quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Inquérito do Kit Cortesia for dummies

São de bradar aos céus algumas interpretações e conclusões que têm sido tomadas acerca da resposta que os árbitros deram ao questionário colocado pela Comissão de Instrução e Inquérito da Liga. Dizem que está provado que as ofertas do Benfica são legais, dizem que os árbitros estão a chamar Bruno de Carvalho de mentiroso, dizem que aquilo que o Benfica faz não é diferente do que fazem todos os outros clubes.

Vamos ver se nos entendemos: o questionário aos árbitros é apenas uma de várias averiguações que o CII está a levar a cabo para apurar se a oferta do Kit Cortesia (ou Kit Eusébio, se preferirem) viola ou não os regulamentos. Averiguações essas que incluem também, por exemplo, as audições de ontem a Luís Filipe Vieira e Bruno de Carvalho.

Como seria de esperar, o CII também tinha que ouvir o que os árbitros teriam a dizer sobre o assunto. E como também seria de esperar, os árbitros responderam que não se sentem influenciados pelas ofertas, e que as prendas e lembranças dos clubes são uma prática comum no futebol português. Árbitro que respondesse que se deixou influenciar pelas prendas estaria automaticamente a enterrar a sua carreira. Portanto, nenhuma surpresa por aqui. 

Mas para piorar o valor destes depoimentos, ainda há que considerar o facto de a APAF ter distribuído pelos árbitros uma minuta para formatar e orientar as respostas ao questionário. As perguntas do CII foram feitas a indíviduos que estiveram envolvidos no caso, não à classe como um todo. Como tal, este depoimento coletivo que os árbitros decidiram dar é um pro-forma que vale perto de zero para as conclusões finais. Isto é, vale perto de zero apenas se o CII estiver mesmo empenhado em ir ao fundo da questão.

E será que o CII quer mesmo ir ao fundo da questão? A avaliar pelas perguntas feitas aos árbitros, fico com grandes dúvidas. Toda a gente sabe que o cerne da questão do Kit Cortesia não é a caixa com a camisola de Eusébio. O ponto fulcral é o voucher que foi lá colocado. E a partir do momento em que o questionário que o CII dirigiu aos 180 árbitros, assistentes e observadores não inclui nenhuma referência direta e específica ao voucher de quatro jantares, então parece-me claramente que estamos perante um inquérito que é uma farsa, e cujo único objetivo é enterrar um assunto que está a incomodar muita boa gente.


Ao contrário do que muitos benfiquistas mal informados ou com fraca memória costumam dizer, quando Bruno de Carvalho apresentou ao país a caixa e o voucher nunca falou em corrupção, nunca acusou a existência de resultados viciados, nunca afirmou que os jantares se refletem diretamente no desempenho dos árbitros. A questão que Bruno de Carvalho colocou, e que deve ser o foco de todas as averiguações do CII, é se os vouchers constituem ou não uma violação do regulamento que estipula um limite de 200 francos suiços às lembranças dadas pelos clubes aos árbitros. Ou seja, falamos de algo que facilmente pode ser medido e avaliado de forma totalmente objetiva.

Foram oferecidos vouchers aos árbitros juntamente com a camisola? Sim ou não?
Se foram oferecidos vouchers, dão direito a 4 jantares? Sim ou não?
Se os vouchers dão direito a 4 jantares, quem usufrui do voucher tem algum limite no valor daquilo que consome? Sim ou não?
Se há limite de valor, qual é? Se não há limite...

Tão simples...

76 comentários :

  1. Eu acho que todos sabemos quais seriam as respostas se essas fossem as questões:

    Foram oferecidos vouchers aos árbitros juntamente com a camisola? Sim ou não?
    R: Quer que eu responda? Próxima!

    Se foram oferecidos vouchers, dão direito a 4 jantares? Sim ou não?
    R: Quer que eu responda? Próxima!

    Se os vouchers dão direito a 4 jantares, quem usufrui do voucher tem algum limite no valor daquilo que consome? Sim ou não?
    R: Quer que eu responda? Próxima!

    Se há limite de valor, qual é?
    R: Quer que eu responda? Próxima!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, ou então sendo mais fiel ao que respondeu o Pedro Guerra. "Quer que eu responda? Mas o que é que quer que eu responda?".

