mind games" dele porque lhe saem quase invariavelmente ao lado.. O que não implica que depois em campo não ganhe mas ganha devido ao treino e não ao "mind game".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece-me difícil que essa faceta dele alguma vez venha a mudar, Nuno... faz parte do feitio dele, e aos 60 anos já vai tarde. E com certeza tem o risco de os mind games lhe explodirem na mão... se bem que aqui quem é colocado em causa é muito mais o treinador do que os jogadores do Benfica.

      Eliminar
    2. JJ não foi nem mais nem menos elegante do que LFV e as vozes do SLB foram para com ele após assinar pelo SCP. (Convem lembrar que até a figura de cartão de JJ tiraram)

      Eliminar
    3. Não irá mudar nem tem de mudar... Ele é assim. Quem o leva... Leva o pacote todo. Geralmente saem ao lado... Embora em campo ganhe porque é bom treinador não pelo mind game. Acho que é mais desagradável para quem trabalhou com ele... São opiniões diferentes.
      António retirar a figura de cartão é marketing. Acha que o Benfica ia estar a fazer publicidade a um treinador de outra equipa, seria ela qual for? O real não retirou o casillas da página oficial apesar de lhe pagar para o por a andar? Marketing é uma coisa..ser deselegante é outra... E repare que eu digo logo de início que ele até nem disse nenhuma mentira.

      Eliminar
  4. Hugo ... O Problema é que quando era a favor dos vermelhos era de qualidade atestava que não é preciso ir à universidade para se conseguir condicionar da melhor forma o adversário, agora é falta de respeito e labreguice...enfim vermelhices.

    O J esteve caustico e colocou muita pressão no benfica.

    ResponderEliminar
  5. Achei péssimo o JJ ter desmentido um comunicado oficial do clube... tão pouco tempo depois do mesmo ter ocorrido. Devia ter mantido a versão oficial pelo menos até o KPB ter arranjado clube...

    E a parte dos mind games... são óptimos para os adversários colarem nos balneários para uma motivaçãozita extra...

    Sinceramente não gostei dessas 2 partes da entrevista. Eram dispensáveis...

    Entretanto apresentaram o Bruno Paulista às 5 da manhã! Em Alvalade não se dorme?

    SL,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pawn, se é verdade o que já ouvi, ele foi muito soft em relação à questão médica do jogador...

      Na minha opinião este mind game não coloca em causa os jogadores do Benfica, é principalmente dirigido ao treinador.

      Em relação ao Bruno Paulista, durante a noite de ontem falou-se que o Porto tinha tentado interferir nas negociações. Sinceramente pensava que iria acordar com a notícia que já estaria a rumar a norte. :)

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Praticamente à mesma hora, na SIC Notícias, o Inácio também confirmava que o Boateng não tinha passado nos exames médicos...

      Eliminar
  6. a nossa equipa é um estaleiro de obras, pouco consistente ainda com o plano de jogo que ele defende... mas vejo-o com uma motivação MEGA.

    ninguém entendeu a questão do cérebro que já não está lá... mas é melhor andar prá frente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, aminhatvpifou, essa questão do cérebro não é um insulto ao Rui Vitória. É simplesmente uma forma de dizer que há coisas que nunca poderão ser replicadas porque cada pessoa tem a sua forma de trabalhar e de pensar.

      Eliminar
  7. O que JJ diz, a maneira dele, é a pura verdade e devia preocupar os benfiquistas.
    Sempre me fez confusão a teoria de "aproveitar o que de bom foi feito" mas, como é que possível um treinador que tem ideias tão distintas do seu antecessor poder treinar uma equipa com base nessas ideias? Estou mesmo a ver as palestras: "Ok, rapaziada vão lá para dentro e joguem como jogavam" ou nos treinos a perguntar "como é que vocês faziam antes?"

    ResponderEliminar
  8. Acho incrivel o seguinte:
    O Mourinho pode fazer os "mind games" mais arrogantes e obscenos que desejar - o homem é chamado de fenómeno ou ficam todos de bico calado. O JJ limitou-se a comentar "factos" e leva com umas bocas foleiras da "peixeira" do Manuel José em cima.
    Quanta hipócrisia...

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Se tivesse dito isso enquanto estava do "outro lado da rua", provavelmente teria sido chamado de gênio! Andam todos com os olhos muito vermelhos, vá-se lá saber porquê!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É do "tabaco" que o LFV lhes vende, ficam cegos xD

      Eliminar
  11. Parece-me que o Jesus pretende colocar pressão no Rui Vitória, mas também, por outro lado, ao retirar-lhe mérito, pretende que os jogadores do benfica comparem Jesus com Vitória e questionem e duvidem do seu treinador. Não sei se será uma pressão para haver mudanças tácticas mais significativas por parte do Rui Vitória e daí colher vantagens (a mesma táctica em mãos diferentes, funciona obrigatoriamente de forma diferente), mas é sobretudo uma pressão na confiança que os dirigentes, adeptos e, sobretudo, jogadores têm no treinador.

    É deselegante na forma e encerra um auto-elogio? Sem dúvida. Mas isto é Jesus. O Jesus dos quatro dedos virados para o Manuel Machado ou para o Teddy Sheringham, o Jesus da troca de galhardetes com o Mourinho sobre quem descobriu o Talisca, o Jesus do 'limpinho, limpinho', o Jesus da fanfarronice contra o treinadores adversários quando ganha. Pessoalmente não gosto. Mas a verdade é que durante anos, esta atitude sempre foi vista por adeptos do benfica, comentadores e CS em geral como o preço a pagar por o benfica ter um génio no banco, um 'mal menor'. E só agora é que os mind games já 'lhe saem quase invariavelmente ao lado' e passam a ser abertamente criticáveis? Cambada de hipócritas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se essa do hipócrita é para mim deixe dizer lhe que ou não sabe ler ou se sabe ler falta lhe compreensão.
      Aliás você próprio reconhece que é deselegante... Mas como agora é só seu clube já aceita... Agora isso já não é ser bronco já é ser Jesus... Isso é que é ser hipócrita.
      Se ler em condições vê que eu disse que que o que ele disse até era verdade. E que considero desagradável (tal como você considera). Tal como sempre disse mesmo com ele no Benfica. Não mudei de opinião.. Nem descobri que isso é ser jj porque ele mudou de clube... Chama se coerência.

      Eliminar