      Eliminar
    2. Exacto. Dessa forma talvez fosse mais claro.

      Eliminar
    3. Estes vossos considerandos ofendem a memória do inzébio!

      "Penalte" p'ó carnide e 3 anos de suspensão para o Naldo!

      Eliminar
    4. Aldo Duscher, depois que o finado disse o que disse sem qualquer respeito pelo nosso Clube e considerando o estado em que (habitualmente) andava, eu digo que o nome dele é Inzébrio.

      Eliminar
    5. ... e por causa disso, mais um "penalte" p'ó carnide, Liondamaia!

      Eliminar
  2. O que o CII da Liga quer transmitir é uma imagem de que o inquérito foi imparcial, e que ouvidas as testemunhas não há matéria de facto.

    O que é facto é que as ofertas tal como Bruno de Carvalho existem, que os vauchers existem, que houve quem os utilizasse e, esta parte é mais subjectiva mas não havendo um limite do consumo, a realidade é que a oferta iria até onde fosse a gula de quem utilizasse os ditos vauchers. Como tal infringindo a regra do limite de 200 CHF.

    Haja decência e vontade de aferir a verdade, e uma vez descoberta agir em conformidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obviamente a CS está a querer passar a ideia de que nada se passou e que os anjinhos do benfica não fizeram nada de mal...

      Eliminar
    2. Também me parece que há alguma CS a não enquadrar devidamente esta resposta dos árbitros, zanizo.

      Eliminar
    3. Isso tudo quer dizer se o inquerito der em aguas de bacalhau, os arbitros podem ir ao restaurante comer e beber no dia que quiserem sem medo a represalias na boa ........ isso vai dar merda da grossa

      Eliminar
  3. Claro que é simples. Mas eles precisam de complicar para justificar o injustificável.
    A conclusão será sempre a mesma: "dolo sem intenção".
    Aliás, quando ao fim e 40 dias ainda ninguém do carnide veio desmentir a oferta dos vouchers, parece-me que a resposta é óbvia. Perguntar aos árbitros se sentem "condicionados" pela oferta de vouchers é como perguntar a um administrador do BES se é culpado pela sua falência. Vale o que vale.

    ResponderEliminar
  4. Esse "Montanelas" da APAF e os servilistas da Liga e FPF, devem pensar que os restantes portugueses comem gelados com a testa, como os lampiões...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver os próximos desenvolvimentos, tony... mas para já a imagem que passam é péssima.

      Eliminar
  5. Vocês exigem que seja feita uma investigação minuciosa ao Benfica, que eu até concordo, mas não sejam desonestos ao não quererem o mesmo aos outros clubes, nomeadamente ao SCP.

    Acho que também deveria ser feito um inquérito para se saber ao certo o tipo e a quantidade de comida que é oferecida nos mais diversos balneários por este país fora.

    Outro para se saber ao certo quem faz as massagens, se uma miúda jeitosa ou um velhote com artroses. O tipo de óleos usados e se havia ou não um happy ending.

    O tipo de tecido usado nas camisolas oferecidas e se estas eram dadas apenas quando o árbitro fizesse um bom trabalho, pois pelo que o bdc disse no prolongamento, as camisolas só eram dadas em casos excecionais.

    Ou afinal os 200 francos só são limite para o Benfica?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com certeza, JF, apure-se tudo o que os clubes oferecem. Estou perfeitamente de acordo.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Estavas tão bem a distribuir Kits & Vouchers na Porta 18.

      Eliminar
    4. Mas há alguma posição tomada pela direcção do SCP contra esse tipo de averiguações, ó cabeça de melão?

      Eliminar
    5. Não, não há. Mas há a hipocrisia generalizada entre os dirigentes e adeptos do SCP de acusar o SLB e não olhar para a própria casa.

      Eliminar
  6. Mdc e pagar ás empresas de limpeza? Só mais um a pedir dinheiro... No outro dia já começaram as condenações em tribunal...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o Sporting é seguramente o único clube a atrasar-se em pagamentos de contratos de serviços... :)

      Eliminar
    2. Tendo em conta que há clubes que pagam aos seus atletas (os das "modalidades amadoras") com "saquinhos do lixo"...

      Eliminar
    3. Podias pôr a tua mulher a limpar o nosso estádio ,isso é que tu fazias bem.

      Eliminar
    4. No entanto há clubes que se atrasam com pagamentos a clubes FANTASMA!

      Eliminar
  7. As prendas influenciaram o seu trabalho ?

    Confirma as acusações do Presidente do Sporting ?

    Acha que é legal as cortesias oferecidas pelo Benfica ?

    Acredito que foram este tipo de perguntas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A terceira pergunta foi esta: «No caso de ter interferido em jogo em que o Sport Lisboa e Benfica foi equipa visitada, foi-lhe oferecido algum presente ou alguma vantagem? Se sim, indique o jogo e a vantagem (assim como o momento em que lhe foi oferecida) e diga se viu na oferta uma tentativa de prejudicar a sua imparcialidade no sentido de favorecer o ofertante.»

      A resposta foi completamente genérica. O voucher foi ignorado quer na pergunta quer na resposta.

      Eliminar
    2. Simplesmente ridículo , eu nem imaginava que poderiam até condicionar a resposta além das perguntas ridículas. Uma amostra de investigação.

      Eles querem o Soares Dias no jogo , e já há uma semana que está a ser condicionado , com o caso do roupão e da invasão...

      Que os sportinguistas se mantenham vigilantes.

      Sou um apreciador do seu trabalho Mestre das cerimónias.

      Eliminar
    3. Bem visto. Se o Jorge Sousa não estiver disponível, o Artur Soares Dias é o candidato mais provável. Se não for, ainda nos calha um Duarte Gomes... :|

      Obrigado e um abraço!

      Eliminar
  8. Perfeitamente normal no tribunal nos depoimentos os inquiridos levam sempre as minutas dadas pelos seus advogados ... LOL!

    É sorrir e acenar :).

    ResponderEliminar
  9. Já hoje de manhã tinha postado:

    "É óbvio que os árbitros, delegados e observadores que paparam os jantares não vão assumir, dizer que o fizeram..

    E lá está o Manto Encornado de 90% da Com. Social a tentar branquear, omitir o que se passou.

    Dar lembranças, é um coisa. Oferecer Packs de 4 jantares por cabeça a Delegados, a Observadores a Árbitros num Restaurante do Terreiro do Paço.. é outra !!

    Já agora a PJ que esteja atenta..

    Parece que uma Delegação da Porta 18 com a desculpa de uma visita de cortesia, foi até à Guiné Bissau buscar pó de talco vindo da Colômbia!! E toda a gente sabe que a Guiné é a actual porta de entrada do pó na Europa..

    A PJ que esteja atenta à chegada no Aeroporto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por cada porta que fecha, há outra que se abre...
      A questão: Vieira na comitiva apenas e só para dar credibilidade e evitar que a bagagem seja revistada?
      Ou apenas e só para criar uma ponte com bagagens diplomáticas?

      Eliminar
    2. Se revistassem a comitiva poderia haver surpresa....

      Eliminar
  10. A pergunta é: que podemos nós fazer para evitar um fim como o do apito dourado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A denúncia caluniosa elaborada pelo escroque do PPC que foi logo de seguida corrido do SCP?

      Tem tudo a ver, a tentativa (lastimável e condenável) de afastar de um jogo do SCP um fiscal de linha que tinha um conflito aberto com o Clube e um histórico de prejuízos para o Sporting (correctamente classificada como denúncia caluniosa) com a oferta de putas ou jantares de luxo a árbitros por queridos líderes que ainda se mantêm em funções e são venerados pela grande maioria dos sócios dos respectivos clubes...

      Eliminar
    2. Eu até que não estou de acordo. Para afastar ou desviar um "ladrão" todos os subterfúgios devem ser permitidos, caso as instâncias competentes (Conselho de Arbitragem) continuassem a teimar nas suas nomeações "manhosas", o que foi o caso. Se um policia fosse enviado a minha casa, pela autoridade policial, na tentativa de me defender dos ladrões, mas estávamos perante um policia/ladrão, não tinha eu a liberdade de utilizar todas as artimanhas necessárias, para o afastar? Ou deixamos que alegremente nos continuem a "roubar"?

      Eliminar
  11. O mais ridículo disto tudo vai ser no fim do processo. Comprovamos que a oferta da caixa não influenciou o comportamento dos 4 árbitros, dos 2 delegados e do observador, mas ordenamos ao Benfica para deixarem de oferecer o voucher.

    ResponderEliminar
  12. Vale tudo neste país... Triste fado o nosso que temos que conviver com esta gente, e com tudo de mau que acarreta esta convivência.

    ResponderEliminar
  13. Mas vão ter que levar connosco até ao fim... Não esqueceremos, não calaremos! Até ao final dos tempos, ou até que se faça justiça (não acredito minimamente nesta hipótese, está tudo minado!).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não acredito que isto dê em alguma coisa, Bernardo...

      Eliminar
  14. acho que isto pode explicar a minha visão sobre o assunto

    https://www.youtube.com/watch?v=O2aaajGJZGU

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Júlio Machado Vaz é um senhor. Só de pensar que foi substituído pelo imbecil do Gobern...

      Eliminar
  15. Mestre,
    estamos em falta com o balanço do campeonato.
    Quem é a favor da verdade desportiva não pode deixar de o fazer apesar do penalti de Arouca.
    Quanto ao RioAve foram mais os prejuízos que os benefícios como os jogos de inicio de campeonato e só por má fé se pode falar no fora de jogo que antecede o penalti

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As duas jornadas em falta vão sair amanhã, M Pereira.

      Eliminar
  16. MdC, gostava que me respondesse a esta pergunta:
    Imaginando que os voucheres sempre estavam dentro da caixa, o valor que se dá a cada refeição na óptica do utilizador tem um preço, na óptica de quem oferece o preço é outro.
    Uma refeição, com entradas, bebidas e sobremesa que tenha um custo final de 20€ fica para o restaurante por 5 €. Sendo assim, se o restaurante resolver oferecer uma refeição, está a oferecer 5€, correcto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eis que voltamos ao preço de custo do RPB... Já tardava esta abordagem...
      Lamento informar que por 20 € no Museu da Cerveja come as entradas a seco...

      Eliminar
    2. Pois já lá comi um polvo à lagareiro que estava divinal pelo preço de 20€. Aconselho vivamente e para os mais curiosos deixo aqui a ementa:
      https://www.zomato.com/pt/grande-lisboa/museu-da-cerveja-baixa-lisboa/menu#tabtop

      Eliminar
    3. Ah...tá explicado o apito dourado, as putas do Rodolfo (a fruta) oferecidas no passado tiveram um custo 0 para a casa. Ou seja pura cortesia deixar os árbitros usufruir!

      Que tese ridícula essa do preço de custo!

      Eliminar
    4. Rudolfo, nome do canino do meu vizinho. Podes colocar aqui todos os cálculos para o pessoal saber que foste tu mesmo a ter está magnífica solução matemática??? Que mete brilhante!

      Eliminar
    5. Rudolfo, dá a dica ao teu diretor do departamento da porta-18 e motorista de décadas do querido líder:

      O custo de produção de 9,6 kg de cocaína nas montanhas da Colômbia deve ser irrisório.

      Eliminar
    6. Sousa, nome de papagaio. Será que nem tudo explicadinho à 4ª classe entendes? Até o teu treinador entendia se eu repetisse mais 2 ou 3 vezes.

      Eliminar
    7. M. Pereira não estás a ser honesto. A partir do momento em que a UEFA/FIFA estabelecem um montante para determinadas ofertas, essa valor conta e muito. Sabendo que o ordenamento jurídico português não criminaliza a conduta da pessoa que se prostitui, também sabemos que, segundo consta no Código Civil "A Prostituição em Portugal, não é uma actividade ilegal de acordo com o Código Penal. No entanto, não é permitido a um terceiro lucrar, promover encorajar ou facilitar a prostituição. Deste modo, é proibida a prostituição organizada tal como os bordeis, grupos de prostituição ou outras formas de proxenetismo.
      Será que essa cabecinha esverdeada consegue entender a diferença ou só com um desenho?

      Eliminar
    8. Olha para os regulamentos portugueses e deixa-te dessas tretas. Jantares para árbitros é no mínimo tentar passar "a mão pelo pêlo" a tais personagens, para adocicar o seu desempenho, se não no presente, pelo menos no futuro (semear para colher e isso para não falarmos em corrupção. O Benfica tem de assumir as suas responsabilidades e ser punido, por não cumprir os regulamentos portugueses.

      Eliminar
    9. A. Martins, enquanto a "todos assumirem as suas responsabilidades", estamos de acordo.
      Agora não vamos esquecer as camisolitas, as massagens, a comidinha no balneário, os 2000€ na conta do árbitro assistente, OK?

      Eliminar
    10. Rudolfo, nome do canino do meu vizinho. Mais conhecido pelo mente brilhante. A uefa e a fifa não é a mesma entidade,ok? Agora, resolve este problema, mas sem direito a maq. Calculadora. O menino rudolfo, nome do canino do meu vizinho, foi almoçar fora. Comeu entradas, um prato de carne e uma sobremesa. Qual o valor da refeição do rudolfinho ? Vou dar uma pista, bebeu um copo de agua. Tens 2 horas para apresentar os resultados com todos os cálculos. Força, mente brilhante.

      Eliminar
    11. Sousa, nome de papagaio da minha vizinha. Faz agora as mesmas contas a preço de custo, ou será que quem vai vender, vende ao preço a que lhe custou? Pensa bem nisso, carlinhos ou carlitos ou litos, como te chamam.

      Eliminar
    12. Ó Rudolfo, mas o restaurante é do benfas?
      E o valor das coisas calcula-se pelo valor de uso ou pelo valor de custo?
      Lá por que comes gelados com a testa, achas que os outros têm que os comer assim?
      Só porque um benfas é dono de um Porsche oferecido, se lho roubarem o custo é zero?
      És um cómico. De uma dessas nem o berra se lembraria.

      Eliminar
    13. Não compares jantares a "camisolitas" e quanto às massagens e à "comidinha no balneário" desconheço tais situações, mas assumo que seja necessário averiguar e responsabilizar, se for esse o caso. Quanto aos 2000 euros, na conta do árbitro assistente já houve decisão das instâncias desportivas, mas até uma criança sabe que não se tratou de qualquer ato de corrupção. Foi um ato mentalmente irrefletido, ou ilegal, que eu pessoalmente entendo e até concordo, face a todas as "manobras de bastidores" e "jogadas de secretarias" que tornam o futebol português uma farsa ou uma tragicomédia. Para afastar ou desviar um "ladrão" todos os subterfúgios devem ser permitidos, caso as instâncias competentes (Conselho de Arbitragem) continuassem a teimar nas suas nomeações "manhosas", o que foi o caso. Se um policia fosse enviado a minha casa, pela autoridade policial, para me defender dos marginais e incumpridores da Lei, mas tal policia estava "feito" com os incumpridores, não teria eu a liberdade de utilizar todas as artimanhas necessárias, para o afastar? Ou deixamos que alegremente nos continuassem a "roubar"?

      Eliminar
    14. Ó Lion Damaia, vê-se mesmo que trabalhas por conta de outrem. Se o teu patrão comprar um artigo por 20 e o vender por 100, por quanto ficou esse artigo ao teu patrão? Pelo valor de uso ou pelo valor de custo? É que se for pelo valor de uso então não deves ter ordenado e trabalhas por trabalhar.

      Eliminar
    15. A. Martins dissestes "mas tal policia estava "feito" com os incumpridores, não teria eu a liberdade de utilizar todas as artimanhas necessárias, para o afastar?" Não, não tinhas, só aquelas legalmente admissíveis senão podias incorrer numa pena igual ao superior ao prevaricador. E convenhamos que depositar 2000€ pode ter muitas interpretações. "Até uma criança sabe que não se tratou de qualquer ato de corrupção" dizes tu. Pergunta às crianças do Benfica ou dos andrades para ver se elas têm essa opinião. .

      Eliminar
    16. Rudolfo, o valor que interessa é o valor comercial. Se nos guiássemos pelo preço de custo, então qualquer clube poderia pedir a uma casa de alterne que os patrocinasse e oferecesse os serviços da casa aos árbitros...

      Eliminar
    17. Caro rudoflo, quer então dizer que se oferecessem um picasso ou um monet a um arbitro, o que interessava era o valor de custo? Neste caso não haveria prob nenhum, quanto custa uma tela, umas tintas e um pincel?

      Eliminar
    18. Rudolfo, não sou jurista mas dou te um exemplo que deves perceber. Legalmente o valor de uma oferenda é o valor de mercado. Se tu ganhares um carro numas rifas de natal, pagas os impostos sobre o valor de mercado do carro e não do preço de custo.
      Essa história de que o preço de custo tem alguma influência só mostra como sabem que os vouchers são (ou deviam ser) ilegais.

      Eliminar
    19. O RuiOvo

      É demente e não tem mente, quer passar a mensagem da hipocrisia e processos aleatórios baixos praticados pela estrutura carnidense que são um paralelo a vida do presidente lampião, sócio do SCP com as quotas em atraso.

      Abstenho-me a falar por estar longe de Portugal, mas pelo que sei do LFV e alguns comparsas como o Vitor santos no concelho de Loures e Ribatejo, estou certo que mau prenúncio se augura,

      Version 2.0. Alverca FC

      Não respondem agora, pagam a frente

      Eliminar
    20. Ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah
      Assassino para o juiz: não fui que matei o morto, senhor, foi, bala.

      Ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah
      Violador para o juiz: não mereço condenação, a menina é muito muito atraente e merece ser amada


      Ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah
      Nunca pára de me surpreender, a lógica lampiã.

      Foda-se, ainda perdem tempo a responder a esta rena, avençada do carnide ?!?!

      Eliminar
    21. MdC, como disse acima, "A Prostituição em Portugal, não é uma actividade ilegal de acordo com o Código Penal. No entanto, não é permitido a um terceiro lucrar, promover encorajar ou facilitar a prostituição. Deste modo, é proibida a prostituição organizada tal como os bordeis, grupos de prostituição ou outras formas de proxenetismo."
      Já para não falar que as meninas (ou meninos, como parece ser do gosto de alguns de vós que só falam em apanhar nele) não trabalham de graça, as bebidas têm um custo, os funcionários e as despesas gerais, tudo englobado não existem trabalhos gratuitos, têm sempre um valor de custo mesmo sendo oferecido.

      Eliminar
    22. Bruno Ope, isto é um ciclo vicioso que nunca mais saímos dele. De certeza que, para o estado, o carro ficou muito mais barato. Desde logo porque comprou vários e depois porque pelo menos não vai pagar certos imposto a ele mesmo. Por isso o estado está a oferecer um carro (refeições) que no orçamento virá discriminado com um valor significativamente menor ao preço de venda ao público.
      "Fazendo as contas aos preços de tabela que a Audi apresenta na sua página de Internet, o contrato com a Siva custaria ao Estado quase 2,4 milhões de euros. No entanto, é crível que ao fazer o concurso e a colocar em concorrência várias marcas, o vencedor terá feito um desconto na compra. Ou seja, a quantia que sai do erário público será bem menor" - Negócios
      http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/conheca_os_carros_que_pode_ganhar_na_factura_da_sorte.html

      Eliminar
    23. Lourenço, ao ler o teu comentário comentário, cheirou-me a urina.
      Mijaste-te de tanto rir? Vai rindo até dia 21. enquanto podes e enquanto a Liga Proença 2015/2016 não for desmascarada.

      Eliminar
    24. Ó "rudolph the rednosed reindeer", eu fui-me rindo até dia 09 de Agosto e... continuei a rir... e fui-me rindo até 25 de Outubro e... continuei a rir... mas agora, à gargalhada... e então?!

      Eu vou é lendo o que escreves e vai-me cheirando a fezes... ou é o aroma daquilo que teclas... ou alguma descarga intestinal incontrolável que fazes na trusse só porque vais jogar com o Sporting... ou então, ainda, é de... "ambas as duas"!

      Eliminar
    25. Aldo Duche, como ainda não conseguiram transmitir odores de um computador para outro, esse cheiro a merda deve ser mesmo teu ou do PdC se estiver a teu lado. Vai tomar Dusche.

      Eliminar
    26. É para que vejas a trampa a que tresandas... sente-se à distância!

      Que no dia 21 não te falte... a net!

      Eliminar
    27. EHEHEH, por essa do sente-se à distância é que eu não esperava.

      Eliminar
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar